Ação Comunitária

07 jul10:05

Ações inscritas ao Prêmio Ação Comunitária serão conhecidas neste sábado

O Prêmio Ação Comunitária terá apresentadas neste sábado, 7 de julho, as indicações feitas para sua oitava edição. Participam escolas públicas e particulares, movimentos comunitários e organizações não-governamentais, dentro do objetivo de destacar atividades desenvolvidas na comunidade e contribuir com a maior notoriedade de ações de voluntariado que beneficiam segmentos da sociedade. A apresentação das ações inscritas será feita às 14h, no palco do Mercado Público Municipal, numa iniciativa da Unochapecó, Rádio Super Condá e Caixa Econômica Federal.

Na edição de 2012 foram inscritas 21 ações de ONGs, 15 de movimentos comunitários e 11 de escolas. A apresentação será feita durante o programa Condá na Comunidade, que vai ao ar das 14h às 16h.

As 21 ações das ONGS foram inscritas por 16 organizações. São elas: Conselho Comunitário dos Bairros Saic e Jardim Itália; Sociedade Espírita Filhos de Dom Inácio de Loyola/Programa Viver; Banda Estudantil Marechal Bormann; Verde Vida; Associação de Fraternidade Ecumênica – Asfrec; Pastoral da Criança; Aiesec em Chapecó; GPO Escoteiros Xapecó; Cruz Vermelha; Centro Social Ilma Rosa De Nes/Bairro Saic e Jardim Itália; Adevosc; Albergue João Piltz; Associação Catarinense de Professores/Núcleo Regional de Chapecó; Educar, Servir e Amar a Deus (Esad); Gapa; e Projeto Sombra e Água Fresca.

Os movimentos comunitários que apresentaram as 15 ações são em número de 13. Estão inscritos os seguintes movimentos: Grupo de Jovens Ruah; Associação de Moradores do Loteamento Universidade; Conselho Comunitário do Loteamento Sereno Soprana; Grupo de Idoso Florescer/Alta Floresta; Grupo de Idosos Santa Luzia/Parque das Palmeiras; Igreja Assembleia de Deus Fé para as Nações; Associação Amigos do Parque Alberto Fim; Comunidade Santa Maria Madalena; Oficina de Violão; Oficina de Palhaço – Klawes; Oficina de Dança Germânica; AGCF – Associação Geração Chapecó de Futsal; e Grupo de Viola Comunitário.

Na categoria escolas, as 11 ações foram indicadas por sete estabelecimentos. São eles as escolas: Básica Municipal Alípio José da Rosa; Educação Básica Professora Zelia Scharf; Básica Municipal Anita Garibaldi; Básica Municipal Victor Meirelles; Básica Municipal Florestan Fernandes; Escola de Artes; e Básica Municipal Cruz e Souza.


1 comentário
11 jan15:06

Mais de 4 mil atendimentos em Quilombo

Mais de 4 mil pessoas foram atendidas na “Ação Comunitária”, promovida no último final de semana, pela Fundação Aury Luiz Bodanese, Coopercentral Aurora (Aurora Alimentos) e Prefeitura Municipal de Quilombo. O evento aconteceu das 8 às 16 horas, na praça Helio Antonio Farezin. A iniciativa integrou a programação em comemoração aos 15 anos do Frigorífico Aurora de Quilombo (FAQUI).

A intenção do evento foi aproximar a empresa da comunidade através da prestação gratuita de serviços. De acordo com a presidente da Fundação, Isabel Machado, a ação comunitária valoriza os cidadãos através de serviços como emissão de documentos, prevenção à saúde, campanhas sociais e atividades lúdicas para as crianças. Além disso, as atividades envolveram funcionários e moradores.

No evento, a Fundação apresentou os programas “A Turminha da Reciclagem”, “Vivendo Saúde”, “Família é Tudo” e “Amigo Energia” com a contação de histórias. Auxiliaram nas atividades aproximadamente 50 voluntários. Também ocorreu degustação de produtos Aurora com a participação de 1.600 pessoas.


Atividades

Levantamento realizado pela Fundação apontou que o programa mais procurado pela comunidade foi a contação de histórias com 232 participantes. As crianças também se divertiram com brinquedos infláveis, biblioteca móvel da “Cultura nas Estradas”, oficina de perna de pau, palhaços, pintura fácil, oficina de bexiga, algodão-doce e outras brincadeiras.

Na área de prevenção à saúde foram disponibilizados 41 testes de tipagem sanguínea, 128 verificações da pressão arterial, 149 testes de índice de massa corporal (IMC) e 78 testes de glicemia.

Os programas da Fundação atenderam mais de 500 pessoas, sendo 219 do “Vivendo Saúde”, 219 do “Família é Tudo” e 87 “A Turminha da Reciclagem”. Na área social foram prestadas 340 orientações dos bombeiros e 18 esclarecimentos de questões previdenciárias por advogados. Também foram confeccionados 70 RG’s, 104 CPF’s e feitos 37 cortes de cabelo. Totalizando 3.925 atendimentos.

A iniciativa teve como parceiros o empresas locais, coordenação do Grupo de Danças Tradicionalistas Algrides Lunedo, SDR Quilombo, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Rodoviária.


Comente aqui