Artesanato

17 abr18:04

Feira Mãos da Terra em Chapecó

A beleza e o encanto do artesanato do mundo inteiro estarão em Chapecó de 20 a 29 de abril na Feira Internacional de Cultura e Artesanato – Mãos da Terra, que acontece no pavilhão 4 da Efapi, das 14 às 22 horas. Os ingressos custam R$ 5, os maiores de 60 anos e as crianças até 12 anos não pagam. O Estacionamento é gratuito.

De acordo com Marcus Romera, organizador da feira, estarão em exposição peças de artesanato dos mais variados estilos dos quatro cantos do planeta e por valores acessíveis.

- Vale a pena o pessoal conferir a riqueza do artesanato mundial – destaca.

Marcus comenta ainda que estarão em exposição artesanato de diversos países como África do Sul, Quênia, Índia, Indonésia, Paquistão, Turquia, Perú, Equador, Chile, Uruguai, China, Japão e também de estados como Minas Gerias, São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Tocantins e outros.

- A feira é uma grande oportunidade para conhecer diversas culturas, uma viagem pelo mundo, sem sair de Chapecó – enfatizou Marcus. Ele ainda explica que o público que visitar a feira poderá comprar o artesanato produzido em cinco continentes e, ao mesmo tempo, conhecer um pouco da cultura, costumes e hábitos de diferentes povos.

A feira organizada pela M&K Art Promoções e Eventos, com apoio da Administração Municipal de Chapecó, vai apresentar também a 2ª Mostra do Artesanato Chapecoense.

Comente aqui
15 abr14:34

Chapecó recebe Feira Mãos da Terra

A beleza e o encanto do artesanato do mundo inteiro estarão em Chapecó de 20 a 29 de abril na Feira Internacional de Cultura e Artesanato – Mãos da Terra, que acontece no pavilhão 4 da Efapi, das 14 às 22 horas. Os ingressos custam R$ 5, os maiores de 60 anos e as crianças até 12 anos não pagam. O Estacionamento é gratuito.

De acordo com Marcus Romera, organizador da feira, estarão em exposição peças de artesanato dos mais variados estilos dos quatro cantos do planeta e por valores acessíveis.

- Vale a pena o pessoal conferir a riqueza do artesanato mundial – destaca.

Marcus comenta ainda que estarão em exposição artesanato de diversos países como África do Sul, Quênia, Índia, Indonésia, Paquistão, Turquia, Perú, Equador, Chile, Uruguai, China, Japão e também de estados como Minas Gerias, São Paulo, Bahia, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Tocantins e outros.

- A feira é uma grande oportunidade para conhecer diversas culturas, uma viagem pelo mundo, sem sair de Chapecó – enfatizou Marcus. Ele ainda explica que o público que visitar a feira poderá comprar o artesanato produzido em cinco continentes e, ao mesmo tempo, conhecer um pouco da cultura, costumes e hábitos de diferentes povos.

A feira organizada pela M&K Art Promoções e Eventos, com apoio da Administração Municipal de Chapecó, vai apresentar também a 2ª Mostra do Artesanato Chapecoense.


2ª Mostra do Artesanato Chapecoense

Nesse espaço ficam em destaque os artesãos e o artesanato produzido em Chapecó. Cerca de 200 artesãos vão expor seus produtos produzidos em materiais como tecido, madeira, borracha, cerâmica, crochê, tricô e ainda o artesanato indígena.

De acordo com Leila Didomenico, Gerente de Relações Comunitárias da FASC, a mostra é um espaço para o artesão chapecoense mostrar seus trabalhos. Segundo ela, o objetivo maior da feira não é tanto a comercialização dos produtos e sim mostrar para o público os produtos que são produzidos em Chapecó.

- Os produtos artesanais chapecoenses estão melhorando cada vez mais – enfatizou.


Comente aqui
13 abr11:28

Artesanato garante renda para mulheres em Ipuaçu

O Cras – Centro de Referência de Assistência Social de Ipuaçu tem realizado constantemente cursos e palestras para grupos de mulheres e adolescentes do interior e do centro do município. Os trabalhos são realizados mensalmente com participantes do Bolsa Família e do Paif – Programa de Atenção Integral a Família.

Atualmente esta sendo trabalhado quatro grupos nas Aldeias Cerro Doce, Baixo Samburá, Água Branca e Fazenda São José. Segundo o Secretário de Assistência Social de Ipuaçu Ivo de Freitas, esse trabalho visa a geração de renda e melhoria da autoestima das participantes.

Nos encontros são confeccionados artesanatos como bonecas de pano, chinelos bordados, crochê, tricô e outros trabalhos. Palestras também faz parte dos grupos. São realizadas palestras sobre vários temas direcionados a mulheres e adolescentes.

Junto aos programas é realizado trabalho com as gestantes, incluindo também gestantes da reserva indígena. Nesses encontros são realizados palestras e confecções de enxoval para o bebê, onde a participante que tem freqüência máxima, ao final da gestação, ganha um kit com enxoval.

Esses cursos são realizados em parceria com Artesãs da Casa do Artesanato, Governo Municipal e Secretaria de Assistência Social.


Comente aqui
07 fev17:47

Femi 2012 terá espaço para valorizar a arte e o artesanato local

Como parte da programação da 16ª Festa Estadual do Milho – Femi, a Coordenação do Museu do Milho está organizando o “Espaço da Arte”.

A proposta, segundo a Diretora de Ações Culturais e Coordenadora do Museu do Milho, Magda Vicini, é valorizar a arte e o artesanato locais. – A intenção é motivar a valorização da identidade cultural e histórica principalmente na produção artesanal de Xanxerê. Os artistas plásticos terão um espaço para expor suas pinturas, desenhos e gravuras – destacou.

O local do “Espaço da Arte” será na casa em frente ao milhão. A coordenadora comenta que o artesanato será uma ótima opção para os visitantes levarem alguma lembrança ou “souvenir” que tenham uma relação com a cidade e com a Festa do Milho.

Os artistas e artesãos que tiverem interesse em participar do “Espaço da Arte”, deverão fazer sua inscrição até o dia 11 de fevereiro, na Diretoria de Cultura, através do telefone 49 34418547.


Comente aqui
16 jan12:09

Casa do Artesanato gera renda em Coronel Freitas

Instalada em uma sala junto ao Terminal Rodoviário, cedida pela prefeitura, a Casa do Artesanato de Coronel Freitas dispõe de uma grande variedade de produtos para a comercialização. O atendimento ocorre diariamente, das 13h às 18h.

Atualmente a Associação de Artesãs conta com 23 sócias. No local é possível encontrar diversos itens feitos pelo grupo de artesãs do município, com valores que podem variar de R$ 5 a R$ 180.

De acordo com a presidente da associação, Ana Forti, além de artigos para decoração, a Casa dispões de uma grande variedade de artigos bordados a mão, como toalhas, chinelos almofadas, tapetes, sacolas entre outros. Todos os artigos são feitos manualmente pelas sócias do grupo.

O grupo de Artesãs conta também com o apoio da Secretaria de Assistência Social, que tem investido na realização de diversos cursos com o objetivo de possibilitar as sócias do grupo aperfeiçoar o trabalho e aprender novas técnicas


Comente aqui
21 dez17:34

Artesanato de Chapecó tem espaço no Aeroporto

A partir de agora o artesanato chapecoense pode ser encontrado no Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso. Os viajantes que passam pelo local têm a oportunidade de conhecer e adquirir os produtos confeccionados através dos programas sociais de Chapecó. O espaço foi viabilizado pela Prefeitura de Chapecó, através da Fundação de Ação Social (FASC), e contou ainda com indicação do vereador Ildo Antonini.

De acordo com a Diretora Presidente da FASC, Belenite Frozza, neste primeiro momento estão expostos os trabalhos do Projeto Feito Sob Medida – Chapecó em Moda e do Programa Arte Jovem. A ideia é, aos poucos, inserir produtos de outros artesãos cadastrados na FASC. – Nós queremos que os artesãos chapecoenses tenham ainda mais oportunidades para mostrar seus produtos e comercializá-los, fortalecendo a geração de renda às famílias – destaca.

O espaço do artesanato de Chapecó fica aberto no Aeroporto de segunda à sexta-feira das 11h às 16h. Os produtos também podem ser encontrados nestes mesmos dias no Centro Público de Economia Solidária, aberto das 13h às 19h.


Comente aqui
16 nov16:43

3ª edição do Prêmio Top 100 de Artesanato

Artesãos que integram o Projeto Arte Catarina do Sebrae/SC tem a oportunidade de participar da 3ª edição do Prêmio TOP 100 de Artesanato, promovido pelo Sebrae nacional. O objetivo do é reconhecer e valorizar o trabalho realizado por artesãos de todo o País e premiar as 100 melhores unidades de produção e artesãos individuais.

O gestor do Programa Arte Catarina, Jefferson Reis Bueno, salienta que qualidade estética e valor cultural são importantes para a confecção de peças artesanais. No entanto, o diferencial do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato é o fato da avaliação ir além destes requisitos e levar em conta outros elementos da cadeia de produção e comercialização do produto.

São 11 os critérios de avaliação: grau de inovação dos produtos; adequação econômica; adequação ergonômica dos postos de trabalho; adequação ambiental; eficiência produtiva; adequação cultural; embalagem; qualidade percebida – valor intangível;práticas comerciais;responsabilidade social; e gestão estratégica.

As inscrições serão feitas, até o dia 30 de novembro, pelo site www.top100.sebrae.com.br , com envio das informações solicitadas, das fotos, dos produtos realizados nas unidades de produção e o preenchimento do questionário disponível nesse endereço eletrônico.

O diretor técnico do Sebrae/SC, Anacleto Ortigara, explica que todas as informações prestadas serão confidenciais, destinadas exclusivamente ao concurso. As inscrições serão confirmadas por e-mail. As unidades que forem selecionadas para a fase final serão notificadas por meio de correspondência eletrônica e/ou postal e deverão prestar as informações complementares necessárias.

A participação serve também para identificar em quais áreas o negócio deve melhorar.


Premiação

As cem unidades vencedoras receberão os seguintes prêmios: O custeio de deslocamento e hospedagem para sua participação no evento de premiação, previsto para ser realizado no Rio de Janeiro, em agosto de 2012; participação em uma ação de promoção comercial, realizada pelo SEBRAE; oportunidade de exposição de produtos em três eventos comerciais de grande expressão nacional; autorização de uso por parte das 100 unidades produtivas premiadas, do selo “Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato – 3ª edição” por três anos após a entrega do certificado e divulgação de três produtos no catálogo do Prêmio Sebrae Top 100 de Artesanato – 3ª Edição.


Projeto Arte Catarina

Oferecer tratamento diferenciado e maior qualidade ao artesão é um dos objetivos da nova estratégia de atendimento que o Sebrae/SC desenvolve para disponibilizar, através do Projeto Arte Catarina, nas coordenadorias regionais. Com a reestruturação, o atendimento será informatizado e oportunizará organizar, agilizar e desenvolver um banco de dados, categorizando os núcleos de produção e os artesãos individuais em níveis de gestão, qualificação técnica e mercadológica aos produtos.

- Teremos ações intensas voltadas ao acesso a mercados, buscando novos canais de comercialização para os participantes do Programa – destaca Bueno.

Também estão sendo planejadas ações como showroons de mostra e comercialização para os megaeventos esportivos que o Brasil sediará, além do desenvolvimento de um projeto voltado à comercialização do artesanato catarinense, destacando também o tradicional Aroma Sabor e Arte que, em janeiro de 2012, estará em sua 5ª edição.

- A participação em prêmios de renome nacional também faz parte desse conjunto de ações que, além de destacar, promove o Artesanato de Santa Catarina – avalia Bueno.


Comente aqui