Aula

29 jun14:40

Alunos de escola de Xanxerê tiveram uma aula diferente

Na manhã desta sexta-feira, dia 29, cerca de 300 alunos da Escola Municipal Paul Harris de Xanxerê, participaram do 2º Circuito Estadual de Cinema Infantil. Os alunos puderam assistir aos filmes no Auditório do Colégio Costa e Silva.

Conforme destacou a Diretora de Ações Culturais, Magda Vicini, esta é uma proposta diferente, com o objetivo de fazer com que os alunos possam ver filmes com temas variados, incentivando-as, desde cedo, a manter hábitos culturais.

Magda disse ainda que os professores podem aproveitar a próxima semana para debater os filmes em sala de aula e até usar como tema para algum trabalho escolar. Na tarde desta sexta-feira foi a vez dos alunos do Colégio Evolução.

Neste sábado, dia 30, no domingo, dia 1º e no dia 8 de julho a Mostra de Cinema será aberta à comunidade no horário a partir das 17 horas.

As escolas que tiverem interesse em levar seus alunos podem ligar para a Diretoria de Ações Culturais através dos telefones 49 34418547 ou 49 34418545.


Comente aqui
22 mai10:20

Alunos de Xaxim criam dinossauros na sala de aula

Alunos do 4º ano do ensino fundamental do Colégio Geração Construtiva, de Xaxim, participaram da construção de dinossauros em uma aula interdisciplinar de Ciências, Português e Artes. – A atividade foi desenvolvida para tornar a aprendizagem mais prazerosa, além de motivar os alunos para o tema e enriquecer a aula sobre o conteúdo “A terra tem história”, estudado em sala de aula no segundo bimestre letivo – disse a professora Ivandra Rostirolla Muller.

Além da construção dos dinossauros, os alunos produziram um filme sobre a origem da vida na terra, através de legendas e desenhos, iniciando assim uma aventura sobre as primeiras formas de vida e o mundo dos dinossauros.

A atividade prática iniciou e foi concluída em sala de aula depois de muita leitura, histórias e conversas, além de envolver a família com tarefas extraclasse, o que deixou os alunos motivados.

Utilizando-se de materiais diversos, as crianças confeccionaram diferentes espécies de dinossauros e estudaram sobre a existência destes animais no passado e sobre a causa de extinção, por meio de uma experiência sobre os fósseis.

Para a professora da turma, Ivandra Rostirolla Muller,

- Através deste experimento foi possível fazer comparações entre as impressões deixadas no gesso, com as impressões de fosseis de dinossauros que estudamos através dos conteúdos – completou a professora.


Comente aqui
29 mar14:41

Curso de Moda trata sobre mercado e profissão

O curso de Moda da Unochapecó realiza atividade nesta sexta-feira, 30 de março, através de aula magna direcionada para seus alunos e professores. Com o tema “Moda, mercado e profissão”, o evento acontece no plenário do bloco R, às 19h.

A aula foi preparada como uma mediação entre os acadêmicos e os profissionais que já atuam no mercado, de forma a criar ligação entre as teorias aprendidas em sala, as técnicas laboratoriais e o cenário da moda atual. Serão quatro palestras, cada uma abordando uma questão pertinente à atuação do profissional de moda em diferentes atividades.

Para abrir as atividades, às 19h, a designer e coordenadora do curso de Moda, professora Rachel Quadros vai falar sobre “O olhar da moda na Unochapecó”. Na sequência, a empresária do ramo têxtil Lenir Peres Pavan apresentará o tema “Novas perspectivas do mercado em moda – Nivoc (Núcleo das Indústrias do Vestuário do Oeste Catarinense)”. Às 20h30, a produtora de moda e autora do blog guria chic, Cristiana Iop, tratará sobre “Moda, informação e tecnologia (blog)”. Por fim, às 21h15, a estilista Catia Rettor ministrará palestra sobre “O designer de moda no mercado – Projeto de coleções”.

Podem participar da aula inaugural os acadêmicos e professores do curso de Moda da Unochapecó. As inscrições para obter declaração de participação devem ser feitas pelo site da Unochapecó, sem custo.


Comente aqui
26 mar15:19

Aulas serão retomadas nesta terça-feira em Dionísio Cerqueira

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

As aulas nas redes municipal e estadual de Dionísio Cerqueira serão retomadas nesta terça-feira. A informação foi confirmada no começo da tarde desta segunda-feira pelas secretárias municipal de Educação, Rosane de Andrade Souza, e regional, Nilza Sufredini.

Cerca de quatro mil alunos estão sem aula desde terça-feira por falta de água. Nilza Sufredini disse que nas cinco escolas estaduais e o Centro de Educação de Jovens e Adultos estão sendo instaladas caixas de água de 25 mil litros que a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), disponibilizou. Também serão instaladas bombas destas caixas para levar água aos reservatórios antigos, que tem cerca de mil litros cada.

Nas 13 escolas municipais a secretária Rosane Andrade de Souza informou que também foi solicitado para a Casan a instalação de reservatórios nos locais mais críticos. No entanto ela afirmou que já melhorou o abastecimento.

Desde sexta-feira caminhões da Casan e dos Bombeiros estão buscando água em rios, lagos e açudes para complementar o abastecimento. Além disso está chovendo na região o que pode amenizar a situação.



Comente aqui
21 mar18:19

Quase 4 mil alunos sem aula em função da estiagem em Dionísio Cerqueira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A estiagem que assola a região Oeste desde novembro de 2011 trouxe prejuízos não só na agricultura, mas também na educação. Em Dionísio Cerqueira no extremo-oeste, cerca de 4 mil alunos estão sem aula desde a terça-feira, dia 20. Segundo a gerente de Educação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira, Nilza Suffredini, o motivo seria a falta de água nas escolas.

- Os alunos não tem água para consumir, por isso decidimos por suspender as aulas – disse a gerente. Ela falou ainda que serão instaladas caixas nas escolas para tentar garantir o abastecimento de água e retornar em breve as aulas.

As aulas estão suspensas até a segunda-feira, dia 26, em cinco escolas estaduais, 13 municipais, duas creches e no Centro de Educação de Jovens e Adultos.

Na segunda-feira será realizada mais uma reunião com representantes da Prefeitura, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, secretarias de agricultura e educação, gerência Regional da Casan, diretores e professores. O objetivo é avaliar se haverá condições de retomar as aulas nas escolas municipais e estaduais.

A reposição destes dias com suspensão vai acontecer no mês de julho, que tradicionalmente marca o recesso escolar.


Guarujá do Sul pode decretar calamidade pública

Até o final da tarde desta quarta-feira 110 municípios haviam decretado situação de emergência devido a estiagem. Macieira e Joaçaba  foram os últimos municípios a encaminhar o decreto para a Defesa Civil do Estado.

No extremo-oeste a situação se agrava e o prefeito de Guarujá do Sul, Celso Taube, disse que o município pode encaminhar o decreto de calamidade pública caso não chova significativamente nos próximos dias.

Segundo ele é grande o número de moradores que ligam para a prefeitura solicitando serviços de abertura de bebedouros e transporte de água. Outro agravante é a mortalidade dos animais, que estão sem água ou consomem água sem qualidade.

- Além dos bebedouros os funcionários da prefeitura precisam abrir buracos para enterrar os animais que estão morrendo – disse.

Na terça-feira, dia 27 está marcada uma reunião para definir se será encaminhado ou não o decreto.

110 municípios em situação de emergência

Abelardo Luz

Água Doce

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Anchieta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Balneário Gaivota

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Macieira

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Riqueza

Rio das Antas

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 21 de março de 2012, pela Defesa Civil.



Comente aqui
28 fev11:36

Aula inaugural de Filosofia à maneira clássica em Chapecó

A Associação Cultural Nova Acrópole – Filial Chapecó está com inscrições abertas para nova turma de “Filosofia à Maneira Clássica”. A aula inaugural acontece nesta quarta-feira, dia 29 de fevereiro.

O curso é uma atualização dos conhecimentos tradicionais do Oriente e do Ocidente que, seguindo o humanismo clássico, relaciona ciências, artes, religiões e filosofias de forma comparada para viver o presente com projeção de futuro. A Filosofia à Maneira Clássica é acessível a todos aqueles que se perguntam sobre a vida, querem compreender seu sentido e viver com sabedoria. A atividade inicia às 20h na sede da escola.

Mais informações no fone: (49) 3328.8903.


Comente aqui
14 nov10:40

Correios como sala de aula

Primeiro foi preciso decidir quem seria o remetente e quem seria o destinatário. Depois foi necessário muita concentração para redigir o texto. Por último veio a melhor parte, cada aluno da Educação Infantil, com idade de cinco anos, do Colégio Exponencial de Chapecó, vestiu assessórios especiais, uma bolsa e o boné azul, simbolizando os trajes usados pelos carteiros, para ir ao Correios do centro da cidade postar a correspondência destinada aos seus colegas de aula.

A visita dos alunos aos Correios foi coordenada pela professora da Educação Infantil, Elisangela Mombakue Rodrigues e teve o objetivo de explicar aos alunos como funciona o envio de cartas pelas agências. – Estudamos em sala de aula o que são meios de comunicação e como surgiram. Depois foi a hora dos alunos conhecerem umas das práticas mais antigas de comunicação, o envio de cartas – ressaltou Elisangela.

Após postarem suas cartas os alunos foram recebidos pelo gerente da Agência dos Correios Chapecó, André Bail, que circulou com os pequenos jovens estudantes pela agência. Bail explicou na linguagem dos pequenos como o Correio trabalha para que a correspondência chegue ao seu destino final. Os alunos também conheceram a importância do CEP para que a carta possa chegar ao lugar certo.

- Depois da visita e da aula no Correios, agora é só esperar para que as cartas cheguem na casa de cada um dos doze alunos que participaram da atividade – disse a professora.

Os Correios atendem 50 mil clientes e estão presentes em todos os 5.565 municípios brasileiros, oferecem serviços de mensagens, encomenda, expresso digital, marketing direto, financeiro, conveniência e serviços internacionais.


Comente aqui