Brusque

17 dez11:36

Brusque é campeã do Catarinense de Futsal Feminino

As brusquenses conquistaram o título inédito, neste domingo no Ginásio do SEST/SENAT de Chapecó além de ficarem com a artilharia, dividida entre Amandinha e Nega com 11 gols. Por outro lado, a Female Futsal ficou com a melhor defesa, premiando a goleira Giga.

Com um jogo disputado, digno de uma final o Brusque saiu na frente com Amandinha, a um minuto de jogo. O empate veio segundos antes do intervalo, com Valéria. No segundo tempo, Nega e Amandinha fizeram um gol cada aos dois minutos. Vanessa descontou de falta. A equipe de Chapecó teve muitas chances de gol, mas alem da trave tinha um paredão no time adversário, Valéria e Vanessa conseguiram romper a barreira por duas vezes, mas não era dia de Chapecó, que tomou o quarto gol aos 15, com Nega.


Durante o catarinense foram 10 jogos, 6 vitórias. Um empate e três derrotas, as meninas de Chapecó balançaram a rede mais de 40 vezes, mas esta era a noite das novatas que comemoraram muito com direito a banho de água gelada.


Apesar deste resultado, o ano da Female Futsal não deixou de ser bom. Foram sete títulos, três vices e dois terceiros lugares. Destaque para o penta da Liga Futsal e os títulos inéditos do Sul-Americano de Clubes e da Liga do Desporto Universitário.


Comente aqui
22 nov08:49

Chapecó e Brusque decidem Liga Nacional de Futsal Feminino

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Duas equipes catarinenses decidem na noite desta quinta-feira o título da Liga Nacional de Futsal Feminino. A Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora/Female, enfrenta o Barateiro/Brusque, a partir das 20h15, no ginásio Alberto Sordi, em Xaxim. O time de Chapecó teve que jogar na cidade vizinha em virtude do ginásio em melhores condições.

No primeiro confronto, em Brusque, houve empate por 2 a 2. Quem vencer hoje fica com o título. Em caso de novo empate haverá prorrogação, onde Chapecó leva vantagem de jogar por nova igualdade. A Female, que está invicta na competição, busca o quinto título. Brusque, que tem apenas uma derrota em nove jogos, quer a conquista inédita.


Comente aqui
26 jul10:30

Basquete Feminino de Chapecó participa da Copa SC em Brusque

A técnica do Clube de Basquete Chapecó (CBC/Unochapecó/Niju/PMC), AlineWonsick, intensificou os treinos para a equipe chegar bem na 4ª Copa Santa Catarina, na categoria adulta feminina de basquetebol. A competição inicia nesta quinta-feira e segue até o dia 28 de julho em Brusque. As partidas serão realizadas no ginásio de esporte da Arena Multiuso.

Na primeira partida, nesta quinta-feira, o CBC joga às 17h30 contra o Maringá/PR.

Na sexta-feira (27), às 17h30 enfrenta a equipe de Blumenau. E no sábado encerra a participação na competição contra a equipe do Ponta Lagoa, às 10h30.

O evento é realizado pela Federação Catarinense de Basketball, apoiada pela Confederação Brasileira de Basketball.


Comente aqui
05 mar10:45

Síndrome de empate na Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A síndrome da “empatite” tomou conta da Chapecoense que nos 2 a 2 de ontem contra o Brusque empatou a quinta partida seguida no campeonato. O time de Gilberto Pereira marcou passo contra o time do Vale, que tem a pior campanha nos dois turnos.

Enquanto a torcida da Chapecoense vaiava seu time no final da partida os jogadores de Joceli dos Santos se abraçavam na tentativa de conseguir uma reação no campeonato.

Depois de três jogos fora o time do Oeste voltava para sua casa. Mas parece que a interdição das cadeiras por falta de segurança na cobertura interferiu também no desempenho do time.

O cambaleante Brusque, que foi para Chapecó com a intenção clara de não perder, foi quem tomou a iniciativa. E começou a sonhar com a vitória aos três minutos, quando Rafinha cobrou falta para dentro da área e Heverton desviou de cabeça, abrindo o marcador.

O gol deixou a Chapecoense nervosa, que errava bastante. O time tentava concluir com Neném, Tiago Cavalcante e Esquerdinha, mas todos erravam o alvo. Aos 30 minutos o Brusque perdeu Jonatas, com luxação na clavícula. E Rafinha perdeu o segundo gol, numa boa saída de Nivaldo.

Foi então que Gilberto Pereira tentou mudar o quadro do jogo colocando Eliomar. E o jogador correspondeu, empatando a partida aos 35 minutos. Na comemoração, colocou a bola debaixo da camisa em homenagem à futura filha Sofia, que tem quatro meses de gestação.

No segundo tempo outro jogador que saiu do banco, Barbosa, ex-jogador de futsal, consegui colocar a Chapecoense em vantagem, aos 27 minutos. Parecia que a Chapecoense mais uma vez iria vencer o jogo, na marra, mesmo sem jogar bem.

Mas tantos erros não ficariam impunes. Aos 41 minutos, Rafinha novamente cobrou falta para dentro da área da Chapecoense e Marcelo Guerreiro empatou. Um ex-jogador da Chapecoense decretava o empate. O técnico Joceli dos Santos elogiou a atitude de seus jogadores e disse que seu time precisa reagir logo.

Na Chapecoense, o clima de vestiário era de lamentação. –Erramos muito- disse o técnico Gilberto Pereira, que foi muito criticado pela torcida. O presidente Sandro Pallaoro disse que estava envergonhado pela atuação do time. O atacante Jean Carlos disse que a derrota complicou a briga pelo título e que precisa buscar os três pontos no próximo jogo, contra o Camboriú. O time do Oeste é o terceiro na classificação geral, com 20 pontos. O Brusque tem cinco.




Comente aqui
04 mar18:09

Chapecoense empata em casa com o Brusque

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Domingo de muito calor e poucos torcedores na Arena Condá. Pouco mais de 3,4 mil torcedores da chapecoense acompanharam o jogo. Nenhum torcedor do Brusque veio para Chapecó. Em um jogo de muitas faltas que pressionou mais se saiu melhor. Neste caso foi o Brusque, lanterna da competição, que conseguiu garantir o empate.

Aos três minutos depois da cobrança de falta por Rafinha pelo lado direito, o zagueiro Heverton abriu o placar. Minutos depois o Verdão perdeu uma bela oportunidade. Neném cobrou falta, a bola sobrou para Esquerdinha que mandou uma bomba, mas foi para fora.

O jogador Jonatan do Brusque sentiu dores após um lance. Ele foi atendido na ambulância do Corpo de Bombeiros e depois foi encaminhado para o Hospital Regional do Oeste. Ele teve uma luxação na clavícula. No lugar dele o técnido Joceli dos Santos colocou Roger.

Aos 35 minutos, o atacante Eliomar, que entrou em campo minutos antes no lugar de Diego Telles, passou por vários jogadores do Brusque e com um forte chute marcou um golaço. Foi uma boa substituição realizada pelo técnico Gilberto Pereira.

O primeiro tempo terminou 1 a 1.


Segundo tempo

O Brusque veio com tudo, logo nos primeiros minutos, Juari deu um susto na Chapecoense. Mas bateu para fora. Ele fez sua estreia neste domingo no time. Nos primeiros minutos desperdiçou três oportunidades de gol.

O atacante Barbosa, que veio da Chapecoense Futsal, entrou no lugar de Wanderson e quase marca. Ele recebeu a bola fez um bom chute, mas foi fraco e ficou nas mãos do goleiro João Ricardo. Minutos depois, o atacante acertou um belo chute após o passe de Nicolas e marcou o segundo da equipe aos 27 minutos. Esse é o primeiro gol dele pela Chapecoense.

O lanterna da competição não desanimou. Após a cobrança de falta, Marcelo Guerreiro desviou e marcou o gol de empate. Ele marcou aos 41 minutos.

Nos acréscimos mais um perigo para na área do Verdão. Diogo Roque marca falta e é expulso aos 47 minutos. Rafinha cobra bem, mas Nivaldo salva.

Partida terminou em 2 a 2.


CHAPECOENSE – 2

Nivaldo; Gustavo, Leonardo, Souza, Esquerdinha; Wanderson (Barbosa), Diego Telles (Eliomar), Diogo Roque, Neném; Jean Carlos e Tiago Cavalcanti (Nicolas)

Técnico: Gilberto Pereira


BRUSQUE – 2

João Ricardo; Léo Breno (Evandro), Cleyton, Heverton; Marcelo Guerreiro, Pereira, Luiz Henrique, Jonatan (Roger), Rafinha; Juari (Cris) e Felipe Oliveira

Técnico: Joceli dos Santos


Gols:

Eliomar (35min – 1ºT), Barbosa (27min – 2ºT)- Chapecoense

Heverton (3min – 1ºT), Marcelo Guerreiro (41min – 2ºT) – Brusque



Cartões Amarelos:

Jean Carlos, Souza, Nicolas (Chapecoense)

Felipe Oliveira, Cleyton, Marcelo Guerreiro (Brusque)


Cartão Vermelho:

Diogo Roque


Arbitragem: João Fernando da Silva, auxiliado por Neuza Inês Back e Clair Dapper

Local: Estádio Índio Condá, em Chapecó

Comente aqui
02 mar15:44

Chapecoense treina na Água Amarela

Depois de uma longa viagem de ônibus os jogadores da Chapecoense, que folgaram pela manhã, treinam nesta tarde no Centro de Treinamento da Água Amarela. Os trabalhos iniciam a partir das 16h.

A equipe comandada por Gilberto Pereira se prepara para a segunda partida do returno. O jogo será no domingo, dia 4, a partir das 16h, na Arena Condá.

Comente aqui
02 mar12:15

Ingressos para Chapecoense X Brusque estão à venda

Os ingressos para a partida Chapecoense x Brusque já estão à venda. O jogo será neste domingo, dia 4, a partir das 16h na Arena Condá.


Valores

Geral: R$ 30

Social: R$ 40

Cadeiras: R$ 60

Estudantes, Aposentados e Crianças (8 a 12 anos): R$ 15


Pontos de Venda

Palácio dos Esportes, Maidana Esportes e Posto de Marco e Sensação do Mate do Shopping Pátio Chapecó.


No sábado, dia 3, será montada uma barraquinha em frente à Cansian para a comercialização dos ingressos. Ela vai atender das 8h30 às 17h.


O atendimento para os sócios será neste sábado, no período da manhã, das 8h30 às 12h.

Comente aqui
01 mar09:52

Chapecoense chega no começo da tarde e treina às 16h

Depois do primeiro empate em 0 a 0 no Campeonato Catarinense, os jogadores da Chapecoense, que chegam no começo da tarde na cidade, treinam a partir das 16h. Os trabalhos acontecem na Arena Condá.

A equipe comandada por Gilberto Pereira se prepara para o segunda partida do returno. O jogo contra o Brusque é neste domingo, dia 4, às 16h, na Arena Condá.

Comente aqui
02 fev09:52

Foragido do presídio de Chapecó é agredido com golpes de picareta e acaba preso em Brusque

José Adilson Torquato Andrade, de 34 anos, foi preso nesta quarta-feira à noite, em Brusque. Ele era foragido do presídio de Chapecó. A prisão ocorreu depois que ele levou golpes de picareta em uma briga em um bar da cidade.

A Polícia Militar foi chamada para conter a briga. Andrade foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e constatou-se que ele tinha obtido permissão para sair do presídio no Natal, mas não tinha retornado.

O homem está internado no hospital Azambuja, sob guarda policial.

JORNAL DE SANTA CATARINA

Comente aqui
26 jan00:13

Chapecoense vence a segunda partida e é líder

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense não jogou bem mas venceu o Brusque por 1 a 0, no Augusto Bauer, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Catarinense. A atual campeã é a única com 100% de aproveitamento na competição. A exemplo da partida contra o Avaí, o time do Oeste foi mal no primeiro tempo mas melhorou na etapa final. Prova que a preparação física iniciada no início de dezembro está dando resultado.

No primeiro tempo o domínio foi do time da casa. Aos 10 minutos o goleiro da Chapecoense, Nivaldo, evitou o gol numa cobrança de falta. Aos 22 minutos, em falta cobrada por Roger, a bola foi na trave. A Chapecoense até tentou atacar em alguns lances, como numa investida do lateral direito Gilberto Matuto, que concluiu para boa defesa do goleiro João Ricardo. No contra-ataque a Chapecoense fez pênalti, aos 36 minutos. Cris foi para a cobrança e mandou a bola para fora.

No início do segundo tempo o Brusque teve nova chance de marcar, em boa jogada de Roger, mas Nivaldo salvou com os pés. Depois o jogo foi ficando mais morno. A Chapecoense sem muita criatividade mas segurando o adversário. E o Brusque sem força para chegar no gol adversário.

O jogo começou a mudar quando o técnico da Chapecoense, Gilberto Pereira ,colocou os atacante Nicolas e Tiago Cavalcanti no lugar de João Paulo e Gilberto Matuto. E as mudanças deram resultado. Aos 33 minutos Tiago Cavalcanti recebeu dentro da área e chutou cruzado para marcar o único gol da partida.

O próximo confronto é contra o Camboriú, domingo, na Arena Condá.


BRUSQUE-0

João Ricardo

Pereira

Cleyton

Heverton (Marcelo Gaúcho)

Marcelo Guerreiro

Roger

Luan

Willian Kaefer

Tiago Maestri

Felipe Oliveira (Teixeira)

Leandrão (Cris)


Técnico: Marcelo Caranhato


CHAPECOENSE-1

Nivaldo

Fabiano

Leonardo

Souza

Gilberto Matuto (Tiago Cavalcanti)

Gustavo

Wanderson

Neném

William

Eliomar (Diego Teles)

João Paulo (Nicolas)


Técnico: Gilberto Pereira


Gols: Tiago Cavalcanti (C), aos 33 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Roan Marques da Rosa, auxiliado por Nadine Bastos e Alex dos Santos

Cartões amarelos: Nivaldo, Tiago Cavalcanti (C).

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

Público e renda: Não divulgados

Comente aqui