Acic

10 nov15:04

Social: José Tessari é eleito Empresário do Ano 2012

Em razão do caráter sigiloso do processo eleitoral, pela primeira vez, nos 20 anos do Troféu Nelson Galina instituído pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), o empresário eleito não esteve presente na solenidade de entrega da honraria: O industrial José Antonio Tessari estava em viagem de negócios e não sabia que o nome estava na lista tríplice.

Tessari tem 66 anos de idade, é casado com Mara Dal Vesco. Pai de Calina, Verônica e Gisele Tessari. Ele é diretor da empresa Rotesma Artefatos de Cimento Ltda. Graduado em Administração de empresas. Pós-graduado em Marketing Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas e diretor da Associação Comercial e Industrial de Chapecó e de outras entidades do setor.

A metodologia de escolha do Empresário Ano está dividida em duas etapas. Na primeira, a votação corre online, da qual se extraem os três empresários com maior votação. Essa fase foi cumprida no período de 24 de setembro e 30 de outubro. Na segunda fase, em solenidade pública, revelam-se os nomes da lista tríplice e realiza-se a votação final, esta, presencial.

A comissão organizadora esclareceu que a não revelação prévia dos nomes dos empresários com maior número de indicações – nem mesmo para os próprios indicados – embute o risco da ausência de algum deles.

Além de José Tessari, compuseram a lista tríplice os empresários Gilson Vivian (Inviolável) e Mário Lanznaster (Coopercentral Aurora Alimentos).

O presidente da Acic, Maurício Zolet, disse que o Troféu Nelson Galina ficará em poder dos presidentes do Conselho Deliberativo, do Conselho Consultivo e da Diretoria Executiva e será oportunamente entregue ao seu destinatário.

Por se tratar da vigésima edição da escolha do Empresário do Ano tiveram destaque os empresários que compõe a Galeria do Troféu Nelson Galina homenageados pela ACIC no período de 1993 a 2011.


Comente aqui
31 ago16:28

Social: Comitiva italiana visitou Acic em Chapecó

A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) recebeu nesta semana a visita de empresário italianos, liderada por Oscar De Bona, ex-governador da Província de Belluno por três mandatos.

O objetivo da visita foi estabelecer um intercâmbio de negócios e tecnologia, com intenções de investimentos e parcerias com empresários locais, nos segmentos de equipamentos e soluções para a construção civil, energias renováveis, instalações elétricas, tratamento e recuperação de águas, design e aproveitamento de madeiras para móveis, arquitetura, prevenção de enchentes e contenção de encostas, máquinas e equipamentos, turismo e aportes de capital.

Os empresários italianos foram recebidos pelo diretor de Feiras e Eventos da ACIC, Vincenzo Francesco Mastrogiacomo, acompanhado pelos demais diretores e conselheiros.

Os dirigentes formularam o convite aos empresários italianos para a MercoAgro 2012, nessa que é a maior feira do segmento na América Latina e uma das maiores do mundo no setor de processamento de carnes. A comitiva também recebeu da ACIC amplo material estatístico e de divulgação da cidade de Chapecó e região.

- Os italianos também retribuíram o convite para a Feira Internacional de Belluno (Longarone Fiere) – expôs Mastrogiacomo.

Lá os eventos dos diferentes setores são organizados por uma iniciativa privada que administra o parque de exposições, onde são realizadas 12 feiras internacionais por ano, que tem à frente o atual presidente Oscar De Bona, também ex-ministro Regional da Imigração.

- Fomos muito bem recebidos nesta cidade e esperamos retribuir toda a hospitalidade no nosso País – comentou De Bona.


Comente aqui
17 ago14:17

ACHAP presta homenagem aos 95 anos de Chapecó

Chapecó recebe uma homenagem neste mês, em comemoração aos 95 anos de fundação, através da arte estampada em dez outdoors espalhados pela cidade. Essa é uma ação inédita que resultou de iniciativa da Associação dos Artistas Plásticos de Chapecó (ACHAP) em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). A entidade empresarial patrocinou os outdoors e os artistas demonstraram seu talento nos respectivos painéis, compondo uma criativa homenagem a Chapecó através do olhar de cada artista e sua respectiva técnica.

Embelezando o cenário urbano da cidade-polo do grande oeste de Santa Catarina, as criações dos artistas Eduardo Dutra, Elisa Iop, Janaina Cora, Lenice Weiss, Mariel Moro, Marlowa Pompermayer Marin, Neocy Fin, Newton Reis e Sandra Abello são únicas e exclusivas, surpreendentes e belas.

Os painéis podem ser apreciados e fotografados nos seguintes endereços: avenida Fernando Machado, próximo ao Shopping Pátio Chapecó; avenida senador Atílio Fontana, atrás da concha acústica do Parque da Efapi; avenida Getúlio Vargas ao lado do Posto Marcon; avenida Nereu Ramos em frente a Loja Tumeleiro; avenida Irineu Bornhausen próximo a Cervejaria Kilsen; avenida General Osório nas proximidades do Colégio Druziana Sartori; rua Fernando machado em frente a Laborsan; rua Rui Barbosa ao lado da Wizard, rua Rui Barbosa, proximidades da Codecal e da Agência dos Correios e rua Marechal Bormann em frente a Caixa Econômica Federal.

Um dos outdoors expressa a homenagem póstuma a três membros fundadores da ACHAP e reúne, numa composição, obras dos artistas Vicky Lecuona, Agostinho Duarte e Cyro Sosnoski.

O presidente da ACIC, Maurício Zolet, destacou que o apoio à classe artística e a valorização das iniciativas culturais locais marcam a atuação da atual administração da entidade. Frisou que a parceria com a ACHAP de forma institucional, ou com os artistas plásticos de forma personalizada, será mantida no plano de trabalho porque representa uma notável demonstração de integração entre a arte e a economia.


Criatividade

Nesta linha de atuação está prevista outra atividade para o mês de setembro: a publicação de um conjunto gráfico composto de um envelope-caixa reunindo dez peças no formato de cartão postal. Cada cartão reproduz em uma face a imagem criada por cada artista (a mesma do outdoor) e, na outra face, um breve histórico sobre o artista e sua obra e a assinatura/logomarca do patrocinador.

Criada em 22 de novembro de 2002, a Associação dos Artistas Plásticos de Chapecó foi fundada por Agostinho Duarte, Lenice Weiss, Xiko Bracht, Eduardo Dutra,Vicky Lecuona, Newton Reis, Marlowa Pompermayer Marin, Sandra Abello, Neocy Fin, Cyro Sosnoski e Mariel Moro. A ACHAP defende o interesse da classe e busca o reconhecimento da categoria junto à sociedade.


Comente aqui
30 jul18:11

Curso de mecânica básica para mulheres foi realizado em Chapecó

Uma iniciativa do Núcleo de Automecânicas da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) torna acessível o conhecimento sobre mecânica automobilística para mulheres. Na última semana, a parceria com a Fundação de Ação Social de Chapecó (Fasc) atendeu 30 mulheres em curso teórico e prático.

A capacitação, ministrada pelos empresários do Núcleo, tem o objetivo de expor os cuidados necessários para garantir as boas condições do veículo. A aula teórica foi realizada na Fasc e a prática na Mecânica Moratelli, onde as mulheres tiveram que “por a mão na graxa”, explica o coordenador do Núcleo, Neuri Onghero.

Foi apresentado todo o funcionamento do motor, sistemas de freio, embreagem, uso de extintor, calibragem e troca de pneus, higienização do ar condicionado e a troca do filtro, troca de óleo, uso de lubrificantes, injeção eletrônica, entre outros fatores.

- Apontamos os passos para que as mulheres reconheçam quando o veículo apresenta sinais de alerta ou até mesmo como lidar com determinadas situações no trânsito causadas por falhas mecânicas – observou o coordenador.

Além de aprender sobre a manutenção preventiva e o funcionamento básico do veículo, as mulheres receberam dicas, até mesmo no que se refere ao atendimento nas oficinas.

- É fundamental que o proprietário escolha uma mecânica da sua confiança, para que a cada seis meses seja feita uma revisão para evitar o desgaste do veículo. É importante estabelecer essa relação, pois o profissional auxiliará a manter as boas condições do automóvel, aumentando a segurança no trânsito – complementou Onghero.


Núcleo de Automecânicas

Criado em janeiro de 1998, o Núcleo visa fortalecer o segmento das automecânicas, promovendo a capacitação técnica e empresarial e ações voltadas ao crescimento das empresas.

O Núcleo conta 21 empresas nucleadas.


Comente aqui
20 jul14:46

Boi no Rolete será realizado no dia 2 de setembro em Chapecó

A Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), através do Núcleo do Jovem Empreendedor, e o Programa Viver lançaram na última quinta-feira, dia 19, a 5ª edição da festa Boi no Rolete. A solenidade, realizada na sede do Programa Viver (bairro Quedas do Palmital), contou com a presença de apoiadores, convidados e profissionais da imprensa.

Programado para o dia 2 de setembro, às 12 horas, no CTG Vaqueanos do Oeste, o Boi no Rolete é um evento beneficente, baseado no slogan “Juntamos a fome com a vontade de ajudar”. Todo o recurso arrecadado é destinado às ações do Programa Viver.

De acordo com a coordenadora do Programa, Marlene Somensi, o projeto atende mais de 100 crianças e adolescentes, proporcionando apoio pedagógico, palestras e oficinas socioeducativas com profissionais de diversas áreas. A entidade também oferece diariamente alimentação e atividades recreativas como esporte, cultura e lazer. Os adolescentes recebem ainda apoio para ingressarem no mercado de trabalho. Para ter acesso ao projeto, é preciso estar na escola, alcançar boas notas e passar de ano.

O diretor de Desenvolvimento dos Núcleos Setoriais da ACIC, Francis Marcel Post, destacou o empenho dos jovens empresários na organização da festa. Neste ano, o grupo trabalhará para vender os 1000 ingressos disponíveis.

O coordenador do Boi no Rolete Alan Sean Schütz e a vice-coordenadora do NJE Rosiclei Voicolesko assinalaram as ações do Núcleo, criado em 2007, com o objetivo de estimular o associativismo e o espírito de colaboração.

- Contribuir com o Programa Viver é uma enorme satisfação, pois é um projeto sério que oferece novas alternativas para muitas crianças, seja através do esporte ou da profissionalização – disse Alan.

Os ingressos à venda estão disponíveis Acic, Supermercado Celeiro, Loja Tom Sobre Tom e O Boticário. Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 49 3329-0489 no Programa Viver e 3323-4100 na Acic.


Comente aqui
20 jul11:23

Marlowa participou de Almoço Empresarial da Acic em Chapecó

A arte de uma catarinense que viu em Chapecó a oportunidade de crescer e conquistar um espaço tão disputado nas principais galerias do País e até mesmo em exposições internacionais. Um sonho de uma jovem se tornou realidade e hoje alcança cenários privilegiados, estampando a simplicidade da vida em obras distintas. Esta foi a história contada para mais de 150 empresários durante o Programa Almoço Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), que recebeu nesta quinta-feira, dia 19, a ilustradora e artista plástica Marlowa Pompermayer Marin para falar sobre “Empreendedorismo na Área Cultural”.

Natural de Caçador, Marlowa iniciou a carreira em 1988, quando concluiu o curso de Desenho Artístico em Curitiba. Mas até chegar ao objetivo, experimentou a profissão de bancária e ouviu do então chefe que era do tipo de pessoa que plantava sementes. Como ela diz, quis colher os frutos na arte.

Há 20 anos, escolheu Chapecó para morar por visualizar no município oportunidades de crescimento, pois percebia que a cidade era um celeiro de empreendedores, de arrojo e incentivo a novas ideias. Em pouco tempo, já apresentava trabalhos ao lado de grandes artistas chapecoenses, entre eles Paulo de Siqueira, Selistre de Campos e Chico Bracht.

Apaixonada pela técnica aquarela, sentiu que precisava inovar. Expandiu o conhecimento, buscou novos estilos e encontrou o caminho criando personagens felizes e coloridos. Em seus desenhos e pinturas estão inseridos o dia a dia das pessoas, as coisas simples.

- Gostaria que minha produção tivesse uma íntima relação com o poder das coisas que estão aí, e que as vezes não vemos. Faço referência à vida, aprendo que os momentos felizes estão essencialmente ligados às nossas escolhas – definiu.

O trabalho da artista apresenta um universo de personagens figurativos, lúdicos, resultando em um cotidiano de momentos felizes e evidenciando o desenho que sempre gostou, em um contraste de cores intensas.

Sua trajetória é composta por exposições coletivas em salões e individuais. Além do Brasil, algumas das obras da artista encontram-se para comercialização em Portugal, na Espanha e Inglaterra.

Em 2002, ilustrou o primeiro livro infantil e descobriu a possibilidade de levar seus desenhos e pinturas a novos olhares. De acordo com Marlowa, uma das grandes conquistas foi ser aprovada na Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB), o que possibilitou em 2011 a presença no Illustra Brazil na China, uma exposição com os principais ilustradores do mundo. Soma agora oito livros infantis ilustrados e um encarte de CD de músicas infantis.

Atualmente a artista estuda Design Visual e desenvolve uma linha de produtos em papelaria, porcelanas, obras literárias, entre outros. A grande novidade apresentada durante o Almoço empresarial foi a assinatura de contrato com a empresa UATT?, uma franquia que comercializará a arte de Marlowa nos grandes centros do País. Ela contou com orgulho a mensagem de apresentação da empresa ao falar da parceria:

- A UATT? traz para sua família a linha da Marlowa. Ela, como nós, vê encantamento no mundo e traduz sentimentos em ilustrações e produtos que fazem o dia a dia mais gostoso – disse.

Marlowa expôs com orgulho sua trajetória, enfatizando que recebeu muitas vezes um educado “não” e mesmo assim não desistiu. Concluiu que em Chapecó encontrou apoio, construiu afetos e teve como exemplo o trabalho de artistas talentos que a ajudaram a crescer profissionalmente.

O presidente da ACIC Maurício Zolet ressaltou a preocupação da entidade em valorizar a cultura e a arte chapecoence.

- A palestra da Marlowa foi um grande ensinamento para os empresários, pois não importa em que setor atue, o importante é inovar e buscar o diferencial – completou.

A obra da artista pode ser conhecida no endereço eletrônico http://marlowa.com.br/ ou no blog http://marlowa-marlowa.blogspot.com.br/.


Comente aqui
18 jul15:26

Diretoria da Acic de Concórdia toma possa nesta sexta-feira, dia 20

A nova diretoria da Associação Empresarial de Concórdia, ACIC, gestão 2012/2014, será empossada nesta sexta-feira, dia 20 de julho. Assumem a presidência da associação Dagnor Roberto Schneider ao lado da vice Maria Luisa Lasarim, no lugar dos atuais presidente e vice, Juliano Zandonai e Michel Poy Olmi. O evento será no salão social do Clube 19 de Julho, com recepção às 20h e início às 20h30.

As eleições da diretoria aconteceram no final do mês de abril. De acordo com a coordenadora executiva da ACIC, Maria de Lourdes Dal Piaz, o evento é feito especialmente para os associados da ACIC.

- São eles que fazem acontecer dentro da associação – disse.

Segundo a coordenadora, esse ano o governador do Estado, Raimundo Colombo, e o presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado estadual Gerson Merísio, foram convidados para o evento.


Comente aqui
04 jul09:12

Hospital Regional do Oeste em Chapecó será ampliado

Investimento de R$ 30 milhões, novos 156 leitos, salas cirúrgicas e ampliação da área de tratamento intensivo. Obras e recursos que estão no projeto da construção na nova ala do Hospital Regional do Oeste, um marco na história da instituição desde sua fundação em 1986, apresentados à Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), na última semana, em visita ao HRO.

Os dirigentes da ACIC foram recebidos pelo presidente da Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira (AHLVF) Severino Teixeira da Silva Filho e pelo presidente do Conselho Delegado de Administração Marco Aurélio Nedel e o vice Gelson Dalla Costa.

O presidente da ACIC Maurício Zolet e os demais empresários tiveram a oportunidade de conhecer toda a estrutura do maior hospital público catarinense, desde o refeitório, lavanderia, almoxarifado, até os setores de neurocirurgia, UTI, pediatria e oncologia.

O HRO atua em regime de alta complexidade, abrangendo em torno de 120 municípios, com população estimada em 1,1 milhão de habitantes. Conta com 920 funcionários, 130 médicos de plantão (aviso e sobreaviso) e um corpo clínico de 209 especialistas, além de 16 médicos anestesiologistas. Este quadro funcional não agrega funcionários de clínicas, laboratórios, setor de fisioterapia, entre outros.

Atualmente, são 319 leitos para atender uma demanda crescente, o que, na avaliação do presidente Severino Teixeira da Silva Filho, está com a capacidade de atendimento esgotada. Por isso, no fim do mês de junho a direção do Hospital entregou ao governador Raimundo Colombo o projeto que prevê a ampliação para 475 leitos, além da construção de mais 26 leitos para a unidade de terapia intensiva (nove para UTI geral, dez UTI pediátrica e sete para UTI coronária) e mais 12 salas cirúrgicas.

Dos novos leitos, 37 leitos receberão pacientes para tratamento intensivo, 56 para oncologia de longa duração, 36 para quimioterapia de curta duração e 27 para recuperação pós-cirúrgica, totalizando 156 unidades.

Atualmente o HRO realiza em média 1200 cirurgias/mês. Por isso, a obra é considerada fundamental para atender a demanda da região. A estrutura recebeu recentemente algumas melhorias para agregar o setor de transplantes e o espaço universitário, onde estudantes de Medicina desenvolvem as atividades.

- Com a ampliação, teremos um hospital ainda mais preparado para receber novos cursos de Medicina na região – disse Zolet.

O presidente do Conselho Delegado de Administração Marco Aurélio Nedel disse que um dos maiores problemas é a alta procura pelo atendimento no setor de emergência. Segundo o dirigente, de cada 100 pessoas que chegam até o setor, cerca de 3% são internados.

Outro destaque apontado pela direção é o reconhecimento de hospital de maior resolutividade em Santa Catarina. A higiene e organização também são referências, além de que dentro da própria instituição são fabricados móveis para os leitos, a exemplo do suporte para segurar o soro, e a sala de costura onde são confeccionados os uniformes, lençóis e outros materiais.

- O Hospital Regional do Oeste preza pela total qualidade no atendimento. Desde que esta administração assumiu a Associação Lenoir Vargas Ferreira, buscamos elevar a autoestima da equipe de colaboradores e, como resultado, percebemos uma melhora significativa no cuidado com as pessoas e na busca incessante pelo bom atendimento- complementou o presidente do HRO.


Comente aqui
19 jun17:06

Social: RBS TV recebe homenagem da ACIC Chapecó

Na tarde desta terça-feira, dia 19 de junho, foi entregue, pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), uma placa em homenagem aos 30 anos  da RBS TV Chapecó. A entrega foi realizada na sede da Acic.

O gerente executivo Mauro Vanin recebeu das mãos do presidente da Acic, Maurício Zolet a homenagem. Também participaram do ato integrantes da diretoria da Associação.

Comente aqui
13 jun16:51

Cronograma de obras do acesso à BR 282 é apresentado

O acesso Plínio Arlindo de Nes, via de acesso à BR 282, está com 90% da terraplenagem, 53% da drenagem e 17,5% da pavimentação das obras concluída. A apresentação do cronograma da obra foi realizada na tarde desta quarta-feira em Chapecó durante reunião entre a Secretaria de Desenvolvimento Regional, Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e empresas que trabalham na construção. Após a federalização o trechou passou a se chamar BR-480.

Segundo o secretário da SDR Chapecó, Eldimar Jagnow, o governo de Santa Catarina está cumprindo todos os contratos para acelerar a obra.

O engenheiro Alexandre Simone, da empresa Sul Catarinense, que executa a obra, acredita que a obra possa ser entregue até junho de 2013.

- Para isso é preciso regularizar algumas áreas que estão na faixa de domínio e fora dela – disse Alexandre.

O engenheiro da SDR Chapecó, Roberto Barbosa, explicou que no início da obra havia mais de 35 impasses com proprietários de terras ao longo do percurso e agora são apenas cinco.

O investimento total na obra, com recursos do governo federal e estadual, é de R$ 76.789.960,34. Participaram do encontro também o vice-presidente da ACIC Flávio Pasquali e o diretor geral da SDR Chapecó Gilberto Ari Tomazzi.

No encontro foi discutido também o aumento na sinalização no trecho de 7,6 quilômetros. Apesar do consenso que a grande parte dos acidentes ocorrem por imprudência e excesso de velocidade, foi pedido às empresas que realizam as obras que aumentem o número de placas de sinalização de velocidade e de cuidados ao longo do acesso.

Na segunda-feira, dia 18, a ACIC pretende entregar um documento ao ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, que estará em Chapecó, solicitando agilidade no repasse de recursos do governo federal.


Curva da morte

Um dos trechos mais críticos da rodovia, a chamada curva da morte, terá mudanças até o final do mês de julho. Segundo o engenheiro Alexandre Simone, o trânsito será desviado para as vias marginais para que sejam realizadas as obras na pista central.


Comente aqui