Região

23 set13:46

Mega Sena acumula e pode pagar R$ 9 milhões na quarta-feira

Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas no concurso 1427 da Mega Sena, realizado hoje em São Mateus, no Espírito Santo. Dessa forma, o prêmio principal acumulou em R$ 9 milhões para o próximo sorteio, que será na quarta-feira.

Veja as dezenas sorteadas: 08 – 39 – 44 – 47 – 53 e 56.

Já na quina, 73 pessoas foram premiadas. Cada um dos apostadores levou R$ 23.322,46. A quadra teve 4.824 ganhadores, com prêmio de R$ 504,18.


ZERO HORA


Comente aqui
22 set18:34

Cristiano fora do próximo jogo

O atacante Cristiano levou o terceiro cartão amarelo no jogo deste sábado, contra o Macaé, e desfalca a equipe para o confronto do dia 30, contra o Duque de Caxias. O ala esquerdo William, que saiu lesionado, é dúvida.

Quem deve voltar é o atacante Rodrio Gral, que não viajou em virtude de uma lesão na coxa esquerda. A novidade pode ser o ala esquerdo Gilton, contratado junto ao Joinville.

Comente aqui
22 set18:06

Chapecoense empata e fica em terceiro na Série C

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

No confronto do melhor ataque contra a melhor defesa da Série C, os defensores levaram vantagem. A Chapecoense empatou por 0 a 0 com o Macaé, em Macaé, subiu para 20 pontos e manteve a terceira posição no Grupo B. O Macaé foi para 22 pontos e divide a liderança com o Duque de Caxias.

No primeiro tempo a Chapecoense jogou bem, marcando com eficiência o time fluminense e ainda criando chances de gol. Aos 19 minutos Fabiano chegou a marcar um gol mas estava impedido. Três minutos depois o mesmo Fabiano arriscou um chute de longe o goleiro conseguiu espalmar, com a bola ainda tocando na trave.

Cristiano também teve a chance de marcar, mas errou a finalização. Na saída para o intervalo houve uma confusão envolvendo o zagueiro Rafael Lima e um dos jogadores do Macaé. Mas ninguém foi advertido.

No segundo tempo o Macaé tentou pressionar mas chegava com pouco perigo. Nos contra-ataques a Chapecoense levava perigo. Aos 31 minutos Eliomar ficou de frente para o gol e, na tentativa de tirar a bola do goleiro, mandou pra fora.

Na sequência o Macaé levou perigo mas Nivaldo mandou para escanteio. E o jogo terminou mesmo sem gols. Na próxima rodada a Chapecoense enfrenta o Duque de Caxias, no dia 30, domingo, em Chapecó.


FICHA TÉCNICA

MACAÉ – 0

Luís Henrique, Daniel (Daniel), Diego, Douglas Assis e Edu Piana; Gedeli,Wagner, Norton e Osmar (Ricardinho); Zambi e Jones (Willian).

Técnico: Toninho Andrade

CHAPECOENSE -0

Nivaldo, Fabiano, André Paulino e Rafael Lima; Eliomar, Wanderson, Paulinho Dias, Neném e William (Marcos Alexandre); Jô (Thuram) e Cristiano (Lê).

Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Arbitragem: Cleisson Veloso Pereira, auxiliado por Marconi Herbert Vieira e Frederico Soares Vilarinho (trio de MG).

Cartões amarelos: Cristiano e Marcos Alexandre (C);

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé-RJ

Público: 582 pessoas


Comente aqui
22 set15:32

Mercoagro cresceu 7,3%

A Mercoagro, Feira Internacional de Negócios, Processamento e Industrialização da Carne, que encerrou na sexta, em Chapecó, teve crescimento de 7,3% em relação à edição anterior, em 2010.

Sirli Freitas

De acordo com estimativa da comissão organizadora o volume de negócios fechados e encaminhados durante os quatro dias do evento, no Parque de Exposições Tancredo Neves, foi de US$ 161 milhões. Na edição passada o volume de negócios foi de US$ 150 milhões. A projeção está dentro da projeção anterior ao início da feira, que era de US$ 160 milhões.

O público, de 32 mil pessoas, foi dois mil acima do projetado. A feira foi promovida pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), em parceria com a BTS Informa e apoio da Prefeitura de Chapecó. A próxima edição da Mercoagro é em 2014.

De acordo com o presidente da Acic, Maurício Zolet, já há contrato assinado para as próximas cinco edições da feira.


Comente aqui
22 set14:58

Homem encontrado morto no interior de Chapecó

Um homem foi encontrado morto na madrugada deste sábado, por populares, na linha Cascavel, interior de Chapecó. De acordo com a polícia militar, Marcos Antonio Borges de 26 anos, teria sido vítima de um assalto a mão armada na no centro da cidade, na noite de ontem.

Ele e uma jovem de 19 anos estavam em um carro quando foram abordados pelos assaltantes. Ela teria sido levada por um dos bandidos em outro veículo e só foi libertada por volta das 23 horas de sexta-feira. Já o Marcos foi levado no carro dele pelo outro assaltante. Parentes da vítima encontraram o corpo por volta das 2h30 de hoje. A policia ainda investiga esse caso, para apurar quem teria cometido o crime.

Comente aqui
22 set14:24

Quatro mortes em acidentes no Oeste

Quatro pessoas morreram em acidentes de trânsito no Oeste entre às 20 horas de sexta-feira e a 6h30 deste sábado.

Na manhã de hoje, um acidente entre um Uno de Concórdia e um Palio de Piratuba, causou a morte de Doraci Fátima dos Santos, 50 anos, caroneira do Palio.Outras duas pessoas que estavam no carro foram levadas para o Hospital São Francisco de Concórdia com ferimentos leves.

O acidente foi na SC 462, na comunidade de Rancho Queimado, em Concórdia. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, que atendeu a ocorrência, condutor Uno fugiu do local do acidente.

Em Xanxerê também teve motorista que fugiu do local do acidente. Foi na noite de ontem na BR-282. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, a motocicleta Sundown, placas de Xanxerê, conduzida por Maximino dos Santos, de 55 anos, bateu na traseira de um carro. Em seguida ele caiu na rodovia e foi atropelado por um caminhão. O motorista fugiu sem prestar socorro. Maximino dos Santos morreu na hora.

Outro acidente com vítima fatal foi na sexta-feira à noite, na linha Nossa Senhora da Graças, interior de Águas de Chapecó, onde um carro saiu da pista e capotou. Uma das caroneiras do veiculo, Cristina Santos, 17 anos morreu na hora. Outras duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais da região.

O quarto acidente com morte foi no quilômetro 147 da SC 283, em Palmito, às 20 horas de sexta-feira. Um Uno placas de Palmitos saiu da pista e capotou matando o motorista e único ocupante do carro, Elfried Zingler de 45 anos.


Comente aqui
22 set09:41

Zagueiro com faro de gol para encarar o Macaé

darci.debona@diario.com.br|DARCI DEBONA

Para enfrentar o melhor ataque da Série C do Brasileiro, o Macaé, neste sábado, às 16 horas, no estádio Moacyrzão, a Chapecoense conta com um zagueiro goleador. Fabiano ajudou o time a ter a melhor zaga da Série C, com oito gols sofridos em 12 jogos. E além disso marcou um dos quatro gols na vitória contra o Caxias, no domingo passado. Foi o oitavo gol de Fabiano em 2012. Ele marcou seis no Campeonato Catarinense, um na Copa do Brasil e agora um na Série C.

 


Foto: Sirli Freitas




E diz que nunca jogou de atacante. –É fruto de treinamento- afirmou Fabiano. A boa estatura, de 1,88 metro, é uma vantagem. Dos oito gols, seis foram de cabeça. Para o zagueiro, o gol da vitória por 1 a 0 contra o Avaí, pelo Catarinense, foi o mais emocionante. –Foi minha estreia e meus familiares estavam assistindo- lembra.

Outro gol memorável foi na derrota por 4 a 1 contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil. Fabiano é natural de São João do Oeste, jogou em times amadores da região, jogou na base do São Luiz-RS e depois nos juniores da Chapecoense, onde profissionalizou-se. Está com 20 anos e é revelação do clube neste ano.

É com ele que o técnico Gilmar Dal Pozzo conta para parar o Macaé, que já fez 25 gols em 12 jogos e é um dos líderes do Grupo B, com 21 pontos, ao lado do Duque de Caxias. A Chapecoense está em terceiro, com 19, e pode até assumir a liderança. E não será surpresa se Fabiano também ajudar a suprir a falta do atacante Rodrigo Gral, que recupera-se de lesão.


FICHA TÉCNICA


MACAÉ


Luís Henrique


Daniel

Diego

Douglas Assis

Elton


Gedeli

Wagner

Norton

Zambi

William

Jones


Técnico: Toninho Andrade


CHAPECOENSE


Nivaldo


Fabiano

André Paulino

Rafael Lima


Eliomar

Wanderson

Paulinho Dias

Neném

William


Cristiano


Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Horário: 16h

Arbitragem: Cleisson Veloso Pereira, auxiliado por Marconi Herbert Vieira e Frederico Soares Vilarinho (trio de MG).

Local: Estádio Cláudio Moacyr, em Macaé-RJ

1 comentário
21 set16:17

Um curso para quem gosta de árvores

darci.debona@diario.com.br

Desde pequeno Diego Ricardo Bressan gostava de árvores e de ficar ao ar livre, em contato com a natureza. Começou trabalhando como eletricista mas, quando surgiu o curso de Engenharia Florestal, em 2004, na Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), pensou que seria o curso ideal para suas aspirações. –Sempre gostei e mato e, pesquisando o mercado, vi que era uma boa- afirmou.

Sirli Freitas

Depois de formado, ele levou quatro meses para conseguir emprego, num escritório de licenciamento ambiental, onde trabalha até hoje. Sua especialidade é desenvolver projetos para Pequenas Centrais Hidrelétricas. –Já fiz uns 20 projetos- calculou.

Seu trabalho consiste em identificar a vegetação das áreas que serão alagadas e elaborar projeto de compensação ambiental. Bressan tem que escolher a área adequada, e reproduzir nesses locais uma vegetação o mais próximo possível da original.

Além de garantir a biodiversidade, ele tem que saber como combinar e dispor as espécies. Algumas plantas, como os sarandis, precisam ficar próximos de córregos. Já a Araucárias não gostam de áreas úmidas.

Bressan disse que a engenharia florestal é uma profissão que garante a sustentabilidade, pois trabalha uma forma de reparar os impactos das hidrelétricas.

Mas esta é apenas uma das áreas de atuação da profissão. A coordenadora do curso de Engenharia Florestal da Unoesc, Graciele Barbieri Martarello, disse que há uma demanda grande na região oeste de profissionais para projetos de reflorestamento com o objetivo de fornecer energia para as agroindústrias.

Gracieli disse que o engenheiro florestal planeja a implantação de espécies mais adequadas ao clima e solo da região, para ter um melhor desenvolvimento. Além da produção de energia os reflorestamentos também podem ser utilizados para a indústria de celulose e moveleira.

Em Pinhalzinho há demanda por profissionais que desenvolvem chapas de madeira mais resistentes, para as indústrias de móveis.

O curso de engenharia Florestal foi implantado a partir de uma pesquisa que indicou a demanda por esses profissionais na região.  Foi o terceiro curso no estado, depois da UNC  de Canoinhas e da Furb de Blumenau. Atualmente a Udesc também oferece o curso em Lages.

O curso tem cinco anos de duração com bastante foco em engenharia e botânica. Em Xanxerê há disciplinas complementares mais voltadas para as necessidades da região. As três principais linhas de atuação são a implantação de reflorestamentos, o manejo de florestas exóticas e nativas e o processamento de madeira.

Graciele estima que 95% dos 150 alunos já formados, em cinco turmas, conseguiram emprego. A maioria trabalha na região mas muitos conseguiram emprego nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Tocantins e Piauí.

Comente aqui
21 set15:43

Chapecoense embarca para o Rio

A Chapecoense está embarcando por volta das 16 horas desta sexta-feira para o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Macaé, amanhã, às 16 horas, em Macaé. A delegação chega às 17 horas na capital fluminense onde pega um ônibus para percorrer os 180 quilômetros até Macaé.

Pela manhã o time fez um trabalho de dois toques no campo suplemetar da Ressacada, em Florianópolis.

Comente aqui
21 set09:05

Acampamento Farroupilha terá mostra de equoterapia

A Semana Farroupilha, que iniciou dia 15 de setembro e segue até o domingo, dia 23, no Haras Humberto Scopel, tem em sua programação uma mostra de equoterapia. A atividade será desenvolvida neste sábado, dia 22, com alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Chapecó (Apae) e do Centro de Atividades Psicofísicas Patrick (Capp).

No evento tradicionalista, a Apae apresentará demonstrações com a aluna Claudia Capeleto, na montaria individual, orientada pela fisioterapeuta Juliana Cripa, e o aluno Amarildo Stedile, na montaria individual e domínio de rédeas, orientado pela professora de educação física Lediani Zuffo.

Agendada para as 15h, a ação objetiva mostrar a terapia que utilizava o cavalo como ferramenta, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas com necessidades educacionais especiais.

Segundo a diretora da Apae, Nara Valiati, o evento oportunizará a socialização dos alunos, mostrando um pouco do trabalho desenvolvido na Apae em parceria com o haras.

Os animais disponibilizados pelo haras para a prática de equoterapia pelos alunos da Apae e do Capp são das raças Appaloosa, Quarto de Milha, Brasileiro de Hipismo, Luzitano, Crioulo e Muares.


Comente aqui