Chapecó

07 jul10:05

Ações inscritas ao Prêmio Ação Comunitária serão conhecidas neste sábado

O Prêmio Ação Comunitária terá apresentadas neste sábado, 7 de julho, as indicações feitas para sua oitava edição. Participam escolas públicas e particulares, movimentos comunitários e organizações não-governamentais, dentro do objetivo de destacar atividades desenvolvidas na comunidade e contribuir com a maior notoriedade de ações de voluntariado que beneficiam segmentos da sociedade. A apresentação das ações inscritas será feita às 14h, no palco do Mercado Público Municipal, numa iniciativa da Unochapecó, Rádio Super Condá e Caixa Econômica Federal.

Na edição de 2012 foram inscritas 21 ações de ONGs, 15 de movimentos comunitários e 11 de escolas. A apresentação será feita durante o programa Condá na Comunidade, que vai ao ar das 14h às 16h.

As 21 ações das ONGS foram inscritas por 16 organizações. São elas: Conselho Comunitário dos Bairros Saic e Jardim Itália; Sociedade Espírita Filhos de Dom Inácio de Loyola/Programa Viver; Banda Estudantil Marechal Bormann; Verde Vida; Associação de Fraternidade Ecumênica – Asfrec; Pastoral da Criança; Aiesec em Chapecó; GPO Escoteiros Xapecó; Cruz Vermelha; Centro Social Ilma Rosa De Nes/Bairro Saic e Jardim Itália; Adevosc; Albergue João Piltz; Associação Catarinense de Professores/Núcleo Regional de Chapecó; Educar, Servir e Amar a Deus (Esad); Gapa; e Projeto Sombra e Água Fresca.

Os movimentos comunitários que apresentaram as 15 ações são em número de 13. Estão inscritos os seguintes movimentos: Grupo de Jovens Ruah; Associação de Moradores do Loteamento Universidade; Conselho Comunitário do Loteamento Sereno Soprana; Grupo de Idoso Florescer/Alta Floresta; Grupo de Idosos Santa Luzia/Parque das Palmeiras; Igreja Assembleia de Deus Fé para as Nações; Associação Amigos do Parque Alberto Fim; Comunidade Santa Maria Madalena; Oficina de Violão; Oficina de Palhaço – Klawes; Oficina de Dança Germânica; AGCF – Associação Geração Chapecó de Futsal; e Grupo de Viola Comunitário.

Na categoria escolas, as 11 ações foram indicadas por sete estabelecimentos. São eles as escolas: Básica Municipal Alípio José da Rosa; Educação Básica Professora Zelia Scharf; Básica Municipal Anita Garibaldi; Básica Municipal Victor Meirelles; Básica Municipal Florestan Fernandes; Escola de Artes; e Básica Municipal Cruz e Souza.


1 comentário
07 jul10:02

Qual filme é melhor? "Homem-Aranha", de 2002, ou o novo "O Espetacular Homem-Aranha"?

Ticiano Osório | ticiano.osorio@zerohora.com.br

Dez anos separam este O Espetacular Homem-Aranha, de Marc Webb, que reconta a origem do super-herói dos gibis, com novo elenco, do Homem-Aranha dirigido por Sam Raimi, que deu a largada em 2002 a uma trilogia bem-sucedida nas bilheterias (os dois primeiros também conquistaram os críticos). Com tão curto intervalo entre um filme e outro, fica a pergunta: vale a pena assistir à superprodução que está em cartaz no Cinema Arcoplex Shopping Pátio Chapecó, em cópias 3D e convencionais, legendadas ou dubladas? ZH comparou os dois títulos.

>>

Veja o veredicto:

Andrew Garfield é a nova cara do super-herói antes vivido por Tobey Maguire.

A trama

> Como se espelhasse uma teia de aranha, o roteiro de O Espetacular Homem-Aranha interliga uma série de personagens e eventos. Na infância, Peter Parker é deixado aos cuidados de tia May e tio Ben – o pai, funcionário da Oscorp (a empresa de Norman Osborn, futuro vilão Duende Verde), ameaçado, precisa fugir. Já adolescente, o rapaz procura desvendar esse desaparecimento. Descobre que seu pai estava envolvido em um projeto com aranhas desenvolvidas em laboratório, ao lado do cientista Curt Connors – que, como os leitores dos gibis sabem, vai se transformar no Lagarto. Completando a ciranda, quem trabalha como estagiária de Connors na Oscorp é Gwen Stacy, a paixão platônica de Parker na escola.

A trama de Homem-Aranha é muito mais simples e bem resolvida. Um dos acertos é não forçar a mão nas coincidências – só há, basicamente, o fato de Norman Osborn ser pai do melhor amigo de Peter. Aliás, faz-se um bom uso do espelhamento na relação do Aranha com o Duende Verde: ambos surgem ao mundo na mesma noite.


Homem-Aranha > O Espetacular Homem-Aranha

Origem do herói

> Nos dois filmes, Parker é picado por uma aranha modificada geneticamente e descobre seus superpoderes em situações cotidianas, com humor – aos poucos no longa de Sam Raimi, com mais velocidade no de Marc Webb. Em ambos, um ringue de luta livre inspira a confecção do uniforme. A principal diferença: no primeiro, a teia é orgânica; no segundo, um artefato desenvolvido por Parker. Pode ser fiel aos quadrinhos, mas – me desculpem os fãs xiitas – faz mais sentido que um sujeito, ao adquirir poderes de aranha, também seja capaz de lançar teias.


Homem-Aranha > O Espetacular Homem-Aranha

O protagonista

> Visto na pele do brasileiro Eduardo Saverin em A Rede Social (2010), Andrew Garfield, o novo Peter Parker, tem recursos dramáticos que faltam a Tobey Maguire – que passa quase todo o filme de 2002 com uma cara de bobão. O ator americano de 28 anos (mas com cara de 18) transmite convincentemente a inaptidão de Peter para as relações humanas, sua alegria infantil diante das novas habilidades, sua fúria vingativa contra o assassino de um ente querido – e também sabe emprestar ironia e sarcasmo ao Aranha.


O Espetacular Homem-Aranha > Homem-Aranha

A mocinha

> Emma Stone é mais bonita e sensual do que Kirsten Dunst, mas a ruiva interpretada pela loira no filme de 2002 tem mais carne e osso do que a loira interpretada pela ruiva em 2012. Você compra desde a primeira cena a Mary Jane de Kirsten – uma suburbana que namora o valentão da escola, mas que, no fundo, sonha com uma vida totalmente diferente. Não dá para engolir que a Gwen Stacy de Emma seja um gênio da ciência. Ah, e o beijo de ponta-cabeça entre Aranha e MJ virou ícone – sem mais perguntas, meritíssimo.


Homem-Aranha > O Espetacular Homem-Aranha

O vilão

> É quase covardia. Em 2002, o inimigo era o maior de todos, o Duende Verde, encarnado com gana por Willem Dafoe, que um pouco antes havia sido indicado ao Oscar por A Sombra do Vampiro. Em 2012, o rival é até mais antigo – o Lagarto surgiu em 1963, um ano antes – e guarda em comum com o antecessor o desejo de brincar de Deus. Mas, no ranking dos vilões do Aranha, está abaixo de outros três personagens: Dr. Octopus, Escorpião e Venom (meu coraçãozinho oitentista inclui Kraven, o Caçador, protagonista de um gibi clássico daquela década, A Última Caçada de Kraven). Quem interpreta o Lagarto, com uma sobriedade digna de elogio quando está na pele de Curt Connors, é Rhys Ifans, de Um Lugar Chamado Notting Hill. Quando é o Lagarto em si que aparece em cena, o personagem vira apenas um barulhento monstro gerado em computação gráfica.


Homem-Aranha > O Espetacular Homem-Aranha

Os coadjuvantes

> O capitão Stacy encarnado por Denis Leary faz as vezes do impagável J. Jonah Jameson (JK Simmons) da trilogia original: é a, digamos, autoridade que empreende campanha contra o aracnídeo – e também uma das veias cômicas do filme (a tirada sobre Tóquio é hilária). O tio Ben, interpretado por Martin Sheen no novo filme, é mais robusto do que o vivido por Cliff Robertson em 2002 – e suas piadas, mais engraçadas, como aquela sobre o bolo de carne da tia May. Esta, por sua vez, foi melhor caracterizada em 2002: Rosemary Harris era a cara e o jeito da personagem, enquanto Sally Field nem se dignou a tingir os cabelos de branco – por favor, tia May já nasceu velhinha!


Homem-Aranha = O Espetacular Homem-Aranha

Cenas de ação e efeitos

> Se o filme de Webb perdesse nesse quesito, seria de fechar o estúdio que o produziu. No Homem-Aranha, chegam a ser fajutas as primeiras cenas de Parker voando pelos arranha-céus de Nova York – depois, já com o uniforme definitivo, a coisa melhora. Há bons combates do Aranha com o Duende, como a sequência na ponte do Brooklyn (“a escolha sádica de um lunático”, nas palavras do vilão), mas nada que se equipare a O Espetacular Homem-Aranha – curiosamente, de novo há uma eletrizante (e até tocante) cena na mesma ponte.


O Espetacular Homem-Aranha > Homem-Aranha

Fator Stan Lee

> Criador dos principais super-heróis da editora Marvel, Stan Lee, 89 anos, faz pontinhas nas adaptações para o cinema de seus personagens. No filme de 2002, a aparição é muito rápida e nada singular, durante um ataque do Duende Verde em Nova York. O Espetacular Homem-Aranha dá ao gênio a merecida reverência, em uma sequência mais extensa, mais criativa e bem divertida.


O Espetacular Homem-Aranha > Homem-Aranha

A transcendência

> Os gibis da Marvel se destacaram nos anos 1960 por não se resumirem a aventuras de super-herói. Os X-Men serviam de metáfora da perseguição às minorias étnicas e sexuais; o Hulk simboliza o inconsciente reprimido; o Surfista Prateado panfleteava mensagens de paz e ecologia. Ao Homem-Aranha, cabia refletir sobre as delícias e as torturas do universo adolescente. O Espetacular Homem-Aranha opera isso de modo mais cruel – logo, mais realista. Porém, comete o pecado de não citar, ipsis litteris, a frase-mantra do personagem e de qualquer garoto prestes a entrar na vida adulta: “Um grande poder traz grande responsabilidade”, dita com todas as letras por tio Ben em Homem-Aranha.


O Espetacular Homem-Aranha = Homem-Aranha

Veredicto

> Homem-Aranha 6×5 O Espetacular Homem-Aranha. Parece apertado, mas o primeiro reina nos quesitos mais nobres, e o novo ganha em categorias técnicas.


ZERO HORA



1 comentário
06 jul18:41

Música: A hora do Teatro Mágico

Juliana Giongo* | juliana.giongo@atlantida.com.br

Desde 2003 O Teatro Mágico faz sucesso fora da grande mídia. Independente, o grupo foi criado pelo paulista Fernando Anitelli e reúne elementos do teatro, do circo, da música, da poesia, da política e do cancioneiro popular.

O Teatro Mágico é um projeto referência em música livre. Atualmente o som “Nosso Pequeno Castelo” está no Top 10 da MTV e toca na programação da Rede Atlântida.

Inspiradas nas obras de Hermann Hesse, escritor alemão ganhador do Prêmio Nobel de Literatura que apresentou o conceito de teatro mágico em seu livro O Lobo da Estepe, as composições tratam dos personagens que as pessoas precisam assumir nas diversas situações do cotidiano.

É a arte e a literatura invadindo a mídia de massa!!! Viva!!!


* Juliana Giongo é jornalista e comunicadora da Rádio Atlântida Chapecó.


Comente aqui
06 jul15:56

Social: Nova rede de eletro e móveis é inaugurada em Chapecó

Chapecó conta com uma nova rede de eletro, móveis, eletroeletrônicos, informática, celulares e bazar. A Volpato foi inaugurada no mês de julho na cidade. A Rede gaúcha, que tem matriz em Lagoa Vermelha/RS, conta com 70 lojas em Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A loja fica na Avenida Getúlio Vargas, no centro de Chapecó e gerou 20 novos empregos diretos. Segundo a diretoria do grupo uma segunda loja deve ser inaugurada no Bairro Efapi no mês de setembro.

Ainda na região Oeste devem ser inauguradas uma loja em Maravilha no mês de julho e outra em Xaxim, no mês de agosto.


Comente aqui
06 jul13:29

Série C: Vila Nova está em Chapecó e treina à tarde

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Os jogadores e equipe técnica do Vila Nova chegaram por volta das 8 horas desta sexta-feira em Chapecó. Eles saíram de avião de Goiás na noite da quinta-feira e após chegar em Porto Alegre/RS pegaram um ônibus com destino a Chapecó. Segundo o supervisor de futebol da equipe, Iron Gonçalves, a equipe deve realizar um treino nesta tarde.

- Ainda não sabemos onde serão os trabalhos devido à chuva, mas creio que treinaremos em algum ginásio da cidade – disse o supervisor. Iron disse ainda que o treino deve ser realizado por volta das 15 horas.

O time do Centro-Oeste, que ficou em terceiro lugar no Campeonato Goiano, fará a primeira partida contra a Chapecoense.

- Sabemos da dificuldade de jogar aqui, mas o Robélio Schneider (técnico da equipe) já jogou no sul – disse. O supervisor comentou ainda que a partida será difícil por saber da boa atuação da Chapecoense durante o Campeonato Catarinense.

O provável time para o domingo poderá ser: Julio Cesar, Evandro, Rafael Vaz, Toninho, Carioca, Cesar Gaúcho, Luiz Maquez, Ricardinho, Preto, Marion e Pedro Junior.

Na partida de estreia na Série C do Campeonato Brasileiro, contra o Oeste de Itápolis, a equipe goiana venceu por 4 a 1.


Comente aqui
06 jul12:41

Já falta dinheiro nos caixas eletrônicos

Juliano Zanotelli e Caroline Passos

juliano.zanotelli@rbsonline.com.br | caroline.passos@diario.com.br

Em pleno período de pagamento dos trabalhadores e beneficiários do INSS, agências e caixas eletrônicos de Santa Catarina estão com falta de cédulas disponíveis para saque.

O dinheiro disponível neste momento já é proveniente de depósito realizado pelos próprios clientes. As cidades de Florianópolis, Criciúma e Chapecó são as mais prejudicadas, onde o último abastecimento nos caixas eletrônicos aconteceu no domingo passado, dia 1º. O problema deve seguir pelo menos até a próxima segunda-feira, dia 9.

O motivo é a greve dos trabalhadores das empresas de transporte de valores. O Sindicato dos Empregados em Transportes de Valores (Sintravasc) estima que 1,3 mil funcionários estão de braços cruzados em Florianópolis, Criciúma, Blumenau, Itajaí, Joinville e Chapecó. Trabalhadores de Tubarão, Joaçaba e Lages, por outro lado, retornaram ao trabalho na quarta-feira.

Com a falta de abastecimento de cédulas, algumas agências limitaram os valores máximos de saque ou mesmo retiraram de operação alguns terminais de autoatendimento. Orientadas pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban), várias agências estão tentando minimizar o problema abastecendo guichês de caixa e terminais com os valores depositados pelos próprios clientes.


Responsabilidade é dos bancos, diz órgão de defesa

A Febraban, por nota, afirmou que a responsabilidade pela falta de dinheiro não pode ser imputada aos bancos em função da legislação vigente (Lei 7.102/83), que define que o transporte de numerário só pode ser efetuado por empresas de transporte de valores.

Já o presidente do Instituto de Defesa do Consumidor Bancário (IBDConB), Luciano Duarte Peres, contesta a posição da entidade e ressalta que, mesmo com a greve, a normalidade do serviço é de responsabilidade dos bancos.

— É responsabilidade dos bancos manter os caixas eletrônicos abastecidos. Em casos como este, eles têm a obrigação de dar alternativas aos clientes e orientar da melhor forma para não gerar prejuízos ao consumidor. Os consumidores lesados devem procurar o Procon, Banco Central e até abrir uma demanda no judiciário, dependendo do prejuízo gerado — diz.

A orientação do especialista ao consumidor que não conseguir sacar o dinheiro é que imprima um comprovante de que esteve no local tentando retirar a quantia desejada e, com o papel em mãos, procure os órgãos responsáveis.


Dicas para driblar o desabastecimento

A falta de cédulas nos bancos está sendo causada pela greve dos transportadores de valores, no entanto os bancos continuam abertos e com serviços funcionando. O pagamento de contas continua sendo processado normalmente nos bancos e meios eletrônicos (autoatendimento, internet e telefone).

O consumidor que se sentir prejudicado pela falta de dinheiro nos terminais deve imprimir um comprovante e, com o papel em mãos, procurar Procon e Banco Central para reclamar seus direitos.

Sem dinheiro nos bancos, consumidores podem recorrer aos correspondentes casas lotéricas (da Caixa) e Correios (do Banco do Brasil). Nos caixas de supermercado é possível pagar algumas faturas com cartão de débito.

No caso de um débito que não possa ser pago com boleto, cheque ou transferência direta entre contas-corrente, especialistas aconselham negociar prorrogação do prazo para pagamento até que o serviço bancário normalize.


Fonte: Febraban


Comente aqui
06 jul11:04

Primeiros voos no Aeroporto de Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O Embraer 145 da Força Aérea Brasileira foi a terceira aeronave a pousar no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso de Chapecó, após a reforma da pista e liberação pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O voo chegou às 10h14 desta sexta-feira. Na aeronave com capacidade para até 50 passageiros estavam sete pessoas, quatro da tripulação e três passageiros, entre eles, a ministra-chefe, Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais.

A ministra vai participar do ato de assinatura do Termo de Cooperação com 55 municípios dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul participantes do Projeto Alto Uruguai 2 – Cidadania, Energia e Meio Ambiente. O evento é uma parceria da Eletrosul, Eletrobras, MAB, MPA e Universidade Federal da Fronteira Sul.

O Aeroporto ficou fechado por 75 dias. O tráfego aéreo foi liberado nesta sexta-feira, dia 6 de julho, a partir da 0h. Dez minutos depois da abertura um avião particular Baron, para seis passageiros estreou a pista. E nesta manhã, às 9h33 outra aeronave, um Senica, também para seis passageiros aterrissou na nova pista de 2.063 metros.

Segundo o controlador de operação aeronáutica do Aeroporto de Chapecó, Adilson Schroeder, mais dois voos estavam programados para esta manhã, mas devido a presença de nevoeiro não permitiu a aterrissagem

– Um deles foi para Pato Branco/PR e outro nem decolou de Florianópolis – disse o controlador.

Adilson disse ainda que mais voos estão programados para a tarde desta sexta-feira.

- Se vão conseguir pousar ou não vai depender das condições climáticas – completou.



Comente aqui
06 jul10:34

Avião da Força Aérea foi a terceira aeronave a pousar no Aeroporto de Chapecó

[Atualizado às 11h05]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O Embraer 145 da Força Aérea Brasileira foi a terceira aeronave a pousar no Aeroporto Serafim Enoss Bertaso de Chapecó, após a reforma da pista e liberação pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O voo chegou às 10h14 desta sexta-feira. Na aeronave com capacidade para até 50 passageiros estavam sete pessoas, quatro da tripulação e três passageiros,  entre eles, a ministra-chefe, Ideli Salvatti, da Secretaria de Relações Institucionais.

A ministra vai participar do ato de assinatura do Termo de Cooperação com 55 municípios dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul participantes do Projeto Alto Uruguai 2 – Cidadania, Energia e Meio Ambiente. O evento é uma parceria da Eletrosul, Eletrobras, MAB, MPA e Universidade Federal da Fronteira Sul.

O Aeroporto ficou fechado por 75 dias. O tráfego aéreo foi liberado nesta sexta-feira, dia 6 de julho, a partir das 0h.


Comente aqui
06 jul08:26

Seminário de Socialização será realizado em Chapecó

Com o objetivo de mostrar para o mercado publicitário de Chapecó e também para a comunidade em geral os Projetos Experimentais desenvolvidos pelos estudantes de Publicidade e Propaganda da Unochapecó, será realizado o Seminário de Socialização. O evento será às 20 horas do dia 12 de julho, no Sindicato dos Bancários em Chapecó.

De acordo com o professor da disciplina, Hilario Junior dos Santos, os projetos experimentais foram desenvolvidos pelos estudantes durante um ano, entre o projeto, o referencial teórico, pesquisas e implementação de ações. Ele comenta que nessa disciplina os alunos trabalham com clientes reais e buscam soluções de comunicação para essas empresas.

- Essa é a 7ª edição do evento e em 2012, serão apresentados 13 trabalhos – disse.

O professor explica que os Projetos Experimentais de 2012 têm os mais variados temas, entre eles, planejamento de comunicação, videoclipes, editoriais de moda, brandbook e campanhas.

Segundo Hilário a atividade objetiva também mostrar para a comunidade e para o mercado a qualidade dos trabalhos desenvolvidos pelos.

- Durante toda a formação, eles estudam cases das agências de comunicação de Chapecó e de todo o Brasil, e agora é a vez de mostrar para público externo da universidade o que esses alunos produziram e também, de certa forma, apresentá-los para o mercado – completou.


Comente aqui
05 jul20:36

Vacas da CowParade SC em Chapecó

A edição catarinense da CowParade, considerado o maior evento de arte ao ar livre do mundo chegou em Chapecó. Cinco vacas estão expostas em uma loja de veículos de luxo no Bairro Passo dos Fortes. Elas abrilhantam o lançamento da BMW Série 3.

Os visitantes, além de prestigiar as esculturas da CowParade, tem a oportunidade de conhecer de perto a evolução do modelo mais bem sucedido da história da BMW. As vacas ficam expostas até o dia 25 de julho, em horário comercial. A entrada é gratuita.

Elas estão expostas na Top Car, que fica na Avenida Nereu Ramos, 1710 E, no Bairro Passo dos Fortes, próximo ao Mercado Público Regional de Chapecó.


Comente aqui