catarinense

28 jan10:06

Pereira tem problemas no Verdão

O técnico Gilberto Pereira tem problemas para escalar o time da Chapecoense no domingo, contra o Camboriú. O meia Eliomar sentiu uma lesão na coxa direita e fica duas semanas fora. Nicolas será o substituído. O lateral esquerdo Willian, que também sentiu lesão muscular, foi poupado. Ele deve atuar mas, se não tiver condições, entra esquerdinha.

Os ingressos antecipados estão sendo vendidos no Palácio dos Esportes, Maidana Esportes e Posto de Marco. Também será montada uma barraca na avenida Getúlio Vargas. Os valores são R$ 15 (estudantes, idosos e crianças entre 8 e 12 anos), R$ 30 (geral), R$ 40 (Cobertas) e R$ 60 (Cadeiras).


Comente aqui
27 jan12:11

Campeonato Catarinense de Arrancada em Chapecó

É neste final de semana em Chapecó a Abertura do Catarinense 2012 de Arrancada e Copa Brasil Sul de Arrancada 2012. As  provas acontecem na pista Dragway localizada no Parque da Efapi, nos dias 28 e 29. A realização é do Chapecó Motor Clube com a Supervisão da FAUESC e CBA.

Ingressos no valor de R$ 10 para cada dia ou R$ 15 para os dias de competição. As vendas acontecem no local.

Maiores informações acesse www.chapecomotorclube.com.br.

Confira a programação:

Sábado dia 28/01

08h30 Inscrições e Vistoria

10h Treino Livre

12h Enceramento Treinos livres

13h30 Brifing e Abertura Oficial

14h Primeira Bateria Oficial

16h Segunda Bateria Oficial

18h Terceira Bateria Oficial

20h Enceramento


Domingo dia 29/01

08h30 Inscrições e Vistoria

10h Treino Livre

12h Enceramento Treinos Livres

13h30 Quarta Bateria Oficial

15h30 Quinta Bateria Oficial

17h30 Premiação


A segunda e terceira etapa já estão definidas. Segunda será nos dias 24 e 25 de fevereiro em Florianópolis e a Terceira dias 31 de março e 01 de abril em Palhoça.




Comente aqui
27 jan11:42

Manhã de descanso, treino à tarde

A líder no Campeonato Catarinense se prepara para a terceira partida na competição. A Chapecoense recebe às 17h, do domingo, na Arena Condá,  o Camboriú no domingo.

Nesta sexta-feira o treino inicia às 15h30 na Arena Condá.

Comente aqui
27 jan09:38

Preparação física é um dos segredos da líder

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense voltou ontem de Brusque com os três pontos e a liderança do Campeonato Catarinense na mala. –Isso eleva o astral mas aumenta a responsabilidade- afirmou o técnico Gilberto Pereira.

Afinal a Chapecoense, único time com 100% de aproveitamento, passa a ser o time a ser batido no estadual. Mas qual o segredo do time do Oeste para a boa largada?

– A boa preparação física e a harmonia do elenco- revela o treinador Gilberto Pereira.

Ele afirmou que no início da preparação houve um foco na preparação física e ele trabalhou mais o emocional dos atletas do que propriamente a parte tática.

Dos favoritos ao título, o time do Oeste foi o que começou primeiro a pré-temporada, atrás somente dos clubes do vale do Itajaí. E, nas duas primeiras rodadas, a Chapecoense jogou mal no primeiro tempo e melhorou na segunda etapa, quando fez os gols das vitórias por 1 a 0 diante do Avaí e Brusque.

Para o preparador físico Anderson Paixão, é cedo para atribuir as vitórias a uma boa preparação física. Mas reconhece que houve tempo para um planejamento já prevendo a exigência dos jogos aos domingos e quartas-feiras.

Ele reconhece que, se não houvesse uma boa preparação física, os atletas não dariam boa resposta. Mas ressalta que os atletas têm mérito no comprometimento do trabalho e pela motivação e dedicação em campo. -A luta dos jogadores em campo é muito grande- avaliou Paixão.

Além de fazer uma boa base de fortalecimento muscular, ele agora trabalha a manutenção da musculatura na academia e tratamento de sete minutos em banheira de gelo após os jogos, para diminuir lesões.

Mesmo assim o treinador e o preparador físico destacam que o time tem muito a evoluir ainda. Gilberto Pereira afirmou que o time está marcando bem mas não fez boas apresentações nos dois jogos que venceu. –Os resultados foram bons mas não escondem o que precisa melhorar- reconheceu Pereira.

Por isso nada de ficar comemorando a liderança. Ontem mesmo o time chegou de viagem e já foi treinar no Índio Condá. Tudo para buscar mais uma vitória no domingo, diante do Camboriú. –Futebol não se ganha só no dia do jogo- argumentou o comandante da Chapecoense. Ele afirmou que a meta é alcançar 33 pontos durante a competição, para ficar entre os quatro finalistas. Seis já estão computados.


Preparação antecipada

Início dos trabalhos: 5 de dezembro

Amistosos: 30 de dezembro- São Luiz 2×3 Chapecoense

11 de janeiro- Santa Cruz 2x 3 Chapecoense




Comente aqui
26 jan00:13

Chapecoense vence a segunda partida e é líder

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense não jogou bem mas venceu o Brusque por 1 a 0, no Augusto Bauer, e assumiu a liderança isolada do Campeonato Catarinense. A atual campeã é a única com 100% de aproveitamento na competição. A exemplo da partida contra o Avaí, o time do Oeste foi mal no primeiro tempo mas melhorou na etapa final. Prova que a preparação física iniciada no início de dezembro está dando resultado.

No primeiro tempo o domínio foi do time da casa. Aos 10 minutos o goleiro da Chapecoense, Nivaldo, evitou o gol numa cobrança de falta. Aos 22 minutos, em falta cobrada por Roger, a bola foi na trave. A Chapecoense até tentou atacar em alguns lances, como numa investida do lateral direito Gilberto Matuto, que concluiu para boa defesa do goleiro João Ricardo. No contra-ataque a Chapecoense fez pênalti, aos 36 minutos. Cris foi para a cobrança e mandou a bola para fora.

No início do segundo tempo o Brusque teve nova chance de marcar, em boa jogada de Roger, mas Nivaldo salvou com os pés. Depois o jogo foi ficando mais morno. A Chapecoense sem muita criatividade mas segurando o adversário. E o Brusque sem força para chegar no gol adversário.

O jogo começou a mudar quando o técnico da Chapecoense, Gilberto Pereira ,colocou os atacante Nicolas e Tiago Cavalcanti no lugar de João Paulo e Gilberto Matuto. E as mudanças deram resultado. Aos 33 minutos Tiago Cavalcanti recebeu dentro da área e chutou cruzado para marcar o único gol da partida.

O próximo confronto é contra o Camboriú, domingo, na Arena Condá.


BRUSQUE-0

João Ricardo

Pereira

Cleyton

Heverton (Marcelo Gaúcho)

Marcelo Guerreiro

Roger

Luan

Willian Kaefer

Tiago Maestri

Felipe Oliveira (Teixeira)

Leandrão (Cris)


Técnico: Marcelo Caranhato


CHAPECOENSE-1

Nivaldo

Fabiano

Leonardo

Souza

Gilberto Matuto (Tiago Cavalcanti)

Gustavo

Wanderson

Neném

William

Eliomar (Diego Teles)

João Paulo (Nicolas)


Técnico: Gilberto Pereira


Gols: Tiago Cavalcanti (C), aos 33 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Roan Marques da Rosa, auxiliado por Nadine Bastos e Alex dos Santos

Cartões amarelos: Nivaldo, Tiago Cavalcanti (C).

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

Público e renda: Não divulgados

Comente aqui
25 jan17:00

Campeonato Catarinense de Arrancada em Chapecó

Chapecó recebe nos dias 28 e 29 de janeiro o Campeonato Catarinense de Arrancada. As provas acontecem na pista Dragway localizada no Parque da Efapi. A realização é do Motor Clube Chapecó. Apoio Chapecó Imóveis e Promoção exclusiva da Rádio Atlântida Chapecó.

Muita velocidade, adrenalina e emoção sobre rodas. As provas iniciam no sábado às 8h30 e seguem até as 20h. No domingo será das 8h30 às 17h30.

Ingressos no valor de R$ 10 para cada dia ou R$ 15 para os dias de competição. As vendas acontecem no local.

Maiores informações acesse www.chapecomotorclube.com.br.


Comente aqui
25 jan09:28

Chapecoense conta com um “salvador”

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A zaga da Chapecoense, que foi destaque na vitoria por 1 a 0 contra o Avaí, deve ser o ponto forte do time do Oeste no confronto de hoje, às 20h30, contra o Brusque. Além do zagueiro goleador Fabiano, o time conta com o experiente Souza e com Leonardo, que já vem sendo chamado de “Salvador”.

Tudo por causa do cabelo comprido e a barba, que levaram companheiros e torcedores a compará-lo com “Jesus Cristo”. No domingo, contra o Avaí, os torcedores gritavam: -Vai Jesus. Alguns companheiros também o apelidaram de Inri Cristo.

O gaúcho de Encantado disse que não se importa com as brincadeiras. –Não ligo- disse. Mas prefere ser chamado pelo nome. Ele afirmou que já recebeu o apelido em outros clubes, como o ABC de Natal, onde conquistou o título de campeão da Série C, em 2010. Mesmo assim não pretende mudar o visual.

Leonardo não quer ser o salvador do setor defensivo. –Tem o Fabiano e o Souza também- ponderou. Apesar de católico, não freqüenta muito a Igreja. –Não dá tempo- desculpa-se.

O jogador de 27 anos disse que sua meta é buscar outra vitória em Brusque para que o time fique bem na tabela de classificação. Para isso ele diz que não tem nenhum milagre. É trabalhar bastante e jogar bem.

A estreia foi boa. Mas sabe que precisa dar uma boa sequência para não ser crucificado. Para o jogo de hoje o técnico Gilberto Pereira poderá contar com o lateral-direito Gustavo Santos, que não jogou contra o Avaí devido a um acordo entre a Chapecoense e o time da capital, que o emprestou. Contra o Brusque Gustavo entra no meio, como volante. Quem sai é o atacante Tiago Cavalcanti. Eliomar, que jogou no meio, será adiantado para o ataque. São os movimentos de Gilberto Pereira em busca do time ideal. Mas, se isso não der certo, ele já sabe a quem chamar.


Ficha Técnica

BRUSQUE

João Paulo; Pereira, Cleyton, Heverton, Marcelo Guerreiro, Adriano Garça; Luan, Willian Kaefer, Roger, Felipe Oliveira, Leandrão.

Técnico: Marcelo Caranhato


CHAPECOENSE

Nivaldo; Fabiano, Leonardo, Souza; Gilberto Matuto, Gustavo, Wanderson, Neném, William; Eliomar, João Paulo.

Técnico: Gilberto Pereira


Arbitragem: Ronan Marques da Rosa, auxiliado por Nadine Bastos e Alex dos Santos.

Horário: 20h30

Local: Estádio Augusto Bauer, em Brusque

Comente aqui
24 jan15:47

Chapecoense leva 19 atletas para Brusque

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Chapecoense viajou no início da tarde de hoje com o vôo da Avianca para Florianópolis. Na capital o grupo pega um ônibus até Brusque, onde ficará hospedada até o jogo de amanhã, às 20h30, contra o Brusque, no estádio Augusto Bauer.

Não viajaram sete atletas que já estavam de fora da estreia contra o Avaí, entre eles os volantes Marcos Alexandre e Diogo Roque, o goleiro Rodolpho e o atacante Jean Carlos.

Na manhã desta terça-feira o técnico Gilberto Pereira fez um coletivo. Uma das prováveis mudanças é a entrada do lateral direito Gustavo como volante. Com isso o treinador deve tirar Tiago Cavalcanti do ataque e adiantar Eliomar, que estava jogando no meio.

Outra novidade no treino foi Esquerdinha no time titular. Mas o titular, William, viajou e deve jogar. Ele apenas foi poupado por cansaço muscular.

Em Brusque não será realizado nenhum treinamento, apenas descanso para o jogo.


1 comentário
24 jan08:46

Da roça para os gramados

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Uma versão 2012 de Douglas Groli, que foi da Chapecoense para o Grêmio. A comparação de Fabiano, destaque da Chapecoense na primeira rodada do Campeonato Catarinense, com o zagueiro revelação do clube no ano passado, é inevitável. Os dois têm cara de alemão, jogam na mesma posição, ambos são do Extremo Oeste de Santa Catarina, iniciaram em clubes amadores e também jogaram nos juniores da Chapecoense.

-Tem semelhança sim- reconhece Fabiano, que é amigo de Groli no Facebook. –Somos da mesma região e somos pessoas humildes- comparou Fabiano. Groli nasceu em São Miguel do Oeste e foi auxiliar de pedreiro do pai.

Fabiano Leismann nasceu em São João do Oeste, distante 54 quilômetros de São Miguel do Oeste, e ajudava os pais a tirar leite das vacas, alimentar os suínos e cuidar da lavoura de fumo.

Aos 12 anos começou a jogar nos aspirantes do Sete de Setembro, time da linha Medianeira, no interior de São João do Oeste. Lá defendeu ainda os times amadores São José e Aliança, vencendo três campeonatos microrregionais.

Depois foi treinar na escolhina Genoma Colorado, de Itapiranga, onde foi campeão estadual e terceiro no Campeonato Brasileiro Sub-16. Por indicação do técnico foi parar no São Luiz de Ijuí-RS, onde ficou duas temporadas nos juniores, em 2008 e 2009. Voltou para São João do Oeste, onde jogou quatro meses, até ser convidado para jogar na Chapecoense, pelo ex- atacante Índio, maior goleador da história da Chapecoense.

Fabiano chegou a ser relacionado por Mauro Ovelha em alguns jogos do Catarinense do ano passado. Mas somente começou a jogar no time titular no final da Série C, contra o Joinville e Brasiliense. –Depois que a Chapecoense não tinha mais chance o Mauro Ovelha me colocou para pegar experiência- disse o zagueiro, que está com 20 anos. Na época, pelos bons treinamentos, ele já era apontado como o substituto de Groli.

Com a boa estreia no catarinense, ele confirmou a expectativa. –Foi muito bom pois tive o apoio da família e o reconhecimento dos amigos- declarou. Após o jogo ele foi jantar com os familiares e a namorada, que foram assistir a partida. Ontem, ele conferiu as mensagens na internet e deu entrevistas. –Curti a vitória e o gol que foi muito importante- explicou. Foi o primeiro gol da carreira.

Agora seu objetivo é fazer um bom campeonato e quem sabe seguir os passos de Groli. –Mas sempre com humildade- concluiu. A expectativa é que o Extremo Oeste dê mais uma boa safra de zagueiro.



Comente aqui
23 jan11:56

Fabiano,nos passos de Groli

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O autor do gol da vitória da Chapecoense na partida contra o Avaí, o zagueiro Fabiano, tem uma carreira semelhante à do zagueiro Grolli, destaque do time do ano passado e que acabou indo para o Grêmio.

Os dois são do Extremo Oeste e começaram em clubes amadores. Grolli é de São Miguel do Oeste e Fabiano de São João do Oeste.

–Dá 54 quilômetros de distância- disse Fabiano.

Ele mesmo vê semelhança na carreira de ambos. E a exemplo de Grolli, espera se destacar no Catarinense.

Comente aqui