Arena Condá

30 out08:15

Chapecoense 3 X 0 Brasiliense

Confira o minuto a minuto da partida de despedida da Chapecoense na Série C do Campeonato Brasileiro 2011, a partir das 16h45.

Chapecoense recebe na Arena Condá, em Chapecó, o Brasiliense. O jogo está marcado para às 17h.

Ingressos podem ser adquiridos a partir das 14h na bilheteria da Arena.


Minuto a Minuto


Comente aqui
28 out10:09

Definição sobre Mauro Ovelha é adiada

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A definição sobre a permanência do técnico Mauro Ovelha à frente da Chapecoense, que era para ocorrer na quinta, foi adiada para a manhã desta sexta-feira. Mas a renovação é tida como certa.

— Está 99% — calculou um dos diretores de futebol, Mauro Stumpf.

Na manhã desta sexta, o treinador vai se reunir novamente com a direção. A questão salarial não é problema. O que o treinador quer é a garantia de um bom investimento, para conseguir montar um time competitivo e defender o título catarinense em 2012, além de fazer bonito na Copa do Brasil.

A direção da Chapecoense optou pela permanência do treinador, mesmo não tendo classificado o time para a Série B do Brasileiro, em virtude da boa campanha ao longo do ano. Ovelha conquistou o Catarinense e foi o melhor time da chave na primeira fase da Série C.

Outro fator que pesou, segundo Mauro Stumpf, foi o conhecimento do treinador no Campeonato Catarinense.

— Ele foi o técnico que mais chegou em finais nos últimos anos — explicou.

Na tarde da quinta, funcionários de uma empresa de Minas Gerais estiveram na Arena Condá para fazer um orçamento da troca do gramado. A Chapecoense vai bancar a mudança, e, depois, tentará um ressarcimento da prefeitura, proprietária do estádio.

Comente aqui
25 out14:55

Situação de Mauro Ovelha

Diretoria e comissão técnica se reúnem nesta terça-feira com o técnico Mauro Ovelha para definir se ele continua ou não na equipe.

- A intenção da direção e da comissão é que ele continue na Chapecoense – disse o diretor de futebol Cadu Gaúcho.

Reapresentação

Jogadores se reapresentam às 16h, desta terça-feira, na Arena Condá. No domingo, dia 30, a Chapecoense recebe em casa o Brasiliense.

Comente aqui
21 out19:44

Groli se despede da Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Com a mesma camisa verde pólo com que esteve em Porto Alegre, na terça-feira, o zagueiro Groli esteve hoje na Arena Condá, onde concedeu entrevista coletiva e se despediu dos ex-companheiros da Chapecoense.

–No Olímpico brinquei que ele ainda era da Chapecoense- disse o diretor de futebol Cadu Gaúcho.

Outra dica do diretor foi de que ele eliminasse qualquer roupa vermelha a partir de agora. Groli disse que já tinha uma camisa do tricolor gaúcho.

–Eu sempre quis jogar no Grêmio, é a realização de um sonho- afirmou.

O jogador disse que sentiu um êxtase ao chegar no estádio Olímpico.

–Tu vê os caras na tevê e agora vou estar lá, jogando com eles- declarou.

Até o início do ano, jogar num dos principais times do país era um sonho ainda distante. Groli estava na base do clube há três anos e era reserva do time.

Até que ele foi escalado como titular no jogo contra o Concórdia, no final do primeiro turno do Campeonato Catarinense. Daí não saiu mais do time e conquistou o tetracampeonato. Levou dois troféus de prata no Prêmio Top da Bola, como revelação e zagueiro.

Teve seu salário aumentado durante e após o estadual. Na Série C do Campeonato Brasileiro teve uma queda de produção. Inclusive foi expulso no domingo passado, contra o Ipatinga, e a Chapecoense, que vencia por 2 a 0, levou uma virada para 3 a 2.

–Gostaria de ter saído de uma maneira melhor- lamentou.

Mesmo assim o jogador sai valorizado pela direção.

–A torcida não pode esquecer tudo o que ele fez pelo clube- disse o presidente, Sandro Pallaoro.

A Chapecoense vai receber quatro parcelas mensais de R$ 150 mil. Dinheiro que pode ser investido em reforços e na melhoria do gramado. O clube ainda ficou com 30% do passe. O Grêmio pode comprar mais 15% até final de julho, por R$ 500 mil.

Nesta sexta mesmo o jogador viajou para São Miguel do Oeste, onde mora sua família. Ele vai curtir férias até o início de janeiro, quando se apresenta em Porto Alegre. O irmão Márcio, que joga no Guarani de São Miguel do Oeste, onde Groli começou aos 14 anos, adorou ver Groli jogando no Grêmio. Só o pai, Orestes, vai ter que conter sua paixão pelo Internacional.

Quando jogava nos juniores, Groli ajudava o pai na construção civil, durante as férias. Desta vez o jogador garante que isso não vai acontecer.

–Vou jogar uma bomba na betoneira- brincou.

Ele pode voltar a jogar em Chapecó em 2012, caso o Grêmio enfrente a Chapecoense pela Copa do Brasil.

–Aí o Groli vai fazer um pênalti para nós- brincou um dos repórteres.

Mas o que todo mundo deseja é que o jogador tenha sucesso no clube gaúcho. Tanto que a maioria já tirou foto com ele para mostrar para os outros caso ele fique famoso.



Comente aqui
20 out10:36

Quinta é dia de coletivo na Chapecoense

Nesta quinta-feira, dia 20, a equipe comandanda por Mauro Ovelha não treinou pela manhã.

Durante a tarde os jogadores realizam o primeiro coletivo da semana a partir das 16h na Arena Condá.

A Chapecoense viaja no domingo, após o almoço para Joinville. A partida está marcada para às 17h, do domingo, dia 23.

Comente aqui
09 out19:24

A Série B ficou distante

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A derrota em casa para o Ipatinga, por 3 a 2, na tarde de hoje, deixou distante o sonho da Chapecoense subir para a Série B do Campeonato Brasileiro. Nem a torcida que gritava “eu acredito” durante o jogo, deve estar confiante após mais uma atuação decepcionante em casa.

Já são quatro partidas sem convencer na Arena Condá. Na segunda fase, o time do Oeste soma apenas dois pontos em três jogos. Para alcançar o Ipatinga, que tem seis, ou o Joinville, que tem sete, e ficar com uma das vagas, o time de Mauro Ovelha terá que ganhar os três jogos que restam.

A Chapecoense até começou bem. Kléber Goiano quase marcou de cabeça. Depois o goleiro do Ipatinga, João Carlos, tirou com o pé no chute de Jean Carlos. A Chapecoense tomava conta do jogo. Mas o time mineiro se mostrava perigoso. Num contra-ataque Leandro só não marcou porque Rodolpho fez bela defesa, num chute rasteiro, de dentro da área. Mas ele nada pôde fazer na cabeçada de Chiquinho, que abriu o marcador para o time visitante, aos 24 minutos.

O gol afetou a Chapecoense. Diego Felipe tentou resolver sozinho. Ele saiu do meio, deu uma arrancada, passou por vários advesários mas a conclusão foi no meio do gol. Neílson tentou, mas a bola foi para fora. No intervalo o técnico Mauro Ovelha deixou o time mais ofensivo, tirando o zagueiro Kleber Goiano e colocando o meia Diogo Oliveira.

A mudança deu resultado. Aos 11 minutos o atacante Neílson foi agarrado dentro da área por Leanderson. Pênalti e expulsão do jogador do Ipatinga. Jean Carlos converteu a cobrança e igualou o placar, aos 13 minutos. A torcida se empolgou. A Chapecoense tinha mais 32 minutos e estava com um jogador a mais para buscar a vitória.

Foi aí que Welington Bruno acertou um chute de fora da área quase no ângulo do goleiro Rodolpho, colocando o time visitante novamente m vantagem, aos 22 minutos. Para piorar, em erro de saída de bola de Nequinha, o mesmo Welington Bruno fez 3 a 1. Aí o time da Chapecoense desmoronou. Parte da torcida foi embora e a que ficou começou a vaiar. Diego Felipe ainda descontou aos 39 minutos. Mas faltou força para empatar.


FICHA TÉCNICA

Chapecoense (2)

Rodolpho; Neguette, Groli, Kleber Goiano (Diogo Oliveira); Nequinha, Everton Cezar, Diego Felipe, Neném, Aelson (Lucca); Jean Carlos, Neílson. Técnico: Mauro Ovelha.


Ipatinga (3)

João Carlos; Alex (Tiago Gaúcho), Cláudio Luiz, Pedrão, Chiquinho; Leandro Brasília, Leanderson, Everton, Welington Bruno; Cristiano (Daniel), Frontini (Vander).Técnico: Ney da Matta.


Gols:

Jean Carlos (13 min 2T); Diego Felipe (39 min 2T) – Chapecoense.

Chiquinho (34 min 1T); Wellington Bruno (22 min 2T); Wellington Bruno (31 min 2T) – Ipatinga.


Cartões Amarelos:

Pedrão, Leanderson, Frontini – Ipatinga

Aelson, Neguette – Chapecoense


Cartão Vermelho:

Leanderson (11 min 2T) – Ipatinga


Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães-RJ, auxiliado por José Carlos Dias Passos-PR e José Amilton Pontarolo-PR.


Local: Arena Condá – Chapecó/SC



Comente aqui
09 out18:11

Chapecoense perde em casa

FICHA TÉCNICA

Chapecoense (2)

Rodolpho; Neguette, Groli, Kleber Goiano (Diogo Oliveira); Nequinha, Everton Cezar, Diego Felipe, Neném, Aelson (Lucca); Jean Carlos, Neílson. Técnico: Mauro Ovelha.


Ipatinga (3)

João Carlos; Alex (Tiago Gaúcho), Cláudio Luiz, Pedrão, Chiquinho; Leandro Brasília, Leanderson, Everton, Welington Bruno; Cristiano (Daniel), Frontini (Vander).Técnico: Ney da Matta.


>> Confira a Galeria de fotos


Gols:

Jean Carlos (13 min 2T); Diego Felipe (39 min 2T) – Chapecoense.

Chiquinho (34 min 1T); Wellington Bruno (22 min 2T); Wellington Bruno (31 min 2T)- Ipatinga.


Cartões Amarelos:

Pedrão, Leanderson, Frontini – Ipatinga

Aelson, Neguette – Chapecoense


Cartão Vermelho:

Leanderson (11 min 2T) – Ipatinga



Comente aqui
09 out08:05

Chapecoense 2 x 3 Ipatinga

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Depois de dois empates a Chapecoense enfrenta o Ipatinga, neste domingo, às 16 horas, com a obrigação de vencer. Uma porque joga em casa. Outra porque precisa dos três pontos para voltar a ficar entre os dois primeiros da Chave F, que garantem vaga na Série C do Campeonato Brasileiro.

Atualmente o time do Oeste está na terceira posição, com dois pontos, uma menos que o Ipatinga e dois a menos que o Joinville. O Brasiliense tem apenas um ponto. Se não vencer a Chapecoense teria que buscar a classificação nos dois jogos fora, contra o Ipatinga e Joinville. Restaria apenas um jogo em casa, contra o Brasiliense. Por isso o jogo de hoje é considerado fundamental.

–É uma decisão- disse o técnico Mauro Ovelha.

Por isso ele até vai fazer duas mudanças na zaga. Saem Amaral Rosa e Marcos Alexandre, entram Neguette e Kleber Goiano.

No ataque, ele tem a volta de Jean Carlos, que cumpriu suspensão contra o Joinville.

–É um jogo muito difícil mas temos confiança no nosso grupo- avaliou o atacante, que junto com Neílson marcou nove gols na Série C.

Jean Carlos reconhece que o ataque tem mais responsabilidade, mas que todo o time tem que funcionar.

–Quando nós marcamos gol não perdemos- destacou.

O Ipatinga é considerado um dos melhores times da competição por Mauro Ovelha e os jogadores.


Minuto a Minuto


Ficha Técnica

Chapecoense

Rodolpho; Neguette, Groli, Kleber Goiano; Nequinha, Everton Cezar, Diego Felipe, Neném, Aelson; Jean Carlos, Neílson. Técnico: Mauro Ovelha.


Ipatinga

João Carlos; Alex, Cláudio Luiz, Pedrão, Chiquinho; Leandro Brasília, Leanderson, Everton, Welington Bruno; Cristiano, Frontini (Malaquias).Técnico: Ney da Matta.


Horário: 16h

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhães-RJ, auxiliado por José Carlos Dias Passos-PR e José Amilton Pontarolo-PR.

Local: Estádio Arena Condá, em Chapecó.

Ingressos: R$ 15 (estudante), R$ 30 (Geral), R$ 40 (Social) e R$ 50 (Cadeiras)

Comente aqui
05 out10:22

Chapecoense faz promoção no ingresso

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense fará uma promoção no preço dos ingressos para o jogo de domingo, às 16 horas, contra o Ipatinga, na Arena Condá. Na Social o valor baixou de R$ 40 para R$ 30 e, na Geral, de R$ 30 para R$ 20. O ingresso de estudante também diminuiu, de R$ 15 para R$ 10. Menores de 12 anos não pagam. Só o preço das Cadeiras que ficou em R$ 50.

A medida foi tomada para garantir um bom público e assim pressionar o adversário, já que a Chapecoense precisa vencer para continuar na briga por uma vaga na Série B de 2012.

A promoção é válida somente para os ingressos antecipados, que já estão disponíveis. Os pontos de venda são o Maidana Esportes, Palácio dos Esporte, Posto de Marco e Cafezino Boca Maldita. Na sexta-feira e sábado haverá um ponto de venda no Pavilhão 2 da Efapi.

1 comentário
02 out14:06

Arena lotada neste domingo

Domingo é dia lotar a Arena Condá e torcer pela Chapecoense. O Verdão recebe o Joinville. A partida começa às 16h. O confronto é um dos mais importantes da história dos dois clubes. O vencedor dá um passo importante na briga por uma das duas vagas do Grupo F na Série B do Campeonato Brasileiro de 2012.

No começo da tarde, torcedores da Chapecoense faziam fila na Arena Condá em busca de ingressos para partida. Torcedor ainda dá tempo de garantir o seu.

Valores dos ingressos:

Cadeira – R$50

Social Coberta – R$40

Geral – R$30

Estudante (Geral) / Aposentados – R$15

Crianças (8 a 12 anos) – R$ 5

Comente aqui