Acidente

07 jun09:45

Bebê que sobreviveu nos braços da mãe deixa o Hospital em Concórdia

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Com apenas alguns aranhões na face, o bebê Marcos Felipe Menezes, de dois anos e cinco meses, deixou o Hospital São Francisco às 11h20 de ontem. Ele é o único sobrevivente do acidente ocorrido na manhã de terça-feira, na BR 153, em Concórdia.

Os pais, Taís Menezes, 20 anos, e Syllas Pereira da Rocha, 23 anos, que conduzia a carreta, morreram no acidente e serão enterrados por volta das 9 horas de hoje na cidade de Nova Andradina, que fica próxima a Naviraí-MS. O casal morava em Naviraí mas a família Rocha é de Nova Andradina.

A irmã de Syllas, Débora Rocha, foi quem saiu com Marcos no colo. Ele só tinha um arranhão no rosto e um hematoma no peito, mas estava bem. –Eles deixaram o filho para a gente cuidar- disse Débora. No entanto o menino vai ficar aos cuidados dos avós maternos.

Ao sair do hospital as pessoas na rua queriam ver o bebê que “milagrosamente” tinha sobrevivido. Integrantes da Pastoral da Saúde até conseguiram uma sacola de roupas e fraldas para o bebê.

Os familiares e amigos do casal chegaram em Concórdia às 4h30 de ontem e, por volta das 12 horas voltaram para o Mato Grosso do Sul, em dois carros, levando o sobrevivente e os corpos. A previsão de chegada em Nova Andradina era por volta das 22 horas de ontem.

Um dos amigos do casal, Ivaí Antunes, disse que Rocha tinha levado carne bovina de Naviraí para Joinville e buscado frutas em Caxias do Sul-RS, que estava levando para Dourados. A intenção era chegar em casa ontem. Antunes acredita que esta era a primeira viagem da família inteira. Syllas também tinha uma filha de cinco anos, Bianca, de outro relacionamento.

Outro amigo que foi até Concórdia, Marcos Roberto Souza, que também é motorista, estava desolado. –Ele era muito companheiro e me ajudou muito numa viagem para o Rio de Janeiro- lembrou. No entanto esta era a primeira vez que Rocha passava por Concórdia. O desconhecimento da rodovia pode ter sido um fator que contribuiu para o acidente. Ele disse que conhecia o amigo há pelo menos 1,5 ano e ele já dirigia carreta.

Lembrou que o sonho de Rocha era comprar um carro e que há poucos dias tinha comprado um Gol usado. –Acho que ele nem chegou a dirigi-lo- lamentou.

A carreta Scania placas de Naviraí-MS, carregada com frutas, perdeu o controle saiu da pista numa curva na “Serra do Cachimbo”, entre Concórdia e Irani e desceu um barranco entre 30 e 40 metros, segundo os bombeiros. Um agricultor encontrou Mateus envolto nos braços da mãe, Taís Menezes, 20 anos, que estava caída sobre o menino, no meio das pedras, fora da carreta, com o corpo mutilado.

-Ele só sobreviveu pois ficou protegido pelo corpo da mãe- relatou a bombeira volutária Flávia Bevilácqua.

Como foi o acidente

Por volta das 8 horas de quinta-feira, a carreta Scânia placas de Naviraí-MS, iniciou a descida da Serra do Cachimbo, no sentido Concórdia/Irani e, numa curva à direita, tombou. A carreta atravessou duas pistas na contramão, arrebentou a defensa e desceu um barranco de pedra com cerca de 40 metros. O condutor, Syllas Pereira da Rocha, 23 anos, morreu no local. Sua mulher, Taís Menezes, 20 anos, caiu fora da carreta e também morreu. O filho, Marcos Felipe Menezes da Rocha, de dois meses, sobreviveu nos braços da mãe.

A carreta não havia sido retirada ainda na tarde de ontem, devido à dificuldade de acessar o local. A Polícia Rodoviária Federal de Concórdia está investigando as causas do acidente. O tacógrafo foi recolhido. Os policiais rodoviários informaram que a pista estava boa e bem sinalizada. No entanto os acidentes são comuns na região por ser um trecho de curvas e declive. Os policiais também informaram que não é exigida a cadeirinha para bebês em caminhões e carretas. Portanto o bebê podia viajar no colo da mãe.



Comente aqui
07 jun07:51

Identificados jovens do acidente na BR 282 em Nova Erechim

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 21 horas desta quarta-feira o Corpo de Bombeiros de Pinhalzinho foi chamado para atender uma saída de pista no KM 569, da BR 282 em Nova Erechim. Três jovens que estavam no veículo morreram no local. Um quarto ocupante foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pinhalzinho, mas não resistiu.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê o motorista do veículo que fazia o sentido Pinhalzinho-Nova Erechim, pode ter perdido a direção, saído da pista, capotado e colidido o veículo contra uma árvore.

Com o impacto da batida os ocupantes foram arremessados para fora do veículo. Tiago Spada, 21 anos, Francis Lazarotto, 31 anos e Keder Keller, 21 anos morreram na hora.

Fabio Ribicki, 24 anos, foi socorrido pelos Bombeiros, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital de Pinhalzinho.

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico de Legal de Chapecó e após identificação durante a madrugada foram liberados.

O velório de Francis Lazarotto será na cidade de Quilombo. Fabio Ribicki será velado na linha Barra da Europa, interior de União do Oeste. O velório de Keder Keller acontece no Centro Comunitário de Nova Erechim e Tiago Spada será velado na linha Ramenzona, interior de Nova Erechim.


Comente aqui
06 jun22:57

Quatro jovens morrem em acidente na BR 282 em Nova Erechim

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 21 horas desta quarta-feira o Corpo de Bombeiros de Pinhalzinho foi chamado para atender uma saída de pista no KM 569, da BR 282 em Nova Erechim. Três jovens que estavam no veículo morreram no local. Um ocupante foi socorrido e encaminhado para o Hospital de Pinhalzinho mas não resistiu.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê o motorista do veículo, que fazia o sentido Nova Erechim-Pinhalzinho, pode ter perdido a direção, saído da pista e colidido em uma árvore.

Com o impacto três ocupantes morreram na hora. Um chegou a ser socorrido pelos Bombeiros, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital de Pinhalzinho.

Até as 23 horas os jovens não haviam sido identificados. Eles foram encaminhados para o Instituto Médico de Legal de Chapecó.


Comente aqui
06 jun11:42

Bebê encontrado vivo após acidente sai do Hospital em Concórdia

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Saiu do Hospital o pequeno Marcos Felipe Menezes da Rocha, de dois meses, que foi encontrado vivo nos braços da mãe após um acidente na BR 153 em Concórdia. Ele estava internado no Hospital São Francisco desde a manhã da terça-feira. O menino, que está sob os cuidados da avó materna, Fátima Menezes, segue para Navaraí, no Mato Grosso do Sul.



O pequeno Marcos no colo da tia.




Os corpos dos pais do bebê, Syllas Pereira da Rocha, de 23 anos, e a mãe, Tais Menezes, 20 também seguem para a cidade. A viagem deve durar de 9 a 10 horas e o enterro está programado para quinta-feira.

Os três estavam em uma carreta carregada com frutas que seguia sentido Irani, quando o motorista perdeu o controle da direção e saiu da pista descendo a ribanceira cerca de 40 metros.


1 comentário
05 jun16:31

Segue internado filho do casal que morreu em acidente em Concórdia

Sirli Freitas | sirliane.freitas@diario.com.br

Segue internado no Hospital São Francisco de Concórdia, o filho do casal que morreu no acidente na BR 153 em Concórdia. Marcos Felipe Menezes da Rocha, de dois meses está fora de perigo, mas em observação.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal,  estavamna carreta carregadas de frutas o motorista, Silas Pereira da Rocha, de 23 anos, a passageira Tais Menezes, de 20 anos que morreram no local e o bebê, ambos de Naviraí/MS. O acidente foi por volta das 8h, serra de Cachimbo, no km 86 na BR 153.

>> Casal morre em acidente na BR 153 em Concórdia

De acordo com o Corpo de  Bombeiros de Concórdia, o corpo da mulher teria sido projetado para fora da carreta e estava com a criança abraçada no colo. O agricultor Gilmar Barp, morador próximo do local ajudou no resgate do menino. Ele disse que quando chegou no local do acidente viu o menino com vida nos braços da mãe.

A PRF vai investigar as causas do acidente.

Comente aqui
05 jun11:58

Casal morre em acidente na BR 153 em Concórdia

Um grave acidente por volta das 8h na BR 153 em Concórdia, serra de Cachimbo tirou a vida de um casal e deixou um menino de apenas quatro meses gravemente ferido.

Uma carreta carregada com frutas do Mato Grosso do Sul, fazia o sentido Irani, quando o motorista perdeu o controle da direção e saiu da pista descendo uma ribanceira de aproximadamente 40 metros. Os corpos das duas vítimas ficaram mutilados.

Na carreta estavam o motorista, Silas Pereira da Rocha, de 23 anos, a esposa que ainda não teve o nome divulgado e um bebê que foi encaminhado ao Hospital São Francisco de Concórdia em estado grave.

Segundo informações dos Bombeiros, o corpo da mulher teria sido projetado para fora da carreta. Ela estava abraçada com a criança que foi resgatada com vida. O agricultor Gilmar Barp ajudou no resgate do menino.

– O bebê estava vivo nos braços da mãe, conta Gilmar.

A Polícia Rodoviária vai investigar as causas do acidente.

Comente aqui
30 mai14:26

Carreta tomba e motorista morre na BR 153 em Vargem Bonita, no Meio-Oeste

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Um caminhoneiro morreu depois de tombar o veículo que dirigia na BR 153 em Vargem Bonita, no Meio-Oeste catarinense, na manhã desta quarta-feira.

Zelindo Domingos Tedesco, 54 anos, ficou preso às ferragens e morreu na hora. O caminhão, com placas de Xaxim, estava carregado de milho e que tombou às margens da rodovia, no quilômetro 33.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal, a vítima teria perdido o controle do veículo. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
30 mai12:34

Homem ficou ferido em acidente na BR 282

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Paulo Bierende, 42 anos ficou gravemente ferido em uma colisão frontal entre caminhão e um veículo no início da noite desta terça-feira na BR 282 em Nova Itaberaba.

A colisão foi entre um caminhão com placas de Chapecó e um veículo, placas de Pinhalzinho. Paulo, motorista do veículo, ficou preso nas ferragens e teve ferimentos graves. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Chapecó e encaminhado para o Hospital Regional do Oeste, onde segue internado.

O motorista do caminhão Anderson Schmitz teve apenas ferimentos leves.


Comente aqui
27 mai10:24

Colisão mata jovem e deixa duas pessoas gravemente feridas em Pinhalzinho

Uma colisão frontal envolvendo um Renault Clio e um Hyundai Veloster deixou um morto e duas pessoas gravemente feridas na madrugada deste domingo em Pinhalzinho. O acidente ocorreu às 3h na altura do km 576 da BR 282.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), morreu o condutor do Clio, Thiago Massoni Canzi, de 19 anos. Ele seria natural de Pinhalzinho.

Automóvel Clio ficou totalmente destruído no acidente.

No Veloster, duas pessoas tiveram lesões graves. Elas foram identificadas como Alexandre Hilário Prazeres, 29 anos, que conduzia o veículo, e Juliane Hermann, 22 anos.

Os feridos foram levados para hospital em Pinhalzinho.


Segunda ocorrência no mesmo trecho:

Também em Pinhalzinho, mas na noite deste sábado, outro acidente na BR 282 deixou três pessoas feridas. A colisão envolveu um Uno e uma caminhonete Pampa. As vítimas foram identificadas como Ricardo Daniel Baller, 24 anos; Roberto Bruno Dallazen, 24 anos; e Alexandre Willenz, 17 anos.

Este acidente ocorreu às 23h15min na altura do km 575 da rodovia. É o mesmo trecho onde foi registrado o acidente fatal durante a madrugada, conforme a PRF.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
20 mai15:56

Dois motoristas morrem após colisão frontal na BR 282 em Saudades

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Uma colisão frontal na BR-282 em Saudades,  matou dois homens por volta das 23h50min de sexta-feira. Eles chegaram a ser socorridos, mas não resistiram aos ferimentos.

Uma das vítimas foi Darlei Rodrigo Spieckert, de 20 anos, que dirigia um Vectra com Placas de Pinhalzinho, também no Oeste.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele teria invadido a pista contrária e batido de frente em um Fiat Strada de Lages, na Serra, dirigido por Oldair Finger, de 31, que também morreu após o acidente.

Outro homem de 22 anos, passageiro do Vectra, teve ferimentos graves. As causas do acidente ainda estão sendo investigadas.


Comente aqui