Arthur Todeschini

18 set17:15

Thui retorna ao Arena Cross

Depois de vencer a primeira etapa do Arena Cross Brasil em Curitiba/ PR, o chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul/ WA transportes/ Cetric/ Pirelli/ Brasil Racing) buscará a segunda vitória seguida, neste sábado, 22, em Balneário Camboriú.

Mais de 100 pilotos devem disputar as cinco categorias e Thui além de tentar manter liderança da categoria 65Cc segue em busca da Tríplice conquista. Se vencer também este campeonato unirá a conquista com os títulos do Campeonato Brasileiro e da Superliga Brasil de MotoCross, vencidos neste ano. As três conquistas nos principais campeonatos do país seria um fato inédito.

Estarão em disputa na cidade praiana catarinense as categorias – 50cc, 65cc, Júnior, MX2 e MX Pró.

Thui está se preparando cada vez mais para as vitórias. Treinou no sábado e domingo, apesar da pista seca. Na tarde desta terça-feira o jovem piloto de apenas 11 anos de idade também treinou.

Recentemente Thui fechou o campeonato brasileiro de MotoCross como campeão. Antes disso fez sua estreia em competições internacionais. No Mundial Júnior, na Bulgária, o chapecoense conseguiu classificação em todas as baterias. Entre os 56 pilotos de mais de 30 países, ele ficou na 16ª colocação.

- Lá a pista tem subidas e descidas enormes, bem diferente do que os pilotos mais jovens enfrentam no Brasil. Mas estamos felizes com o desempenho e a experiência vai ajudá-lo muito nas provas nacionais – disse Nani Todeschini, mãe do atleta.


Comente aqui
27 ago10:48

A fera do Motocross

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Ele tem apenas 11 anos e reclama com a mãe que não o ajudou a vestir a parafernália do uniforme de piloto de motocross, fala pro pai que a bota está danificada e precisa de uma nova. A parte de vestir a roupa é o momento mais “chato” para o piloto Arthur Todeschini, que neste ano já é campeão Brasileiro e da Superliga Brasil de Motocross, na categoria 65 cilindradas, que reúne pilotos com menos de 13 anos. Neste final de semana ele disputa o Campeonato Mundial Júnior, na Bulgária.

- É perto de onde acontecem as guerras- orienta-se o garoto, lembrando das aulas de Geografia e a Guerra dos Bálcãs, na antiga Iugoslávia. Pelo menos ele vai compensar as faltas na escola com um estudo “in loco” do Leste Europeu.

A parte boa para Thui é quando ele sobe na moto. Daí não se importa em dar inúmeras voltas na pista particular que seu pai construiu na chácara da família, no interior de Chapecó. Tanto que após o treino, orientado por Dilson “Prica” Becker, ele pede para dar mais umas voltas. Mas daí ele sai do traçado da pista e faz seu próprio trajeto. É o momento que ele brinca com a moto.

Prica é irmão do piloto multicampeão Milton Chumbinho Becker, ídolo de Thui. Além da paixão por motos, os dois tem em comum serem do Oeste Catarinense, já que Chumbinho é de Itapiranga. Um dos momentos mais emocionantes de Thui foi a conquista do Brasileiro no mesmo dia em que Chumbinho vencia a competição pela décima sétima vez, no início do mês, no Espírito Santo.

Arthur não é de muita conversa. Seus pais até brincam que ele deixa os entrevistadores no aperto, pois quase só responde em monossílabos.

– Sou concentrado- explica Thui.

Mas, quando é para tirar sarro do pai, ele solta a língua. Quando Ademir Todeschini diz que era piloto e que atualmente disputa o brasileiro na categoria MX 3, o filho dá uma cutucada.

– Tá em vigésimo nono – brinca. Ademir rebate dizendo que está entre os cinco.

E a paixão pelo MotoCross veio por influência do pai. Desde bebê, em vez de carrinhos Thui ganhava motinhos. –Ele até dormia com uma motinho debaixo do travesseiro- lembra a mãe, Eliene.

Com quatro anos, ganhou a primeira motocicleta, de 50 cilindradas. A partir daí, ninguém mais segurou o guri. Ele já venceu competições regionais, estaduais e nacionais. Agora começa a debutar nos mundiais. Quem sabe ele até poderá superar o ídolo


Competitivo sem perder o lado criança

Uma das preocupações dos pais de Arthur, Eliene e Ademir, é garantir que o filho seja competitivo sem perder seu lado criança.

Durante a semana ele estuda pela manhã e, à tarde, treina na pista três vezes por semana. Duas vezes por semana faz academia, sempre orientada por um especialista. Um dia ele tem de folga.

O treinador Prica disse que “negocia” com o garoto. Quando ele vai bem nos treinamentos e se dedica, tem mais tempo de folga. Quando está mal, tem que treinar mais.

Prica disse que procura equilibrar o tratamento.

– Na pista trato ele como adulto, fora, como criança- explica.

Tanto que, nas competições, os dois saem da corrida e vão jogar videogame. Claro que a disputa virtual também é uma corrida de MotoCross.

Os pais de Thui disse que, mesmo quando estão competindo, todos saem após as corridas para comer pizza. Vários dos amigos de Thui são do cenário do MotoCross.

Às vezes ele perde alguns aniversários e aulas com as viagens. Mas tenta recuperar quando está em casa, saindo com os amigos e compensando as aulas. A vida dele não é só o MotoCross. Ele também joga basquete e handebol.

– Ele é uma criança normal- diz a mãe. Ela afirmou que apoiou o sonho do pai, de ver o filho ser um piloto, pois viu que o filho também gostava. Assim ela e a irmã de Thui, Isadora, que não é piloto, acabaram virando torcedoras.

O resultado é que Thui já tem mais de 200 troféus e medalhas. Se continuar assim, a família Todeschini terá que construir uma casa só para guardar os prêmios.


TÍTULOS

2006: Campeão Gaúcho 50 cilindradas

2007: Campeão Catarinense 50 cilindradas

2010: Campeão Brasileiro 50 cilindradas

Campeão Arena Cross 50 cilindradas

2011: Vice-campeão Brasileiro 65 cilindradas Campeão do Arena Cross 65 cilindradas

2012: Campeão da Superliga Brasil de Motocross 65 cilindradas Campeão Brasileiro 65 cilindradas


Comente aqui
21 ago15:15

Thui vai representar o Brasil no Mundial

Um sonho está sendo realizado pelo chapecoense Arthur Todeschini. Ele será o único representante do Brasil no Campeonato Mundial Junior, na categoria 65Cc. A competição será realizada neste final de semana na cidade de Sevlievo, na Bulgária. O evento contempla as categorias de base do MotoCross mundial. Com apenas 11 anos de idade, Thui (Expresso Sul/WA transportes/Cetric/Pirelli/Brasil Racing) garantiu a vaga na elite do MotoCross Junior mundial nesta categoria por ser o principal piloto do Brasil até 12 anos. Thui viajou para a Europa com a família e com o mecânico na madrugada desta terça-feira.

Mas o trabalho de Thui não será nada fácil. Já em sua estreia numa competição internacional ele estará correndo com os pilotos de elite de 30 países.

- Serão 50 pilotos no início do evento, mas os 40 melhores nas tomadas de tempo se classificarão para largar. Temos esse primeiro objetivo. Estar na largada da prova. Depois vamos buscar as posições – disse o pai Ademir Todeschini.

O jovem piloto está concentrado e ciente do que é capaz de fazer na pista.

- Tenho treinado forte, conquistei títulos, mas preciso ver como será o terreno e como o equipamento vai se comportar – disse Thui.

Dentro do Brasil Thui já conquistou dois títulos na temporada 2012. O primeiro foi a Superliga Brasil de Motocross e o segundo o Campeonato Brasileiro da categoria 65Cc. O chapecoense também é líder do Arena Cross após a primeira etapa.

Iniciando a carreira internacional, Thui participará de uma competição com a presença de 160 pilotos nas categorias 65Cc e 85Cc, onde estará o segundo brasileiro, Enzo Lopes.


Comente aqui
12 ago11:19

Thui vence e conquista o Brasileiro de MX

A cidade de Anchieta, no Espírito Santo, sediou neste fim de semana, a 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de MotoCross. Esta foi a penúltima prova do campeonato que será encerrado em Dourados/MS, no dia 9 de setembro. Mas para o chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul/WA transportes/Cetric/Pirelli/Brasil Racing) a competição terminou, pelo menos na classificação. Com a vitória no Espírito Santo, o garoto de 11 anos, sagrou-se campeão antecipado da categoria 65Cc, já que mesmo se não pontuar na última etapa não será alcançado pelo segundo colocado na classificação geral. Thui busca a tríplice conquista da categoria no Brasil. Venceu o Brasileiro, a SuperligaBrasil, e está na liderança do Arena Cross, os três principais campeonatos do país.

Na prova no ES, Thui correu concentrado em pontuar. Por isso não começou na ponta. Aproveitou problemas dos adversários e foi galgando posições até chegar à liderança. Thui pegou a dianteira e não largou mais. Fez a prova para chegar em primeiro e quando todos receberam a bandeirada veio a notícia. Os principais adversários não tinham obtido pontuação necessária para tirar o título antecipado do chapecoense.

No pódio, com muita festa, veio a homenagem ao pai e grande incentivador.

- Pai, você é meu herói – escreveu Thui para o pai Ademir Todeschini.

No mesmo dia, um dos ídolos de Thui também sagrou-se campeão brasileiro pela 17ª vez. O catarinense Milton Chumbinho Becker treinou Thui diversas vezes.

Com a vitória, Thui chegou a 163 pontos no campeonato, soma de um quinto lugar, uma segunda colocação e de impressionantes cinco vitórias em sete etapas.


Comente aqui
22 jul11:35

Arthur Todeschini venceu a sexta etapa do Campeonato Brasileiro de MotoCross

A orla de Aracajú/SE foi palco no fim de semana da 6ª etapa do Campeonato Brasileiro de MotoCross. As provas foram disputadas no sábado e no domingo e reuniram pilotos de seis categorias. Na 65 cilindradas(65Cc) o chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul/WA transportes/Cetric/Pirelli/Brasil Racing) venceu mais uma prova e abriu 13 pontos de vantagem sobre o segundo colocado. Thui, que no início de julho foi campeão da Superliga Brasil de MotoCross, terá as provas de Anchieta/ES e Dourados/S para tentar mais um título nacional.

A prova nas areias da praia na capital sergipana reuniu 12 pilotos na categoria 65 Cc. Thui fez o segundo melhor tempo nos treinos classificatórios, mas assumiu a ponta após a largada. No entanto outro catarinense, Thiago Brenner, aproveitou para ultrapassá-lo depois de algumas voltas e liderou a corrida até a última curva. Já próximo da bandeirada, Thui recuperou a primeira colocação e confirmou a vitória para comemorar a quarta vitória em seis corridas da categoria.

- Errei no início, mas consegui me recuperar. Batalhei para a vitória que tanto queria – disse o chapecoense de 11 anos.

Com esta conquista Thui somou mais 25 pontos e chegou a 138 pontos. Na segunda colocação está o paranaense Leonardo Cassarotti e em terceiro o catarinense Thiago Brenner.

Dia 12 de agosto os pilotos voltarão às pistas no Espírito Santo, na 7ª e penúltima etapa do campeonato brasileiro de MotoCross.


Comente aqui
20 jul15:56

Thui participa do Brasileiro de MX em Aracajú/SE

Pilotos disputam neste fim de semana no motódromo da orla da praia de Atalaia em Aracajú/SE, a sexta etapa do campeonato brasileiro de MotoCross. O evento, promovido pela Confederação Brasileira de Motociclismo terá a disputa de seis categorias. O chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul/WA transportes/Cetric/Pirelli/Brasil Racing), que acaba de ser campeão da Superliga Brasil de MotoCross, coloca todo o foco na sua segunda competição nacional do ano. Thui Lidera o campeonato na categoria 65Cc com oito pontos de vantagem sobre o paranaense Leonardo Cassaroti.

O piloto de 11 anos de idade está na capital sergipana com a equipe desde o fim de semana passado, quando venceu a etapa de Penha/SC da Superliga e ficou com o título. Thui é uma das revelações do MotoCross nacional e tem mostrado isso nas provas do campeonato brasileiro.

Das cinco etapas até este momento, ele venceu três provas, terminou outra na segunda colocação e chegou em quinto na etapa de Canelinha/SC. Com estes resultados Thui soma 113 pontos contra 108 do piloto segundo colocado. Depois das corridas deste fim de semana os pilotos terão mais duas etapas para o encerramento do campeonato. As provas serão em Anchieta/ES e Dourados/MS

O chapecoense entra na pista neste sábado pela manhã para treinos livres e cronometrados. Na final da tarde disputa sua sexta corrida do ano no Campeonato Brasileiro de MotoCross.


Comente aqui
16 jul15:00

Thui conquista título da Superliga de Motocross

O chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul / WA Transportes / Cetric / Pirelli / Brasil Racing) conquistou o título da Superliga Brasil de Motocross. A última prova da competição, na categoria 65Cc, foi realizada no sábado, dia 14 de julho, na cidade de Penha. Thui, de apenas 11 anos, venceu a prova e garantiu a quarta conquista nacional. A competição, que teve seis etapas espalhadas pelo Brasil, inclusive em Chapecó, reuniu pilotos brasileiros e estrangeiros em cinco categorias.

Como tinha 24 pontos de vantagem sobre o segundo colocado, bastava o chapecoense completar a prova para ser campeão da categoria.

A equipe já tinha planejado fazer uma prova pensada que levasse Thui ao pódio e consequentemente ao título. Na tomada de tempo o catarinense terminou em segundo. Mas na terceira curva “deu o bote” e assumiu a ponta. E a Superliga não poderia terminar melhor.

Thui recebeu a bandeira pela prova de 15 minutos mais duas voltas e comemorou o título. Na soma geral dos pontos Arthur Todeschini ficou com 27 pontos de vantagem sobre o pernambucano Leonardo Feitosa.

- O resultado prova que o Arthur está num grande momento. Não precisava ganhar, mas ele é muito competitivo – disse o pai Ademir Todeschini após o abraço no jovem campeão.

A conquista da Superliga coloca mais um título nacional geral para Thui Todeschini. Ele já havia faturado dois títulos do Arena Cross e um do Campeonato Brasileiro na categoria 55Cc.

- Trabalhei muito. Semanas e mais semanas de treino. Hoje posso comemorar mais um título – disse.

Agora as atenções se voltam para o Campeonato Brasileiro da categoria 65Cc. Thui lidera a competição que terá mais uma etapa, no sábado, dia 21 de julho, em Aracajú/SE. Por isso a equipe viajou de Penha, direto para o nordeste.



Comente aqui
13 jul09:50

Beto Carrero World sedia Superliga de Motocross neste fim de semana

A pista do Beto Carrero World, localizada em Penha, no litoral norte de Santa Catarina, vai decidir o título da Superliga Brasil de Motocross 2012. Neste fim de semana, dias 14 e 15 de julho, o parque temática sedia a sexta etapa da competição que tem como favorito na principal categoria (MX Pró) o espanhol Carlos Campano.

Chapecoense Arthur Todeschini pode conquistar quarto título nacional.

A pista do Beto Carrero World recebeu recentemente o Honda GP Brasil de Motocross, válido pela quinta etapa do Mundial de Motocross e já é conhecida pela maioria dos pilotos das cinco categorias (65cc, CRF 230, Júnior, MX2 e MX Pró) que ano passado disputaram uma etapa no parque.

— Depois do sucesso do Mundial, não havia melhor cenário para sediar a final da Superliga. A pista é o que há de mais moderno e referência não só no Brasil como no mundo. Serão grandes disputas e fecharemos com chave de ouro — declarou o promotor de eventos Carlinhos Romagnolli.

>>  Thui pode conquistar quarto título nacional

Os preparativos para a montagem de arquibancadas gerais, coorporativas e HCs Vips seguem em ritmo acelerado para acomodar o público esperado para o final de semana.

Os ingressos para a final do maior campeonato de motocross do Brasil estão disponíveis em troca de dois quilos de arroz ou feijão nos pontos de troca da cidade de Penha e região, informados no site oficial da competição www.superligabrasildemotocross.com.br.

As corridas que revelarão os campeões da temporada terão transmissão ao vivo pelo site Brazilian Motorsport TV – www.brmtv.com.br – e na Mox TV. A segunda bateria pelo título da MX Pró no canal de TV aberta Rede TV!.


Serviço:

Superliga Brasil de Motocross

Quando: 14 e 15 de julho

Onde: Parque Beto Carrero World – Penha/SC

Entrada: dois quilos de arroz ou feijão


Comente aqui
12 jul19:06

Thui pode conquistar quarto título nacional

O momento é de decisão na Superliga Brasil de MotoCross. Neste fim de semana, dias 14 e 15 de julho, a cidade litorânea de Penha receberá a sexta e última etapa da competição. Serão disputadas cinco categorias e o chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul / WA Transportes / Cetric / Pirelli / Brasil Racing) está praticamente com o título da categoria 65Cc assegurado. Se o piloto de apenas 12 anos completar a prova, chegará ao quarto campeonato nacional da carreira.

Nas cinco primeiras etapas da Superliga, Thui conquistou três vitórias, e obteve um terceiro lugar e uma quarta colocação. A soma lhe dá uma vantagem de 24 pontos sobre o segundo colocado na classificação geral. Thui precisará apenas completar a prova para chegar ao título sobre o pernambucano Leonardo Feitosa.

- Vamos fazer uma corrida com cuidado. Não precisamos vencer para sermos campeões. O que vale é a regularidade do campeonato – disse o pai Ademir Todeschini.

Difícil é conter a vontade de vitória do chapecoense.

- Quero entrar pra ganhar e ser campeão. Tenho trabalhado muito pra isso – afirmou Thui.

Ele entrará na pista neste sábado pela manhã para os primeiros treinos e a tomada de tempo. À tarde está marcada a última prova do campeonato com 15 minutos de corrida mais duas voltas.

Thui já conquistou os campeonatos gaúcho e catarinense, é bi-campeão do Arena Cross (prova noturna que ocorre em diversas cidades do Brasil) e também campeão brasileiro na categoria 55Cc. Nesta temporada ele lidera o Campeonato Brasileiro e a Superliga na 65Cc.



Comente aqui
30 jun19:43

Thui vence e abre vantagem no Brasileiro de Motocross

Foi disputada neste fim de semana em Sorriso/MT, a 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross. Foram disputadas as categorias 150cc, 180cc Jr, MX1, MX2, MX3 e 65Cc vencida mais uma vez pelo piloto chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul/WA transportes/Cetric/Pirelli/Brasil Racing).

Na prova do sábado, dia 30, à tarde ele conquistou o terceiro pódio de primeiro lugar em cinco provas da competição nacional. Nas demais, Thui chegou em quinto e segundo lugares. Com o resultado ele chegou a 113 pontos e abriu oito de vantagem sobre o segundo colocado Leandro Cassarotti, de Curitiba/PR. O próximo desafio será em Aracajú/SE.

Desde os treinos Thui mostrava que estava forte. Fez o 2º melhor tempo entre os 11 participantes. Assim que o “gate” abriu ele assumiu a ponta a acelerou para conquista a vitória depois de 15 minutos de prova mais duas voltas. O garoto de 11 anos ainda fez a melhor volta da corrida com o tempo de 1min45s7162. O campeonato brasileiro de motocross tem mais três etapas em Aracajú/SE, Anchieta/ES e Praia Grande/SP.

Agora Thui dá uma parada na competição promovida pela Confederação Brasileira de Motocross e parte para a decisão da Superliga Brasil de Motocross. No próximo fim de semana, na cidade de Penha/SC, será realizada a última etapa deste outro evento nacional. Para conquistar o título inédito, Thui precisará apenas completar a prova já que tem 24 pontos de vantagem sobre o segundo colocado. No ano passado o chapecoense conquistou o vice-campeonato da categoria 65Cc.


Comente aqui