Automotivo

11 out14:08

Novidades motorizadas

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O Pavilhão Automotivo é um dos mais movimentados da Exposição Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Chapecó, que iniciou na sexta-feira e vai até domingo, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó.

Um dos coordenadores da área com cerca de cinco mil metros quadrados, Eduardo Perone, disse que a expectativa é de movimentar pelo menos R$ 20 milhões, 25% a mais do que na edição anterior.

- O movimento nos três primeiros dias é melhor do que nos anos anteriores- disse Perone.

O Pavilhão Automotivo conta com 300 veículos, de 27 marcas.

A Concessionária Rudiger, representante das marcas Nissan e Renault, já tinha vendido cerca de 30 carros até o início da tarde de ontem, segundo o gerente de vendas, Ivanir Florek. Ele afirmou que a expectativa é de vender 150 carros neste ano, contra 104 da edição anterior. Ele tem 50 modelos Frontier para venda, por R$ 76.490.


Rochelle Lopes Lock com a família.


Mas uma das novidades é o March, da Nissan, modelo 201. Florek disse que ele é o primeiro popular japonês do país, com air bag, ar quente, computador de bordo e quatro portas, a partir de R$ 27.790. A representante comercial Rochelle Lopes Lock aproveitou para comprar um modelo completo, com direção elétrica, por R$ 34,5 mil. Ela aproveitou para sentar dentro do carro e sentir o cheiro de novo. Mas só poderá retirá-lo após a feira.

Outra concessionária, a DM Auto, está com novidades da Chevrolet. Uma delas é o esportivo Camaro, que custa R$ 185 mil, que tem motor V8 com 406 cavalos. Outra novidade é o Cruze, modelo 2012, que tem direção elétrica, GPS e air bag entre as novidades.

O vendedor Renato Bertoncello disse que a movimento na feira é bom. Ele ainda não tem uma projeção de venda. -Noss meta é apresentar os carros e prospectar negócios futuros- afirmou.



Comente aqui
10 out07:40

Comercialização intensa marca os primeiros dias do setor automotivo

Lançamentos, linha 2012, preços diferenciados, taxas atrativas para pagamento. Estes são alguns dos fatores que tem impulsionado as vendas de veículos no setor automotivo da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011, que prossegue até o domingo, dia 16, no parque de exposições Tancredo Neves. Mais de 300 unidades serão vendidas até o fim da feira.

No primeiro dia, uma concessionária expositora no Pavilhão IV comercializou 22 veículos, sendo 13 da marca Nissan e 9 Renault. No segundo dia da expo-feira, a empresa vendeu nos períodos da manhã e tarde, outros 12 carros. O gerente comercial, Roger Peserico, explica que as vendas devem se intensificar nesta semana, pois as pessoas tem o hábito de pesquisar primeiramente. Como atrativos, a empresa oferece desconto de mais de R$ 2 mil em um veículo, taxa de 0,99% ao mês, promoção válida no período da expo-feira. Peserico antecipa também que a previsão é vender 150 veículos até o final do evento.


Mais de 300 veículos serão comercializados até o fim da feira.


O vendedor da DM Auto Chevrolet, Marcos Benelli, informa que nos dois primeiros dias da feira foram vendidos seis carros e a meta é comercializar até domingo 30 veículos. Segundo Benelli, a prospecção pós-feira representa a mesma quantidade vendida na Efapi.

Novidades

A empresa Irmãos Sperandio traz como novidade para a feira o lançamento da linha Novo Cargo que mudou a cabine, a voltagem da bateria e tem como opção vir com cabine leito de fábrica. De acordo com a secretária de vendas da concessionária, Patrícia Ratti, o objetivo é apresentar os novos modelos que vão do cargo 1317 até o 3132 que foram lançados em junho deste ano e prospectar novos clientes. Para Patrícia é muito positivo participar da maior feira multissetorial do sul do país, “somos a única da linha de caminhões a expor no pavilhão IV. Nesta edição fatores como logística, acessibilidade e organização do evento estão melhores”.

O gerente proprietário da Moto Point/Kawasaki, Ademir Sirena, antecipa que o intuito da empresa é a comercialização de 15 motocicletas e um faturamento superior a R$ 100 mil durante a expo-feira. Além disso, a prospecção é de 15 a 20 motos pós-evento.

Importados

O diretor da empresa Danzai revenda Suzuki Veículos, Alessandro Silvestri Galina, explica que é a primeira vez que a empresa participa da expo-feira. Expõe seis veículos da linha 2012 com preços diferenciados, desconto de até 7%, taxas atrativas para pagamento. O diferencial é o SX4, o primeiro sportcross do Brasil, que tem tração 4×4, motor de alumínio. “A nossa expectativa é vender dez carros durante a Efapi”, comenta o diretor.

Os carros da Suzuki comercializados em Chapecó são oriundos do Japão, ao ser questionado sobre o aumento do IPI aos carros importados, Galina justifica “que a Suzuki é a única empresa estrangeira com fábrica em construção que começa a produzir em 2012. Essa medida não afetará o negócio e vamos continuar oferecendo três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem”.

O gerente geral da Kia Sperandio, José Rogério Fiuza Junior, ressalta que a intenção da empresa é de vender de oito a dez unidades durante a Efapi e mantém uma prospecção de outras 40 vendas. “O atrativo é que os carros são completos, tem maior garantia de mercado, itens de segurança, design inovador. Os veículos são produzidos na Coréia do Sul e não acredito que o aumento do IPI influenciará na redução da comercialização. Em novembro vamos iniciar a construção de uma loja com mais de 2 mil metros quadrados no município”, complementa.

Pavilhão IV

O setor automotivo (pavilhão IV) contempla 27 marcas, 20 empresas e mais de 250 veículos, em estandes que variam de 168 a 350 metros quadrados.

As empresas expositoras são Exclusive Motors, Moto Point, Sperandio Toyota, Europe Veículos, Santapedra, DM Auto, Irmãos Sperandio, Cosmos Veículos, Rumar, Rüdiger Caminhões e ônibus, Kasinski Chapecó, Sperandio, Redecar Mahindra, Azivel Veículos/EFFA, Suzuki Veículos, SDC, Edisa Motos Traxx, Top Car, Moto Jeans, Gambatto Veículos e Dafra Motos.



Comente aqui