Bucal

02 ago14:51

Fique livre do mau hálito

Conhecido popularmente como “bafo”, o mau hálito pode ser, além de um problema de saúde bucal, um forte impedimento para relacionamentos. No início de um namoro, por exemplo, esse pode ser um motivo justificável para um rompimento. Especialistas afirmam que pelo menos 90% da população terá, ou já teve, halitose em algum momento da vida.

— É importante que as pessoas saibam que a halitose não é uma doença, mas sim um sinal, ou sintoma, de que alguma coisa não vai bem no organismo — esclarece Celi Vieira, periodontista, pesquisadora e especialista em halitose da Universidade de Brasília.

Segundo Normando Scarabotto, cirurgião dentista, o problema geralmente é resultado de pessoas que não cuidam da higiene, o que pode ocasionar no mau cheiro causado pela decomposição dos restos alimentares e por bactérias.

— Por isso é que eu insisto em dizer que é imprescindível reservar cinco minutos (cronometrados) por dia para a escovação e fio dental. Com isso, o risco de infecções pode cair perto de zero com a escovação correta dos dentes — afirma.

O cirurgião dentista diz que bochechos ajudam a melhorar o mau hálito, mas apenas mascaram o odor, não resolvem o problema e que a melhor arma contra o cheiro desagradável é a saliva, pois ela “lava” a boca com enzimas que afastam os restos dos alimentos e bactérias.

Muitas pessoas têm mau hálito ao acordar, porque a bactéria se escondeu em locais sem oxigênio na boca. As glândulas salivares restringem ao mínimo sua produção durante as horas do sono, já que a pessoa não está acordada e comendo. Então, a boca resseca e as bactérias se multiplicarem, fazendo com que o hálito cheire fermentado ao que foi ingerido na noite anterior.

Quem apresenta cheiro ruim na boca pela manhã é em virtude da produção de saliva se tornar mais lenta durante o sono, o que permite aos ácidos e outras substâncias se deteriorarem no interior da boca.


Principais causas

:: Higiene bucal inadequada

:: Gengivite

:: Ingestão de alimentos como alho e cebola, sendo importante lavar bem a boca depois de consumi-los

:: Fumo e bebidas alcoólicas

:: Boca seca

:: Doenças como câncer, diabetes e problemas no fígado e nos rins

:: Infecções como amidalites e sinusites


Dicas valiosas

:: Escove os dentes e a língua, use fio dental, beba bastante água, mantendo a boca umedecida

:: Procure se alimentar mais vezes, pois o jejum prolongado favorece o aparecimento da halitose

:: Para quem gosta de chicletes, o ideal é o sem açúcar, pois eles estimulam a mastigação e ajudam na produção de saliva


VIDA E SAÚDE



Comente aqui
29 nov10:32

Campanha para prevenir câncer bucal em Concórdia

Aumentar os índices de diagnóstico precoce do câncer bucal e de lesões potencialmente malignas (LPMs) por meio da identificação de lesões bucais iniciais é um dos objetivos da 9ª Campanha de Prevenção e detecção do Câncer de Boca, que acontece nos dias 29 e 30 de novembro em Concórdia. A promoção é da Prefeitura de Concórdia, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semus).

A campanha quer também conscientizar a população sobre a saúde bucal e a importância do diagnóstico precoce das LPMs e/ou câncer bucal. – É essencial esclarecer a população sobre a importância do auto-exame. Prevenir ainda é o melhor remédio – destaca a secretária municipal de Saúde, Genair Bogoni. Segundo ela, as pessoas também vão receber orientação sobre condutas de tratamento das doenças presentes.

Os exames serão realizados no interior e na cidade. No Distrito de Planalto e em Barra do Tigre a equipe atenderá pela manhã. Já, na Policlínica Concórdia, Unidade Sanitária, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Petrópolis, Guilherme Reich, Cristal, Nações, CAIC, Vista Alegre, Nazaré, Estados, Sintrial, Distrito de Santo Antônio o atendimento será durante todo o dia, das 8h às 11h e das 13h às 16h30.


Fatores de Risco

O câncer, nas fases iniciais, não apresenta sintomas. Por isto é essencial que as pessoas tomem conhecimento sobre os fatores de risco associados ao desenvolvimento do câncer. Os principais fatores são o uso de álcool (bebidas destiladas ingeridas cronicamente por longos períodos); o tabaco (riscos cumulativos com o aumento do período de exposição); a radiação solar (afeta principalmente pessoas de pele clara, sendo responsável pela maior parte dos cânceres de lábio inferior).


Comente aqui
31 out14:34

Dia de prevenção a saúde bucal

A Secretaria Municipal de Saúde Coronel Freitas realizou na quinta-feira, 27, um dia de prevenção a saúde bucal. Com uma estrutura montada em frente ao salão paroquial, no centro da cidade, as equipes de saúde bucal durante todo o dia estiveram prestando informações, distribuindo um kit com material informativo, escova e creme dental.

Segundo a secretária municipal de saúde, Lucila Favaretto, a iniciativa teve o objetivo de orientar a população sobre os cuidados com a saúde bucal e principalmente mostrar às crianças a importância da prevenção de doenças bucais, especialmente com a mudança de hábitos.

Lucila ressalta que a administração municipal tem trabalhado muito com a prevenção, realizando campanhas, palestras e ações voltadas para que a população fique bem informada e aprenda a ter mais cuidados com a saúde.


Comente aqui
24 out11:44

Semana de Saúde Bucal em São José do Cedro

A Secretaria de Saúde de São José do Cedro promove entre esta segunda-feira, dia 24 e sexta-feira, dia 28, a 2º Semana de Saúde Bucal. Conforme o secretário da Pasta, Ironi Fedrizzi, o objetivo do projeto é chamar a atenção da sociedade para as doenças da boca.

- Acreditamos que as campanhas de orientação e os programas desenvolvidos pela Secretaria de Saúde conduzem a comunidade para um futuro livre de cáries e doenças relacionadas à boca – disse o Secretário.

Fedrizzi informa que durante toda a semana, as cinco equipes de Saúde Bucal, vinculadas a Estratégia da Saúde da Família, realizam atividades especiais nas escolas de São José do Cedro.

- Serão desenvolvidas palestras sobre prevenção bucal, teatro de fantoches, escovação supervisionada e distribuição de cartilha educativa – disse detalha.

O secretário de Saúde explica que a Semana de Saúde Bucal é desenvolvida nessa data em comemoração ao dia do Nacional do Cirurgião Dentista, celebrado no dia 25 de outubro.


Comente aqui