Caminhão

14 set10:11

‘Que tal dirigir uma casa?’

Em Chapecó é comum ver casas serem transportadas por caminhões. Essa estava ‘estacionada’ na Linha Faxinal dos Rosa, interior da cidade.

Segundo o secretário de defesa do cidadão, Sérgio Walner, em Chapecó são transportadas cerca de duas casas por semana, uma média de 10 por mês.

Para levar essa casa a pessoa pega uma autorização na Prefeitura e os agentes de trânsito acompanham a troca de endereço que é sempre realizado em horários que não atrapalham o trânsito.


1 comentário
05 set10:59

Motociclista morreu após colisão em Abelardo Luz

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O motociclista Orli Rodrigues, 39 anos, morreu após uma colisão com um caminhão em Abelardo Luz. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Segundo informações da Polícia Militar o acidente foi por volta das 20h no quilômetro17 da SC 467.

O motorista do caminhão, de 41 anos, prestou socorro e será interrogado pela Polícia Civil nesta quarta-feira. De acordo com o delegado João Luiz Miotto, foi realizado teste do bafômetro e não foi constatado ingestão de álcool. A polícia segue as investigações.

Orli está sendo velado na Capela da Igreja São Sebastião e o enterro acontece às 17h30 desta quarta no cemitério municipal.


Comente aqui
05 set10:16

Criança de seis anos morreu atropelada em Abelardo Luz

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Uma menina de seis anos morreu atropelada no final da tarde da terça-feira em Abelardo Luz. Andriele Cristiane Camargo Pires chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu à caminho do Hospital da cidade. O motorista do caminhão, que fugiu do local após o atropelamento, já foi identificado pela Polícia Civil.

- Ele deve se apresentar ainda nesta quarta-feira na delegacia – disse o delegado João Luiz Miotto. O delegado disse ainda que caso ele não se apresente durante o inquérito poderá ser solicitada a prisão preventiva do motorista.

A ocorrência foi por volta das 17 horas na Rua 1400, no bairro São João Maria em Abelardo Luz. Segundo o soldado Elivar Backes do Corpo de Bombeiros, a menina foi encontrada inconsciente.

- Tentamos levá-la para o Hospital Nossa Senhora Aparecida, mas ela não resistiu aos ferimentos – disse Backes.

A Polícia Civil foi chamada e ouviu testemunhas que moram próximo ao local. O caminhão de transporte de frangos que teria atropelado a menina foi encontrado estacionado em um posto de combustível. Os policiais identificaram o proprietário do veículo que disse quem estaria dirigindo o caminhão naquele horário.

A menina que completaria sete anos no próximo dia 20 está sendo velada na Capela da Igreja do Bairro São João Maria. O enterro está programado para as 16h desta quarta-feira, no cemitério municipal.

A polícia investiga o caso.


Comente aqui
05 set09:08

Estiagem amplia prejuízos de agricultores no Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Santa Catarina mal acabou de sair de um período de estiagem, que trouxe prejuízos de R$ 777 milhões, e a falta de chuva já começa a trazer problemas no estado, principalmente na região Oeste. Ontem houve uma reunião da Defesa Civil de Chapecó para tomar algumas medidas de fornecimento de água, que já está faltando em algumas propriedades do interior.

Agosto, com 2,3 milímetros, foi o mês com menor chuva já registrado na Estação Meteorológica da Epagri em Chapecó. Isso em 43 anos de registro, segundo o observador meteorológico Francisco Schervinski.

De acordo com o secretário de Agricultura de Chapoecó, Altair Silva, a produção de leite no município já caiu 30%, devido às pastagens secas, e o plantio das lavouras de milho está atrasado cerca de 15 dias.

O produtor Flávio Fonseca, por exemplo, deveria ter plantado 20 hectares de milho.

– Já deveria estar nascido – explicou. Ele lamenta que teve prejuízo na safra passada, onde perdeu 70% das lavouras de milho e soja.

– Deixei de colocar no bolso R$ 600 mil.  Agora está preocupado pois novamente falta água para as plantas. Pelo menos ele conseguiu um desconto R$ 17 mil no financiamento de R$ 30 mil do Programa Nacional da Agricultura Familiar (Pronaf).

Outro produtor que teve perdas na safra passada e agora novamente amarga prejuízo é Claudemir Laval. Ele perdeu 50% da safra de milho e de soja. Agora já tem quebra de 50% nos 43 hectares de trigo e, nos 26 hectares de milho, não germinaram 35% das plantas.

– Já é uma lavoura estragada – explicou.

Se chover nos próximos dias ele vai tentar replantar manualmente nos espaços onde o milho não nasceu. Ele afirmou que o ano de 2012 não está favorável ao agricultor.

– Às vezes dá vontade de vender tudo e ir para o Mato Grosso – desabafou.

O funcionário da Agropecuária Locatelli, Paulo Kreibich, aguarda a chuva para plantar os 150 hectares de milho, que já deveriam estar na terra.

– Estamos com as máquinas prontas e paradas há duas semanas – explicou. O solo chega a estar rachando de tão seco.

O secretário adjunto de Agricultura do Estado, Airton Spies, afirmou que as perdas são mais concentradas na região Oeste. Mas ainda não tem um levantamento de quanto é o prejuízo. Spies disse que a falta de chuva já começa a comprometer a próxima safra. E lembrou que a estiagem passada, que causou perda de 900 mil toneladas de milho no Estado, é um dos fatores que está agravando a crise na suinocultura e avicultura, causada pelo alto custo de produção.

Ele lembrou que, no início do ano, a saca de milho de 60 quilos estava em R$ 24 ou R$ 25. Atualmente, está em R$ 35. Se não chover, o problema pode se estender para a próxima safra.

>> 33 municípios seguem em situação de emergência em Santa Catarina

Previsão de chuva a partir da segunda quinzena de setembro

Até metade de setembro os moradores de Santa Catarina ainda vão conviver com a falta de chuva. Segundo o meteorologista do Grupo RBS, Leandro Puchalski, há uma massa de ar seco que funciona como um bloqueio atmosférico desviando as massas de ar frio, que vem da Argentina, para o Oceano Atlântico. Puchalski disse que a falta de chuva não é uma estiagem nova e nem continuidade da ocorrida no verão passado.

– É uma condição pontual – explicou.

A boa notícia é que as chuvas devem normalizar a partir da segunda quinzena de setembro. As chuvas podem até ser acima do normal se confirmar o fenômeno El Niño, que é o aquecimento das águas do Oceano Pacífico na altura da linha do Equador.

–Há uma expectativa de El Niño – disse Puchalski. O efeito deste fenômeno é o contrário do La Niña, que provocou estiagem em Santa Catarina.

O secretário adjunto da Agricultura, Airton Spies, disse que a Epagri/Ciram também prevê normalização das chuvas a partir da segunda quinzena de setembrol. Em outubro as chuvas podem passar de 200 milímetros no Oeste e Meio Oeste, com volume de 140 a 180 milímetros do Planalto ao litoral.

Em Chapecó 375 famílias do interior já estão recebendo água em caminhões pipa. O volume transportado é de 65 mil a 80 mil litros por dia. No verão passado esse volume chegou a 350 mil litros/dia.


Oito meses de chuva abaixo da média

Em Chapecó, nos últimos 10 meses, houve chuva abaixo da média em oito, segundo registro da Epagri. Apenas em abril e julho o volume superou a média.


2011

Novembro: 91,1 milímetros (média de 166,7 mm)

Dezembro: 56,7 milímetros (média de 167,5 mm)

2012

Janeiro: 86,2 milímetros (média de 182,5 mm)

Fevereiro: 98,5 milímetros (média de 184,8 mm)

Março: 85 milímetros (média de 125,9 mm)

Abril: 197,4 milímetros (média de 167,9 mm)

Maio: 47 milímetros (média de 167,6 mm)

Junho: 101,6 milímetros (média de 170,7 mm)

Julho: 180.4 milímetros (média de 155,9 mm)

Agosto: 2,3 milímetros (média de 142,5 mm)


Observação: Um milímetro é um litro de água por metro quadrado


Comente aqui
07 ago15:36

Motociclista morreu após colidir em caminhão na BR 163 em São José do Cedro

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O motociclista Sergio Vogt, 46 anos, casado e pai de três filhas, morreu após colidir na traseira de um caminhão no Km 96 da BR 163 em São José do Cedro. Ele está sendo velado na Igreja da Linha São Videlino, interior da cidade. O enterro está programado para a manhã desta quarta-feira. Sergio voltava para casa no momento do acidente. A colisão foi na manhã desta terça-feira.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Maravilha o caminhão teria reduzido a velocidade para entrar em uma estrada secundária e o motociclista colidido no caminhão.

O Corpo de Bombeiros de São José do Cedro foi chamado, mas ao chegar no local Sergio já estava sem vida.

O motorista do caminhão, placas de Campo Erê, Lourival Nilson, 41 anos, não se feriu.

As causas do acidente vão ser investigadas pela PRF e pela Polícia Civil.


Comente aqui
05 jul00:54

Adolescente morreu em acidente na BR 282 em Faxinal dos Guedes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Jackson Willian Ampese, 16 anos, morreu após uma colisão frontal envolvendo um veículo e um caminhão no Km 487 da BR 282 em Faxinal dos Guedes. O acidente foi por volta das 20 horas da quarta-feira, dia 4 de julho. O condutor e outro ocupante do veículo ficaram gravemente feridos. O motorista do caminhão, Diego Ewald Seiler, 20 anos, teve apenas ferimentos leves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o caminhão, placas de Blumenau, fazia sentido Chapecó-Faxinal dos Guedes quando colidiu de frente com o veículo, placas de Ponte Serrada.

O motorista do veículo, Cleberson Ademir Barão Fleck, 22 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Xanxerê e encaminhado para o Hospital São Paulo em Xanxerê. Ele segue internado em observação.

Já o outro ocupante do veículo, um adolescente de 14 anos, que não foi identificado, foi levado pelo Samu para o Hospital Regional do Oeste em Chapecó, onde está internado.

O corpo de Jackson foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Xanxerê.


Comente aqui
10 mai09:52

Motociclista cai da moto e morre atropelado na BR 282 em Nova Erechim

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um acidente por volta das 21 horas desta quarta-feira, no Km 572, da BR 282 em Nova Erechim tirou a vida do motociclista Josimar Adir Alves, 22 anos. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o homem que trabalhava em uma fábrica de móveis em Pinhalzinho, caiu da moto e foi atropelado por um caminhão placas de Bento Gonçalves/RS.

Josimar era casado e pai de dois filhos. Ele voltava para casa da família em Nova Erechim, na hora do acidente. O Corpo de Bombeiros de Pinhalzinho foi chamado, mas ao chegar ao local encontrou o motociclista sem vida. Ele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Chapecó.

O velório acontece no Centro Comunitário do Bairro Jardim Maria Terezinha em Pinhalzinho. O enterro está marcado para as 16 horas no Cemitério Municipal de Pinhalzinho.

O motorista do caminhão, de 35 anos, saiu ileso.


Comente aqui
29 mar19:18

Duas pessoas morrem na SC 283 em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Uma colisão frontal entre um Uno e um caminhão, no final da tarde desta quinta-feira, na SC 283, tirou a vida Ivolnei Goulart de Souza, 59 anos e de uma mulher que até o começo da noite não havia sido identificada. Ambos estavam veículo, placas de Lages.

O motorista do caminhão, placas de Planalto Alegre, Marcio Iohann, 30 anos, saiu ileso. Ele transportava pedras para uma obra no Aeroporto de Chapecó.

Segundo o subtenente do Corpo de Bombeiros de Chapecó, Luiz Antonio Capeletti, as más condições da pista e o sol podem ter provocado o acidente, já que o veículo fazia o sentido Chapecó-Planalto Alegre. – Neste horário o sol baixa e pode ter ofuscado a visão do motorista do Uno – disse.

A colisão foi próximo da entrada para o Autódromo Internacional de Chapecó. Iohann, contou que foi tudo muito rápido. Ele faz, há pelo menos dois meses, duas viagens por dia na rodovia e reclamou das más condições da pista.

A assistente social, Lenir Hermes, que passou pelo local minutos depois do acidente disse que já viu muitas mortes na rodovia. –Será que vão precisar mais quantas mortes para que esse trecho seja recuperado e tenha a atenção devida? – questionou a profissional que passa diariamente pelo trecho.

Antes da chegada da Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRME)de Iporã do Oeste, a Polícia Militar de Chapecó, com auxílio da Guarda Municipal, fez o controle do trânsito.

O Instituto Geral de Perícias esteve no local e encaminhou os corpos para o Instituto Médico Legal de Chapecó. A PMRE vai apurar as causas do acidente.


Comente aqui
01 mar07:58

Azul deve operar em Chapecó somente em maio

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras, que iniciaria as operações no dia 27 de fevereiro em Chapecó, só deve realizar voos na cidade a partir do mês de maio. O motivo segundo o diretor de relações institucionais da empresa, Adalberto Febeliano, é que faltam no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso um caminhão específico para o combate de incêndio e mais bombeiros.

- Um caminhão como esse custa cerca de R$ 1 milhão de dólares e o prazo para entrega é longo – disse.

Febeliano alertou que, caso o caminhão não chegue até o final de março e a operação não seja liberada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a empresa só iniciará as operações no Oeste no final de 2012. – Sem o caminhão a gente não voa – disse.

Durante a tarde de ontem o diretor esteve reunido com o Prefeito de Chapecó, José Caramori. O prefeito informou que está buscando resolver as questões junto aos governos do Estado e Federal.

A companhia aérea, que seria a quinta a operar no aeroporto, iria utilizar os jatos Embraer 190, com capacidade para cem passageiros, e Embraer 195, com capacidade para 122 passageiros. A Azul já atua em 40 cidades, com 300 voos diários. Em Chapecó seriam seis voos diários com destino a Campinas/SP e Porto Alegre/RS. Com a inclusão de Chapecó na malha da aérea, serão ao todo quatro cidades servidas pela Azul no Estado, ao lado de Florianópolis, Joinville e Navegantes.

Hoje, a movimentação no aeroporto de Chapecó chega a 22 mil embarques e desembarques por mês.


Voos de Chapecó

Avianca (todos os dias) Sai diariamente para Florianópolis e São Paulo às 6h15 e às 14h10. Retornam às 13h40 e 0h30.

Gol (todos os dias) Sai diariamente para Florianópolis e São Paulo às 5h35 e às 15h10, retornando às 14h40 e às 0h45

NHT (segunda à sexta-feira) Pousa às 13h48 vindo de Curitiba-PR e Francisco Beltrão e sai às 14h08 para Curitiba-PR

TRIP (segunda à sábado) Pousa às 8h10 vindo de Porto Alegre, sai às 8h30 para Londrina-Maringá e Campo Grande, retorna às 21h30 e decola às 21h50 para Porto Alegre.



Comente aqui
28 fev10:16

Motoristas morrem em colisão frontal entre dois caminhões na BR 282, em Faxinal dos Guedes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O acidente foi por volta das 6h15 desta terça-feira, no Km 480, da BR 282 em Faxinal dos Guedes. Na colisão frontal o motorista do caminhão placas de São José dos Pinhais/PR, Esmael de Jesus, 28 anos, morreu no local. O condutor do outro caminhão, placas de Chapecó, Adão Pereira, 30, foi socorrido e encaminhado em estado grave pelo Samu para o Hospital São Paulo de Xanxerê. Ele não resistiu e morreu no hospital.

Os corpos foram encaminhados para o IML de Xanxerê. Segundo o Polícia Rodoviária Federal de Xanxerê o trânsito ficou lento no local, mas já foi normalizado.


Comente aqui