Região

24 set09:20

Segunda-feira começa com sol, mas previsão indica aumento de nuvens em Santa Catarina

A primeira semana da primavera começa com temperatura amena, mas a previsão indica que ela deve ficar mais elevada ao longo do dia.


Veja algumas temperaturas no amanhecer desta quarta*

Florianópolis: 19,3ºC

Criciúma: 14,2C

Blumenau: 12,9º

Joinville: 15,5ºC

Lages: 11,2ºC

Chapecó: 16,3ºC

(Dados retirados das estações meteorológicas do Grupo RBS às 7h)


De acordo com a Epagri/Ciram — órgão que monitoras as condições meteorológicas de Santa Catarina — O sol aparece nesta segunda-feira na maioria das regiões, mas o dia deve ser marcado por um aumento de nuvens.

Um cavado — área alongada de baixa pressão — deve trazer chuva isolada, durante a noite, para Vale do Itajaí, Planalto Norte e Litoral Norte.

::: Acesse mais informações no blog do Puchalski

A máxima prevista para a Grande Florianópolis é de 23ºC, enquanto para o Extremo-Oeste, deve chegar a 26ºC. No Litoral Sul os termômetros devem indicar 24ºC e 22ºC no Vale do Itajaí. Já no Planalto Norte, essa temperatura deve ficar em torno dos 23ºC.

A terça-feira deve começar com chuva na maioria das regiões catarinense. No decorrer do dia o tempo começa a melhorar do Extremo-Oeste ao Meio-Oeste. Nas demais regiões, essa melhora só deve acontecer à noite.

A temperatura que não deve ser muito elevada durante o dia, deve diminuir ainda mais à noite. Essa condição de dá pela influência de uma frente fria que passa pelo oceano Atlântico.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
24 set08:01

Chapecoense valoriza empate

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Jogadores, técnico e dirigentes da Chapecoense valorizaram o empate sem gols contra o Macaé, sábado, em Macaé.

-Agora temos dois jogos em casa e podemos encaminhar a classificação- afirmou o atacante Eliomar. Os próximos dois jogos são contra o Duque do Caxias, dia 30 e, contra o Brasiliense, dia 6 de outubro.

- O ponto em Macaé nos deu condições de buscar a liderança em Chapecó- afirmou o técnico Gilmar Dal Pozzo. Ele destacou que o espírito do grupo é de que serão duas decisões. Por isso já pede o apoio da torcida.

Dal Pozzo disse que a Chapecoense marcou bem e praticamente não foi pressionada pelo time que é vice líder e até o início da rodada tinha o melhor ataque da competição, com 25 gols. Prevaleceu a melhor defesa, a da Chapecoense, que até agora tomou apenas oito gols em 13 jogos.

O diretor de futebol Mauro Stumpf afirmou que a Chapecoense poderia ter vencido, mas o resultado pode ser comemorado.

– Temos que valorizar esse ponto- explicou.

Stumpf lembrou que a equipe acordou às 4 horas da manhã de sexta-feira, embarcou para Florianópolis, treinou na capital catarinense, depois pegou voo até São Paulo e fez conexão para o Rio de Janeiro, de onde foi de ônibus até Macaé, chegando próximo da meia noite.

O time só retornou na tarde de domingo para Chapecó. Para o próximo confronto a equipe não terá o atacante Crisitano, que levou o terceiro cartão amarelo. O ala esquerdo Willian, que saiu lesionado, também é dúvida.

Em compensação deve voltar o atacante Rodrigo Gral, que se recupera de lesão, e pode estrear o ala esquerdo Gilton, contratado junto ao Joinville.

Comente aqui
24 set07:59

Dez árvores estão em exposição em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Moradores do Oeste podem conhecer até o sábado, dia 29 de setembro, as dez árvores do projeto Tree Parade Brasil. Feitas em fibra de vidro e com 1,5 metro, elas foram confeccionadas por alunos da Apae e de seis escolas municipais e três estaduais de Chapecó. As árvores estão expostas no Paseo Avenida em Chapecó. A entrada para visitação é gratuita.

A estudante Ana Fortes aproveitou a sombra da árvore para descansar.

Na abertura da exposição, no dia 21 de setembro, dia da árvore, foi realizada a entrega de 150 mudas de árvores nativas e frutíferas, além da distribuição de 300 lixeirinhas para veículo.

- Elas foram confeccionadas nos moldes do ecodesign, utilizando retalhos de tecidos e não precisam ser jogadas fora a cada lavação – disse a bióloga Priscila Rech, uma das responsáveis pelo projeto.

De acordo com Priscila, cerca de 500 pessoas, entre comunidade escolar e outras entidades, foram envolvidas.

O projeto inspirado na Cow Parade, busca através da arte promover a busca pela sensibilização e preservação ambiental.

- A Tree é muito mais que uma intervenção artística, ela quer chamar a atenção da população para a preservação ambiental – disse Priscila.

O projeto foi desenvolvido pela Ong SOS Terra, Projeto Mata Ciliar, do Consórcio Iberê, e Fundema de Chapecó, com apoio de empresas locais.

Após a mostra, as árvores, que foram patrocinadas, podem ser leiloadas ou doadas para as escolas.


Adentro

No Paseo Avenida acontece também a exposição de nove artistas da Associação dos Artistas Visuais da Região Oeste de Santa Catarina (Adentro). A mostra da Adentro segue até o dia 5 de outubro.

Serviço:

Tree Parade Brasil

Local: Paseo Avenida – Av. Getúlio Vargas, 1670 N • Centro • Chapecó – SC • (49) 3324.7034

Visitação gratuita até o sábado, dia 29 de setembro.


Escolas participantes:

- Apae;

- Escola Básica Municipal Alípio José da Rosa;

- Escola Básica Municipal Victor Meirelles;

- Escola Parque Cidadão Leonel Brizolla;

- Escola Básica Municipal Diogo Alves;

- Escola Básica Municipal Florestan Fernandes

- Escola Básica Municipal Rui Barbosa;

- EEB Bom Pastor;

- EEB Marechal Bormann;

- EEB Luiza Santin.



Comente aqui
23 set19:39

Homem morre após acidente na BR 282 em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Xanxerê o motorista do Corsa, placas de Pinhalzinho, Mackson Lei da Silva, 36 anos, teria perdido o controle do veículo e colidido em um barranco. Ao retornar para a pista colidiu em um Megane, placas de Navegantes, que fazia o sentido Chapecó-Pinhalzinho. O acidente foi por volta das 15h15, no Km 541, da BR 282, próximo à Comunidade de Colônia Bacia em Chapecó.

Além do motorista, que teve ferimentos leves, estavam no Corsa, mais três passageiros. Um deles, Leomar dos Santos Kanofre, 38 anos, morreu a caminho do Hospital Regional (HRO) de Chapecó. Os demais tiveram ferimentos leves e foram levados pelo Corpo de Bombeiros para o HRO.

No Megane estavam três passageiros que tiveram apenas ferimentos leves.

A PRF vai investigar as causas do acidente.


Comente aqui
23 set19:10

Panorama da greve dos bancários no Oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Bancários de doze cidades do Oeste estão em greve. Segundo o presidente em exercício do Sindicato dos Bancários de Concórdia e Região, Luiz Junior Gubert, a categoria reivindica 10,25% de aumento e melhores condições de trabalho, saúde e atendimento.

A paralisação iniciada na terça-feira, dia 17, não tem prazo para terminar.

>> Confira alternativas para pagar contas durante a greve dos bancários


Panorama da greve no Oeste


Abelardo Luz

1 agência da Caixa Econômica


Chapecó

5 agências do Banco do Brasil

6 agências da Caixa Econômica Federal

2 agências do Santander

3 agências do Itaú

1 agência do HSBC

1 Banrisul


Concórdia

1 agência do Banco do Brasil

1 agência da Caixa Econômica

1 agência do Santander


Iporã do Oeste

1 agência do Banco do Brasil


Maravilha

1 agência do Banco do Brasil


Pinhalzinho

1 agência do Banco do Brasil

1 agência da Caixa Econômica Federal


Quilombo

1 agência do Banco do Brasil


São Carlos

1 agência do Banco do Brasil


São Miguel do Oeste

1 agência do Banco do Brasil/Besc

1 agência da Caixa Econômica Federal


Seara

1 agência do Banco do Brasil


Xavantina

1 agência do Banco do Brasil


Xanxerê

1 agência da Caixa Econômica



Comente aqui
23 set18:54

Mais de duas mil mudas de árvores foram entregues em Concórdia

Para celebrar o dia da Árvore em Concórdia, o Sicoob Transcredi em parceria com a Planflora e a RBS TV realizou a entrega de 2,5 mil mudas em escolas da cidade. Na data foi realizada também a entrega de folder com informações sobre educação cooperativista e uma semente.

Segundo a presidente do Sicoob Transcredi, Ana Rauber Balsan, esta atividade representa a preocupação da cooperativa com o desenvolvimento sustentável.

- Aliada a nossa responsabilidade ambiental, definimos por difundir esta cultura cooperativista para as crianças e adolescentes – comentou a presidente.

Os associados que visitaram a cooperativa também receberam mudas de árvores.

As espécies distribuídas foram: Guabiroba, Cereja, Pitanga, Ingá feijão, Ingá anão, Araçá vermelho, Goiaba, Cabreúva, Tarumã, Ipê Amarelo, Ipê Roxo.


Comente aqui
23 set17:37

Candidato a vereador é preso em São Miguel do Oeste sob acusação de compra de votos

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um candidato a vereador foi preso em flagrante em São Miguel do Oeste sob acusação de compra de votos. A prisão foi na tarde do sábado dia 22, no momento em que o candidato estaria distribuindo vales de combustível em um bairro da cidade.

De acordo com o delegado Regional da Polícia Civil, Ricardo Casagrande, o candidato pagou fiança no valor de R$ 4 mil e foi liberado. Ele vai responder pelo artigo 299 do Código Eleitoral, que prevê pena de até quatro anos de reclusão e pagamento de multa.

O nome e o partido do candidato não foram informados. Maiores informações sobre o caso devem ser divulgadas em nota pela Polícia Civil.


Comente aqui
23 set17:23

Udesc Chapecó tem vaga para quatro cursos no vestibular de verão 2013

As inscrições para o vestibular verão 2013 da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) através do site Vestibular Udesc prosseguem até o dia 5 de outubro com 1650 vagas distribuídas em 48 cursos gratuitos. Quatro deles são oferecidos pelo CEO – Centro de Educação Superior do Oeste- da universidade, com sede em Chapecó. São eles: Enfermagem, com 30 vagas, e Zootecnia, 45 vagas, em Chapecó; Engenharia de Alimentos, 45 vagas, em Pinhalzinho, e Tecnologia em Produção Moveleira, 40 vagas (noturno), em Palmitos.

O curso de Enfermagem, que começou em março de 2004, na cidade de Palmitos, transferido a partir deste ano para Chapecó, é considerado, segundo avaliação do Enade – Exame Nacional de Desempenho de Estudantes – o melhor de Santa Catarina. Com ênfase em saúde pública, a partir do advento do SUS – Sistema Único de Saúde – o curso enfrenta o desafio de promover a estruturação de um novo modelo de atenção à saúde que priorize os programas de interesse coletivo. Com duração de 4 anos e seis meses, Enfermagem forma profissionais aptos a exercer atividades de atenção à saúde nas áreas de assistência, pesquisa e ensino; desenvolver os modelos assistencial e o gerencial identificando problemas, e implementar ações de assistência de enfermagem específicas.

Zootecnia, com ênfase em produção animal sustentável, começou em março de 2004, e a primeira turma colou grau em julho de 2008. Em 2007 obteve o conceito 5 (máximo) pelo Enade, e, em 2011 conseguiu o maior conceito CPC –Conceito Preliminar do Curso – no Brasil. Zootecnia forma profissionais aptos a resolver ou diminuir problemas tecnológicos socioeconômicos, gerenciais e administrativos ligados ao agronegócio como possibilitar a utilização racional dos recursos disponíveis a fim de conservar o equilíbrio do ambiente.

Já o curso de Engenharia de Alimentos, localizado em Pinhalzinho, tem duração de cinco anos. Forma profissionais aptos ao desempenho das atividades de engenharia aplicados à indústria de alimentos nos seus diferentes setores; atua em todos os setores da industrialização de alimentos, no gerenciamento de processos produtivos de indústrias ou no gerenciamento do seu próprio negócio.O profissional trabalha também no desenvolvimento de pesquisas ou projetos industriais, no desenvolvimento de novos produtos, além de colaborar na elaboração de políticas, normas técnicas, preservação da saúde pública e na satisfação dos consumidores.

O curso de Tecnologia em Produção Moveleira, em Palmitos, funciona à noite e tem duração de três anos. O acadêmico do curso superior da Udesc atua no planejamento, concepção, controle e avaliação do processo produtivo de móveis. Trabalha no controle de qualidade do produto final, na pesquisa e implantação de novas tecnologias e na coordenação da manutenção produtiva e preventiva do maquinário e de instalações industriais moveleiras. O profissional é conhecedor dos processos na linha de produção e das tecnologias de acabamento, montagem e embalagem, assim como das madeiras e suas combinações com outros materiais.

Mais informações sobre os quatro cursos da Udesc Chapecó podem ser obtidas no portal do Centro de Educação Superior do Oeste. Informações sobre os outros 44 cursos oferecidos pela Udesc podem ser encontradas no Guia do Vestibulando.


Provas

As provas do vestibular de verão 2013 serão aplicadas em oito cidades de Santa Catarina, no dia 11 de novembro, em duas etapas, das 9h às 13h e das 15h às 19h30. A primeira etapa será composta de 60 questões objetivas e múltipla escolha (português, língua estrangeira, matemática e biologia). A segunda etapa também terá 60 questões objetivas (física, química, história e geografia) e a prova de redação.


Comente aqui
23 set16:52

Campanha Pedágio do Brinquedo em Chapecó

Para comemorar o Dia das Crianças, em 12 de outubro, a RBS TV e a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL) lançaram a campanha Pedágio do Brinquedo, válida para todo o estado de Santa Catarina. O tema deste ano é “Sua Doação é Show.”

O objetivo é angariar donativos (brinquedos novos ou em bom estado), que serão doados para mais de 50 entidades que atendem crianças carentes em todo o Estado. A campanha vai até 12 de outubro.

Em Chapecó um dos pontos para entrega de doações é o Shopping Pátio Chapecó.


Confira abaixo os pontos de coleta de brinquedos na região Oeste:

Chapecó

CDL Chapecó

Paseo Avenida

Sesc

Shopping Pátio Chapecó

Supermercado Celeiro Centro

Supermercado Super Alfa

Supermercado Brasão


São Lourenço do Oeste

Unochapecó


Xaxim

Unochapecó


Concórdia

Sesc


Xanxerê

Sesc


Comente aqui
23 set13:49

Crônica: Eu não tenho pressa para que meus filhos saiam de casa

Viviane Bevilacqua | viviane.bevilacqua@diario.com.br

Encontrei na rua uma antiga colega de faculdade, que fazia séculos que não via. Papo vai, papo vem, acabamos falando dos filhos. É simplesmente impossível duas mães se encontrarem e o assunto não acabar nos pimpolhos, independente das crianças terem um, 10, 20 ou 50 anos. Para as mães, são sempre os filhinhos. E, invariavelmente, contamos as suas gracinhas. Coisa de mãe…

– E aí, como vão os meninos? – Ela me perguntou, puxando o assunto.

– Vão bem, estudando, namorando, fazendo estágio. Estão aí, aprendendo a virar gente grande.

– Ah, isso é bom. Eles não moram mais com vocês, né?

– Claro que moram. Os dois ainda não têm condições de se sustentarem, e nem eu quero que eles saiam de casa tão cedo. Pra quê? É tão bom ter eles por perto.

Minha amiga me olhou de um jeito estranho. Será que eu falei alguma bobagem? Com um tom professoral, ela me olhou bem séria e disse:

– Vivi, você tem que deixar de ser tão coruja. Proteção demais só estraga. Deixa esses meninos voarem com as próprias asas – ela recomendou.

Confesso que senti uma pontinha de raiva. Quem é ela para tentar me ensinar a criar meus filhos? Não gostei. Expliquei que eu não os prendo a mim, como ela disse. Apenas não vejo sentido em incentivá-los a sair de casa só porque são maiores de idade e precisam provar ao mundo que já são adultos. Ambos estão estudando e fazendo estágio, ganham pouco. Não há porque forçá-los a procurar um emprego – seria a única forma de eles bancarem o aluguel de um apartamento – enquanto lá em casa eles têm cama, comida e tudo o que precisam.

Sei de muitos jovens que só esperam completar a maioridade para sair correndo da casa dos pais. Acho que isso acontece por dois motivos: pais e filhos não se dão muito bem e falta diálogo em casa, ou quando o jovem sonha em ter um espaço só seu, para manter a individualidade. Lembrei de mais uma situação: quando o pai, a mãe ou ambos começam a jogar na cara que o jovem já tem 18 anos e precisa se virar.

Lá em casa não acontece nem uma coisa nem outra. Claro que de vez em quando rola uma discussão, mas nada que dure mais do que algumas horas. Há respeito mútuo, amizade, carinho, preocupação com o outro e respeito à liberdade de cada um. A casa não é minha, nem do meu marido. É nossa, é da família.

Quer trazer a namorada? Claro que pode. Reunião com amigos? Sempre foi liberado. Privacidade? Todos têm direitos iguais. Eu sei que um dia eles vão embora de casa, e eu juro que quero que isto aconteça. Sonho em vê-los constituir suas próprias famílias, nos visitarem nos finais de semana, trazendo os netinhos para brincarem na casa dos vovôs…

Mas tudo tem seu tempo e sua hora. E tenho certeza que esta hora ainda não chegou. Dei um abraço na minha amiga e disse que precisava ir embora. Era sábado, e meus filhos estavam me esperando para a tradicional pizza em família. Ela me olhou e disse:

– Que saudade do tempo em que jantávamos todos juntos na minha casa. Hoje, somos só eu e o João. Comemos quase sempre assistindo TV. Meus filhos raramente aparecem por lá.

Pois é. Viu só?


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui