Brasiliense

06 out18:22

Chapecoense faz três na Arena e lidera

Darci Debona/ darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense venceu o Brasiliense neste sábado, por 3 a 0, no Índio Condá, e assumiu a liderança do Grupo B na Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense foi a 26 pontos, um a mais que o Macaé, que tem um jogo a menos.



Sirli Freitas/Agência RBS



Pelos cálculos da diretoria, com mais um vitória nos últimos três jogos, o time garante classificação para a segunda fase da competição.

Os três gols foram no segundo tempo, com Paulinho Dias, aos 40 segundos, Jô, aos 38 minutos, e Wanderson, aos 47 minutos.

Comente aqui
06 out08:09

Rumo à Série B

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense pode encaminhar sua classificação para a segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro neste sábado, se vencer o Brasiliense, a partir das 16 horas, na Arena Condá.

Faltando quatro rodadas para encerrar o primeiro turno o Verdão do Oeste está na vice-liderança do Grupo B, com 23 pontos, e pode passar para a segunda fase com mais duas vitórias. O presidente do clube, Sandro Pallaoro, calcula que cinco pontos já garantiriam uma vaga entre os quatro classificados.

Mas o objetivo é somar pelo menos 30 pontos para ficar entre os dois primeiro e, no confronto mata-mata, que vai decidir quem sobe para a Série B, fazer o segundo jogo em casa. Até porque no Grupo A estão clubes tradicionais como Fortaleza, Santa Cruz e Paysandu, que tem muita força em seus estádios.

Na segunda fase o primeiro de um grupo pega o quarto do outro e, o segundo, enfrenta o terceiro. Os times de melhor campanha jogam a segunda partida em casa.

Por isso a direção da Chapecoense fez promoções de ingressos, com metade do preço para quem fizer doação de um brinquedo, para a campanha Pedágio do Brinquedo, da RBS TV. A intenção é superar os 3,4 mil torcedores do jogo passado, contra o Duque de Caxias.


Cinco motivos para acreditar na Chapecoense


1-A Melhor Defesa da Série C

A Chapecoense tem a melhor defesa da Série C do Campeonato Brasileiro 2012, ao lado do Fortaleza, com nove gols sofridos, em 14 jogos. Além disso, conta com reservas à altura dos atuais titulares: Fabiano, André Paulino e Rafael Lima . Os atuais reservas: Dema, Leonardo e Souza, já foram titulares e apenas saíram do time por lesões ou suspensões. E além de jogarem na defesa os zagueiros ajudam no ataque. Fabiano já marcou oito gols em 2012. Souza marcou cinco e, Leonardo, fez três.


2-Rodrigo Gral em busca dos 500 gols

O atacante está motivado e pouco mais de dois tempos, já marcou um gol e deu o passe para outros dois. Gral pode atingir neste sábado a marca pessoas de 500 gols na carreira. Além disso, com a chegada do experiente atacante, todo o setor melhorou. Tanto que as duas maiores goleadas, 4 a 0 sobre o Caxias e 3 a 1 sobre o Duque de Caxias, foram nas duas partidas que ele atuou.


3-Técnico Invicto

Com o técnico Itamar Schulle a Chapecoense fazia boa campanha mas não estava convencendo. Com a chegada de Gilmar Dal Pozzo e mais alguns reforços, como Rodrigo Gral, Gilton e Henrique, o time engrenou de vez. Em três partidas com o novo técnico, são duas vitória e um empate, sete gols marcados e apenas um sofrido.


4- Time fortalecido

A Chapecoense chega na fase decisiva do campeonato com o grupo de jogadores fortalecido. Mesmo com o orçamento limitado a direção não se acomodou e seguiu buscando reforços para o time. Recentemente chegaram os atacantes Rodrigo Gral e Henrique, para arrumar um setor que vinha rendendo pouco. Além disso o lateral esquerdo Gilton mostrou que supriu com qualidade a saída de Esquerdinha. O time conta com um banco de qualidade para enfrentar lesões e cartões nessa reta final.


5-Força do Condá

Tradicionalmente a Chapecoense tem sido forte nos jogos em casa, independentemente do adversário. Nem clubes como Atlético Mineiro e Cruzeiro conseguiram vencer a Chapecoense no Condá, pela Copa do Brasil. Na Série C de 2012 o Verdão do Oeste está invicto em seus domínios, com cinco vitórias e dois empates em sete jogos. Restam dois jogos em casa, contra Brasiliense e Tupi.


FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE

Nivaldo

Fabiano

André Paulino

Rafael Lima

Rafael Mineiro (Dudu)

Wanderson

Paulinho Dias

Athos

Gilton

Rodrigo Gral

Técnico: Gilmar Dal Pozzo


BRASILIENSE

Guto

Bocão

Luan

Leandro Camilo

Thiago Crispin

Baiano

Everton

Ferrugem

Rafael Ipuã

Washington

Frontini

Técnico: Márcio Fernandes


Horário: 16 horas

Arbitragem: Fabrício Neves Correa será auxiliado por Paulo Cesar Silva Faria e Fabio Rodrigo Rubinho

Local: estádio Índio Condá, em Chapecó

Ingressos: R$ 15 (aposentados, estudantes e crianças entre 8 e 12 anos), R$ 30 (geral), R$ 40 (cobertas) e R$ 50 (sociais). Quem levar um brinquedo em bom estado paga meia entrada na geral e cobertas. Os objetos recolhidos serão encaminhados para a promoção Pedágio do Brinquedo, da RBS. Ingressos antecipados no Posto de Marco, Maidana Esportes, Sensação do Mate no Shopping Pátio Chapecó e Palácio dos Esportes.



Comente aqui
04 out14:27

Definida arbitragem para Chapecoense x Brasiliense/DF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o trio de arbitragem para a partida de sábado entre Chapecoense x Brasiliense/DF. O jogo será às 16 horas na Arena Condá.

O árbitro Fabrício Neves Correa será auxiliado por Paulo Cesar Silva Faria e Fabio Rodrigo Rubinho.


Comente aqui
03 out12:05

Chapecoense lança promoção para lotar a Arena Condá no sábado

Os ingressos para a partida Chapecoense x Brasiliense/DF, já estão à venda. E para que a Arena Condá esteja lotada no sábado, dia 6 de outubro, a diretoria do clube lançou uma promoção. Quem entregar um brinquedo em bom estado paga metade do valor nos bilhetes para geral ou coberta.

Brinquedos serão doados para a Campanha Pedágio do Brinquedo da RBS TV.

Os sócios com inadimplência na carteirinha serão impedidos de ter acesso aos jogos até a regularização das pendências. A atualização da situação pode ser feita até às 11h45 do sábado, na Secretaria do Clube.


Valores:

R$ 50 cadeira

R$ 40 coberta

R$ 30 geral

R$ 15 aposentados, estudantes e crianças entre 8 e 12 anos


Pontos de Venda: Palácio dos Esportes, Maidana Esportes, Posto de Marco e Sensação do Mate do Shopping Pátio Chapecó.

Comente aqui
02 out10:23

Chapecoense é vice do grupo na Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Nesta terça-feira todo o elenco da Chapecoense se reapresenta às 15 horas na Arena Condá. De acordo com a Assessoria do Clube, o treino será, provavelmente, no campo do Trevo. Quinze minutos antes do início dos trabalhos o técnico Gilmar Dal Pozzo concede entrevista coletiva na sala de imprensa na Arena Condá. Ele volta a falar com o jornalista somente na sexta-feira, dia 5.

Em 14 jogos , sendo seis vitórias, cinco empates e três derrotas, na Série C do Campeonato Brasileiro 2012 a Chapecoense esta na vice-liderança do Grupo B, com 23 pontos. Agora a equipe se prepara para a partida do sábado, contra o Brasiliense.

>> Acompanhe mais informações do Verdão no Blog da Chapecoense

Programação da semana 02 à 07/10

terça-feira (02/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


quarta-feira (03/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


quinta-feira (04/10)

manhã: descanso

tarde: treino às 15h


sexta-feira (05/10)

manhã: treino às 9h

tarde: descanso


sábado (06/10)

manhã: treino às 9h para os não relacionados

tarde: 16h – Chapecoense X Brasiliense/DF – na Arena Condá


domingo (07/10)

descanso o dia todo.


Comente aqui
13 set17:42

CBF altera jogo da Chapecoense

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta quarta-feira, dia 12 de setembro, a confirmação da alteração do jogo do dia 7 de outubro. Como será dia de eleição, o jogo contra o Brasiliense foi antecipado para o sábado dia 6 de outubro.

A partida será às 16h na Arena Condá.

Comente aqui
27 ago08:01

Mesmo com a derrota, Chapecoense segue líder

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Mesmo com a derrota, por 1 a 0 para o Tupi/MG, a Chapecoense segue na liderança do Grupo B, com 15 pontos. Em nove jogos na Série C, a equipe comandada por Itamar Schulle, teve quatro vitórias, três empates e duas derrotas. Agora o time se prepara para o returno da competição.

Na última partida do turno o técnico Itamar Schulle escalou o mesmo time que venceu o Madureira/RJ . A única mudança foi a entrada do goleiro Nivaldo, no lugar de Juliano. No entanto, a tática não deu muito certo e o técnico precisou fazer alguns ajustes durante o jogo. Uma delas foi saída de Esquerdinha, que recebeu o segundo amarelo, e está fora da próxima partida.

- A gente procura manter a equipe, mas quando tem alguém pendurado com cartão ou com lesão precisamos mudar – afirma Schulle.

O técnico disse ainda que a equipe foi bem dentro de campo, mas que faltou finalização.

- Temos uma semana para treinar e melhorar os erros para seguir na liderança . – disse Itamar . Ele pontuou ainda que os jogadores devem ser mais objetivos nas jogadas.

O próximo compromisso da equipe, marcado para o domingo, dia 2, pode contar com a estreia do atacante Rodrigo Gral. Quem adiantou a informação foi o próprio técnico. A Chapecoense recebe o Santo André/SP, às 16h, na Arena Condá.


Comente aqui
20 ago10:54

Partida entre Chapecoense x Brasiliense, marcada para o dia 7 de outubro, dia das eleições, será alterada

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A partida entre Chapecoense x Brasiliense, marcada para o dia 7 de outubro será alterada. O motivo é que no domingo acontece as eleições municipais. De acordo com a Assessoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a partida provavelmente será antecipada, mas ainda não há uma nova data.

O prazo para mudança de data, segundo o Estatuto do Torcedor, é de até 10 dias antes da partida.

Assim que for definida a alteração da tabela da Série C será publicada no site da CBF.

Comente aqui
06 ago09:12

Após empate, Verdão está entre os quatro

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Chapecoense não conseguiu a segunda vitória fora de casa e ficou no empate em 1 a 1 com o Brasiliense. Com esse resultado o time subiu na tabela e está em quarto no Grupo B, com nove pontos na Série C do Campeonato Brasileiro. Agora a equipe do técnico Itamar Schulle se prepara para duas partidas seguidas em casa. A primeira é no próximo domingo, na Arena Condá, contra o Oeste/SP, terceiro Grupo com 10 pontos, e a outra com o Madureira/RJ.

Para o diretor de futebol Cadu Gaúcho a conquista dos quatro pontos fora de casa foram importantes.

– Tivemos três chances de vencer em Brasília, mas conseguimos a meta de pontuar – disse.

O goleiro Nivaldo, que assumiu a posição no lugar Rodolpho que passa por cirurgia nesta terça-feira, sabia que era complicado pontuar fora de casa e acreditava na vitória.

- Ficamos com a sensação de que poderíamos ter vencido, mas agora temos que focar nos jogos em casa – disse o goleiro.

O técnico Itamar Schulle deve manter a mesma equipe para o jogo de domingo.

- A equipe teve equilíbrio e soube aproveitar a posse de bola – disse Schulle. Ele também parabenizou a equipe e lamentou não ter conseguido conquistar os três pontos.

- Agora é se preparar e contar com a presença da torcida no estádio – completou Schulle.


O empate em 1 a 1

Na partida do sábado, dia 4 de agosto, as duas equipes marcaram bem no início do jogo e criaram boas jogadas. Porém, foi o time do técnico Ney da Matta que abriu o placar aos 5 minutos. Bocão marcou o gol do Jacaré, após falha na zaga da Chapecoense.

O empate veio sete minutos depois com o gol de Eliomar. Ele recebeu a bola e chutou bem no lado direito do goleiro Welter, que ficou sem defesa.

Outras oportunidades foram criadas e desperdiçadas pelos jogadores da Chapecoense.




Comente aqui
04 ago17:59

Chapecoense empatou fora de casa pela Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Chapecoense não conseguiu a vitória fora de casa e ficou no empate em 1 a 1 com o Brasiliense. O jogo válido pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro foi no Estádio Elmo Serejo Farias (Serejão), em Taguatinga/DF.

No começo do primeiro tempo o Brasiliense colocou pressão na área da Chapecoense, mas o time do Oeste reverteu e conquistou o primeiro escanteio da partida a 1 minuto de jogo. Willian cobrou bem, mas ninguém do ataque do Verdão chegou na bola e sobrou reposição de bola com o goleiro Welder.

Quatro minutos depois, após uma falha na zaga da Chapecoense, Bocão marcou o primeiro gol do Brasiliense.

Um minuto depois a atacante Lê quase marcou o gol de empate após o rebote da bola cabeceada pelo capitão Athos.

Aos 12 minutos, após uma roubada de bola no meio de campo, o meia atacante Eliomar recebeu a bola e marcou o gol de empate. Foi um belo chute no lado direito do goleiro Welter.

Athos quase fez o segundo gol da Chapecoense aos 28 minutos. Primeiro ele cobrou bem uma falta, mas o goleiro Welter salvou. Na segunda oportunidade, Athos cobrou escanteio, mas Ênio cortou para o Brasiliense.

Aos 37 minutos o atacante Jô recebeu um passe de Athos e quase ampliou o placar. Pouco depois foi a vez de Lê tentar.

Dois minutos depois, Lê dominou a bola e chutou bem, porém, o goleiro Welter conseguiu salvar.

Aos 40 minutos André Paulino cometeu falta e recebeu amarelo. Baiano cobrou bem a falta, mas ficou nas mãos de Nivaldo.

E a primeira etapa terminou em 1 a 1.


Segundo tempo

O técnico Ney da Matta fez duas alterações no time. Saíram Baiano e André Luiz para a entrada de Ruy e Elivelton. O Chapecoense voltou com a mesma equipe.

No primeiro minuto de jogo Ruy quase amplia o placar para o Brasiliense após jogada de Luiz Carlos.

Três minutos depois Ferrugem abria bem no meio de campo, mas Wanderson cometeu falta. Na cobrança Ferrugem chutou bem, mas foi para fora.

Aos sete minutos Ferrugem marcou para o Brasiliense, mas o árbitro havia marcado impedimento e o gol não foi validado.

Athos cobrou falta aos 19 minutos , Wanderson cabeceou bem, mas foi para fora. Mais uma oportunidade de virada desperdiçada pelo time do Oeste.

Nivaldo fez uma bela defesa aos 30 minutos e garantiu o empate.

Aos 35 minutos Itamar Schulle fez a segunda substituição. O atacante Cristiano entrou no lugar de Jô, que saiu lesionado.

Sete minutos depois Cristiano teve uma grande chance de desempatar, a bola ficou nas mãos do goleiro Welter.

No final do segundo tempo o Verdão perdeu duas oportunidades de gol. E o jogo terminou Brasiliense 1 x 1 Chapecoense.

O técnico Itamar Schulle disse na ida para o vestiário no intervalo que o time voltaria para a vitória, mas não conseguiu.



FICHA DO JOGO

BRASILIENSE – 1

Welder, Luan, Ênio, Leandro Camilo, Bocão, Andrade, Ferrugem, Hugo (Djavan), Baiano (Ruy), André Luiz (Elivelton), Luiz Carlos.

Técnico: Ney da Matta


CHAPECOENSE – 1

Nivaldo, Fabiano, Souza, André Paulino, Eliomar, Wanderson, Paulinho Dias (Dudu), Athos, Willian (Esquerdinha), Lê, Jô (Cristiano).

Técnico: Itamar Schulle



Gols

Brasiliense: Bocão (5 min 1ºT)

Chapecoense: Eliomar (12 min 1°T)



Cartões Amarelos:

Brasiliense: Luan, Ênio, Elivelton, Andrade, Bocão.

Chapecoense: André Paulino e Dudu.


Público: 819 pagantes
Renda: R$ 1.972


Arbitragem: Carlos Ronne Casas de Paiva, auxiliado por Rener Santos de Carvalho e Jean Rodrigues da Silva

Local: Estádio Elmo Serejo Farias (Serejão), em Taguatinga/DF


Comente aqui