Centro de Eventos

17 jul12:18

Festival da Canção “Canto Livre Concórdia 78 Anos” terá 67 candidatos

Tudo pronto para o 7º Festival da Canção Municipal e Intermunicipal “Canto Livre Concórdia 78 Anos”, que será realizado nos dias 23, 24, 25 e 26 de julho, no Centro de Eventos. Segundo a comissão organizadora do Festival, 67 candidatos estão inscritos, sendo 10 na categoria Infanto-juvenil Municipal Livre; 14 na categoria Adulto Municipal Popular; 13 na categoria Adulto Municipal Sertanejo; 11 na categoria Adulto Intermunicipal Popular; sete na categoria Adulto Intermunicipal Sertanejo e 13 na categoria Composições Inéditas Municipal e Intermunicipal Livre.

Na primeira noite, segunda-feira, dia 23, às 19h30, apresentam-se os candidatos das categorias Infanto-juvenil e Adulto – Composições Inéditas Municipal e Intermunicipal. No dia 24, às 19h30, é a vez dos candidatos das categorias Adulto Municipal Popular e Adulto Municipal Sertanejo. Já no dia 25, quarta-feira, às 19h30, sobem ao palco do Centro de Eventos os candidatos da Categoria Adulto Intermunicipal Popular e Adulto Intermunicipal Sertanejo. A grande final está marcada para o dia 26, a partir das 19h30, com a apresentação dos sete classificados de cada categoria.

Neste ano, participam candidatos de Concórdia, Piratuba, Chapecó, Lindóia do Sul, Ouro, Ponte Serrada, Quilombo, Irani, Seara, Itá, São Miguel do Oeste e Cruz Machado/PR. A relação dos classificados que passaram na triagem da Categoria Composições Inéditas Municipal e Intermunicipal pode ser conferida no mural da Fundação Municipal de Cultura ou ainda pelo telefone 49. 3442.3930. Nave Som é a banda contratada, por meio de licitação, para acompanhamento musical dos candidatos nesta 7ª edição do Canto Livre.


Comente aqui
08 mai16:04

"Improvável": um espetáculo provavelmente bom em Chapecó

O Teatro Municipal do Centro e Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes de Chapecó recebe neste domingo, dia 13 de maio, o espetáculo “Impróvavel”. O evento é uma promoção da RBS TV Chapecó 30 anos.

Criado, produzido e encenado pela Cia. Barbixas de Humor, o espetáculo é um projeto de humor baseado em improvisações no qual a plateia tem fundamental importância para criação das cenas. Segundo o site do grupo o espetáculo tem muita influência do programa “Whose Line is it Anyway?” (Inglaterra e EUA). Nele, um Mestre de Cerimônias aquece a plateia com uma pequena introdução antes do espetáculo interagindo com o público e explicando como eles poderão influenciar nas cenas. Na hora das improvisações ele seleciona as sugestões da plateia e explica os mecanismos e as regras dos jogos de improvisação. A cada apresentação serão chamados dois atores convidados para completar o elenco. E como tudo é baseado no improviso, o público sempre verá uma peça diferente e interativa.

O grupo é formado por Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento e Elidio Sanna começou com apresentações mensais em 2008 e desde fevereiro de 2009 são realizadas toda a semana em São Paulo e no finais de semana pelo Brasil. Algumas das apresentações são gravadas para alimentar a websérie do Improvável.

Os ingressos para apresentação já estão à venda.


Serviço

ESPETÁCULO “Improvável”

Data: 13 de maio

Horário: 18h

Local: Teatro Municipal – Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes [Rua Assis Brasil, n 20-D – centro de Chapecó]

Informações: (49) 3319-1000

Ingressos: R$ 60,00 (inteira) | R$30,00 (meia)

Pontos de Venda: Moto Jeans ou  na bilheteria do teatro das 13h às 19h.

Compra Online através dos sites [Blue Ticket] ou [Mpromo]

Duração: aproximadamente 70 minutos

Classificação: 14 anos


Convidados:

** MC Convidado: Fábio Lins, pois o ator Anderson Bizzocchi não poderá comparecer a turnês devido a sua participação no elenco do programa Saturday Night Live Brasil.

Jogadores Convidados:Allan Benatti e Cristiane Wersom

Músico Convidado: Daniel Tauszig


Comente aqui
21 nov11:54

Geléia com Repolho

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Já pensou em misturar geléia com repolho na música. Foi o que aconteceu no sábado, em Chapecó, onde a banda Repolho fez uma apresentação no Hotel Lang e, no Centro de Eventos, havia o Jam Festival. A palavra Jam, representa na música, numa livre tradução, tocar jazz ou blues com outras pessoas de uma maneira mais informal.

Como queria ir nos dois shows, fiz um planejamento. Primeiro fui no show do Repolho, que comemorava 20 anos de banda. Como houve um pequeno atraso o público exigiu: “Queremo Roque”, uma espécie de hino da banda.

Eles foram chegando ao palco em suas indumentárias circenses. O baixista Akira, o baterista Anderson e o guitarrista Demétrico. Quando o vocalista Roberto entrou, com uma máscara de porco, uma criança começou a chorar, apavorada. Pronto, acabou o show para os pais, obrigados a sair para acalmar o filho.

Já outras crianças circulavam tranquilamente pelo local, com o risco de serem atropeladas nas performances do vocalista. Uma cena antológica foi o Roberto se escondendo na cortina e pronunciando: “Eu sou Mum-Rá”.

Entre muitas paradas e repetições, a banda cantou sucessos como Chapecó, Juvenal, Porcona, e Fuca Azul Calcinha. Na faixa Metalero Sem Pará Roberto furou os balões do baixo do afilhado Akira. –Metalero tem que ser malvado- disse.

Foi mais um espetáculo de irreverência, como todo mundo esperava.

Em seguida fui para o Centro de Eventos onda ainda consegui ver o final da apresentação de Cristiano Ferreira e banda.

Mas o ápice foi quando chegou ao palco o bluesman Donny Nichillo. Quando ele começou a tocar o piano lembrei do Ray Charles. A habilidade e o domínio do instrumento causou um êxtase. Me senti em Chicago, terra natal de Nichillo, ou em Nova Orleans (mesmo sem nunca ter ido para lá). Vi porque ele já havia tocado com músicos como Carlos Santana.

Como se não bastasse a surpresa, ele sacou sua gaita de boca e começou a tocar o que chamou de Blues para Chapecó. O som da harmônica foi rasgando o teatro do Centro de Eventos preenchendo-o com algo maravilhoso. Era um blues genuíno interpretado ao vivo, em Chapecó. Algo nada visto antes. O som da gaita de boca era entrecortado por toques leve no piano que ficavam vibrando enquanto Donny Nichillo espremia diferentes sons de sua gaita.

Foi uma noite de sons diferentes, como geléia com Repolho.


Comente aqui
16 set09:59

Leitora reclama do descuido próximo ao Centro de Eventos

A leitora Olívia Bristot Moretto reclama das condições próximas ao Centro de Eventos. Além de ir até o local para assistir as apresentações, muitos chapecoenses usam a quadra para fazer caminhadas.

Segundo ela são dois  pontos críticos:

Primeiro: Na rua Marechal Floriano Peixoto, ao lado do Centro de Eventos, existe um local, onde constantemente verte água levando muito barro para a rua, o que obriga os pedestres andarem sobre a via, já assisti bate boca entre motoristas e pedestres, e quase acontecer acidentes. Em uma das fotos um grupo de dançarinos que estão na cidade também tiveram que avançar para o meio da rua, para evitar o barro.

Segundo: Junto ao estacionamento do Centro de Eventos, há meses vem se acumulando lixo, alguém até colocou fogo esses dias para diminuir a quantidade. Todos os dias recebemos pessoas de vários lugares e os mesmos se deparam com esse lixo.



Você tem alguma reclamação, sugestão e quer colaborar com o clicRBS Chapecó encaminhe um email para participe@clicrbschapeco.com.br.

Comente aqui
02 set22:36

Osvaldir e Carlos Magrão

Juntos a 25 anos, Osvaldir e Carlos Magrão, se apresentam neste domingo em Chapecó. Os amantes da música gaúcha não podem perder o show que reúne os maiores sucessos da dupla.


O show será no domingo, dia quatro, no Centro de Cultura de Eventos Plínio Arlindo de Nes.


Serviço

04/09 – domingo

Horário: 20h30min

Local: Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes – Chapecó – SC

Ingressos: R$ 40,00 (Inteiro) R$ 20,00 (Meia)

Ponto de Venda: Palladium Laser, Palácio do Som, O Boticário e Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.


Acesse o site e baixe o novo sucesso da dupla “Pensando em Você”



Comente aqui
31 ago11:32

Oratória nas Escolas

O projeto desenvolve nos jovens estudantes a oportunidade de conhecimento, reflexão e conscientização sobre a responsabilidade e compromisso de cada indivíduo em relação aos problemas sociais, ambientais e educacionais: locais, regional, nacional e mundial.

Juliano Frigeri (JCI), Lindolfo dos Santos Menezes (1º lugar no concurso interno e representante da escola Rui Barbosa), Natalia Delalibera (3º lugar), Viridiane Carabagialle (2º lugar) e Querli Muller (JCI)

Na última segunda-feira foi realizada mais uma fase dos concursos internos. Os alunos escolhidos como representantes de cada escola participam no dia 25 de setembro da final no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó.

Comente aqui
25 ago16:33

Chapecó sedia Exposição Estadual de Orquídeas

A Associação Orquidófila de Chapecó organiza a 53ª Exposição Estadual de Orquídeas, Bromélias, Cactos, Bonsai e Plantas Ornamentais e a 3ª Exposição de Orquídeas de Chapecó. O evento acontece no centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes, a partir desta sexta-feira e vai até domingo, dia 28.

Segundo a Assessoria da Associação, Chapecó será sede pela primeira vez de um evento estadual de orquídeas. Para o presidente da Federação Catarinense de Orquidofilia, Ditmar Krambeck, isso demonstra o crescimento de pessoas interessadas no cultivo das espécies.

- É impressionante como as orquídeas chamam a atenção. Qualquer pessoa fica extasiada com a beleza de suas flores e tenta decifrar cada detalhe de sua composição. Por isso conquistam admiradores e colecionadores. Esse fascínio pode ser observado tanto em plantas comuns como nas mais raras – explica.

Cerca de 400 plantas de diversas espécies devem estar expostas. Oito mil visitantes são esperados para os três dias do evento.

Comente aqui