Brasil

23 jun09:31

Tozzo e Mascarello correm para liderar GT Premium em São Paulo

Os carros dos sonhos do Campeonato Brasileiro de Gran Turismo já estão acelerando no Autódromo José Carlos Pace, Interlagos, São Paulo, para a disputa da terceira etapa da temporada 2012 da competição. Na sexta-feira feira os pilotos foram para a pista para duas sessões de treinos e o catarinense FelipeTozzo começou a caminhada para mais vitórias com a Ferrari F-430. Ele e o companheiro de equipe dividem o carro no meio de cada uma das duas provas marcadas para este sábado à tarde e para o domingo ao meio-dia.

O chapecoense é um dos destaques da competição. Apesar de não estar na liderança, venceu três das quatro corridas disputadas até agora. Um problema em Santa Cruz do Sul na primeira etapa tirou a dupla Felipe Tozzo e Raijan Mascarello da prova. Como não pontuaram, os dois estão na segunda colocação com apenas quatro pontos de desvantagem da dupla líder. Para a etapa deste fim de semana Felipe Tozzo precisará tirar no braço uma pequena diferença. Depois da etapa de Curitiba foi restringido em 2mm a entrada de ar do motor da Ferrari F-430, reduzindo um pouco a sua potência.

- Mesmo com o carro com potência reduzida, estamos confiantes, viemos para isso e nada vai nos atrapalhar, o objetivo é tentar vencer e buscar a liderança do campeonato – disse Tozzo.

Neste sábado pela manhã, Tozzo/Mascarello, entram na pista para os treinos classificatórios e depois para a primeira corrida do fim de semana da GT Premium. As provas poderão ser acompanhadas pelo site www.portalgt.com.br (sábado e domingo), e na Sportv no domingo às 12h.

O grid é formado por carros das três categorias em disputam. GT Brasil, Premium e GT4 largam juntos. Nesta temporada Felipe Tozzo é apoiado também pelas empresas Maxul Alimentos, Laticínios Cordilat, HLC Hidráulica, Batistela Veículos, Orleplast, Trukam, Shramm, Recuperadora Chapecó, Canadá, Videpel, Massas D’Italia, Maestria, Extra Brasil, Azeplast e Pinduca.



Programação em Interlagos


Sábado, 23 de junho de 2012

10h25 – 10h55: Classificação Corrida de sábado

11h40 – 12h10: Classificação Corrida de domingo

15h03 – 15h53: Corrida 1 – Campeonato Brasileiro de GT Premium


Domingo, 24 de junho de 2012

12h01 – 12h51: Corrida 2 – Campeonato Brasileiro de GT Premium



Comente aqui
22 jun09:07

Inscrições para o Sisu terminam nesta sexta

Termina nesta sexta-feira o prazo de inscrição para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Podem disputar as 30 mil vagas em instituições públicas de ensino superior oferecidas para o segundo semestre deste ano os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. Os interessados devem acessar o site do programa até as 23h59min.

O Sisu foi criado pelo Ministério da Educação em 2009 para unificar a oferta de vagas em instituições públicas de ensino superior por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ao acessar o sistema, o candidato pode escolher duas opções de curso, indicando a sua prioridade. Ao longo do período de inscrições, ele pode visualizar a nota de corte preliminar de cada curso e sua classificação parcial.

As opções de curso escolhidas previamente podem ser alteradas se o candidato achar que tem mais chances de ser aprovado em outra graduação ou instituição. A lista dos aprovados será divulgada no dia 25 deste mês, e os alunos selecionados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino no período de 29 de junho a 2 de julho. Está prevista ainda uma segunda chamada para 6 de julho.

Quem não for convocado em nenhuma das duas chamadas poderá participar de uma lista de espera que será usada pelas universidades para selecionar os alunos em caso de sobra de vagas.

AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
18 jun15:56

Thui segue em primeiro na Superliga de Motocross

Foi disputada neste sábado, dia 16, em Brasília/DF, a penúltima etapa da Superliga Brasil de Motocross na categoria 65Cc. E o chapecoense Arthur Todeschini (Expresso Sul/WA transportes/Cetric/Pirelli/Brasil Racing) praticamente garantiu o título da temporada 2012 ao chegar na segunda colocação. Thui abriu 24 pontos de vantagem sobre o pernambucano Leonardo Feitosa e sobre o paulista Renato Muguinho. A última etapa da competição será no dia 14 de julho, em Penha/SC no Beto Carrero World.

Nas cinco etapas que disputou até agora na Superliga Brasil, Thui conquistou a vitória três vezes e também chegou na terceira e segunda colocações. Em Brasília o chapecoense fez o segundo melhor tempo nos treinos e chegou também na segunda colocação. Como explica o regulamento, Thui precisa apenas completar a prova em Penha para ser o campeão de 2012.

Antes disso, no próximo dia primeiro de julho, Thui estará na pista para o campeonato brasileiro da categoria 65Cc na cidade de Sorriso-MT. Nesta competição ele também é líder com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado.


Classificação da Superliga

1) Arthur Todeschini SC – 117

2) Leonardo Feitosa PE – 93

3) Renato Muguinho SP -93


Comente aqui
13 jun11:14

Vacina injetável será introduzida na Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite deste ano

Começa neste sábado, em todo país, a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Poliomielite. Até o dia 6 de julho, crianças com até cinco anos incompletos devem tomar a primeira dose da vacina. Em Santa Catarina a campanha iniciou na segunda-feira, dia 11.

A novidade no combate à pólio introduzida neste ano é a vacina injetável com vírus inativado. Já usada em outros países que erradicaram a doença, a nova vacina será aplicada a partir do segundo semestre nas crianças que estiverem começando o calendário básico de vacinação. As doses devem ser aplicadas aos dois e aos quatro meses de idade.

De acordo com a recomendação da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), os países das Américas devem continuar aplicando a vacina oral com o vírus atenuado, até que ocorra a eliminação mundial da poliomielite.

Também conhecida como paralisia infantil, a doença é considerada erradicada no país desde o início dos anos 1990. O último caso registrado no Brasil foi em 1989 e no continente americano em 1991, no Peru. Em 1994, a Opas certificou a erradicação da pólio na região.

De acordo com o Ministério da Saúde, o vírus da doença ainda circula em 25 países da África e do Sudeste asiático, com os últimos surtos registrados, até 2009, na Nigéria, no Congo, em Myanmar, no Niger, Camboja e na Indonésia. A poliomielite é considerada endêmica na Nigéria, Índia, no Paquistão e Afeganistão.

Outra novidade na campanha de 2012 será na segunda fase, quando ocorre a Campanha Nacional de Multivacinação: em agosto, todas as crianças nessa faixa etária devem voltar aos postos levando o cartão de vacinação, para que a criança receba as doses de qualquer vacina que esteja em atraso.

A campanha de vacinação foi lançada pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa, em coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira.


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
26 mai15:40

Mortalidade materna no Brasil teve queda de 21% em relação ao ano passado

Pesquisa divulgada nesta sexta-feira,  dia 25 de maio, pelo Ministério da Saúde indica que a mortalidade materna no Brasil caiu 21%. Entre janeiro e setembro de 2011, as mortes decorrentes por complicações na gravidez e no parto totalizaram 1.038, contra 1.317 no mesmo período de 2010.

— Essa marca histórica de 21% em 2011 não nos permite descansar. Queremos perseguir a Meta do Milênio de chegar a 25% de redução até 2015 — destacou o ministro da Saúde. A pasta associa a queda dos números ao primeiro ano do programa Rede Cegonha, lançado em março do ano passado. Ao todo, foram investidos R$ 2,5 bilhões para qualificar a assistência à mulher e ao bebê. A iniciativa, de acordo com o ministério, já atende a 36% das gestantes do Sistema Único de Saúde (SUS). Em 2011, 1,7 milhão de mulheres fizeram, no mínimo, sete consultas pré-natais.

— Houve uma importante intensificação da redução quando comparada aos anos anteriores. Nos último dez anos, sempre esteve variando entre 5 e 7%. É a primeira vez que a gente chega a reduzir (a mortalidade materna) fortemente, com mais de 20%. E, pelos dados preliminares, essa tendência continua ao longo do último trimestre de 2011 — avaliou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

De 1990 a 2010, o indicador de mortalidade materna no país passou de 141 para 68 óbitos para cada 100 mil nascidos vivos. Também durante o período, houve redução em todas as causas diretas de mortalidade materna: hipertensão arterial (66,1%), hemorragia (69,2%), infecções pós-parto (60,3%), aborto (81,9%), e doenças do aparelho circulatório complicadas pela gravidez, pelo parto ou pelo pós-parto (42,7%).

Desde 2008, o governo realiza uma espécie de gerenciamento das investigações de mortes de mulheres em idade fértil (entre 10 e 49 anos). Os casos são analisados por equipes de vigilância dos estados e municípios, e as informações são repassadas ao ministério. O objetivo é avaliar as causas e as circunstâncias da morte e verificar se os casos foram provocados por complicações gestacionais.

Durante a divulgação do estudo, Padilha disse que um outro levantamento feito pela própria pasta no ano passado indica que, de cada quatro gestantes atendidas pelo SUS, uma se queixa de algum tipo de negligência ou maus-tratos identificados no momento do parto.

Um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Fundo de População das Nações Unidas e o Banco Mundial da Organização das Nações Unidas, divulgado este mês, aponta uma queda de 51% no número de mortes maternas no Brasil entre 1990 e 2010


AGÊNCIA BRASIL



Comente aqui
25 mai07:55

Felipe Tozzo disputa GT Brasil em Curitiba

Chapecó ainda esta longe de ter um autódromo asfaltado. Por isso Felipe Tozzo (Cordilat/Royalpack/FLC/Cooperalcool) adotou a pista do autódromo internacional de Curitiba para disputar as competições. Foi lá que ele conquistou um campeonato e outro vice na categoria Marcas, e conquistou a primeira vitória no Mini Challenge 2011.

Agora Tozzo volta a frequentar a pista paranaense para duas etapas da GT Brasil, campeonato que iniciou no mês passado em Santa Cruz do Sul/RS onde o chapecoense, já na estreia, subiu ao pódio de primeiro lugar ao lado do companheiro Raijan Mascarello.

As provas serão disputadas no sábado, dia 26, à tarde e no domingo, 27 de maio. O campeonato tem as categorias GT3, GT3 Premium, categoria de Felipe, e GT4 e no meio de cada prova há exigência de troca de pilotos.

O primeiro passo para conquistar bons resultados neste fim de semana será dado nesta sexta-feira com os dois treinos livres.

Os dois companheiros de equipe terão dois treinos de uma hora cada para ajustes da Ferrari F-430. Como não há possibilidade de muitos treinos, são nestes pequenos espaços de tempo que Tozzo e Raijan tentam se adaptar ao carro cada vez mais.

- Com certeza andei muito pouco com o carro e preciso de mais experiência. Acredito que vai ser um ano inteiro para me adaptar. Mas vamos correr e buscar o melhor – disse Felipe.

Após o período de treinos livres, onde cada piloto fica meia hora dentro do carro em cada sessão, haverá a classificação neste sábado pela manhã, e a corrida com uma etapa ainda no sábado, às 15h, e outra no domingo.

Tozzo disse que a equipe tem um carro competitivo, mas há carros melhores e por isso diversos pilotos estão na briga pelo título.



Programação Etapa Curitiba

Sexta- feira, 25 de maio

12h10 às 13h10 Treino Livre 1 – GT3 e GT4

14h20 às 15h20 Treino Livre 2 – GT4

15h25 às 16h25 Treino Livre 2 – GT3


Sábado, 26 de maio

09h50 às 10h20 Classificação 1ª Corrida GT4

10h25 às 10h55 Classificação 1ª Corrida GT3/GT Premium

11h05 às 11h35 Classificação 2ª Corrida GT4

11h40 às 12h10 Classificação 2ª Corrida GT3/GT Premium

15h03 às 15h53 1ª Corrida


Domingo, 27 de maio de 2012

12h01 às 12h51 2ª Corrida


Comente aqui
20 mai19:24

Copa Brasil de Tênis de Mesa se despede de Concórdia

Foram quatro dias de confraternização, cultivo a novas amizades e disputas acirradas no Centro de Eventos, em Concórdia. A Copa Brasil de Tênis de Mesa deixa um legado esportivo, digno dos grandes eventos, que ficará na história da “Capital do Trabalho”. – Temos certeza que atingimos todas as metas que traçamos lá no início do planejamento – disse o coordenador do evento, Ademir Monteiro da Silva.

Nos dois últimos dias de competição, quando foram definidos os campeões do ranking olímpico e paralímpico, o presidente da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa, Alaor Azevedo, esteve prestigiando os jogos. O dirigente salientou a importância de eventos de grande porte saírem das capitais e começarem a ganhar espaço também no interior do país.

- Concórdia está de parabéns por ter organizado tão bem um dos principais eventos das CBTM – destacou o presidente.

Além de acompanhar de perto a elite do tênis de mesa nacional, Alaor Azevedo também se reuniu com o presidente da Fesporte, Adalir Pecos Borasatti, e com o presidente do Conselho Estadual de Esportes, Hercílio Paraguassu, para apresentar os projetos desenvolvidos para CBTM em todo Brasil e também buscar apoio para que Santa Catarina posso implementar os respectivos programas.

- Santa Catarina é uma das forças do tênis de mesa brasileiro e queremos desenvolver ainda mais a modalidade no estado – justificou Azevedo.

O Circuito Copa Brasil deixa Concórdia e tem como próxima parada, na região Sul-Sudeste, a cidade de Maringá/PR, no mês de agosto. O evento é promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro – COB, Confederação Brasileira de Tênis de Mesa – CBTM, Federação Catarinense de Tênis de Mesa – FCTM e Associação Concordiense de Tênis de Mesa. A Copa Brasil Concórdia é patrocinada pela Facc Faculdades, Crecerto, Sintrial, CDL Concórdia, Fundação Municipal de Esportes de Concórdia – FMEC e Prefeitura de Concórdia.



Comente aqui
17 mai14:31

A elite do tênis de mesa brasileiro está em Concórdia

Iniciou na manhã desta quinta-feira, dia 17, em Concórdia a Copa Brasil de Tênis de Mesa. Até o domingo, dia 20, 400 atletas de 12 estados vão desfilar o talento pelas mesas montadas no Centro de Eventos.

Nesta quarta-feira, toda a estrutura já estava montada para o evento e muito atletas puderam treinar no local de jogos. A Copa Brasil traz para o oeste catarinense promessas do esporte e outros atletas mais experientes que ainda mantém o espírito competitivo.

Nas provas do ranking nacional, por faixa etária, a competição terá mesatenistas a partir dos 9 anos de idade, no pré-mirim, e também vai contar com atletas que já passaram dos 70 anos, na categoria veteranos 7. Já no rating, competição por nível técnico, poderá colocar estas gerações frente a frente.

Entre os atletas Top do Brasil, tanto no masculino como no feminino, os atletas número 1 do país irão para a mesa já no primeiro dia de disputas. Cazuo Matsumoto, número 85 no ranking mundial, jogou pela manhã contra o catarinense Thiago Grossklaus. No feminino, Lígia Silva, que está classificada para os Jogos Olímpicos de Londres, faz o primeiro jogo às 14h contra Karina Hayama, de São Caetano do Sul.


A competição

O circuito Copa Brasil é disputado em seis etapas no ano, três envolvendo as regiões Sul-Sudeste e outras três nas regiões Centro-Norte-Nordeste. A primeira etapa aconteceu em março, na cidade de Santos/SP, e a segunda foi realizada no mês passado, em Aracaju/SE. Além de Concórdia, que sedia a terceira etapa, a competição deve passar por Maringá/PR, Manaus/AM e um último destino a ser definido.

A competição garante pontos para o ranking nacional olímpico e paralímpico, que é um dos caminhos para chegar a Seleção Brasileira e aos eventos internacionais, e também para o rating nacional, que acumula pontos ao longo da carreira do mesatenista.

O evento promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro – COB, Confederação Brasileira de Tênis de Mesa – CBTM, Federação Catarinense de Tênis de Mesa – FCTM e Associação Concordiense de Tênis de Mesa. A Copa Brasil Concórdia é patrocinada pela Facc Faculdades, Crecerto, Sintrial, CDL Concórdia, Fundação Municipal de Esportes de Concórdia – FMEC e Prefeitura de Concórdia.


Programação:

17/05 – a partir de 8h até 21h – RATING OLÍMPICO

18/05 – a partir de 8h até 14h – RATING OLÍMPICO

18/05 – a partir de 14h até 21h – RANKING OLÍMPICO E PARALÍMPICO

19/05 – a partir de 8h até 18h – CLASSES PARALÍMPICO – CATEGORIA VETERANOS OLÍMPICO

19/05 – a partir das 13h – CERIMONIAL DE ABERTURA OFICIAL

19/05 – a partir de 14h até 21h – RANKING OLÍMPICO

20/05 – a partir de 8h até 13h – RANKING OLÍMPICO


Comente aqui
16 mai09:36

Barreira comercial para importados da Argentina reflete em aumento nos preços nas prateleiras do Brasil

Felipe Pereira | felipe.pereira@diario.com.br

O Brasil levantou barreiras para seis produtos importados da Argentina e o reflexo vai aparecer nas padaria e supermercados. Integrantes da lista, vinhos e queijos subirão de preço bem na boca do inverno. A medida também dificulta a entrada de farinha de trigo, por isso massas e pães ficarão mais caros.

Mas é óbvio que o governo brasileiro não trabalha para prejudicar a população. A medida é uma reação à política Argentina de restringir a entrada de carne suína, têxteis, móveis, calçados e máquinas agrícolas. A resposta de Brasília foi acabar com a licença automática da batata, maçã, uva, farinha de trigo e vinho.

Desde 8 de maio, é preciso autorização prévia para conseguir o documento que contém informações sobre a mercadoria para controle das autoridades e sem o qual não é liberada a entrada no país. O processo pode demorar até 60 dias.

A longo prazo a queda de braço pode ser boa para a indústria, mas num primeiro momento os consumidores pagarão mais por alguns produtos. Matéria-prima de massas e pães, a farinha de trigo argentina responde por 89,8% das importações brasileiras.

Seguindo a velha regra econômica, a queda na oferta levará a aumento nos preços resume Mauricio Machado, presidente do Sindicato das Panificadoras. Mas o impacto pode demorar um mês, tempo para usar o estoque.


Reação brasileira que levou ao aumento dos preços no supermercado é iniciativa do setor agrícola

O presidente da rede de Supermercados Giassi, Zefiro Giassi, conta que vinhos, queijos e uva passas têm presença nas gôndolas e devem sofrer aumento de preço pelo mesmo motivo. Ele diz que o tamanho do reajuste é difícil de ser estabelecido no primeiro momento. No caso da batata, existe substituição nacional, mas a mercadoria importada tem melhor qualidade e preço.

A reação brasileira que levou a este cenário é uma iniciativa do setor agrícola, bastante prejudicado pelas barreiras argentinas. O presidente da Cidasc, Enori Barbieri, lembra que antes das restrições argentinas eram embarcadas três mil toneladas por mês.

Hoje, nada é vendido ao país vizinho, afirma Mário Lanznaster, presidente da Aurora. Ele ressalta ainda que o dólar está num bom patamar para exportar. O setor têxtil é outro que enfrenta dificuldade por causa da postura Argentina e vê o comércio estagnado aponta Ulrich Kuhn, presidente do sindicato do setor na região de Blumenau, no Vale do Itajaí.

A queda no comércio de SC com a Argentina pode ser sentida na aduana de Dionísio Cerqueira, no Extremo Oeste do Estado. O número de caminhões para o exterior caiu de 2.126 para 1.765 no primeiro quadrimestre de 2012 na comparação com o ano passado relata o inspetor chefe da Receita Federal local, Arnaldo Bortoze. Ele diz que o número só não é menor porque houve aumento nas viagens para o Chile que respondem por 80% dos veículos.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
16 mai07:53

Atleta olímpica na Copa Brasil de Tênis de Mesa em Concórdia

A atleta mais experiente do país está entre as principais atrações da Copa Brasil de Tênis de Mesa, que acontecerá na cidade de Concórdia, entre os dias 17 e 20 de maio. Já classificada para a Olimpíada de Londres, Lígia Silva, número 1 do ranking nacional, participará de duas competições que fazem parte de sua preparação.

Os grupos já foram divulgados e as adversárias definidas. No Rating A feminino, Lígia enfrentará Marina Michelin, catarinense que defende Jacareí (SP) e Karina Hayama, de São Caetano do Sul. Já no Absoluto A do Ranking Olímpico, Lígia jogará contra Thais Figueiredo, de São Paulo (SP) e Nathalia Barreira, de Americana (SP)

Outro destaque da competição será Cazuo Matsumoto. O mesa-tenista de São Caetano do Sul, atual número 1 do Brasil e que também assumiu o posto de 85º colocado no ranking mundial, pela primeira vez está entre os Top 100 do mundo. Cazuo ainda vive a expectativa de participar da Olimpíada de Londres, na disputa por Equipes.


Atletas do Oeste Catarinense

Santa Catarina estará representado na Copa Brasil por 139 atletas de 16 clubes. Destes, 55 são dos municípios de Concórdia, Chapecó, Joaçaba, Herval do Oeste, Pinhalzinho e Videira, no oeste catarinense.

A Copa Brasil é patrocinada pela Facc Faculdades, Crecerto, Sintrial, CDL Concórdia, Fundação Municipal de Esportes de Concórdia – FMEC e Prefeitura de Concórdia. O evento promovido pelo Comitê Olímpico Brasileiro – COB, Confederação Brasileira de Tênis de Mesa – CBTM, Federação Catarinense de Tênis de Mesa – FCTM e Associação Concordiense de Tênis de Mesa.


Comente aqui