Adolescentes

28 set20:18

A "indisciplina"das crianças e adolescentes é tema de encontro em Chapecó

A “indisciplina” das crianças e adolescentes: repercussões nas aprendizagens, relacionamento familiar e social é a temática do Curso de Extensão que será realizado nos dias 29 setembro e 6 de outubro. Os encontros acontecem das 14h as 18h, no auditório da Unoesc em Chapecó.

O evento é promovido pelos cursos de Psicologia e de Direito da Unoesc, Movimento Psicanalítico de Chapecó, LETRA: Centro Especializado nas Dificuldades das Aprendizagens e Escola de Estudos Psicanalíticos de P. Alegre, com apoio da RBS TV. As inscrições podem ser realizadas pelos fones (49) 3319-2632, e (49) 3319-2655.

O curso aborda que uma das problemáticas emergenciais da atualidade são os problemas disciplinares com crianças e adolescentes, onde a questão dos limites é a cada momento colocada em discussão. Isto é um desafio para professores, pais e sociedade em geral, em função das repercussões que acarretam. Dificuldades de aprendizagem, tendência à resolução de situações através de atos impensados, violência, bullying, problemas de relacionamento tanto no âmbito familiar quanto social são reflexos da tendência dos jovens à indisciplina.

No entanto, há obscuridade quanto ao que é considerado “indisciplina” e o que suscita esse fenômeno no imaginário dos adultos, correspondendo a reações e encaminhamentos que por vezes acabam por reforçar essa problemática. Esse projeto tem como finalidade colocar em questão essa realidade e analisar as variáveis que reforçam e determinam essas ações por parte das crianças e adolescentes, promovendo a compreensão sobre as várias faces desse fenômeno como uma forma de vislumbrar novas formas de conceber e encaminhar essas situações de indisciplina por parte dos adultos e também dos jovens.

Para facilitar o encaminhamento da discussão, o curso consistirá na exibição de um filme em cada sábado, seguido de debate. No dia 29/09 será assistido “Deus da Carnificina”, comédia dramática de Polanski e contará com Vânia A. Pattussi (psicanalista, membro do LETRA, Esc. Estudos Psicanalíticos e Mov.Psic. de Chapecó) e Cláudia Fantin (Representante da Gerência Regional de Educação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento de Chapecó).

Em 9 de outubro tem a exibição do filme “Entre os Muros da Escola” e posterior debate contando com Návia T. Pattussi (Psicanalista, membro do LETRA, Esc. Estudos Psicanalíticos e Mov.Psic. de Chapecó)) e Dr. Erminio Darold (Juiz de Direito, diretor do Foro da Comarca de Chapecó).


Comente aqui
17 ago12:27

Três adolescentes são apreendidos com crack em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Três adolescentes de 12, 13 e 16 anos, sendo duas meninas, foram apreendidos pela Polícia Militar na noite da quinta-feira, dia 16 em Chapecó com 100 gramas de crack, que renderia 400 pedras da droga. Após a realização do Boletim de Ocorrência Circunstanciado, os adolescentes foram liberados para os responsáveis. Eles devem se apresentar no dia 4 de setembro ao juizado especial no Fórum da cidade.

Segundo informações da PM a apreensão da droga, dois rolos de papel alumínio, uma balança de precisão e R$ 133 em espécie foi por volta das 22h13 na Rua São Nicolau, no Bairro São Pedro.

Se fracionada e vendida, a droga que custa em média R$ 10 a pedra, renderia para os adolescentes cerca de R$ 4 mil.


Comente aqui
09 jul12:30

Mais dois quartos do Casep de Concórdia podem ser interditados

Juliano Zanotelli |juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Mais dois quartos do Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep) de Concórdia podem ser interditados. Segundo o diretor da ONG Betânia, Ismael Batista, que administra a instituição, uma equipe técnica fará uma vistoria no local nesta segunda-feira

- A vistoria foi solicitada na quinta-feira, dia 5 de julho – disse Ismael.

O diretor disse ainda que se houver mesmo uma nova interdição o Centro terá apenas a metade da capacidade, ou seja, cinco quartos, que já estão ocupados por cinco adolescentes que continuam cumprindo medidas socioeducativas.

– O Estatuto da Criança e Adolescente não permite que os quartos sejam compartilhados – disse Batista.

Os quartos foram interditados porque na última fuga, ocorrida no dia 10 de junho, cinco adolescentes renderam e prenderam em um quarto dois monitores que faziam a segurança no local. Eles danificaram a porta de mais dois quartos que estão recebendo pequenas reformas.

Neste ano já foram registradas duas fugas do Casep, a primeira foi em fevereiro.

Dez funcionários mantêm as atividades no Casep de Concórdia. São cinco monitores homens e apenas uma mulher que dividem as atividades em turnos de 12 por 36 horas. Cada um recebe em média um salário de R$ 850. Segundo o diretor o ideal seria R$ 1,3 mil.

Outros funcionários se dividem em atividades burocráticas e atendimento interno como alimentação dos adolescentes.


ONG deixará de prestar serviço

Além dos problemas nos quartos, o pagamento de salário dos funcionários está atrasado. De acordo com Ismael, a ONG ainda não recebeu o repasse do Governo do Estado referente ao mês de junho.

– O Governo disse que não teve tempo hábil de publicar o aditamento e repassar o valor para os Centros do estado – disse.

Ismael disse que a Organização deixará de prestar serviços no Casep de Concórdia a partir do dia 4 de agosto. Ele informou que um aviso prévio foi encaminhado para o Departamento de Administração Socioeducativo (Dease) no início de junho.

A ONG que tem sede em São José do Cedro, no extremo-oeste, presta serviços para o estado há oito anos e é responsável pelo Casep de São José do Cedro, Xanxerê, Concórdia e da Casa de Semi-liberdade, também em Concórdia.


Comente aqui
26 jun11:11

PM de Chapecó apreende dois adolescentes com crack

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Militar de Chapecó apreendeu por volta das 10h30 dois adolescentes no bairro São Pedro. Um deles chegou a oferecer dinheiro para os policiais. Com eles a PM encontrou 18 pedras de crack e uma máquina digital. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.

Segundo informações da PM um dos adolescentes, de 17 anos, que já tem diversas passagens pela polícia e havia fugido do Centro de Atendimento Sócio Educativo Provisório (Casep) de Chapecó, tentou oferecer R$ 5 mil para não ser apreendido.


Comente aqui
12 jun09:26

Quatro adolescentes são apreendidos com drogas em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 17 horas desta segunda-feira, quatro adolescentes foram apreendidos com drogas pela Polícia Militar de Chapecó. Eles estavam com 50 pedras de crack e cerca de 50 gramas de maconha. Ambos são reincidentes e conhecidos dos policiais militares.

A apreensão foi na Rua José de Carvalho, no Bairro São Pedro durante rondas da equipe do pelotão de motos (Rocam) da PM.

>> Adolescente abordado pela PM já teve 44 passagens na delegacia de Chapecó

Quando os adolescentes, dois de 17 anos, um de 16 e outro de 15 anos, avistaram os policiais se desfizeram dos papelotes e tentaram fugir. Eles foram abordados, identificados e conduzidos para a Delegacia de Polícia.

Eles foram compromissados e devem participar de uma audiência no Fórum de Chapecó, no início de julho. Após o procedimento foram liberados.


1 comentário
21 mai11:04

CREAS de São Miguel do Oeste intensifica ações de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) esteve na sexta-feira, dia 18 de Maio, na Rua do Calçadão, realizando a II Campanha de Enfrentamento à Violência, ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

De acordo com a Psicóloga do CREAS, Andressa Filippini, a data foi instituída no ano de 1973 quando em Vitória, no Espírito Santo, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”.

Segundo Andressa, esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade que foi raptada, drogada e estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta daquela cidade que prescreveu impune.

- Diante desse crime hediondo ocorrido, o CREAS apóia essa campanha no intuito de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta – destaca.

A psicóloga ressalta que em São Miguel do Oeste existem muitos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes que passam despercebidos.

- Temos várias situações de violência sexual em nosso município, são crianças e adolescentes passando por esse tipo de situação todos os dias e muitas vezes não é feito nada por falta de conhecimento e medo por parte das pessoas em denunciar – disse.

Denúncias podem ser realizadas no Creas ou pelo telefone (49) 3622-8284.


Comente aqui
18 mai12:49

Dia 18 de maio é o Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Com o objetivo de informar e sensibilizar as pessoas e ao mesmo tempo estimular que denunciem as situações de abuso e exploração que conhecem, a equipe do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) de Planalto Alegre está realizando várias atividades desde o dia 7 de maio.

Foram realizados trabalhos com o grupo “Amigos da Garagem”, com grupo de idosos, com as mulheres do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Famílias e com as crianças de seis a 17 anos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Famílias (Programa Socioeducativo).

Para esses grupos foram apresentados dados, estatísticas, história do dia 18 de maio e o porquê da data, a diferença entre abuso e exploração, entre outros pontos. Com as crianças a equipe também apresentou o vídeo “Que exploração é essa?” e uma história sobre abuso sexual.Também foram confeccionados três mini doors que foram expostos na Praça, na frente da antiga Prefeitura e em Linha Flor da Serra.

Atualmente, os dados apontam que a cada oito minutos uma criança com idade entre dois e 10 anos é vítima de abuso sexual, praticado em geral por pessoa próxima ou membro da própria família. A maioria das vítimas é do sexo feminino e tem entre cinco e oito anos de idade.

No entanto, esses dados podem ser mudados. As denúncias podem ser feitas no Conselho Tutelar de Planalto Alegre pelo telefone 49 3335-0264, na Delegacia de Polícia no telefone 49 3335-0125, na Assistência Social telefone 49 3335-0237, para o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente ou pelo Disque 100.


Comente aqui
27 abr12:00

Oportunidade para jovens aprendizes de Chapecó e região

Estão abertas as inscrições para adolescentes de Chapecó e região, interessados em participar do Projeto Jovem Aprendiz. Adolescentes de 14 a 22 anos tem oportunidade do primeiro emprego e podem fazer o cadastro no escritório local do Fucas, em Chapecó.

A Fundação atende 750 jovens de 17 municípios de Santa Catarina. Em Chapecó oito adolescentes integram o Fucas, eles trabalham na Celesc e na RBS TV.

Confira abaixo a relação de documentos necessária para a inscrição e o endereço do Fucas.


Os documentos abaixo são necessários para cadastro do jovem no Programa de Aprendizagem:

- 01 foto 3×4 (recente)

- Carteira de trabalho (Xerox)

- CPF/ CIC (Xerox)

- RG/ Identidade (Xerox)

- Certidão de nascimento (Xerox)

- Comprovante de matrícula / frequência escolar (Xerox)

- Comprovante de residência – Fatura: água, luz, telefone (Xerox)

- CPF/CIC do responsável legal (Xerox)

- RG/ Identidade do responsável legal (Xerox)


Endereço para Inscrição:

Núcleo de Assistência Social – FUCAS

Rua: Florianópolis, 1421 – 2º Andar – Sala 204 – Edifício Laurindos (Próximo ao Hospital Regional de Chapecó)

Bairro: Santa Maria – Cep 89812-121 – Chapecó/SC

Fone: (49) 3328.9699 (49) 3329.9974 (49) 9917-8907

E-mail: jean.vieira@fucas.org.br – dilaite.silva@fucas.org.br

Site: http://www.fucas.org.br



Dias para Inscrições:

Quarta-feira 8h30 as 11h30 – 14h as 17h30

Sexta-feira 8h30 as 11h30 – 14h as 17h30



Comente aqui
25 jan11:59

Joalheria é assaltada em Chapecó

RBS TV CHAPECÓ

Segundo testemunhas a quadrilha conseguiu entrar no interior da joalheria por volta das 9h da manhã desta quarta-feira. Três homens roubaram joias, dinheiro do caixa e de clientes que estavam no interior da loja. A ação dos bandidos teria durado cerca de três minutos. Um quarto assaltante aguardava os demais no lado de fora.

A ação rápida do Pelotão de Patrulhamento Tático frustrou a fuga dos assaltantes. Houve troca de tiros e a caminhonete usada pelos criminosos bateu no carro de uma cliente. A professora aposentada, Maria Balestrin, de 54 anos, é a dona do carro atingido na fuga. Ela disse que não percebeu o assalto, e quando entrou na joalheria foi rendida pelos assaltantes.

Foram presos em flagrante Edson Biazentini, 24 anos e Everdon Fernando dos Santos, 21. Um adolescente de 16 anos também foi apreendido. Todos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.

A polícia segue as buscas ao quarto integrante da quadrilha que conseguiu fugir.

O material roubado foi recuperado pela Polícia Militar. Os policiais apreenderam também dois revólveres calibre 38.

O Tenente Rafael Mateus disse que a caminhonete usada no assalto havia sido roubada na noite desta terça-feira em Chapecó.



Comente aqui
05 jan10:23

PM de Xanxerê prende dois adolescentes e apreende drogas

A Polícia Militar de Xanxerê realizou, na madrugada desta quinta-feira, a prisão de dois adolescentes, um de 20 e outro de 18 anos, por tráfico de drogas.

A ocorrência foi por volta da 01h42, quando a Guarnição do PPT, percebeu uma movimentação em um ponto de comércio de drogas, na esquina das ruas Três Estrelas com a Palmédio Giordani, no Bairro São Romeiro.

Um adolescente foi abordado e identificado como usuário pelos policiais. Após revista pessoal foi encontrado com ele uma pedra semelhante a Crack. O mesmo informou que comprou no local monitorado pagando R$ 10 pela droga.

Na residência a PM encontrou, com a ajuda do cão farejador, cinco pedras de substância semelhantes ao Crack em um buraco no banheiro da residência. Além de quatro aparelhos celulares, uma caixa de som automotiva, dois facões, uma máquina digital e um taco de sinuca. Ainda em buscas foi encontrado no lado de fora da casa mais duas pedras da mesma substância.

No local estavam cinco pessoas, sendo dois deles menores de idade. Os dois adolescentes, um de 20 e outro de 18 anos foram presos pelo crime de tráfico de drogas. Eles, a droga e os objetos apreendidos foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Xanxerê.


Comente aqui