Campeonato

18 jan14:54

Chapecoense treina às 16h na Arena Condá

Os atletas da Chapecoense treinam nesta tarde a partir das 16h na Arena Condá.

A equipe estreia no Campeonato Catarinense neste domingo, dia 22, contra o Avaí em casa.

Comente aqui
18 jan07:48

Folga pela manhã e treino a tarde

Nesta quarta-feira os jogadores tem folga pela manhã e treinam a tarde.

O treino está marcado para às 16h e deve acontecer no CT da Água Amarela.

O time comandado por Gilberto Pereira se prepara para a estreia no Campeonato Catarinense 2012.

Comente aqui
17 jan19:45

Valores dos ingressos para a partida de domingo são definidos

Os ingressos para partida de estreia da Chapecoense no Campeonato Catarinense devem ser vendidos a partir de quinta ou sexta-feira, segundo o presidente da Chapecoense, Sandro Pallaoro.

Os valores serão de R$ 30 (geral), R$ 40 (sociais) e R$ 60 (cadeiras).

A Chapecoense recebe o Avaí na Arena Condá, a partir das 17h.

Comente aqui
17 jan15:17

Treino da tarde da Chapecoense será no CT da Água Amarela

O treino da Chapecoense que estava marcado para às 16h na Arena Condá, foi transferido para o Centro de Treinamento da Água Amarela.

Os atletas comandados por Gilbero Pereira se preparam para  a estreia no Campeonato Catarinense.

A partida será neste domingo, dia 22, contra o Avaí, na Arena Condá.

Os locais e valores de ingressos ainda não foram divulgados pela Diretoria do Clube. Nesta tarde a Arena Condá passa pela última vistoria.

Comente aqui
17 jan09:34

Treino em dois períodos nesta terça-feira

O time comandando pelo técnico Gilberto Pereira segue nos trabalhos para a estreia no Campeonato Catarinense 2012.

Neste terça-feira o grupo realiza treinos em dois períodos. Pela manhã faz trabalhos com bola no campo da Arena Condá.

A tarde os atletas treinam a partir das 16h também na Arena.

A estreia no Catarinense será neste domingo, dia 22, em casa, contra o Avaí.

Comente aqui
16 jan18:37

Chapecoense se prepara para o Catarinense

Os jogadores da Chapecoense se reapresentaram na tarde desta segunda-feira, dia 16 e iniciaram os trabalhos visando a estreia da equipe no domingo, dia 22. O primeiro jogo no Campeonato Catarinense, será contra o Avaí.

Primeiro foi realizado um trabalho na academia do clube e depois os jogadores realizaram trabalho com posse de bola e trabalho de dois toques.

Neste terça-feira a equipe treina em dois períodos.

Comente aqui
16 jan15:20

Chapecoense treina às 16h na Arena Condá

O time comandado por Gilberto Pereira inicia os trabalhos finais, antes da estreia no Campeonato Catarinense.

Os jogadores treinam no campo da Arena Condá a partir das 16h.

A estreia no Campeonato Catarinense será em casa no domingo, dia 22 contra o Avaí.

Comente aqui
15 jan19:23

Gilberto Pereira: “Foi me dado um peso que eu posso carregar”

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Substituir o técnico campeão catarinense é a missão do treinador Gilberto Pereira. O paulista de 46 anos, foi contratado em novembro para substituir Mauro Ovelha, uma unanimidade na Chapecoense e que foi contratado pelo Avaí.

Pereira estava no Cianorte-PR e já treinou o CSA, Palmeiras B, Iraty, Londrina e Coritiba. Ele era um dos nomes entre vários cotados e foi o que se encaixou no perfil e no teto salarial do clube. O técnico sabe que enfrenta a desconfiança e a pressão do torcedor, que nos últimos anos viu sua equipe ser campeã em 2007, vice em 2009 e campeã em 2011. Mesmo com um orçamento bem menor que Figueirense, Avaí, Criciúma e Joinville a Chapecoense tem a responsabilidade de fazer um bom campeonato e pelo menos chegar entre os quatro primeiros. Caso contrário será considerado aquém da expectativa da torcida e da direção.

Pereira se mostra tranquilo e confiante com a nova missão. Ele teve que reformular quase todo o time. Titulares da campanha de 2011, como Rodolpho, Dema, Diogo Roque e Marcos Alexandre estão se recuperando de lesão. Outros como Aelson, Cleverson e Neílson foram para o Avaí. Aloísio está no Figueirense. Groli foi para o Grêmio.

Restaram o meia Neném e o atacante Jean Carlos. O restante do time titular é novo. Resta ao novo técnico refazer um time campeão. Confira a entrevista que o treinador deu ao Diário Catarinense.


Diário Catarinense: Como está a preparação da Chapecoense?

Gilberto Pereira: No início de dezembro focamos mais no trabalho físico. Na segunda etapa complementávamos o físico com um trabalho tático. A partir dessa semana o foco é no trabalho tático com um complemento físico.


DC: Como fica a definição do time base já que há jogadores no departamento médico e reforços ainda chegando?

Gilberto Pereira: Tivemos algumas dificuldades e tivemos que definir uma base praticamente por ordem de chegada. E quem chega primeiro bebe água limpa. Muitos corresponderam e estão ficando no time titular por mérito deles.


DC: Um dos fatores para sua contratação foi o trabalho com a base, como está esse trabalho?

Pereira: Ainda precisamos evoluir na infraestrutura. E temos jogadores muito velhos para a base. Não dá para ter alguém com 20 anos nos juniores. Ou vai para o profissional ou dispensa. Temos que diminuir a idade. O mercado exige isso.


DC: Qual sua avaliação dos amistosos?

Pereira: No primeiro amistoso contra o São Luiz foi acima do que era esperado e vencemos por 3 a 2, em Ijuí. Eles servem mais para uma observação tática. Posso testar formações com três atacantes.


DC: Você gosta de chamar os jogadores em particular para passar orientações?

Pereira: Gosto de falar com o atleta olho no olho. Transmitir para ele confiança.


DC:Qual será o diferencial da Chapecoense no campeonato Catarinense?

Pereira: Uma boa preparação física. O fator físico vai ser o diferencial. Temos que usar também o fator campo, pois a Chapecoense é muito forte jogando em casa. Também temos que aproveitar que o time começou antes a preparação do que os principais adversários.


DC: A ideia é aproveitar o maior tempo de preparação para tentar largar na frente e buscar o título do primeiro turno?

Pereira: Sim, essa é uma vantagem que temos que utilizar.


DC: A Chapecoense entra no campeonato com a responsabilidade de defender o título, embora tenha investimento menor que os principais adversários. Como encara essa responsabilidade?

Pereira: Não vamos nos colocar um peso inicial de vamos entrar para sermos campeões. Nossa meta inicial é buscar chegar entre os quatro semifinalistas.


DC: Mas há a pressão de treinar um time campeão e substituir um técnico campeão, que é o Mauro Ovelha.

Pereira: Eu assumo a equipe campeã, mas não são os mesmos jogadores. Houve uma grande reformulação. E o Mauro Ovelha saiu como uma unanimidade no clube, por mérito dele. E eu estou muito feliz por assumir o lugar dele. Foi me dado um peso que eu consigo carregar. Sei que tenho uma cobrança maior pois a Chapecoense foi o clube que mais chegou nos últimos cinco anos. Tenho que refazer uma equipe vencedora.


DC: Além disso você enfrenta uma desconfiança da torcida que ainda não conhece muito seu trabalho.

Pereira: Hoje em dia, com a internet não existe muito isso de ser desconhecido. Claro que minha carreira foi mais no Paraná. Mas já tive no Palmeiras B, no Coritiba, que são clubes grandes. Considero um novo desafio treinar aqui em Santa Catarina. Mas não que não conheça. Já estive em Chapecó treinando o Londrina, na Série D.

Comente aqui
12 jan09:07

Chapecoense vence segundo amistoso fora de casa

No segundo amistoso de preparação para o Campeonato Catarinense, a Chapecoense venceu o Santa Cruz por 3 a 2. A partida foi na noite desta quarta-feira no Estádio dos Plátanos em Santa Cruz do Sul.

O jogo

A Chapecoense abriu o placar logo aos 2 minutos. Após da cobrança de falta de Willian,Souza aproveitou e marcou o primeiro gol. Depois foi a vez da equipe do Santa Cruz buscar o gol de empate, mas a marcação do Verdão estava forte.

Segundo a Assessoria da Chapecoense o time gaúcho assustou em duas oportunidades. Numa delas o goleiro Nivaldo fez um bela defesa. Final de primeiro tempo: Santa Cruz 0 x 1 Chapecoense.


Segundo tempo

A Chapecoense começou a segunda etapa tomando iniciativa na partida, porém era parada na zaga do time gaúcho. Depois de tanto insistir o Verdão, através de Nicolas marcou o segundo gol da partida.

O Santa Cruz estava sem reação e em contra ataque, após o bom lançamento para João Paulo, que só teve o trabalho de deslocar o goleiro e fazer naquele o terceiro para Chapecoense.

Mesmo atrás do marcador os gaúchos não desistiram e diminuíram a partida em dois lances. Primeiro em uma cobrança de pênalti e no último minuto da partida, em um cruzamento para a área, o atleta gaúcho só teve o trabalho de deslocar de Nivaldo e diminuir.

Final no Estádio dos Plátanos: Santa Cruz 2 X 3 Chapecoense.


O terceiro amistoso acontece neste sábado, dia 14, as 18h, em casa contra o Ypiranga de Erechim/RS.

A estreia no Catarinense está marcada para o domingo, dia 22, na Arena Condá, contra o Avaí.


Comente aqui
10 jan11:36

Goleiro Rodolpho não viaja e é dúvida na estreia do Catarinense

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O goleiro Rodolpho, 31 anos, foi avaliado na tarde da segunda-feira pelo médico da equipe, Carlos Mendonça e não viaja para Santa Cruz do Sul. Ele voltou a sentir dores no joelho. O atleta teve uma lesão no joelho direito em julho do ano passado durante um treinamento. Ele jogou o Campeonato Catarinense, a Série C, e depois fez trabalhos de recuperação. Porém, depois das férias, durante um treino na sexta-feira, dia 06, o atleta saiu na metade do trabalho após sentir dores.

- Ele tem uma evolução boa, está sem dor, mas ainda não está pronto para treinar – disse o ortopedista Carlos Mendonça.

Rodolpho está fazendo trabalho de fortalecimento muscular em três períodos com o fisioterapeuta Guilherme Dias Carli.

Carlos acredita que o atleta possa voltar a fazer trabalhos no campo na segunda-feira, dia 16, e tenha tempo de se preparar para a estreia no Campeonato Catarinense. A primeira partida será no domingo, dia 22, na Arena Condá contra o Avaí.

Comente aqui