Caminhoneiro

25 set10:20

Caminhoneiro morre ao colidir em árvore na BR 282 em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um acidente por volta das 5h20 desta terça-feira no Km 544, da BR 282, em Chapecó, tirou a vida do caminhoneiro Vilian Neumann, 22 anos. O caminhão, placas de Pinhalzinho, que ele conduzia colidiu em uma árvore. Com o impacto ele morreu no local.

O passageiro, Ederson André Cristofoli, 21 anos, foi arremessado para fora do veículo. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Regional de Chapecó. Ele segue em observação na emergência do HRO.


Comente aqui
27 jan18:54

Caminhoneiro que atropelou e matou uma mulher de 35 anos em Concórdia é condenado

RBS TV CONCÓRDIA

O caminhoneiro Carlos Eduardo Faccin, de 31 anos, foi condenado a sete anos e seis meses de reclusão, em regime semi aberto. O julgamento, que iniciou às nove da manhã desta sexta-feira, encerrou às 17h da tarde e foi realizado no Fórum de Concórdia.

Carlos Eduardo foi o responsável pela morte de Sandra Mara Barbieri de 35 anos. De acordo com o Ministério Público,  Sandra estava no acostamento da SC 283, quando Carlos Eduardo deu cavalinho de pau com o caminhão e atingida a vítima. O fato ocorreu no dia 11 de junho de 2007.

Carlos Eduardo chegou a ficar 10 meses preso, mas conseguiu um habeas corpus e foi solto. Em função disso, mesmo com a condenação, ele vai recorrer da sentença em liberdade.


Comente aqui
21 jan13:10

Caminhoneiro argentino bate contra barranco e fica gravemente ferido no Oeste

Um caminhoneiro argentino ficou gravemente ferido em acidente na madrugada deste sábado em Irani, no Oeste de Santa Catarina. O homem bateu contra um barranco por volta das 4h40min na BR 153.

Segundo os Bombeiros Voluntários de Irani, após a batida, a carreta fez um “L” na pista. O caminhão transportava máquinas agrícolas para argentina.

O caminhoneiro Antonio Andrez Cabrera, de 35 anos, sofreu fraturas e apresentava suspeita de hemorragia interna, quando foi encaminhado ao hospital em Concórdia.

DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
04 jan16:04

Caminhoneiro com Malária teve alta em Joaçaba

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O caminhoneiro Adão Bandeira Pereira, 54 anos, que contraiu malária, recebeu alta no começo da tarde desta quarta-feira. Ele estava internado desde o dia 20 de dezembro no Hospital Universitário Santa Terezinha em Joaçaba. Ele pode ter contraído a doença após uma viagem para Roraima.

Adão, que faz viagens para o Norte do país há três anos e meio, contou que começou a sentir os primeiros sintomas no início de dezembro. – Primeiro senti calafrios e febre alta em dias seguidos e no mesmo horário – contou o caminhoneiro que demorou para procurar ajuda médica. – Decidi voltar para casa e procurar o Hospital – lembra. A viagem entre Catanduvas e Roraima demora de quatro a cinco dias.

Segundo a enfermeira da gerência de saúde de Joaçaba, Cleci Lucini, o caminhoneiro chegou ao hospital com calafrios e febre alta, que seriam a segunda fase da doença. – Na terceira fase podem acontecer complicações renais ou hepáticas. Adão teve uma complicação renal e precisou ser internado na UTI. A doença foi controlada com o uso de medicação – disse.

Agora ele vai fazer acompanhamento ambulatorial na secretaria da saúde. – Gostaria de alertar meus amigos caminhoneiros que viagem para o Norte e assim que tiver algum sintoma procurem ajuda médica – alerta.


Outro caso em Fraiburgo

Um caminhoneiro de 43 anos, de Fraiburgo, também contraiu malária no início de dezembro. Ele havia viajado para Rondônia. – Ele recebeu tratamento na cidade e já na terceira coleta de sangue foi constatado a negativação do plasmodium no organismo – disse a enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Fraiburgo Kalinka Maccagnan.

O homem deve fazer o último exame no dia 29 de janeiro para confirmar que ele não corre nenhum risco.

Em Santa Catarina foram registrados 93 casos da doença em 2011. Na região Meio-Oeste foi registrado apenas um.


É importante lembrar que a doença não é transmitida de pessoa para pessoa, apenas quem foi picado pelo mosquito é que adquire. O tratamento é realizado com medicamentos fornecidos pelo estado. – Quando as pessoas viajam para outros estados, como o norte, e sentirem algum  sintoma estranho devem procurar ajuda médica  – disse Ivanice Pecin, gerente regional de Saúde de Joaçaba.


Comente aqui
02 dez18:30

Polícia Civil prende terceiro acusado de homicídio em Chapecó

A Polícia Civil de Chapecó prendeu na tarde desta sexta-feira, dia 2, o terceiro acusado pela morte do caminhoneiro Claudiomir de Souza, 40 anos, em junho de 2011. Segundo o delegado Marcio Marcelino, o homem foi preso na cidade gaúcha de Novo Hamburgo.

Ele chegou nesta tarde em Chapecó, prestou depoimento e foi encaminhado para o Presídio Regional.

Outros dois homens, também envolvidos no caso, foram presos em novembro. Todos estão no Presídio Regional de Chapecó.

Policiais seguem as buscas ao quarto envolvido no caso.


O caso

Na quarta-feira, dia 15 de junho, Claudiomir, morador do Bairro Efapi, foi chamado para fazer um frete na Linha Cascavel, próximo a comunidade de Faxinal dos Rosas. Chegando ao local ele foi atingido por três tiros e morreu no local.

Um agricultor disse a Polícia que ouviu barulho de tiros e um veículo saindo do local em alta velocidade.


Comente aqui