BR 470

07 set11:51

Dois concordienses morrem e sete pessoas ficam feridas em acidente na BR 470

Dois concordienses  morreram e sete pessoas ficaram feridas, sendo duas em estado grave, em um acidente na BR 470, em Trombudo Central, na noite de quinta-feira. A colisão frontal envolveu um Uno, com placas de Blumenau, um caminhão, com placas de Taió, e uma van, com placas de Rio do Sul.

O acidente ocorreu por volta das 22h25min, no Km 164,3. Morreram com a batida Zenir Pereira, 53 anos, passageiro do Uno, e Tiago Pereira Filipe Giraldi, 19, condutor do Uno, moradores de Concórdia. Foram levados ao hospital em estado grave as passageiras Claudia Ferri Gonçalves, 21, e Andrea Salles Ribeiro, 18. Os feridos foram levados ao Hospital Regional de Rio do Sul.

Os ocupantes do caminhão e da van tiveram apenas ferimentos leves. O motorista da carreta saiu ileso da colisão. Com estas mortes, a BR-470 registra 67 vítimas fatais no trecho entre Navegantes e Ponte Alta, no Vale do Itajaí, em 2012.


JORNAL DE SANTA CATARINA



Comente aqui
17 out13:59

Deixa o hospital a última vítima do acidente que matou cinco pessoas na BR-470, em Gaspar

Renata Corso, de 14 anos, recebeu alta nesta segunda-feira de manhã do Hospital Santa Isabel, onde estava internada desde 3 de setembro, após o acidente entre a van em que viajava e um caminhão, na BR-470, no trevo de Gaspar.

Sexta-feira, Renata passou pela última cirurgia para a retirada dos pinos fixadores do quadril. A adolescente é a última vítima a receber alta do acidente que matou quatro adolescentes e uma professora.

Eles viajavam de Nova Erechim, no Oeste do Estado, rumo ao Litoral para uma viagem de estudos.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
14 out11:52

Última adolescente internada após acidente com van no trevo de Gaspar deve receber alta na próxima semana

Deve receber alta do Hospital Santa Isabel, em Blumenau, na próxima semana, Renata Corso, de 14 anos. Ela é a única adolescente que continua internada depois do acidente com uma van de Nova Erechim no trevo de Gaspar, na BR-470, dia 3 de setembro.

Renata passou por cirurgia nesta sexta-feira para retirar um fixador externo, usado para tratar fraturas ósseas. Ela se recupera bem.

Segunda-feira, Guilherme Pagani, de 14 anos, que também estava na van, recebeu alta do Hospital Azambuja, em Brusque.

Os adolescente estavam em uma van, com 15 ocupantes, que seguia de Nova Erechim para uma viagem de estudos no Litoral. Todos eram estudantes da 8ª série da mesma escola.

No trevo de Gaspar, na BR-470, um carro que saía da cidade teria cortado a frente da van. Para evitar o acidente, o motorista invadiu a pista contrária e bateu em uma carreta. Danielly Ana Hining, Bruna Zenni, Renata Júlia Pezenatto e a professora Jocicler Mascarello morreram na hora. Gustavo Weschenfelder, de 15 anos, morreu dia 10 de setembro.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
26 set11:42

Adolescente vítima de acidente na BR-470, em Gaspar, passará por cirurgia

Os estudantes Renata Corso e Guilherme Pagani, ambos com 14 anos, que estavam na van que se acidentou em 3 de setembro na BR-470, no trevo de acesso a Gaspar, seguem internados. Renata se recupera em um quarto do Hospital Santa Isabel, em Blumenau, e segundo a assessoria de imprensa da instituição, o quadro de saúde da estudante é estável.

Guilherme está em um quarto no Hospital Azambuja, em Brusque. Segundo o setor de internação, o quadro dele também é estável. Ele está aguardando uma operação para a reconstruir o osso maxilar da face. A previsão é que a cirurgia ocorra no início do mês de outubro.

Cinco pessoas que estavam na mesma van dos dois adolescentes, que seguia de Nova Erechim, no Oeste catarinense, para uma viagem de lazer no Litoral, morreram no acidente. No trevo de Gaspar, na BR-470, um carro que saía da cidade teria cortado a frente da van. Para evitar o acidente, o motorista invadiu a pista contrária e bateu em uma carreta.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
21 set14:20

Adolescentes de Nova Erechim que estavam na van que se acidentou no trevo de Gaspar deixam a UTI

Os estudantes Renata Corso e Guilherme Pagani, ambos com 14 anos, adolescentes que estavam na van que se acidentou dia 3 na BR-470, no trevo de Gaspar, não estão mais na UTI.

Renata saiu da UTI do Hospital Santo Antônio, em Blumenau, dia 15 e foi transferida para o Hospital Santa Isabel. De acordo com o boletim médico desta quarta-feira, ela está no quarto e se recupera bem.

Guilherme também está em um quarto, no Hospital Azambuja, em Brusque. O hospital não passa mais informações sobre seu estado de saúde.

Os adolescente estavam em uma van que seguia de Nova Erechim, para uma viagem de estudos no Litoral. Todos eram estudantes da 8ª série de uma escola.

No trevo de Gaspar, na BR-470, um carro que saía da cidade teria cortado a frente da van. Para evitar o acidente, o motorista invadiu a pista contrária e bateu em uma carreta.

Danielly Ana Hining, Bruna Zenni, Renata Júlia Pezenatto e a professora Jocicler Mascarello morreram na hora. Gustavo Weschenfelder, de 15 anos, morreu dia 10.


JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
12 set12:45

Morre adolescente que estava internado após acidente com van

Gustavo Weschenfelder, de 15 anos, morreu sábado no Hospital Santa Isabel, em Blumenau. Ele era um dos adolescente que estava internado após o acidente entre uma carreta e uma van no trevo de Gaspar, no Vale do Itajaí, dia 3.

Gustavo estava internado na UTI, em estado grave e teve a morte cerebral confirmada sábado. A família autorizou a doação dos órgãos do garoto. Foram retirados fígado, rins e córneas. O coração não pôde ser doado porque o adolescente teve duas paradas cardíacas durante o período de internação. O corpo foi liberado para domingo para ser sepultado.


Outro adolescente que estava internado recebeu alta

Quinta-feira, outro adolescente que estava internado na UTI do Hospital Santo Antônio, também em Blumenau, recebeu alta. Vinicius Sirtuli, de 13 anos, se recuperou e foi liberado para voltar para casa.

Dois adolescentes ainda permanecem internados. Renata Corso, 14, continua na UTI do Hospital Santo Antônio, mas se recupera bem. Guilherme Pagani, 14 anos, continua na UTI do Hospital Azambuja, em Brusque.


Adolescentes seguiam para estudos no Litoral

Os adolescentes estavam em uma van que vinha de Nova Erechim, para uma viagem de estudos no Litoral. Todos eram estudantes da 8ª série de uma escola.

Dia 3, no trevo de Gaspar, na BR-470, um carro que saía da cidade teria cortado a frente da van. Para evitar o acidente, o motorista invadiu a pista contrária e bateu em uma carreta. Dos 15 ocupantes, três alunas e uma professora morreram na hora.


JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
08 set11:20

Alunos voltam às aulas em Nova Erechim

RBSTV CHAPECÓ


Esta quinta-feira, dia oito, foi dia de recomeço para os alunos da Escola Estadual Rudolfo Luzina em Nova Erechim. Depois de três dias de luto pela morte de uma professora e três alunas, as atividades foram retomadas.


Força e coragem foram as palavras que nortearam a conversa do padre com os 544 alunos da escola nesta manhã. Palavras de conforto e motivação para seguir e enfrentar a perda das colegas e amigas. Na hora de voltar para a sala o silêncio tomou conta dos alunos.


A professora Jocicler Mascarello, e as alunas da oitava série Danielly Ana Hining, Bruna Zenni e Renata Júlia Pezenatto morreram no acidente da BR 470 em Gaspar, no sábado dia três. O grupo viajava para o parque do Beto Carrero. A van que eles estavam bateu de frente com um caminhão.


>> Quatro vítimas de acidente com van de Nova Erechim permanecem internadas em Blumenau e Brusque


Comente aqui
05 set16:36

Cruzes são colocadas no trevo da BR-470

Um grupo de moradores de Gaspar colocou 44 cruzes às margens da BR-470 junto ao trevo de acesso à cidade onde seis pessoas morreram neste ano. Quatro delas são maiores e representam as vítimas do acidente com estudantes de Nova Erechim, ocorrido no sábado, dia três, no local.





Quatro delas são maiores e representam as vítimas do acidente com os estudantes de Nova Erechim.





Marcos Scheidt, representante do grupo, afirmou que a iniciativa visa mobilizar as autoridades por providências. Scheidt ressaltou que a atitude irá chamar a atenção também dos motoristas e não trará prejuízos ao trânsito, como aconteceria se fosse feita uma manifestação para trancar a rodovia.


A partir das 18h desta segunda-feira, um grupo de entidades civis organizadas e moradores de Gaspar fará um protesto no trevo para pedir atenção das autoridades com o local.


>> Quatro estudantes continuam em estado grave


>> Câmera de posto registra acidente



JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui