Ar

18 jul10:17

Massa de ar frio e seco empurra a instabilidade e deixa o céu limpo em SC

Guilherme Lira | guilherme.lira@diario.com.br

A chuva que atinge Santa Catarina desde o fim da tarde de segunda-feira e se mantém em parte desta quarta é resultado da atuação de uma área de baixa pressão. Desde esta manhã, porém, uma massa de ar frio e seco vindo do Rio Grande do Sul avança sobre o Estado, empurrando a instabilidade para o oceano. Desta forma, o tempo começa a melhorar do Sul para Norte.

>>  Confira mais detalhes no Blog do meteorologista Leandro Puchalski

De acordo com a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas em SC, a ação dessa massa de ar frio e seco deve manter o tempo estável em todo o Estado até o início da próxima semana.

Com isso, as temperaturas devem cair de forma gradativa em todas as regiões. Na Serra, por exemplo, a mínima pode chegar a 3ºC nesta quarta, 0ºC na quinta e -1ºC na sexta-feira. No sábado, a temperatura deve voltar a subir, mas não muito, chegando a 4ºC.

A chuva que caiu entre segunda e terça-feira foi mais intensa na região do Alto Vale do Itajaí. Rio do Campo, por exemplo, registrou em 24 horas, 57,4mm de chuva. O período em que choveu mais foi por volta do meio-dia de terça-feira, chegando a 5mm. Petrolândia, no Alto Vale, registrou 16,39mm. A média para o mês de julho naquela região varia entre 115mm e 120mm.

No Planalto Norte, Papanduva e Três Barras registraram 26.99mm e 29mm. Lebon Regis e Tangará, no Meio-Oeste, tiveram uma volume de 22,39mm e 21,6mm. Itapoá, no Litoral Norte, apresentou 38,99mm e Bom Retiro, no Planalto Serrano, 24.99mm.

Todas as outras regiões, segundo a Epagri/Ciram, tiveram volumes que variaram entre 7mm e 15mm. O órgão informou, ainda, que estes volumes estão normais para o período e não representam risco de enchentes e, aos poucos, os ventos devem diminuir, melhorando, inclusive, as condições do mar.

Essa chuva, porém, compromete a visibilidade e pode criar lâminas d’água nas pistas, exigindo mais atenção dos motoristas nas estradas, evitando a aquaplanagem e acidentes mais graves.


DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
23 abr08:58

Neblina e frio em Chapecó

A segunda-feira deve ser de sol entre nuvens em todas as regiões de SC, de acordo com a previsão da Epagri. O órgão que monitora as condições climáticas aponta que há possibilidade de chuva fraca apenas no Sul do Estado.

Mais detalhes no Blog do Puchalski

As temperaturas devem se manter amenas durante todo o dia. A máxima deve ser de 25ºC no Litoral Norte e 24ºC na Grande Florianópolis. Na região a máxima chega aos 24ºC.  No amanhecer em Chapecó a temperatura marcou  10,6ºC.

No entanto, são as mínimas que chamam atenção devido a passagem de uma massa de ar frio. Apesar do centro desta massa estar longe de SC, a área de atuação dela é grande e influencia as temperaturas no Estado.

Todas as regiões devem ficar com mínimas mais baixas durante todo o dia, chegando a ter possibilidade de nevoeiro nas primeiras horas da manhã. A situação deve ser semelhante na terça-feira em SC.

Os ventos sopram de sudeste, com intensidade fraca a moderada. A velocidade deve ficar entre 30 Km/h e 40 km/h.

>> A previsão completa no clicTempo

>> Navegue pelo site das Estações Meteorológicas


Confira as temperaturas mais baixas, segundo a Epagri

Timbé do Sul – 10,2ºC

São Joaquim – 10,3ºC

Lebón Régis – 10,7ºC

Chapecó – 10,6ºC

Urupema – 10,8ºC

Tangará – 10,9ºC

Joaçaba – 11,1ºC

Água Doce – 11,3ºC

Criciúma – 14,4ºC

Florianópolis – 16,3ºC

Blumenau – 17,7ºC

Joinville – 18ºC


Por volta das 7h da manhã a neblina cobria a cidade.



DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
19 jan14:58

Secretaria de saúde inaugura academia em São Miguel do Oeste

Foi inaugurada nesta manhã mais uma Academia ao Ar Livre, desta vez no Bairro Andreatta. A obra será mais um ambiente para a atividade física, em especial aos participantes dos grupos do projeto Vida Ativa que é desenvolvido nos bairros do município.

Segundo a secretária de saúde, Beatriz Soares, as Academias ao Ar Livre vem para somar ao trabalho já desenvolvido pelas professoras do Vida Ativa nos grupos que funcionam nos bairros Santa Rita, São Jorge, São Gotardo, Andreatta, São Sebastião, Estrela, Agostini, Salete, São Luiz e centro, atendendo cerca de 500 pessoas da melhor idade.

- A intenção é instalar 11 academias no município, incluindo a praça central e demais bairros, para incrementar atividades do projeto Vida Ativa. Além dos benefícios para a saúde, as pessoas tem apresentado uma melhora significativa nos exames de rotina que são realizados.– disse.


Comente aqui