Chapecó

29 ago13:34

Projeto Rios Voadores chega a Chapecó

Há três décadas cientistas brasileiros estudam os rios voadores, aprofundam o conhecimento sobre esse fenômeno e provam que é possível a água da Amazônia chegar a Chapecó.

Entre os dias 29 de agosto e dois de setembro, o Projeto Rios Voadores fará sua exposição no Mezanino do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes em Chapecó. A exposição ficará disponível para visitação de estudantes e toda a população que queira conhecer um pouco mais sobre a influência da Amazônia em nossa região.

O projeto, idealizado pelo aviador Gérard Moss e patrocinado através

"Uma cena que deve sempre provocar alegria. A água doce caindo do céu, literalmente. Um presente dos deuses", Gérard.

do Programa Petrobras Ambiental, une pesquisa científica à educação ambiental. A exposição trará para o público fotografias, textos sobre a pesquisa, animações digitais que serão transmitidas no local em telas de TV, para explicar como acontece a formação do fenômeno meteorológico. Além disso, será apresentado um vídeo com depoimentos de especialistas em hidrologia, meteorologia, geofísica e ciências atmosféricas.

Para chamar a atenção do público visitante, a equipe do projeto pretende inflar um balão usado para as pesquisas na Amazônia, se as condições climáticas permitirem, no estacionamento do Centro de Eventos. O balão subirá amarrado por cordas, o chamado voo cativo.

Rios Voadores

O termo é usado para descrever um fenômeno real. Refere-se as massas de ar úmido trazidas da Amazônia pelos ventos que sopram em direção às regiões sul, sudeste e centro-oeste do Brasil.

São cursos de água atmosféricos, invisíveis, que transportam umidade e vapor de água da bacia Amazônica. O fenômeno envolve muitos fatores como a chuva sobre a floresta tropical, a evapotranspiração das árvores que lança a umidade de volta para a atmosfera, e um acidente geográfico na forma da cordilheira dos Andes que desvia os ventos rumo ao sul.

Esses rios voadores, carregados de vapor de água, passam em cima de nossas cabeças e podem ser responsáveis pelo transporte de mais água, na forma de vapor, do que a vazão do maior rio do mundo, o Amazonas, com 200 mil m3 de água por segundo.

Além de colaborar com a pesquisa científica, o projeto tem forte cunho educativo. Para isso, foram selecionadas seis cidades que sofrem o impacto dos rios voadores, sendo Chapecó a escolhida para representar Santa Catarina.

Segundo o pesquisador, a ocorrência mais recente de um rio voador em Chapecó foi no dia 9 de agosto.

O projeto

Rios Voadores é idealizado por Gérard Moss, em colaboração com o professor Enéas Salati. A pesquisa está na sua segunda fase. Na primeira, realizada entre 2007 e 2009, foram coletadas 500 amostras de vapor de água de várias regiões do Brasil, principalmente da Amazônia. As amostras foram analisadas pelo Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA) da USP de Piracicaba, em São Paulo.

Gérard Moss, idealizador do projeto, pilota o avião monomotor para coletar as amostras de vapor de água.

Gérard Moss

Piloto privado com cerca de 5 mil horas de voo, ficou conhecido em

todo o Brasil ao acumular a experiência rara de ter pilotado um pequeno avião duas vezes ao redor do mundo, nas condições mais diversas e adversas – feitos que receberam ampla cobertura do programa Fantástico, da Rede Globo.

Apaixonado pela aviação, ele concilia seus voos com a curiosidade técnica de engenheiro, para idealizar projetos ambientais, nos quais, considera um avião muito mais eficaz para realizar certos trabalhos do que uma pessoa em terra. Uma vantagem a mais num país do tamanho do Brasil.

Programação em Chapecó:

>> 29 de Agosto às 19 horas – Abertura da Exposição Rios Voadores

Local: Mezanino do Centro de Eventos Plínio Arlindo De Nes.

A exposição segue com entrada franca até o dia 2 de setembro.

>> 31 de Agosto às 19 horas – Palestra com Gérard Moss, idealizador do projeto

Tema: Fenômeno Rios Voadores

Local:  Sala Welcy Canals no Centro de Eventos Plínio Arlindo De Nes.

Comente aqui
29 ago12:23

Sustentar 2011

Chapecó sedia a partir desta segunda-feira, dia 29,  no Centro de Cultura e Eventos de Plínio Arlindo de Nes em Chapecó, a 4ª edição do Sustentar – Fórum de Energias Renováveis e Consumo Responsável, realizado pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina.  O sustentar vai até quarta-feira, 31.

O evento tem a finalidade de debater a temática: energia e sustentabilidade com estudantes, pesquisadores, instituições de ensino e pesquisa, empresas públicas e privadas, agricultores e gestores públicos.

A ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, confirmou participação na conferência de abertura do Sustentar 2011 que debaterá o tema “Energias renováveis e os padrões de consumo da sociedade moderna: limites para o desenvolvimento sustentável”. De acordo com o deputado estadual Dirceu Dresch (PT), propositor do evento, o conceito de “economia verde” ou “emprego verde” será um dos pontos altos das palestras e experiências que o Sustentar 2011 vai proporcionar nesta edição.

Mais de mil pessoas já se inscreveram para participar. Além da ministra do Meio Ambiente, o Sustentar conta com 25 palestrantes do Brasil, Portugal, China e Índia. Eles vão abordar temas como a expansão de setores de baixo impacto ambiental, tecnologias limpas, energias renováveis, transporte eficiente, gestão de resíduos, agricultura de baixo carbono, mudança climática e programas de pagamento por serviços ambientais que remuneram agricultores familiares. Além de visitas técnicas.

Paralelo ao fórum também acontece a Exposição de Energias Renováveis e Eficiência Energética, organizada pela Fundação Científica e Tecnológica em Energias Renováveis – FCTER, Sebrae e a Prefeitura de Chapecó. Nela haverá empreendedores de várias partes do país mostrando o que vêm sendo desenvolvido para tornar a energia limpa e a eficiência realidade em todas as regiões brasileiras.

Comente aqui
29 ago10:50

Trip inicia operações em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

RBSTV

A empresa Trip começou a operar voos no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso, em Chapecó, na manhã desta segunda-feira. Com ela, chega a quatro o número de companhias aéreas operando na cidade.

A média de passageiros deve passar dos atuais 20 mil para 23 mil, segundo Eglon Buraseska, administrador do aeroporto.

Aeronave é 'batizada' no aeroporto municipal Serafim Enoss Bertaso.

O primeiro voo da Trip chegou a Chapecó, às 8h50min, de Porto Alegre com 16 passageiros – a aeronave tem capacidade para 68 passageiros, mais tripulação.

De Chapecó, o voo partiu 9h20min para Londrina. Doze pessoas embarcaram na cidade. Rogério Silva foi uma delas.

Pesquisador de uma agroindústria de Chapecó, Silva viajou a São Gabriel do Oeste (MT) para visitar uma unidade da empresa.

- Agora não preciso mais enfrentar horas e horas de estrada – disse.

Horários

Voo Porto Alegre-Chapecó sai da capital gaúcha às 6h56min e chega a Chapecó às 8h10min.

Às 8h30min a aeronave decola para Londrina (PR), com chegada às 9h50min. Depois, a aeronave segue para Maringá (PR), onde aterrissa às 10h50min, e segue para Campo Grande (MS), com chegada às 12h20min.

Voo de Campo Grande a Chapecó tem saída às 17h30min, de Maringá às 19h05min e de Londrina às 20h15min, com chegada às 21h30min.

Voo Chapecó-Porto Alegre, com taxa inicial de R$ 99, sai às 21h50min com chegada às 23h02min. A frequência dos voos será de segunda à sexta-feira.

Comente aqui
29 ago10:05

Combate ao fumo

Uma parceria entre a Secretaria de Saúde e a Escola Adventista trará ao município o palestrante João Batista Duarte Costa, para a realização do curso “Como Deixar de Fumar”. De acordo com o secretário de saúde de Chapecó, Américo do Nascimento Jr, serão quatro noites com palestras, filmes, terapia de grupo e brindes especiais.

Dia 29 de agosto: Dia Nacional de Combate ao Fumo.

O evento inicia nesta segunda-feira, dia 29, e prossegue até o dia primeiro de setembro. Os encontros serão no auditório da Prefeitura de Chapecó, às 19h30min.

Para o pastor Vanderlei Luiz Moraes, um dos organizadores do evento, o tabagismo é um assunto delicado e relevante.

- Sentimo-nos na obrigação de contribuir nessa luta contra o tabagismo, por isso estamos trazendo um dos grandes nomes nesse assunto, que tem quatro livros escritos na área e vasta experiência nesta questão. Os fumantes que tem o desejo de parar de fumar terão o grande privilégio de acompanhar o curso, pois ele propõe um novo estilo de vida e passará dicas para incorpora que ajudam a substituir o hábito de fumar – enfatiza Vanderlei.

As inscrições para participar do curso são gratuitas e podem ser feitas através do telefone: (49) 3322-4661.

Tabagismo no Brasil

No Brasil, estima-se que cerca de 200 mil mortes por ano são decorrentes do tabagismo. A proporção de fumantes no país é de 23,9% da população.

A região Sul do país é a que apresenta maior proporção de dependentes – 45% dos fumantes. Em 2008, a região Sul, com 19,3%, tinha o maior porcentual de fumantes correntes. No Nordeste, os fumantes dependentes são 31%. Os moradores da zona rural também fumam mais que os das zonas urbanas.

O fumo é responsável por 95% dos casos de câncer de boca; 90% das inflamações de mama; 80% da incidência de câncer no pulmão; por 97% dos casos de câncer da laringe; 50% dos casos de câncer de pele; 45% das mortes por doença coronariana (infarto do miocárdio) e também 25% das mortes por doença vascular-cerebral (derrames cerebrais).

O tabagismo, incluindo o passivo, é o fator de risco mais comum para a DPOC, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. No Brasil, estima-se que a doença atinja cerca de 6 milhões de pessoas. Segundo uma pesquisa realizada em 20 países, o brasileiro, com 91%, é o que mais se arrepende de ter começado a fumar.

Comente aqui
29 ago09:33

Parque da Efapi em obras

O Parque de Exposições Tancredo Neves foi fechado na quinta-feira, 25, reabre somente no dia sete de outubro, na solenidade de abertura da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – EFAPI 2011.

De acordo com a MB Comunicação, nesse período, uma força tarefa de 200 homens trabalhará em regime de tempo integral para concluir todas as obras, serviços, reformas e readequações necessárias a preparação do evento que receberá mais de meio milhão de visitantes.

Ao anunciar a decisão de fechar o parque, o coordenador geral e secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcio Ernani Sander, destacou que, agora, inicia a contagem regressiva para o início da maior feira-exposição-festa multissetorial do sul do Brasil.

A partir desta semana, Marcio comandará duas reuniões executivas semanais com as equipes das secretarias municipais de Serviços Urbanos, Agricultura, Infraestrutura e Fundação do Meio Ambiente.

O coordenador assinalou que no período de agosto a outubro ficarão suspensas todas as atividades que não estejam relacionadas com a preparação da Efapi, inclusive a Cidade do Idoso, que funciona no interior do parque e estará em recesso por 60 dias.

A medida é necessária porque haverá uma grande movimentação de equipes, máquinas e veículos de apoio, especialmente nas áreas de exposição de animais, rodeio, sistema de segurança e iluminação, entre outros.

Três novos pavilhões estão sendo construídos no setor pecuário, com capacidade total para abrigar 1.000 animais, mediante investimentos da ordem de 1 milhão 250 mil reais. No pavilhão de bovinos serão investidos 544,9 mil reais, o de ovinos absorve recursos da ordem de 168,2 mil reais e o de equinos terá investimento de 538 mil reais.

O pavilhão de bovinos abrigará 400 animais e uma pista de julgamento, com 2.224 metros quadrados. O pavilhão de ovinos terá 509 metros quadrados, capacidade para 100 animais e área de comercialização para equipamentos agropecuários. O pavilhão para equinos contará com 1.615 metros quadrados, onde serão construídas 109 cocheiras.

EFAPI 2011

Programada para o período de 7 a 16 de outubro, no parque de exposições Tancredo Neves, em Chapecó, a Efapi reunirá 650 expositores e atrairá 520 mil visitantes. Os negócios devem ultrapassar 125 milhões de reais.

Comente aqui
28 ago08:08

Trip inicia atividades em Chapecó

O primeiro pouso está marcado para às 8h10min desta segunda, 29.

A quarta empresa a operar no aeroporto municipal Enoss Bertaso de Chapecó inicia os voos nesta segunda-feira, 29. A companhia vai ligar a cidade a quatros cidades do Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul, com aeronaves ATR 72-500.

Segundo a Extra Comunica, o primeiro pouso está programado para as 8h10min desta segunda-feira. Será o voo Porto Alegre-Chapecó, que sairá da capital gaúcha às 6h56min. Às 8h30min a aeronave decola para Londrina, com chegada às 9h50min. A aeronave seguirá depois para Maringá, onde aterrissará às 10h50min, e para Campo Grande, com chegada às 12h20min.

A programação de vôo de Campo Grande para Chapecó tem saída às 17h30min, de Maringá às 19h05min e de Londrina às 20h15min, com chegada às 21h30min. O vôo Chapecó-Porto Alegre sairá às 21h50min, com chegada às 23h02min. A freqüência dos voos será de segunda a sexta-feira.

A empresa

Fundada em 1998, pelos Grupos Caprioli e Águia Branca, que atuam no transporte coletivo interestadual de passageiros, a empresa conta com 45 aeronaves e voa para 84 cidades brasileiras. Em Santa Catarina realiza voos desde março de 2010, com operações em Criciúma, Joinville e Florianópolis.

Comente aqui
27 ago08:01

Quer ser clown?

Missiê Barrica.

Você sabe o que é? Venha descobrir. Este é o convite da Missiê Barrica.

Estão abertas as inscrições para uma nova turma de Clown. O curso, ministrado pela professora Michele da Silva é gratuito e realizado as terças-feiras, das 19h às 21h30min, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

Informações e inscrições no telefone (49) 3319.1012, com Marlei. As aulas iniciam no dia seis de setembro.

1 comentário
27 ago08:00

Márcio Pazin e Carol lançam cd em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Juntos desde 2000, a dupla Márcio Pazin e Carol lançam neste domingo, dia 28, o segundo álbum da carreira. O show será às 20h no Teatro Municipal de Chapecó.

Composto por 14 faixas, Morada, levou cinco anos, entre pesquisa e produção, para ficar pronto. A ideia era fazer um trabalho que chamasse a atenção da região Oeste e do mundo como um todo. Carol conta que as músicas se escolheram, foram crescendo e se tornando peças-chaves.

- Não fomos só nós que escolhemos. Tudo foi compartilhado – conta.

Shows

A dupla fez um show de lançamento no Sesc Prainha em Florianópolis e pretende fazer apresentações em outras cidades brasileiras.

1 comentário
26 ago13:35

Decorare´11: preparativos finais

Mostra vai proporcionar um tour pelo mundo a partir do dia dois.

A Decorare 2011 está sendo programada para guiar os visitantes em uma viagem pelo mundo, através da arquitetura, decoração, design e paisagismo. Os preparativos estão em fase final. A abertura está programada para dia dois de setembro.

Segundo a Extra Comunica, são 34 profissionais em atividades, entre arquitetos, decoradores, engenheiros, artistas plásticos, designers de interiores e marchand. Eles estão trabalhando em 21 ambientes inspirados na cultura e vida de um determinado país.

Organizada pela Excelsior Associados a Decorare 2011 traz o tema “World Tour, uma viagem pelo mundo”. O passaporte para entrada será de R$ 30 e poderá ser adquirido na portaria do evento.

A Decorare acontece de dois de setembro até 16 de outubro, no Edifício Soprana, na esquina da Avenida Getúlio Vargas com o Calçadão da Benjamin Constant. O horário de visitação será de terça a domingo, das 16h às 22h.

Os visitantes e os expositores concorrem a uma viagem para Nova York.

Comente aqui
26 ago09:36

Semana Paulo de Siqueira

Nesta sexta-feira escolas participantes recebem premiação.

Durante a segunda edição da Semana Paulo de Siqueira, estudantes de instituições de ensino de Chapecó confeccionaram ‘desbravadores’ com material reciclado. As obras ficaram expostas no Museu de História e Arte de Chapecó.

De acordo com a Assessoria da Prefeitura, às 14h30min desta sexta-feira, acontece a entrega de premiação para as escolas que participam e cumpriram todas as etapas propostas pelo projeto. As instituições vão receber uma coleção de livros, certificado de participação e um CD com fotos dos alunos participando de todo o processo. A entrega será no Museu de História e Arte de Chapecó, na Avenida Getúlio Vargas.

Comente aqui