Chapecó

17 ago15:31

Farmácia Escola em Chapecó inicia manipulação de medicamentos

A Farmácia Escola Unochapecó é uma empresa, que disponibiliza serviços ambulatoriais, medicamentos e produtos manipulados para a comunidade de Chapecó e região. Sua estrutura possibilita na prática o aprendizado dos estudantes do curso, com o auxílio de profissionais formados.

Com essa proposta, a Farmácia Escola iniciou o processo de manipulação de medicamentos fitoterápicos. Segundo a coordenadora, professora Valéria Mokfa, as manipulações são de medicamentos alopáticos, fitoterápicos produzidos de plantas medicinais e dermocosméticos.

- O processo é realizado por farmacêuticos e estagiários na área, que também realizam estágios obrigatórios de conclusão de curso e vivenciam a rotina de trabalho de uma farmácia – indica a professora.

Sobre os fitoterápicos, a coordenadora informa que a farmácia possui um convênio com a Prefeitura Municipal, através do Projeto Fitochapecó. Com essa parceria, os medicamentos são disponibilizados nas unidades municipais de saúde e podem ser adquiridos com receita médica.

Entre eles estão chás de malva, melissa, camomila, sene, alcachofra, erva-doce. Também são manipulados fitoterápicos como pomada de confrei, creme de calêndula, xarope de guaco, pomada orabase de camomila, cápsulas de espinheira santa e hipericum, gel e creme de arnica.

A coordenadora orienta que a solicitação dos produtos manipulados deve ser feita com antecedência e devem ser retirados na Farmácia Escola.

- Esses produtos são benéficos, pois atendem todas as especialidades médicas, dependendo da necessidade, além de prescrições de odontólogos, solicitação de produtos estéticos e para fisioterapia – indica Valéria.


Serviços

Implantada em 2003, a Farmácia Escola Unochapecó, oferece a comunidade, serviços farmacêuticos como verificação de pressão arterial, controle de glicose capilar e aplicação de medicamentos injetáveis.

O horário de atendimento é de segunda-feira à sexta-feira das 8h às 12h e das 13h15 às 18h15h e nos sábados das 8h às 12h.

Comente aqui
17 ago14:17

ACHAP presta homenagem aos 95 anos de Chapecó

Chapecó recebe uma homenagem neste mês, em comemoração aos 95 anos de fundação, através da arte estampada em dez outdoors espalhados pela cidade. Essa é uma ação inédita que resultou de iniciativa da Associação dos Artistas Plásticos de Chapecó (ACHAP) em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC). A entidade empresarial patrocinou os outdoors e os artistas demonstraram seu talento nos respectivos painéis, compondo uma criativa homenagem a Chapecó através do olhar de cada artista e sua respectiva técnica.

Embelezando o cenário urbano da cidade-polo do grande oeste de Santa Catarina, as criações dos artistas Eduardo Dutra, Elisa Iop, Janaina Cora, Lenice Weiss, Mariel Moro, Marlowa Pompermayer Marin, Neocy Fin, Newton Reis e Sandra Abello são únicas e exclusivas, surpreendentes e belas.

Os painéis podem ser apreciados e fotografados nos seguintes endereços: avenida Fernando Machado, próximo ao Shopping Pátio Chapecó; avenida senador Atílio Fontana, atrás da concha acústica do Parque da Efapi; avenida Getúlio Vargas ao lado do Posto Marcon; avenida Nereu Ramos em frente a Loja Tumeleiro; avenida Irineu Bornhausen próximo a Cervejaria Kilsen; avenida General Osório nas proximidades do Colégio Druziana Sartori; rua Fernando machado em frente a Laborsan; rua Rui Barbosa ao lado da Wizard, rua Rui Barbosa, proximidades da Codecal e da Agência dos Correios e rua Marechal Bormann em frente a Caixa Econômica Federal.

Um dos outdoors expressa a homenagem póstuma a três membros fundadores da ACHAP e reúne, numa composição, obras dos artistas Vicky Lecuona, Agostinho Duarte e Cyro Sosnoski.

O presidente da ACIC, Maurício Zolet, destacou que o apoio à classe artística e a valorização das iniciativas culturais locais marcam a atuação da atual administração da entidade. Frisou que a parceria com a ACHAP de forma institucional, ou com os artistas plásticos de forma personalizada, será mantida no plano de trabalho porque representa uma notável demonstração de integração entre a arte e a economia.


Criatividade

Nesta linha de atuação está prevista outra atividade para o mês de setembro: a publicação de um conjunto gráfico composto de um envelope-caixa reunindo dez peças no formato de cartão postal. Cada cartão reproduz em uma face a imagem criada por cada artista (a mesma do outdoor) e, na outra face, um breve histórico sobre o artista e sua obra e a assinatura/logomarca do patrocinador.

Criada em 22 de novembro de 2002, a Associação dos Artistas Plásticos de Chapecó foi fundada por Agostinho Duarte, Lenice Weiss, Xiko Bracht, Eduardo Dutra,Vicky Lecuona, Newton Reis, Marlowa Pompermayer Marin, Sandra Abello, Neocy Fin, Cyro Sosnoski e Mariel Moro. A ACHAP defende o interesse da classe e busca o reconhecimento da categoria junto à sociedade.


Comente aqui
17 ago13:34

Novo "Vingador do Futuro", que estreia nesta sexta, tem Jessica Biel em destaque

Embora não seja uma total viciada em adrenalina, a atriz Jessica Biel gosta de um pouco de ação na sua vida. Paralelamente a filmes dramáticos como O Ilusionista (The Illusionist) e Bons Costumes (Easy Virtue), a filmografia de Biel é recheada de papéis de ação, da refilmagem de O Massacre da Serra Elétrica (The Texas Chainsaw Massacre) e Blade: Trinity e Ameaça Invisível (Stealth) à sua recente participação em Esquadrão Classe A (The A-Team). E agora ela volta à ativa com um papel fisicamente exigente em O Vingador do Futuro (Total Recall), um drama de ação futurista de alta intensidade a ser lançado neste verão norte-americano.

O novo filme é baseado no conto de Philip K. Dick, We Can Remember It For You Wholesale, que também inspirou o filme O Vingador do Futuro (Total Recall) de 1990, dirigido pelo cineasta holandês Paul Verhoeven, com Arnold Schwarzenegger no papel principal.

>> Confira a programação completa do Cinema Arcoplex Shopping Pátio Chapecó

Você tem algumas cenas de ação no filme, incluindo uma grande cena de luta com a personagem de Kate Beckinsale. Houve algum contratempo durante essas cenas?

Jessica Biel – Houve alguns contratempos. Acho que a Kate e eu não tivemos nenhum, felizmente. E eu também não tive nenhum contratempo com o Colin, porque nós nunca lutamos um contra o outro. Com relação às cenas arriscadas, eu fiz tudo o que o Len me deixava fazer, e eu ficava pronta, equipada com todos os arreios, cercando a câmera e dizendo: “Eu estou pronta! Estou aqui!” Eu fiz quase tudo o que eu podia nas cenas arriscadas, com exceção de algumas poucas coisas. Eles contrataram uma dublê incrível e ela me ensinou tudo e me ajudou a aprender. O nome dela é Janene Carleton e é simplesmente a melhor. Eu nunca me machuquei. Eles são muito cuidadosos e fico grata por isso porque eu acho que você pode facilmente perder o controle e se atirar naquilo, dando socos e pontapés para todo lado. E você pode machucar alguém seriamente.


Você, evidentemente, gosta de papéis físicos…

Jessica – Eu me sinto muito à vontade. É raro uma mulher ter a oportunidade de usar o corpo do modo como podemos usá-lo nesses tipos de filme. Não é todo dia que eu faço esse tipo de coisa, mas eu acho realmente gratificante. É incrível; a gente aprende muito sobre diversas artes marciais, ou pugilismo, ou seja o que for. É ótimo.


Há algum elemento futurista do filme que você gostaria de ter na sua vida atualmente?

Jessica – Eu não me importaria de ter um carro voador. Tem também uma arma muito legal que o Colin usa que dispara umas pernas loucas com as quais prendemos as pessoas!


Você segue um programa de fitness e alguma dieta especial, ou modifica isso de acordo com cada filme diferente?

Jessica – Eu estou constantemente modificando e mudando tudo isso para cada filme que faço e paro quando não estou trabalhando. É muito intenso quando estamos trabalhando, não só nos mantermos em boa forma física, mas sermos capazes de manter a nossa energia durante 15 horas requer um tipo de dieta particular. Se você experimenta picos nos níveis de açúcar e ingere pães demais, isso cria uma sobrecarga e você se sente exausta. Isso é o que mais me preocupa. Eu modifico constantemente a minha dieta quando não estou trabalhando. Eu posso não frequentar a academia regularmente. Posso ir a uma aula de ioga todos os dias, ou dar uma corrida, ou fazer uma aula de balé. Você sabe, é bom simplesmente variar para que não vire um tédio.


Você se lembra de algum momento revelador que deflagrou o seu interesse pela carreira artística?

Jessica – Começou desde que eu era pequena, mas eu me lembro de dizer à minha mãe que eu queria fazer aulas de voz quando eu a acompanhava às aulas de voz que ela fazia. Eu dizia: “Eu quero fazer isso”. Então, ela me deu aulas de voz, e depois vieram colônias de férias de teatro, e depois cursos de teatro e daí vieram as produções de televisão e depois, os filmes. Eu continuei e nunca mais parei desde então. Aquele momento talvez tenha sido uma revelação divina, só que para a carreira errada!


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
17 ago12:27

Três adolescentes são apreendidos com crack em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Três adolescentes de 12, 13 e 16 anos, sendo duas meninas, foram apreendidos pela Polícia Militar na noite da quinta-feira, dia 16 em Chapecó com 100 gramas de crack, que renderia 400 pedras da droga. Após a realização do Boletim de Ocorrência Circunstanciado, os adolescentes foram liberados para os responsáveis. Eles devem se apresentar no dia 4 de setembro ao juizado especial no Fórum da cidade.

Segundo informações da PM a apreensão da droga, dois rolos de papel alumínio, uma balança de precisão e R$ 133 em espécie foi por volta das 22h13 na Rua São Nicolau, no Bairro São Pedro.

Se fracionada e vendida, a droga que custa em média R$ 10 a pedra, renderia para os adolescentes cerca de R$ 4 mil.


Comente aqui
17 ago12:17

Sábado haverá campanha de prevenção contra a dengue em Chapecó

Jana Hoffmann | janaina.hoffmann@diario.com.br

A situação da dengue em Chapecó está preocupante. Por isso, será realizada neste sábado, dia 18, uma campanha de prevenção junto à população do bairro Santo Antônio, uma das áreas com maior número de infestação do mosquito, na região. Segundo Junir Lutinski, coordenador do setor de Vigilância Ambiental do município, a situação atualmente é de 363 focos, registrados em 29 bairros.

— No comparativo com mesmo período do ano passado, a área infestada mais que dobrou — ressaltou Lutinski.

Pela manhã, das 8h às 11h45min, cerca de 45 pessoas, entre funcionários municipais e estudantes da Unochapecó, irão de casa em casa para fazer a inspeção, identificação de criadouros do transmissor Aedes Aegypti, a eliminação e o tratamento. Ao mesmo tempo, a comunidade também receberá orientações de como prevenir a doença.

Segundo Lutinski, alguns fatores contribuíram para a proliferação do mosquito: o clima quente e seco durante verão e inverno, a falta de cuidados essenciais durante o abastecimento da água e a falta de preocupação da própria população.

O coordenador alerta para o envolvimento de todos nessa campanha e lembra que, em caso de dúvidas, as pessoas podem entrar em contato pelo telefone (49) 3319-1407, diretamente com a Vigilância Ambiental de Chapecó, para que possam ser atendidos prontamente.

Comente aqui
17 ago10:28

Adolescente de 17 anos foi morto com três tiros, próximo a uma escola, em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Ronaldo Dionathan Casagrande, 17 anos, morto com três disparos de revólver calibre .38 na noite desta quinta-feira em Chapecó, está sendo velado no Pavilhão da Associação dos Moradores do Bairro Passo dos Fortes. O enterro será às 17h desta sexta-feira no cemitério municipal. Um adolescente de 15 anos assumiu a autoria do crime e foi apreendido pela Polícia Militar. Nesta manhã ele saiu da delegacia da Polícia Civil e foi levado para prestar esclarecimentos para o promotor no Fórum da cidade. O juiz deve decidir até o meio-dia se o adolescente ficará apreendido ou será liberado.

De acordo com o delegado Augusto Mello Brandão o adolescente de 15 anos teria assumido a autoria do caso. Mas o caso está ainda com informações desencontradas, pois uma testemunha disse que o adolescente teria apenas assumido a autoria do crime.

– Estamos apurando essas informações – disse o delegado.

O homicídio foi por volta das 22h50 na Rua Borges de Medeiros, próximo a uma escola estadual. Segundo a Polícia Militar o adolescente de 15 anos teria alugado a arma utilizada no crime, de outro adolescente de 16 anos, pelo valor de R$ 300. Ainda segundo informações da PM, o adolescente teria pago R$ 10 para outra pessoa levar ele de moto até a escola.

O fato pode ter sido desencadeado após uma briga entre os adolescentes no dia 11 de agosto, quando Ronaldo teria ameaçado o suspeito pelo crime com uma arma. Ronaldo tem passagem pela polícia em 2011 após se envolver em briga.


Comente aqui
17 ago09:37

Aberta exposição de artistas pioneiros de Chapecó

Fica aberta até o dia 28/09 a exposição “Em busca da arte – artistas pioneiros em Chapecó e Santa Catarina”. A mostra está na Galeria Municipal de Arte do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes.

De acordo com a Diretora Presidente da Fundação Cultural de Chapecó, Roselaine Vinhas, a exposição propõe um diálogo com os principais artistas (in memorian) que atuaram na região oeste catarinense e Victor Meirelles, um artista catarinense de nível internacional e um dos grandes nomes da história da arte brasileira.

Fazem parte da exposição, os trabalhos dos artistas Agostinho Duarte, Cyro Sosnoski, Paulo de Siqueira e Dalme Marie Grando Rauen.

A partir do dia 30 deste mês se unirá a estas obras, o trabalho de Victor Meirelles.

A visitação pode ser feita de segunda a sexta-feira das 13h às 19h.


Comente aqui
17 ago08:08

Maratona Fotográfica é neste domingo em Chapecó

Doze horas ininterruptas de fotografia, registrando a cidade de Chapecó sob diferentes olhares. Esta é a proposta da Maratona Fotográfica promovida pela Prefeitura de Chapecó através da Fundação Cultural e Escola de Artes. Este ano o evento conta com 70 inscritos.

A oitava edição da Maratona será neste domingo, dia 19 de agosto, das 9h às 21h, com um novo tema a ser fotografado a cada hora. Após o evento, as fotografias serão julgadas por uma comissão. A análise avaliará criatividade, coerência com o tema proposto e plasticidade. As fotografias serão expostas na Escola de Artes de Chapecó a partir do dia 30/08.


Premiações

Para este ano estão previstas premiações em duas categorias: Júnior e Sênior. Na categoria Júnior será premiado o melhor conjunto de obra colorido e o melhor preto e branco (ambos realizados com máquina digital). Os vencedores receberão R$ 300cada.

Na categoria Sênior serão as seguintes premiações: Melhor conjunto de obra Máquina Fotográfica Digital Colorida (R$ 500); Melhor conjunto de obra Máquina Fotográfica Digital P&B (R$ 500); Melhor ideia (R$ 200e passa a ser a foto para confecção da camiseta da Maratona do ano seguinte); Melhor fotografia de cada tema (R$ 200 sendo 12 fotos premiadas).


Comente aqui
16 ago23:14

Ministério Público investiga suspeita de superfaturamento em contrato de prefeitura de Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O Ministério Público está investigando a suspeita de superfaturamento em contrato da Prefeitura com uma empresa de Chapecó.

Uma mulher foi presa em flagrante no final da tarde de terça-feira, em Chapecó, recebendo R$ 4 mil em dinheiro. De acordo com o promotor da Moralidade Administrativa de Chapecó, Jackson Goldoni, o dinheiro seria referente a dois meses de “mensalidade” que essa pessoa recebia da empresa, com recursos oriundos de um contrato público.

Goldoni disse que a empresa teve seu contrato de locação de espaço com o município, que era de R$ 700, aumentado para R$ 2,6 mil. No entanto, a empresa tinha que repassar a diferença para outra pessoa, indicada por um servidor público, que era quem ordenava o pagamento.

O servidor público é um cargo de confiança, de primeiro escalão e, assim como a mulher presa, não teve o nome divulgado. Os números das notas referente ao pagamento foram copiados. A mulher presa pagou fiança de 10 salários mínimos e foi liberada.

Ela vai responder criminalmente pelo crime de concussão — que é o de exigir dinheiro ou vantagem em função do cargo. O promotor explicou que um particular também pode incorrer no crime se atuar em conjunto com um funcionário público, o que seria o caso.

Goldoni disse que o Ministério Público apenas divulgou uma nota e não está passando informações detalhadas para não prejudicar as investigações.


Contraponto

A prefeitura divulgou uma nota informando que instaurou processo administrativo para apurar os fatos divulgados pelo Ministério Público.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
16 ago17:46

Espetáculo A Máquina Fermat será apresentado em Chapecó

O teatro do Sesc de Chapecó recebe nesta sexta-feira, sábado e domingo o Espetáculo A Máquina Fermat da Cia. Muiraquitã de Chapecó. As apresentações gratuitas serão às 20h. É preciso retirar os ingressos uma hora antes do início do espetáculo.

O espetáculo

Em A Máquina Fermat a direção busca uma harmonia entre traços épicos e acentuações dramáticas , fisicalização das emoções atrelada à técnica de contato e improvisação; descolamento estrutural de fala, intenção e movimento; decomposição do cenário, focando texto e personagens.

Nesse sentido, a montagem de “A Máquina Fermat” trilha o caminho da representação e da não interpretação. Isto se faz notório na opção por uma linha de fala e corpo cotidianos . Esta linha de trabalho concomitante a um texto que trabalha com elementos fantásticos resulta em uma estética que a serviço, como nos diz Marcel Mauss, do, “conclave mágico”, revela um universo mítico na relação do herói com seu tempo e seu mundo particular; e místico na medida em que sugere designações divinas para a sorte e o desenlace da trama. Desafiando-se, a Muiraquitã oferece riscos a si e ao público.

A dramaturgia e a direção de Clodoaldo Calai, que trabalha com um tempo diastólico (silêncios, olhares, aparentes inações) aliada ao preciso trabalho de ator de Jonas Martins é algo que confronta o tempo frívolo e incessante de nossos dias.

O espetáculo propõe um olhar, uma vida que aparenta ser de dificultosa percepção/recepção pelo cerceamento que o sistema social moderno e a ideia de civilidade tem direcionado às experiências estéticas, aquelas que nos despertam através dos sentidos e das pulsões. Jogando com as não convenções e provocando o espectador a encenação convida ainda o público a ver o personagem que se esconde atrás do personagem, nesta tarefa os cenários, figurinos e elementos de cena, construídos por Marcos Schu contribuem sobre maneira. Da mesma forma o cenário acústico desenhado pelo músico Fernando Bresolim conduzem o público nesta viagem que se desenvolve nas frestas descobertas entre o real e o fantástico, entre o épico e o dramático, o silêncio e o não silêncio.


A Equipe

Uma conjunção de forças criativas foi empregada para a construção do espetáculo, A máquina Fermat, de um lado a dramaturgia e experiência na construção de espetáculos, do diretor, Clodoaldo Calai (Mestre em teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC e doutorando em teatro pela mesma Universidade) de outro lado o talento, a vibração e também experiência do ator, Jonas Martins (Graduando em artes cênicas pela Universidade do Estado de Santa Catarina) não obstante, o espetáculo, conta com a valorosa contribuição do artista plástico, historiador (mestre em história pela UFSC) Marcos Schu. Marcos contribuiu sobremaneira na construção da máquina, martírio de Jhon, na unidade visual do espetáculo e na estética adotada para a cena. Esta soma de energias, resultou em espetáculo vibrante e que prende o púbico na tentativa de discorrer a narrativa de Jhon Stuart.


Ficha Técnica do Espetáculo “A Máquina Fermat”

Dramaturgia: Clodoaldo Calai

Atuação: Jonas Martins

Cenários/Figurinos: Marcos Baptista Schu

Operação de som e luz: Sedenir Romell

Desenho de luz e Direção Geral: Clodoaldo Calai


ESPETÁCULO A Máquina Fermat – Cia. Muiraquitã

Horário: 20h

Dias 17/08, 18/08 e 19/08

Local: Teatro Sesc [Rua Brasília, 475-D, Bairro Jardim Itália] Chapecó/SC

Entrada gratuita [é preciso retirar os ingressos uma hora antes da apresentação]


Comente aqui