Caixa

13 jun11:44

Salão do Imóvel e Feirão Caixa disponibilizam mais de 9 mil unidades habitacionais em Chapecó

Para atender a demanda crescente no setor habitacional que a cada ano registra recordes de crédito, o setor imobiliário apresenta os melhores imóveis de Chapecó, a partir desta sexta-feira, dia 15 até o domingo, dia 17, durante o 7º Salão do Imóvel e do 8º Feirão Caixa da Casa Própria, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

A abertura oficial dos eventos será nesta quinta-feira, dia 14, às 19 horas, com a participação de empresários, autoridades, lideranças políticas e profissionais da imprensa.

Na sexta-feira o atendimento ao público será das 14 às 19 horas e no sábado e domingo das 9 às 19 horas, sem fechar ao meio dia.

A promoção é do Sindicado do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste) com apoio da Caixa Econômica Federal, Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), Prefeitura de Chapecó e Unochapecó. Integram o evento as imobiliárias: ABBA Imóveis, Base Sul, Casa Imóveis, Cauduro Imóveis, Empreender, Fênix Imobiliária, Katedral, Mapa Imóveis, Markize Imobiliária, MKZ, Padra, Tucumã, Santa Maria, Sim! Imóveis e Viver Imóveis.

De acordo com o coordenador geral, Paulo Roberto Benites, os maiores eventos imobiliários do oeste catarinense atrairão mais de 10.000 visitantes/compradores. Os cerca de 9 mil imóveis ofertados têm um valor de mercado da ordem de R$ 1 bilhão e 500 milhões.

Nesta entrevista, o coordenador geral do evento expõe as expectativas do setor, bem como as novidades preparadas para atender a demanda do público comprador.


Os maiores eventos imobiliários visam concretizar o sonho da casa própria. Para este ano o que o público poderá esperar do Salão do Imóvel e do Feirão da Caixa?

Paulo Benites – As imobiliárias prepararam inúmeros projetos e lançamentos que poderão ser adquiridos pelos visitantes/compradores por meio de financiamento com a Caixa Econômica Federal ou outras formas de pagamento. Os eventos possibilitarão a integração, em um mesmo local, de todos os envolvidos no processo de compra de um imóvel. Além disso, a preocupação do setor em integrar qualidade de vida e responsabilidade social proporcionará um dos diferenciais deste ano que serão as orientações e demonstração de maquetes e produtos aos visitantes, em parceria com o curso de Arquitetura e Urbanismo da Unochapecó. Também estão previstos esclarecimentos sobre a compra e venda, condomínios e código do consumidor, por meio do curso de Direito. O intuito é transmitir informações necessárias que auxiliem o comprador a escolher o imóvel adequado às suas necessidades.


As 15 imobiliárias que participarão dos eventos divulgarão novidades. Os visitantes poderão encontrar que tipo de imóveis?

Benites - Serão apresentados apartamentos na planta, imóveis novos e usados, salas comerciais, casas, terrenos, ou seja, os visitantes terão a possibilidade de conhecer os mais variados produtos ofertados pelas imobiliárias. Muitas unidades se enquadrarão no programa federal “Minha Casa, Minha Vida” e outras terão valor superior a R$ 140 mil. A intenção das empresas é disponibilizar imóveis que atendem as reais necessidades dos consumidores. A expectativa é de que aproximadamente 12% sejam comercializadas durante o período e até 90 dias após os eventos, o que deve atingir 1.100 imóveis e R$ 160 milhões em negócios.


Quais as facilidades que serão ofertadas nos eventos para otimizar a compra de imóveis? As condições diferenciadas de pagamento serão mantidas após os eventos?

Benites – No Salão do Imóvel e no Feirão Caixa serão disponibilizadas formas especiais de pagamento, seguramente algumas delas serão mantidas nas primeiras semanas após os eventos. Também para facilitar a aquisição da casa própria, a Caixa oferecerá as melhores condições do mercado, proporcionadas pela redução da taxa de juros. Após os eventos, todos os imóveis avaliados pela Caixa estarão disponíveis no site do banco e das imobiliárias, desta forma, quando um consumidor fizer as simulações poderá conferir as ofertas de Chapecó. Além disso, é fundamental que o público prestigie os eventos, principalmente para conhecer os produtos, esclarecer dúvidas e fazer cadastro nas empresas. Também é uma oportunidade para ter contato com as imobiliárias e os corretores, que poderão auxiliar na conquista de um bom imóvel.


Qual o impacto da redução da taxa de juros bancários para o mercado imobiliário? Este cenário amplia o otimismo dos empresários do setor?

Benites – Os empresários estão otimistas e existe uma expectativa elevada de vendas devido as mudanças deste cenário. A oferta de crédito de juros mais baixos estimulará a aquisição dos imóveis. Lembrando que a compra da moradia também refletirá em uma melhor qualidade de vida da população.


Que garantias os compradores terão ao adquirir imóveis durante os eventos?

Benites – Conforme o Regimento Interno do Salão do Imóvel e do Feirão Caixa, todos os produtos anunciados para venda no período de 15 a 17 de junho no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, estarão devidamente aprovados pela Prefeitura Municipal de Chapecó e regularizados no Registro de Imóveis.


O diferencial deste ano serão as orientações aos visitantes, através da parceria com a Unochapecó. Essa iniciativa de responsabilidade social demonstra a preocupação do setor em se aproximar da comunidade?

Benites – Com toda a certeza. Esta ação de cunho educativo tem por finalidade oferecer a população de Chapecó e da região oeste catarinense conhecimentos para subsidiar a avaliação dos produtos disponíveis no mercado imobiliário.


O setor imobiliário é pujante e dinâmico e auxilia na melhoria da qualidade de vida. Neste sentido, a tendência é aliar conforto e sustentabilidade na construção dos imóveis?

Benites – Sim. A preservação do meio ambiente e ações sustentáveis estão se configurando como prioridade na construção civil. Neste sentido, o lucro deve existir nos empreendimentos, mas aliado à responsabilidade social e ao comprometimento com a preservação. Exemplo disso são medidas simples como o aproveitamento da água da chuva, aquecimento solar e calçadas com maior permeabilidade.


Com o crescimento de Chapecó a perspectiva é que ocorra a verticalização na estrutura urbana. O setor está preparado para atender essa demanda?

Benites – Entendo que sim. O setor imobiliário de Chapecó é muito pujante, composto por grandes incorporadoras e imobiliárias. Neste contexto, é cada vez mais fundamental que os corretores de imóveis estejam preparados e qualificados, pois a função tem como missão aproximar as partes envolvidas para concretizar bons negócios para todos.


A crise economia mundial terá reflexo na comercialização de imóveis para a região oeste de Santa Catarina?

Benites – O Brasil necessita fazer o tema de casa. Devemos produzir mais, estimular a indústria e não apenas incentivar o consumo. Estamos mais preparados para enfrentar a crise mundial, pois vivemos em um “Oásis” comparado com o restante do Brasil. Santa Catarina e Chapecó são exemplos da produção de resultados, de uma economia diversificada e de responsabilidade social bem definida.


1 comentário
30 mai15:27

Salão do Imóvel será lançado nesta quinta-feira em Chapecó

O sonho da moradia própria pode estar mais próximo: o Sindicato do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste) lança nesta quinta-feira, dia 31, o 7º Salão do Imóvel e o 8º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento, que tem apoio da Caixa Econômica Federal, Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) e Prefeitura de Chapecó, será lançado num café da manhã no Lang Palace Hotel.

O Salão e o Feirão serão realizados no período de 15 a 17 de junho, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes. O número total de imóveis que os expositores oferecerão é de aproximadamente 9 mil unidades. O Secovi estima que pelo menos 1.100 serão vendidos, em transações que somarão cerca de R$ 160 milhões de reais.

O coordenador geral Paulo Roberto Benites realça que os eventos imobiliários traduzem a posição de Chapecó no cenário sulbrasileiro, com 200 mil habitantes, um dos maiores parques agroindustriais do país e centro educacional superior com mais de 20 mil universitários. Lembra que o município contabiliza um déficit de aproximadamente 10 mil habitações em todos os níveis, sendo 7 mil somente na faixa de moradias de até R$ 100 mil reais.

O Salão do Imóvel reunirá 16 imobiliárias e atrairá cerca de 10 mil visitantes/compradores. Os cerca de 9 mil imóveis ofertados tem um valor de mercado da ordem de R$ 1 bilhão e 500 milhões de reais. Cerca de 12% serão vendidos durante o período e até 90 dias após, o que deve atingir 1.100 imóveis. O valor médio situar-se-á em R$ 140 mil reais por imóvel, totalizando R$ 160 milhões de reais.

Em relação ao Salão e ao Feirão de 2011, o desempenho deste ano terá um incremento de 51% no número de visitantes/compradores, de 50% no número de imóveis vendidos e de 40% no valor das transações totais.

A integração, em um mesmo local, de todos os envolvidos no processo de compra de um imóvel é um dos objetivos do Salão/Feirão, enfatiza o presidente do Secovi/Oeste, Altir Paludo. Ele antecipa que as imobiliárias estão preparando projetos e lançamentos que podem ser financiados ou adquiridos através de diversas formas de pagamento. Os compradores que fecharem negócios durante o evento serão beneficiados com condições diferenciadas.

Em 2011 foram ofertados 5 mil imóveis e comercializados 730 (130 na feira mais 600 após o evento) no montante de R$ 115 milhões de reais.

Comente aqui
23 mai15:31

Salão do Imóvel será lançado no dia 31 em Chapecó

O sonho da moradia própria pode estar mais próximo: o Sindicato do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste) lança na próxima quinta-feira, dia 31, o 7º Salão do Imóvel e o 8º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento, que tem apoio da Caixa Econômica Federal, Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) e Prefeitura de Chapecó, será lançado num café da manhã no Lang Palace Hotel.

O Salão e o Feirão serão realizados no período de 15 a 17 de junho, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes. O número total de imóveis que os expositores oferecerão é de aproximadamente 9 mil unidades. O Secovi estima que pelo menos 1.100 serão vendidos, em transações que somarão cerca de R$ 160 milhões de reais.

O coordenador geral Paulo Roberto Benites realça que os eventos imobiliários traduzem a posição de Chapecó no cenário sulbrasileiro, com 200 mil habitantes, um dos maiores parques agroindustriais do país e centro educacional superior com mais de 20 mil universitários. Lembra que o município contabiliza um déficit de aproximadamente 10 mil habitações em todos os níveis, sendo 7 mil somente na faixa de moradias de até R$ 100 mil reais.

O Salão do Imóvel reunirá 16 imobiliárias e atrairá cerca de 10 mil visitantes/compradores. Os cerca de 9 mil imóveis ofertados tem um valor de mercado da ordem de R$ 1 bilhão e 500 milhões de reais. Cerca de 12% serão vendidos durante o período e até 90 dias após, o que deve atingir 1.100 imóveis. O valor médio situar-se-á em R$ 140 mil reais por imóvel, totalizando R$ 160 milhões de reais.

Em relação ao Salão e ao Feirão de 2011, o desempenho deste ano terá um incremento de 51% no número de visitantes/compradores, de 50% no número de imóveis vendidos e de 40% no valor das transações totais.

A integração, em um mesmo local, de todos os envolvidos no processo de compra de um imóvel é um dos objetivos do Salão/Feirão, enfatiza o presidente do Secovi/Oeste, Altir Paludo. Ele antecipa que as imobiliárias estão preparando projetos e lançamentos que podem ser financiados ou adquiridos através de diversas formas de pagamento. Os compradores que fecharem negócios durante o evento serão beneficiados com condições diferenciadas.

Em 2011 foram ofertados 5 mil imóveis e comercializados 730 (130 na feira mais 600 após o evento) no montante de R$ 115 milhões de reais.



Comente aqui
23 mai08:28

Mega Sena pode pagar prêmio de R$ 2 milhões nesta quarta-feira

O concurso 1.391 da Mega Sena oferece prêmio de R$ 2 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre a partir das 20h desta quarta-feira em Piracicaba (SP), onde está o Caminhão da Sorte.

As apostas podem ser realizadas até as 19h em qualquer uma das mais de 11 mil casas lotéricas espalhadas pelo país. O valor mínimo para uma aposta é de R$ 2 (para o jogo simples, com seis dezenas marcadas).

No último sorteio, de número 1.390, realizado sábado em Maringá (PR), duas apostas acertaram as seis dezenas e dividiram o prêmio principal. Cada uma delas faturou quase R$ 7 milhões. Os sortudos fizeram os bilhetes em Fortaleza (CE) e Corumbá (MS).

As dezenas sorteadas foram: 04 – 19 – 27 – 28 – 29 e 31.

A quina saiu para 149 apostas, com prêmio de R$ 13.356,03 para cada. Já a quadra saiu para 7.924 bilhetes. Cada um levou R$ 358,77.

As informações são da Caixa Econômica Federal (CEF).


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
14 mai12:13

Agências da Caixa fizeram plantões no sábado dia 12

No sábado dia 12 de maio, as agências da Caixa Econômica Federal da região Oeste realizaram plantão das 9h às 16 horas. De acordo com a Assessoria da Caixa Regional Oeste foram realizados 269 atendimentos relacionados ao crédito em cinco cidades.


Número de atendimentos:

Chapecó = 83

Concórdia = 21

Caçador = 72

Joaçaba = 42

São Miguel do Oeste = 51


No estado

Apenas cinco agências da região de Florianópolis não abriram devido a uma liminar obtida pelo Sindicato da categoria. A unidade do centro de Criciúma também não abriu, pois sindicalistas fizeram manifestação em frente a agência.

Nas demais regiões doVale do Itajaí, Norte e Sul o atendimento também aconteceu das 9h às 16 horas.


Comente aqui
20 abr11:17

Caixa antecipa sorteio de loterias devido ao feriado

Por conta do feriado de Tiradentes, neste sábado, os sorteios das loterias da Caixa Econômica Federal serão antecipados para esta sexta-feira, segundo a CEF.

A extração da Loteria Federal e os sorteios da Mega Sena, Lotomania e Timemania foram antecipados para esta sexta-feira, sendo realizados juntamente com a Lotofácil e a Dupla Sena, no Caminhão da Sorte, estacionado na cidade de Itapema, em Santa Catarina.

A Mega Sena promete pagar R$ 2 milhões para quem acertar os seis números do concurso 1.382, que será sorteado às 20h. A aposta mínima na Mega Sena é de R$ 2 e pode ser efetuada até as 19h desta sexta-feira, em qualquer uma das mais de 11 mil lotéricas da Caixa pelo país.


AGÊNCIA ESTADO



Comente aqui
09 abr12:39

Caixa anuncia redução de juros nas linhas de crédito

A Caixa Econômica Federal anunciou na manhã desta segunda-feira um corte nos juros nas linhas de credito para pessoa física e micro e pequenas empresas. No cheque especial, por exemplo, a taxa baixou 67% para até 1,35% ao mês.

No financiamento de veículos, caiu para 0,98%. Nas linhas em que os juros ficaram menores, o banco espera liberar R$ 71 bilhões entre abril e dezembro. As medidas atingem 25 milhões de clientes do banco. Com o corte, a Caixa espera liberar R$ 10 bilhões em empréstimos para pequenas empresas.

Ao todo, o banco prevê liberar no crédito R$ 300 bilhões este ano, numero 24% maior que em 2011. O presidente da Caixa, Jorge Hereda, destaca que é a maior redução de juros do banco e que a estratégia vai fazer o banco ganhar mercado.

— É importante ser competitivo, tanto para não perder clientes como para ganhar — disse durante entrevista com a imprensa.

O executivo destacou que na época da crise financeira mundial, o banco tinha 6% do mercado, fatia que chegou a 12,6% no final de 2011. A Caixa quer aumentar essa participação e ter a terceira maior carteira de crédito do mercado.


AGÊNCIA ESTADO



Comente aqui
08 mar09:47

Kits são entregues em São Miguel do Oeste

Os municípios de São Miguel do Oeste e Bandeirante receberam nesta quarta-feira, dia 7, novos kits para o transporte de água para consumo humano. Os equipamentos de emergência foram adquiridos pela Secretaria de Estado da Defesa Civil e repassados à Secretaria Regional, por meio de um Termo de Cessão de Uso. A entrega aconteceu na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste.

De acordo com o secretário Regional, Wilson Trevisan, São Miguel do Oeste recebeu quatro moto bombas, quatro mangueiras de sucção, quatro mangueiras chatas e dezesseis cintas para fixação. Já Bandeirante recebeu duas moto bombas, duas mangueiras de sucção, duas mangueiras chatas e oito cintas para fixação.

>> Chega a 98 o número de municípios em situação de emergência por causa da estiagem no Oeste

- Os equipamentos complementam os Kits entregues no final de janeiro aos municípios, compostos por caixas de água, moto bombas e acessórios. Estes kits já estão levando água até as famílias que enfrentam problemas com a falta de água – disse o secretário.


Caixas de água

De acordo com o secretário nas próximas semanas, os sete municípios da Regional de São Miguel do Oeste também receberão novas caixas de água para distribuição de água às famílias e comunidades. Para a Regional de São Miguel do Oeste, estão previstos mais de 50 caixas de água, para os municípios de Barra Bonita, Bandeirante, Belmonte, Descanso, Guaraciaba, Paraíso e São Miguel do Oeste.


Comente aqui
07 mar13:11

Caixa emite CPF gratuito na semana da mulher

Já virou tradição a participação da Caixa Econômica Federal nas celebrações do Dia Internacional da Mulher. Para homenagear o público feminino, o banco oferece a partir desta quarta-feira até a sexta-feira, dia 9, a inscrição, a regularização e a consulta gratuitas de CPF para as mulheres. A ação será realizada em todas as agências do país, de acordo com horário de atendimento bancário. Atualmente, a emissão do documento custa R$ 5,70 e pode ser feita nas agências da CAIXA, do Banco do Brasil e da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT).

As mulheres maiores de 18 anos devem levar um documento de identificação, que contenha a filiação e data de nascimento, além do Título de Eleitor ou documento de justificativa eleitoral. Quem ainda não tiver 18 anos pode ser representada por um dos pais ou responsável. Nesse caso, o representante deve portar certidão de nascimento ou documento que contenha filiação e data de nascimento da criança ou adolescente, além de documento de identificação e CPF próprios e, se for o caso, documento que comprove a tutela, curatela, guarda ou procuração.

As mulheres que tiverem entre 16 e 18 anos e possuem documento de identificação que contenha filiação e data de nascimento podem solicitar a emissão ou regularização do CPF sem a presença de um responsável.

Sem esse documento, as cidadãs não podem exercer alguns direitos, como abrir contas bancárias e ser titular de programas sociais. Desde 2004, cerca de 1 milhão de mulheres já emitiram o documento gratuitamente, beneficiadas pela ação da CAIXA.


Comente aqui
04 mar13:02

Aposta do Paraná leva prêmio de R$ 4,8 milhões da Mega Sena

Uma aposta realizada em Morretes, no Paraná, ganhou o prêmio de R$ 4,8 milhões do concurso 1.368 da Mega Sena. O sorteio foi realizado pela Caixa Econômica Federal, neste sábado, em Igarapé (MG).

Confira as dezenas: 10 – 21- 26 – 29 – 32 – 38.

Conforme a Caixa, a Quina teve 34 ganhadores. Cada um deles vai receber R$ 47.804,75. Já na Quadra foram 4.447 apostas certas e cada uma vai levar R$ 522,13.


A estimativa para o próximo prêmio, com sorteio na quarta-feira, é de R$ 2 milhões.


ZERO HORA



Comente aqui