Caçador

27 mai10:33

Junior Cigano nocauteia Frank Mir e mantém cinturão dos pesos pesados

Na luta principal e mais esperada da noite no UFC 146, disputado em Las Vegas, o catarinense Junior Cigano venceu o norte-americano Frank Mir por nocaute no segundo round. Está foi a primeira vez que o lutador brasileiro colocou seu cinturão dos pesos pesados em disputa. Veja a cobertura completa no Blog No Mundo das Lutas.

Cigano agora acumula 15 êxitos e apenas uma derrota na carreira. Em novembro ele conquistou o título ao nocautear o americano Cain Velasquez no dia 12 de novembro.

Com a derrota, Mir, que também já foi campeão dos pesos pesados no UFC 48 e no UFC 92 acumulou seu sexto revés.

Esta foi a nona luta de Cigano no UFC. No final do combate o brasileiro agradeceu, desabafou e disse que quer ficar com o cinturão por muito tempo:

— É uma sensação maravilhosa. se depender de mim o cinturão vai ficar muito tempo no Brasil.

Comente aqui
15 fev12:26

Físalis é a nova sensação entre os produtores de Caçador

Daisy Trombetta | daisy.trombetta@diario.com.br

Um fruto pequeno e de origem colombiana está caindo no gosto popular e ganhando espaço entre os agricultores de Caçador, no Meio-Oeste de Santa Catarina. O físalis começou a ser produzido neste ano e traz perspectiva de bons lucros.

O município tem nove produtores cadastrados, que chegam a ganhar R$ 15 por quilo do fruto comercializado. Se comparado ao tomate, que detém pelo menos metade das lavouras caçadorenses, o físalis é 50 vezes mais rentável. O cálculo é baseado no valor que os produtores de tomate estão ganhando nesta safra, que é de R$ 0,30 ao quilo.

O manejo dos frutos é bastante parecido, mas o de origem colombiana exige menos agrotóxicos. O agricultor Luiz Batalhon, que plantou 5 mil pés de físalis no ano passado, investiu pouco dinheiro e mão de obra na lavoura. E espera colher quase 3 toneladas do produto neste ano.

A safra já começou e vai até o início do inverno. A colheita do fruto é feita todos os dias, pois ele amadurece rapidamente na plantação. O físalis pode ser conservado por até 15 dias longe de refrigeração e cerca de três meses em câmaras frias.

Conforme Batalhon, um pé é capaz de produzir 4 quilos de frutos em uma única safra. Ele afirma que, para plantar as 5 mil unidades que cultiva, gastou cerca de R$ 2 mil. O valor seria quase 10 vezes maior se ele investisse no cultivo de tomates.

A alta produção citada pelo agricultor está ligada principalmente às características climáticas de Caçador: calor durante o dia e quedas de temperatura à noite. É também por conta disso que o tamanho dos frutos catarinenses é maior do que os importados da Colômbia, país de origem do físalis.

Embora o manejo e a colheita do fruto seja simples, o problema é a venda do produto, ainda restrita. Como o físalis é caro na maioria dos supermercados — chega a custar R$ 6 uma bandeja com 10 unidades — o consumo ainda é pequeno. Para tentar reverter o quadro, os produtores de Caçador estão vendendo o fruto por preços acessíveis, na tentativa de torna-lo disputado entre os consumidores. Em alguns supermercados do município, é possível encontrar a bandeja de físalis por R$ 1,99.

Conforme Luiz Tortato, agrônomo da Secretaria Municipal de Agricultura, os valores nutricionais e benefícios do físalis estão sendo utilizados para ganhar o mercado. Ele explica que o fruto pode ser consumido in natura, em forma de suco ou de vitamina. Tortato diz que o consumo de físalis auxilia o sistema imunológico, prevenindo diabetes e doenças cardíacas.



Comente aqui
15 jan19:04

Jovem morre após brigar e cair de barranco

Um jovem morreu após uma briga em que caiu de um barrranco em Caçador, no Meio Oeste. De acordo com os Bombeiros a vítima tinha traumatismo craniano e rompimento de medula causado provavelmente pela queda. Cristiano Santos, 22 anos, foi agredido por Alex Fernandes, 21 anos.

A briga foi às 5h40 na rua Otacílio Trindade Cordeiro, no bairro Martelo. Alex foi preso em flagrante pela Polícia Militar, levado para a delegacia da Polícia Civil e depois encaminhado ao presídio de Caçador.

Comente aqui
16 dez11:04

Female conquista o Catarinense com goleada

O ginásio Plinio de Nes/SER Aurora lotou mais uma vez para ver uma grande exibição da equipe Female Chapecó e, por consequência, obter mais um título de campeã estadual. O time chapecoense jogava até mesmo pelo empate, mas quis mais, muito mais! Acabou goleando as rivais caçadorenses por 7 a 1 para delírio do torcedor local.

Com a conquista Chapecó se tornou a equipe mais vencedora do estadual de todos os tempos. A série iniciou com o tricampeonato de 2001, 2002 e 2003. Caçador quebrou a seqüencia chapecoense e venceu, consecutivamente, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008. Agora as chapecoenses acumularam mais três títulos – 2009, 2010 e 2011 – e assumiram a hegemonia da modalidade também no Campeonato Catarinense.


O jogo

Teve um início equilibrado, com as equipes marcando forte. Contudo, aos 4min47seg, um erro de passe de Chapecó propiciou um contragolpe resultando no gol de Luciléia para o time de Caçador.

O time de Chapecó não se abateu e, pelo contrário, foi se soltando na partida. Vanessa, aos 8min14seg fez uma bela jogada pela ala esquerda e chutou forte para empatar. Aos 16min35seg Vanessa virou o jogo. Ela, de novo, aos 19min20seg, fez o terceiro concluindo uma bela jogada iniciada pela ala Tampa.

O placar do primeiro tempo fez Caçador sair para o jogo e aí a equipe de Chapecó aproveitou os espaços cedidos para ampliar o placar. O quarto gol foi aos 3min20 através da pivô Cely. Depois, aos 7min5seg, Amanda fez o quinto. Em tiro livre da linha dos dez metros, Tampa ampliou para 6 a 1 aos 12min30. E, para fechar a goleada, Vanessa, com categoria, fez um belo gol por cobertura.

A iluminada Vanessa, autora de quatro gols no jogo e tida como a melhor jogadora de futsal do planeta, preferiu dividir com as colegas o êxito que a equipe obteve na competição. – Feliz sou eu de estar com jogadoras que unidas formamos uma grande equipe. Nada é igual a Chapecó e a conquista é mais especial porque temos uma torcida maravilhosa – disse a goleadora da noite também fez referência ao torcedor.

Comente aqui
15 dez11:50

Hegemonia histórica do Catarinense em jogo

A Female saiu na frente na disputa do título do Campeonato Catarinense 2011, pois venceu por 4 a 3 o jogo de ida realizado em Caçador na terça-feira, dia 13. Assim, conseguiu a vantagem do empate para o jogo decisivo que acontece nesta quinta-feira, dia 15, no ginásio Plinio de Nes/SER Aurora, em Chapecó.

Além do título em disputa, as duas equipes dividiram as conquistas do Campeonato Catarinense nos últimos dez anos e buscam a condição de maior vencedor da história. A equipe de Chapecó laureou-se em 2001, 2002, 2003, 2009 e 2010. Já Caçador foi campeã em 2004, 2005, 2006, 2007 e 2008. A equipe campeã, também, garantirá a vaga para a Taça Brasil da próxima temporada.

Na véspera desta decisão, as atletas da Female realizaram um trabalho regenerativo comandado pela fisioterapeuta Sinara Matana e, depois, com o técnico Eder Popiolski, discutiram o desempenho do jogo em Caçador. – Apesar da vitória, precisamos corrigir algumas situações que nos causaram problemas na partida – disse o treinador.

A diretoria da Female Futsal espera uma boa presença de público. O início da partida está programado para as 20h e não haverá cobrança de ingressos. – Neste ano conseguimos sete títulos até agora, todos fora de casa. Será uma oportunidade para o nosso torcedor comparecer e empurrar o time para, quem sabe, mais uma conquista – disse Orivaldo Chiamolera, presidente do clube.


Comente aqui
14 dez11:11

Female larga na frente na final do Catarinense

A primeira partida da final do Catarinense de Futsal Feminino foi realizada na noite da terça-feira, 13, no ginásio Paulo Schiffer, em Caçador. O time de Chapecó, mesmo atuando na casa do adversário, se impôs em quadra e venceu com o placar de 4 x 3.

A partida iniciou com a Female criando boas oportunidades. Aos 4 min, em uma bela troca de passes, Vanessa abriu o marcador para Chapecó. Lara, aos 12 min, empatou o jogo para as anfitriãs, Brenda marca logo em seguida deixando novamente as chapecoenses à frente no placar e, faltando poucos minutos para o fim do primeiro tempo, com um belo chute Gisele empata para Caçador, definindo assim o placar da primeira etapa 2×2.


Tampa (com a bola), marcou o gol da vitória para as chapecoenses.


A postura de Caçador mudou no segundo tempo. Com um jogo mais agressivo e aproveitando algumas falhas na marcação de Chapecó, Luana rouba a bola e chuta forte fazendo o terceiro gol de Caçador aos 4 min do segundo tempo. Mas Chapecó não se abala e arrisca com a goleira-linha Gigá Paraná que chuta de longe e empata a partida aos 7min .

Faltando menos de 2 min para o final da partida, em uma jogada ensaiada de falta, Tampa recebe a bola e chuta forte sem chances para a goleira Júlia, pondo assim, números finais a partida, Female 4 x 3 Caçador.

A vitória estabelece a vantagem de empate à equipe de Chapecó no jogo da volta, programado para quinta-feira, dia 15, às 20h no Ginásio Plínio Arlindo De Nes.


Comente aqui
27 nov11:55

Escola de Camboriú conquista o Moleque Bom de Bola no masculino

A final masculina entre o Colégio Recriarte, de Camboriú contra a Escola São Ludgero, São Ludgero terminou agora pouco no estádio Bom de Bola em São Lourenço do Oeste. A equipe de Camboriú venceu por 2 a 1. O mesmo placar da disputa no feminino.

As equipes do colégio Marcos Olsen, de Caçador e Balduíno Rambo, de Tunápolis se consolidam como grandes forças do futebol feminino do estado. Nesta manhã as meninas de Caçador marcaram 2 a 1 em cima da equipe de Tunapólis e conquistaram o primeiro lugar.

A entrega dos troféus será realizada no campo do estádio Bom de Bola, cenário das finais em São Lourenço do Oeste.

O Moleque Bom de Bola é uma realização da Fesporte, com promoção do Governo do Estado de Santa Catarina, Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e Parati Alimentos e apoio da prefeitura de São Lourenço do Oeste, secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs) e RBS TV.

Comente aqui
27 nov10:45

Escola de Caçador é campeã no Moleque Bom de Bola

As equipes do colégio Marcos Olsen, de Caçador e Balduíno Rambo, de Tunápolis se consolidam como grandes forças do futebol feminino do estado. Nesta manhã as meninas de Caçador marcaram 2 a 1 em cima da equipe de Tunapólis e conquistaram o primeiro lugar.

A final masculina entre o Colégio Recriarte, de Camboriú X Escola São Ludgero, São Ludgero está rolando no estádio Bom de Bola em São Lourenço do Oeste.

Você pode acompanhar a partida ao vivo no site da Fesporte.


Comente aqui
13 nov14:04

Por nocaute, catarinense Junior Cigano conquista cinturão dos pesos-pesados do UFC

Daisy Trombetta |daisy.trombetta@diario.com.br

O catarinense Junior Cigano dos Santos é o melhor do mundo dos pesos-pesados do Ultimate Fighting Champioship (UFC). Ele conquistou o cinturão na madrugada deste domingo, após nocautear em pouco mais de um minuto o lutador norte-americano Cain Velásquez.

A luta começou por volta das 0h30min com Velásquez tentando partir para cima do brasileiro e arriscando chutes e quedas. Cigano acertou um golpe fulminante, que fez o adversário cair no octógono.

O árbitro John McCarthy interrompeu a luta com 1min04s.

Cigano é o primeiro brasileiro a ter o cinturão dos pesos-pesados do UFC.

Festa em família e na cidade natal de Cigano

Em Caçador, no Meio-Oeste catarinense, onde reside a família do lutador, a festa se espalhou pelas ruas, após parentes e amigos se reunirem para assistir ao combate.

A mãe do lutador, Maria de Lurdes dos Santos, tinha certeza que o filho venceria a luta e, há vários dias, havia reforçado os pedidos de proteção para Nossa Senhora Aparecida.

— Eu sabia que meu filho traria o cinturão para casa. Sempre estive muito confiante — disse.

A certeza da mãe se deve, em partes à ascensão meteórica de Cigano no UFC. Ele estreou contra o conceituado Fabrício Werdum no UFC 90, em outubro de 2008, com um nocaute espetacular. Depois, ele venceu Stefan Struve e a lenda croata Mirko Cro Cop.

As próximas vítimas foram Gilbert Yvel e o brasileiro Gabriel “Napão” Gonzaga. Antes de disputar o cinturão, ele derrotou o “gordinho” Roy Nelson e o poderoso Shane Carwin. Após esta última vitória, no UFC 131, ele ganhou a chance de enfrentar Velásquez.

Cigano estreou no MMA no Demo Fight, em 16 de julho de 2006. Sua única derrota ocorreu em 2007, para Joaquim Ferreira. Com a vitória deste domingo, ele chegou a um cartel de 14 vitórias e uma derrota.

Comente aqui
02 nov10:21

Meninas de Caçador conquistam o título do futsal

A final do futsal feminino da Olesc, foi nesta terça-feira, dia primeiro, entre Caçador e Chapecó. Em quadra, dois gigantes da modalidade em Santa Catarina. O primeiro tempo foi de Caçador, que dominou completamente as ações. O resultado de 3 a 0 do primeiro tempo para Caçador com gols de Camila, Júlia e Djenifer não parecia placar de duas equipes completamente iguais tecnicamente.

As meninas de Chapecó, jogando em casa, pareciam que não estavam em uma final de Olesc. Viam as adversárias passear em quadra. Mas veio o segundo tempo e após uma chacoalhada do técnico de Chapecó, Silvio da Rosa, Durante o intervalo, o jogo mudou de figura. Em quadra, com quatro minutos de jogo, a partida já estava empatada em 3 a 3 com gols de Estela, Débora e Jaqueline.

A partir do empate, o jogo foi ataque contra a defesa. Chapecó lutando pela virada, e Caçador se defendendo. Quando tudo parecia que as chapecoenses iam virar, Djenifer fez 4 a 3 para Caçador. A partir do gol, Chapecó partiu pra cima e empatou com Débora: 4 x 4. No ímpeto de desempatar, as chapecoenses receberam contra- ataques que resultaram em três gols, sendo dois de Dejenifer, a destaque do jogo e um de Chaine. Placar final: Caçador 7x 4 em Chapecó e campeão do futsal feminino.

A Olesc é uma realização da Fesporte, com promoção do governo do Estado e da Secretaria de Turismo, Cultura e Esporte e apoio da prefeitura de Chapecó e das secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs).


Fonte: Fesporte

Comente aqui