Centro

24 jul14:30

Centro de Informações Turísticas iniciou atendimento em Palmitos

O Centro de Informações Turísticas de Palmitos iniciou atendimento ao público. O local, que é uma grande pipa de vinho, está localizado na Praça Carlos Culmey, próximo à Rua Visconde do Rio Branco.

Além de informações sobre o município e suas atrações turísticas, no local são comercializados produtos artesanais, além de vinhos de produtores locais. Os valores dos vinhos são os mesmos cobrados nas cantinas.

A Associação dos pequenos agricultores e agroindústrias de Palmitos – Cooperativa Coloniale foi fundada em 2006. Atualmente conta com 35 sócios, que produzem vinho, uva, açúcar mascavo, melado e semelhantes.

A Palmiart é uma Associação de Artesãos e Artistas Plásticos de Palmitos. Foi constituída em 1999, com o objetivo de reunir pessoas a fim de produzir e comercializar artesanato. Conta com aproximadamente 25 sócios colaborativos e participa de feiras e eventos em todo país.

São vários os produtos artesanais feitos com: palha de milho, biscuit, tear, jornal, linhas, lãs, parafina, sisal, pinturas, deucopage, texturas, colagem, mosaico, bordados, madeira, embalagens, e.v.a, pedrarias, miçangas, lantejoulas, tecidos entre outro.


Comente aqui
16 jun08:20

Salão do Imóvel e Feirão Caixa é realizado em Chapecó

Apartamentos na planta, novos e usados, salas comerciais, casas e terrenos, serão algumas das opções entre as 9 mil disponibilizadas durante o 7º Salão do Imóvel e o 8º Feirão Caixa da Casa Própria. O evento prossegue até o domingo, dia 17, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó. O atendimento ao público é das 9 às 19 horas, sem fechar ao meio dia.

O coordenador geral dos eventos, Paulo Roberto Benites, ressalta que os empresários estão otimistas e existe uma expectativa elevada de vendas devido as mudanças deste cenário.

- A oferta de crédito de juros mais baixos estimulará a aquisição dos imóveis. Lembrando que a compra da moradia também refletirá em uma melhor qualidade de vida da população – comentou.

Para facilitar a aquisição da casa própria, a Caixa Econômica Federal oferecerá durante o Salão e o Feirão as melhores condições do mercado, proporcionadas pela redução da taxa de juros.

Nos financiamentos de imóveis que não se enquadram no programa “Minha Casa, Minha Vida” com valor de até R$ 500 mil para quem tem conta salário na Caixa ou faça a portabilidade, o índice efetivo caiu para 7,7% ao ano se for servidor público ou 7,8% a.a se for empregado da iniciativa privada.

Para os demais mutuários, com relacionamento na Caixa, a taxa mínima reduziu para 8,3% a.a. Para quem comprar imóvel de até R$ 130 mil e se enquadra no programa “Minha Casa, Minha Vida”, as taxas variam de 4,5% a.a a 8,47% a.a, dependendo da faixa de renda familiar do comprador.

Outra novidade é a ampliação do prazo de financiamento habitacional, com recursos da poupança (SBPE) e alienação fiduciária, para até 35 anos. Para imóveis financiados pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH), as taxas diminuíram para 8,85% a.a. para todos os clientes. Esse índice pode chegar a 7,7% a.a. em função do grau de relacionamento e conta salário com o banco. Fora deste sistema, as taxas foram ajustadas para 9,9% a.a. para todos os clientes, podendo chegar a 8,7% a.a.

Nos eventos, a Caixa também divulgará a linha especial de crédito para pessoas que fizeram ou venham a contratar o financiamento no programa “Minha Casa, Minha Vida”, com o intuito de auxiliar na compra do mobiliário. Os juros são de 1% ao mês a 2% a.m. e prazo de até 48 meses.

- As expectativas são positivas, principalmente pelas novidades e diferenciais deste ano. O segmento mostrará os melhores imóveis durante o Salão e o Feirão para atender a demanda crescente no setor habitacional – observa o superintendente regional da Caixa no oeste de Santa Catarina, Ricardo Bier Troglio.


Comente aqui
13 jun11:44

Salão do Imóvel e Feirão Caixa disponibilizam mais de 9 mil unidades habitacionais em Chapecó

Para atender a demanda crescente no setor habitacional que a cada ano registra recordes de crédito, o setor imobiliário apresenta os melhores imóveis de Chapecó, a partir desta sexta-feira, dia 15 até o domingo, dia 17, durante o 7º Salão do Imóvel e do 8º Feirão Caixa da Casa Própria, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

A abertura oficial dos eventos será nesta quinta-feira, dia 14, às 19 horas, com a participação de empresários, autoridades, lideranças políticas e profissionais da imprensa.

Na sexta-feira o atendimento ao público será das 14 às 19 horas e no sábado e domingo das 9 às 19 horas, sem fechar ao meio dia.

A promoção é do Sindicado do Mercado Imobiliário (Secovi/Oeste) com apoio da Caixa Econômica Federal, Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), Prefeitura de Chapecó e Unochapecó. Integram o evento as imobiliárias: ABBA Imóveis, Base Sul, Casa Imóveis, Cauduro Imóveis, Empreender, Fênix Imobiliária, Katedral, Mapa Imóveis, Markize Imobiliária, MKZ, Padra, Tucumã, Santa Maria, Sim! Imóveis e Viver Imóveis.

De acordo com o coordenador geral, Paulo Roberto Benites, os maiores eventos imobiliários do oeste catarinense atrairão mais de 10.000 visitantes/compradores. Os cerca de 9 mil imóveis ofertados têm um valor de mercado da ordem de R$ 1 bilhão e 500 milhões.

Nesta entrevista, o coordenador geral do evento expõe as expectativas do setor, bem como as novidades preparadas para atender a demanda do público comprador.


Os maiores eventos imobiliários visam concretizar o sonho da casa própria. Para este ano o que o público poderá esperar do Salão do Imóvel e do Feirão da Caixa?

Paulo Benites – As imobiliárias prepararam inúmeros projetos e lançamentos que poderão ser adquiridos pelos visitantes/compradores por meio de financiamento com a Caixa Econômica Federal ou outras formas de pagamento. Os eventos possibilitarão a integração, em um mesmo local, de todos os envolvidos no processo de compra de um imóvel. Além disso, a preocupação do setor em integrar qualidade de vida e responsabilidade social proporcionará um dos diferenciais deste ano que serão as orientações e demonstração de maquetes e produtos aos visitantes, em parceria com o curso de Arquitetura e Urbanismo da Unochapecó. Também estão previstos esclarecimentos sobre a compra e venda, condomínios e código do consumidor, por meio do curso de Direito. O intuito é transmitir informações necessárias que auxiliem o comprador a escolher o imóvel adequado às suas necessidades.


As 15 imobiliárias que participarão dos eventos divulgarão novidades. Os visitantes poderão encontrar que tipo de imóveis?

Benites - Serão apresentados apartamentos na planta, imóveis novos e usados, salas comerciais, casas, terrenos, ou seja, os visitantes terão a possibilidade de conhecer os mais variados produtos ofertados pelas imobiliárias. Muitas unidades se enquadrarão no programa federal “Minha Casa, Minha Vida” e outras terão valor superior a R$ 140 mil. A intenção das empresas é disponibilizar imóveis que atendem as reais necessidades dos consumidores. A expectativa é de que aproximadamente 12% sejam comercializadas durante o período e até 90 dias após os eventos, o que deve atingir 1.100 imóveis e R$ 160 milhões em negócios.


Quais as facilidades que serão ofertadas nos eventos para otimizar a compra de imóveis? As condições diferenciadas de pagamento serão mantidas após os eventos?

Benites – No Salão do Imóvel e no Feirão Caixa serão disponibilizadas formas especiais de pagamento, seguramente algumas delas serão mantidas nas primeiras semanas após os eventos. Também para facilitar a aquisição da casa própria, a Caixa oferecerá as melhores condições do mercado, proporcionadas pela redução da taxa de juros. Após os eventos, todos os imóveis avaliados pela Caixa estarão disponíveis no site do banco e das imobiliárias, desta forma, quando um consumidor fizer as simulações poderá conferir as ofertas de Chapecó. Além disso, é fundamental que o público prestigie os eventos, principalmente para conhecer os produtos, esclarecer dúvidas e fazer cadastro nas empresas. Também é uma oportunidade para ter contato com as imobiliárias e os corretores, que poderão auxiliar na conquista de um bom imóvel.


Qual o impacto da redução da taxa de juros bancários para o mercado imobiliário? Este cenário amplia o otimismo dos empresários do setor?

Benites – Os empresários estão otimistas e existe uma expectativa elevada de vendas devido as mudanças deste cenário. A oferta de crédito de juros mais baixos estimulará a aquisição dos imóveis. Lembrando que a compra da moradia também refletirá em uma melhor qualidade de vida da população.


Que garantias os compradores terão ao adquirir imóveis durante os eventos?

Benites – Conforme o Regimento Interno do Salão do Imóvel e do Feirão Caixa, todos os produtos anunciados para venda no período de 15 a 17 de junho no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, estarão devidamente aprovados pela Prefeitura Municipal de Chapecó e regularizados no Registro de Imóveis.


O diferencial deste ano serão as orientações aos visitantes, através da parceria com a Unochapecó. Essa iniciativa de responsabilidade social demonstra a preocupação do setor em se aproximar da comunidade?

Benites – Com toda a certeza. Esta ação de cunho educativo tem por finalidade oferecer a população de Chapecó e da região oeste catarinense conhecimentos para subsidiar a avaliação dos produtos disponíveis no mercado imobiliário.


O setor imobiliário é pujante e dinâmico e auxilia na melhoria da qualidade de vida. Neste sentido, a tendência é aliar conforto e sustentabilidade na construção dos imóveis?

Benites – Sim. A preservação do meio ambiente e ações sustentáveis estão se configurando como prioridade na construção civil. Neste sentido, o lucro deve existir nos empreendimentos, mas aliado à responsabilidade social e ao comprometimento com a preservação. Exemplo disso são medidas simples como o aproveitamento da água da chuva, aquecimento solar e calçadas com maior permeabilidade.


Com o crescimento de Chapecó a perspectiva é que ocorra a verticalização na estrutura urbana. O setor está preparado para atender essa demanda?

Benites – Entendo que sim. O setor imobiliário de Chapecó é muito pujante, composto por grandes incorporadoras e imobiliárias. Neste contexto, é cada vez mais fundamental que os corretores de imóveis estejam preparados e qualificados, pois a função tem como missão aproximar as partes envolvidas para concretizar bons negócios para todos.


A crise economia mundial terá reflexo na comercialização de imóveis para a região oeste de Santa Catarina?

Benites – O Brasil necessita fazer o tema de casa. Devemos produzir mais, estimular a indústria e não apenas incentivar o consumo. Estamos mais preparados para enfrentar a crise mundial, pois vivemos em um “Oásis” comparado com o restante do Brasil. Santa Catarina e Chapecó são exemplos da produção de resultados, de uma economia diversificada e de responsabilidade social bem definida.


1 comentário
01 jun12:50

Sede do Centro de Apoio Psicossocial é inaugurado em São Carlos

No mês de maio a secretaria de saúde de São Carlos inaugurou a sede definitiva do Centro de Apoio Psicossocial, o Caps. Esta unidade atenderá também os municípios de Águas de Chapecó, Planalto Alegre e Cunhataí.

- No Caps, atendemos pacientes com problemas psíquicos e emocionais de forma geral, mas com o foco mais voltado para transtornos mentais mais graves os tratando com dignidade e profissionalismo – assinalou o secretário da pasta, Evandro Cesco.

Ele explicou que os frequentadores recebem atendimento integral especializado na sede, e ocupam o seu tempo com trabalhos em grupo, terapias, artesanato, entretenimento e atividades físicas.

Os profissionais ainda realizam visitas domiciliares e em breve, assim que a cozinha estiver completamente reformada, as alimentações também serão servidas no local.

Para receber os atendimentos do Centro de Apoio Psicossocial, o paciente passa primeiro pela unidade de saúde, de onde é encaminhado pelo seu médico. A equipe do Caps atualmente é composta por psiquiatra, psicóloga, terapeuta ocupacional, assistente social, enfermagem, recepcionista, auxiliar de serviços gerais e professora de artesanato.

O endereço do Caps de São Carlos é Rua Monteiro Lobato, 135, Centro, ao lado da unidade de saúde do centro. Telefone  49 3325 4787.


Comente aqui
24 mai08:01

Centro de Eventos será inaugurado no Assentamento José Maria em Abelardo Luz

Será realizada nesta sexta-feira, dia 25, de maio, a partir das 10h30, a inauguração oficial do Centro de Eventos do Assentamento José Maria, interior de Abelardo Luz. A solenidade faz parte da programação alusiva ao aniversário de 27 de anos de Reforma Agrária em Santa Catarina com a primeira ocupação liderada pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

Vista aérea do Assentamento José Maria.

A obra foi construída com recursos do Programa de Apoio a Projetos de Infraestrutura Turística do Ministério do Turismo. O investimento total foi de R$ 427.609,10, sendo R$ 390 mil repassados pelo Governo Federal e o restante contrapartida da prefeitura.

O espaço tem 704,67 metros quadrados de área física e conta com auditório para palestras com capacidade para 150 pessoas, salas de reuniões, oficinas, refeitório, cozinha, banheiros e sala de administração. A estrutura será usada na realização de atividades e eventos em diferentes áreas, especialmente para fomentar o desenvolvimento da educação, da cultura e do turismo rural.

Programação

Antes do ato inaugural alunos e moradores vão apresentar uma mística relembrando momentos marcantes da luta pela terra em Abelardo Luz, cuja primeira ocupação deu-se em 25 de Maio de 1985, na então Fazenda Papuan. Também está programada uma missa que será celebrada e ao meio dia haverá almoço de confraternização.

Ponto facultativo

Em reconhecimento aos 27 anos da luta dos trabalhadores rurais pela democratização da terra no município, o Governo de Abelardo Luz decretou ponto facultativo em todas as repartições públicas no dia 25 de maio. Haverá expediente somente nas creches e escolas da rede municipal, exceto as unidades escolares do assentamento José Maria e 25 de Maio.


Comente aqui
26 abr14:03

‘Tangos & Tragédias’ terá mais uma sessão em Chapecó

Os ingressos para a sessão das 21 horas do espetáculo Tangos & Tragédias em Chapecó estão esgotados. Em virtude da grande procura foi aberto mais um horário. A nova apresentação será às 18h, deste sábado, dia 28, também no Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos de Plínio Arlindo de Nes, de Chapecó. Os ingressos antecipados custam R$ 60 e na hora R$ 70.

Tangos & Tragédias, com a dupla Pletskaya, maestro interpretado por Nico Nicolaiewsky, e Kraunus Sang, violinista encarnado por Hique Gómez já tem 25 anos de estrada e une música, humor e interação com o público. Quem for ao teatro vai fazer uma viagem pelo país fictício Sbórnia do Sul e conhecer a faculdade de Ciências Fictícias, dançar na grande festa de Copérnico e degustar um jantar à base de scklercks di bisuwin, planta típica da região.

A promoção é do Rotary Chapecó Leste em parceria com a RBS TV Chapecó, que completa 30 anos em 2012. Toda a renda do espetáculo será revertida para a construção da biblioteca, sala de música e de uma sala de informática para a comunidade do bairro Pinheirinho.

O Jornal do Almoço da RBS TV Chapecó vai sortear quatro ingressos. Confira a programação e participe da promoção neste sábado, dia 28.



Serviço:

TEATRO ‘Tangos & Tragédias’

Horário: 18h

Local: Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos de Chapecó/SC

Ingressos antecipados: R$ 60 na hora R$ 70 [Meia entrada somente para alunos e idosos]

Ingressos: Unimed, O Boticário, Palladium, Interfio, Vedachap e Exclusiva Ortobom

Informações: Rotary Club Chapecó Leste com Fábio (49) 9940-7474


TEATRO ‘Tangos & Tragédias’

Horário: 21h

Local: Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos de Chapecó/SC

Ingressos [ESGOTADOS]


Comente aqui
13 abr13:52

CEMEI Lídia Dall’Óglio Bortoluzzi será inaugurado em Xanxerê

Nesta sexta-feira, dia 13, a administração municipal de Xanxerê inaugura o Centro Municipal de Educação Infantil Lídia Dall’Óglio Bortoluzzi. A solenidade será às 16h30, na rua Treze de Maio, no bairro Colatto.

O CEMEI Lídia Dall’Óglio Bortoluzzi tem 1.118,46 metros quadradosde área construída, sendo que o custo da obra foi de R$ 1.311.881,36, sendo R$ 1.185.821,39 do Governo Federal (recursos do programa Pró-Infância), e R$ 126.059,97 de contrapartida da Prefeitura de Xanxerê.

Foram construídas oito salas de aula, laboratório de informática, sala de leitura, playground, estacionamento, além da parte administrativa. A obra foi executada pela empresa Prumo Construtora e Incorporadora Ltda, de Chapecó.

O CEMEI Lídia Dall’Óglio Bortoluzzi terá 30 profissionais atuando para atender as 128 vagas disponibilizadas em período integral.

O CEMEI leva o nome de dona Lídia Dall’Óglio Bortoluzzi (em memória) através de uma indicação do vereador Pastor Ivo Crescêncio de Borba, que se tornou lei em 23 de novembro de 2011, através da lei BLB 3379/11.


Comente aqui
02 abr15:47

Ceim Pequeno Príncipe é inaugurado em Chapecó

O Centro de Educação Infantil Municipal – Ceim Pequeno Príncipe, considerado o maior e mais moderno de Santa Catarina foi inaugurado em Chapecó. Ele foi construído pela Administração Municipal no bairro Presidente Médici e é considerado referência em estrutura e qualidade de ensino.

A partir desta semana, o novo local atende 700 crianças de zero a seis anos, distribuídas em turmas de maternal à pré-escola, nos turnos matutino e vespertino e também no período integral. Durante o ato, o Prefeito José Caramori destacou a importância da educação para o desenvolvimento de uma sociedade. – Investir em educação é assegurar um futuro melhor para as crianças, garantindo mais qualidade de vida – disse o prefeito.

A solenidade inaugural foi marcada por apresentações artísticas dos alunos e homenagens aos pais, professores, servidores públicos e ex-presidentes do Conselho Escolar do Ceim. Contou também com a presença do Governador João Raimundo Colombo, de Deputados Estaduais e Federais vereadores, além de líderes empresariais e comunitários e de representantes de entidades locais.


Estrutura

O novo Ceim possui 20 amplas e modernas salas de aula; refeitório; ginásio de esportes; parque infantil e mais seis salas de apoio, onde estão instaladas a secretaria, laboratório de informática, sala de recursos, sala de vídeo, sala de leitura, fraldário e biblioteca. O investimento total da Prefeitura na obra foi de R$ 3 milhões de reais.

Para melhor atender os alunos, o mobiliário é totalmente adaptado às necessidades das crianças, principalmente na altura e largura. Outra novidade, segundo a Secretária de Educação Astrit Tozzo, é a inclusão da informática desde a pré-escola. Os alunos tem computadores à disposição, configurando mais uma ferramenta de auxílio aos processos didáticos e de aprendizagem.


Comente aqui
13 mar09:51

CMEI Lua de Cristal é ampliado em Concórdia

Será inaugurada nesta sexta-feira, dia 16 de março, às 19h, a ampliação e as melhorias que foram feitas no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Lua de Cristal, localizado no Bairro dos Industriários, em Concórdia. O CMEI Lua de Cristal atendia a 138 crianças e, com o andamento das reformas, passou a atender a 158. – Mas agora, com o término da ampliação, o CMEI Lua de Cristal vai poder receber 213 crianças de 0 a 5 anos – adiantou o secretário de Educação Santo de Luca.

As obras do CMEI Lua de Cristal resultaram na construção de quatro salas de aulas, uma secretaria e sala de professores, o que ampliou a estrutura em mais 334,34m². O espaço do refeitório também foi todo readequado para as refeições das crianças, oferecendo conforto e possibilitando maior organização. Ao todo, a Administração Municipal investiu R$ 429.799,85 nas obras de ampliação e reforma.

Atualmente, são 20 servidores atuando no CMEI Lua de Cristal. Mas, já está prevista a contratação de mais oito funcionários.

- Queremos poder sempre suprir as necessidades das famílias de Concórdia que necessitam deixar seus filhos nos CMEIs enquanto trabalham. Esta é uma de nossas metas: atender a todos as crianças do nosso município, mas sempre preservando a qualidade nos cuidados e na segurança de nossos pequenos – disse o prefeito João Girardi.


Comente aqui
29 fev18:20

Sete Centros de educação estão em obras em Chapecó

São sete Centros de Educação Infantil Municipais – CEIM’s em construção em Chapecó. Na tarde desta terça-feira, dia 28, a Secretária de Educação, Astrit Tozzo, vistoriou as obras em andamento no município, que visam melhorar ainda mais a qualidade no ensino.

Acompanhada da Secretária Adjunta, Sueli Sutilli, foram visitadas as construções do CEIM no Loteamento Carolina e do Ginásio de Esportes da Escola Básica Municipal Florestan Fernandes, no Loteamento Santa Luzia, Bairro Líder, onde em breve passará a funcionar a terceira Escola Parque Cidadã de Chapecó – as outras duas são a Escola Leonel de Moura Brizola, no Bairro São Pedro, e a Escola Ciro Sosnosky, na Vila Páscoa.

O CEIM do Loteamento Carolina possui uma área total de 1.118m² e atenderá 250 crianças. O investimento total da obra é de mais de R$ 1,5 milhões e a previsão do término é para abril deste ano. Também em fase de conclusão está a obra do Ginásio de Esportes da EBM Florestan Fernandes, que tem no total uma área de 1.444,15 m² e previsão de inauguração para o final de março. O ginásio possui banheiros, cozinha, duas salas de aula e acessibilidade.

Para a Secretária de Educação, Astrit Tozzo, as obras vêm de encontro ao objetivo da Administração Municipal, que é oferecer ensino de qualidade aos alunos da Rede Pública com espaços amplos e adequados.



Comente aqui