Almoço

22 ago11:02

A televisão como aliada nas estratégias do comércio varejista

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) promove nesta quarta-feira, dia 22, às 12 horas, na cantina do Cesec almoço-reunião com o diretor comercial de televisão do Grupo RBS, Delton Batista, que abordará “A importância da propaganda na televisão para o varejo”. Participarão empresários do segmento e profissionais da imprensa.

- Os meios de comunicação social são importantes aliados na concretização das estratégias de vendas do comércio varejista, bem como na construção e consolidação das marcas. O relacionamento entre mídia, cliente e lojista deve estar alinhado e próximo para proporcionar incremento na comercialização de produtos e na prestação de serviços – realça o presidente da CDL Chapecó, Gilberto João Badalotti.

Os interessados em participar do almoço-reunião devem confirmar presença pelo telefone 3319-4300 ou pelo e-mail eventos@cdlchapecó.com.br. As vagas são limitadas.


Palestrante

Delton Batista tem 38 anos, é diretor de comercialização e marketing da RBS TV em Santa Catarina. Formado em Economia, com MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Programa de Desenvolvimento Gerencial pela Fundação Dom Cabral (FCD) e MBA em Gestão de Negócios pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec). Como executivo teve passagens em posições de direção em grandes empresas como Ambev e Oi.


Comente aqui
20 jul11:23

Marlowa participou de Almoço Empresarial da Acic em Chapecó

A arte de uma catarinense que viu em Chapecó a oportunidade de crescer e conquistar um espaço tão disputado nas principais galerias do País e até mesmo em exposições internacionais. Um sonho de uma jovem se tornou realidade e hoje alcança cenários privilegiados, estampando a simplicidade da vida em obras distintas. Esta foi a história contada para mais de 150 empresários durante o Programa Almoço Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), que recebeu nesta quinta-feira, dia 19, a ilustradora e artista plástica Marlowa Pompermayer Marin para falar sobre “Empreendedorismo na Área Cultural”.

Natural de Caçador, Marlowa iniciou a carreira em 1988, quando concluiu o curso de Desenho Artístico em Curitiba. Mas até chegar ao objetivo, experimentou a profissão de bancária e ouviu do então chefe que era do tipo de pessoa que plantava sementes. Como ela diz, quis colher os frutos na arte.

Há 20 anos, escolheu Chapecó para morar por visualizar no município oportunidades de crescimento, pois percebia que a cidade era um celeiro de empreendedores, de arrojo e incentivo a novas ideias. Em pouco tempo, já apresentava trabalhos ao lado de grandes artistas chapecoenses, entre eles Paulo de Siqueira, Selistre de Campos e Chico Bracht.

Apaixonada pela técnica aquarela, sentiu que precisava inovar. Expandiu o conhecimento, buscou novos estilos e encontrou o caminho criando personagens felizes e coloridos. Em seus desenhos e pinturas estão inseridos o dia a dia das pessoas, as coisas simples.

- Gostaria que minha produção tivesse uma íntima relação com o poder das coisas que estão aí, e que as vezes não vemos. Faço referência à vida, aprendo que os momentos felizes estão essencialmente ligados às nossas escolhas – definiu.

O trabalho da artista apresenta um universo de personagens figurativos, lúdicos, resultando em um cotidiano de momentos felizes e evidenciando o desenho que sempre gostou, em um contraste de cores intensas.

Sua trajetória é composta por exposições coletivas em salões e individuais. Além do Brasil, algumas das obras da artista encontram-se para comercialização em Portugal, na Espanha e Inglaterra.

Em 2002, ilustrou o primeiro livro infantil e descobriu a possibilidade de levar seus desenhos e pinturas a novos olhares. De acordo com Marlowa, uma das grandes conquistas foi ser aprovada na Sociedade dos Ilustradores do Brasil (SIB), o que possibilitou em 2011 a presença no Illustra Brazil na China, uma exposição com os principais ilustradores do mundo. Soma agora oito livros infantis ilustrados e um encarte de CD de músicas infantis.

Atualmente a artista estuda Design Visual e desenvolve uma linha de produtos em papelaria, porcelanas, obras literárias, entre outros. A grande novidade apresentada durante o Almoço empresarial foi a assinatura de contrato com a empresa UATT?, uma franquia que comercializará a arte de Marlowa nos grandes centros do País. Ela contou com orgulho a mensagem de apresentação da empresa ao falar da parceria:

- A UATT? traz para sua família a linha da Marlowa. Ela, como nós, vê encantamento no mundo e traduz sentimentos em ilustrações e produtos que fazem o dia a dia mais gostoso – disse.

Marlowa expôs com orgulho sua trajetória, enfatizando que recebeu muitas vezes um educado “não” e mesmo assim não desistiu. Concluiu que em Chapecó encontrou apoio, construiu afetos e teve como exemplo o trabalho de artistas talentos que a ajudaram a crescer profissionalmente.

O presidente da ACIC Maurício Zolet ressaltou a preocupação da entidade em valorizar a cultura e a arte chapecoence.

- A palestra da Marlowa foi um grande ensinamento para os empresários, pois não importa em que setor atue, o importante é inovar e buscar o diferencial – completou.

A obra da artista pode ser conhecida no endereço eletrônico http://marlowa.com.br/ ou no blog http://marlowa-marlowa.blogspot.com.br/.


Comente aqui
09 jul10:24

Arte chapecoense no Almoço empresarial da Acic

Buscando a valorização da cultura e da arte chapecoense, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic) receberá a artista plástica Marlowa Pompermayer Marin para falar sobre “Empreendedorismo na Área Cultural”, no programa Almoço empresarial. O evento será realizado na quinta-feira, 19 de julho, às 12 horas, na Cantina do Cesec.

Marlowa iniciou a carreira em 1988, quando concluiu o curso Desenho Artístico, reside em Chapecó há 20 anos e hoje leva o nome do município para várias partes do mundo. Durante o Almoço empresarial, a artista contará sua história e apresentará as conquistas para alcançar sucesso no mundo da arte.

A técnica que a aproximou dos desenhos foi a aquarela, mas logo expandiu o conhecimento, buscou novos estilos e encontrou o caminho criando personagens felizes e coloridos. Em seus desenhos e pinturas estão inseridos o dia a dia das pessoas, as coisas simples.

- Gostaria que minha produção tivesse uma íntima relação com o poder das coisas que estão aí, e que as vezes não vemos. Faço referência à vida, aprendo que os momentos felizes estão essencialmente ligados às nossas escolhas – disse.

O trabalho da artista apresenta um universo de personagens figurativos, lúdicos, resultando em um cotidiano de momentos felizes e evidenciando o desenho que sempre gostou, em um contraste de cores intensas.

Sua trajetória é composta por exposições coletivas, em salões e individuais. Além do Brasil, algumas das obras da artista encontram-se para comercialização em Portugal, na Espanha e Inglaterra.

Em 2002, ilustrou o primeiro livro infantil e descobriu a possibilidade de levar seus desenhos e pinturas a novos olhares. De acordo com Marlowa, uma das grandes conquistas foi ser aprovada na Sociedade dos Ilustradores do Brasil, tornando-se uma associada SIB em dezembro de 2008. Ilustrou 08 livros infantis e um encarte de CD de músicas infantis.

Atualmente a artista estuda Design visual e desenvolve uma linha de produtos em papelaria, porcelanas e outros produtos.


Ações culturais

O convite da Acic para Marlowa palestrar no Almoço empresarial é uma continuidade às ações de apoio cultural que a entidade empresarial desenvolve. No início deste ano, a parceria com a artista resultou na confecção dos cartões de visita da diretoria da Associação.

A arte foi elaborada especialmente para homenagear todos os chapecoenses que trabalham e se dedicam a uma Chapecó forte, com qualidade em todos os setores, representando a família que se esforça ao criar seus filhos, o chef que representa o setor gastronômico e alimentício, a bailarina pela diversidade cultural que cada vez abre mais possibilidades a quem mora e quem visita Chapecó.

Ainda em 2011, a ACIC, em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) e Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (SICOM), promoveu a exposição “Os Guerreiros”, do artista Xiko Bracht, no Espaço Cultural do Centro Executivo Empresarial (Cesec). A exposição retratou os 30 anos de vida artística de Xiko Bracht e apresentou uma retrospectiva em 28 painéis e 28 esculturas inéditas.

- Nosso município é rico na diversidade cultural, social e econômica. Somos privilegiados por ter esses grandes artistas que levam o nome de Chapecó para várias partes do mundo e contribuem para que nossa região seja um polo de referência na produção artística. Ao mesmo tempo, são exemplos de empreendedorismo e de superação e merecem todo o apoio dos chapecoenses – destaca o presidente da Acic Maurício Zolet.


Comente aqui