Chapecó

05 jul20:10

Cooperativas festejam aumento de 106% na capacitação profissional

No dia internacional do cooperativismo que se comemora anualmente no primeiro sábado de julho, as cooperativas catarinenses têm o que comemorar, especialmente, na área de educação e formação profissional. Isso porque um crescimento recorde de 106% nos investimentos (R$ 12,2 milhões) permitiu ao Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo – Sescoop/SC – ampliar em 87,8% a qualificação profissional dos recursos humanos, beneficiando 156.000 pessoas em 2011. O Sescoop é vinculado a Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc).

O presidente do sistema Ocesc/Sescoop, Marcos Antônio Zordan, e o superintendente Geci Pungan realçam que, desde a constituição do Sescoop, em 1999, as próprias cooperativas atuam na execução de atividades de capacitação e promoção social. Isso possibilitou um desempenho altamente eficiente em que, em média 95% dos recursos são aplicados diretamente em favor dos beneficiários – colaboradores, associados e dirigentes de cooperativas e comunidades – restando 5% para o custo interno.

Os programas permitem inúmeras atividades de capacitação, cursos, treinamentos, eventos voltados à segurança no trabalho, saúde, cooperativismo, gestão de cooperativas e meio ambiente.

Os investimentos mais expressivos concentraram-se na categoria “atividades delegadas“, através da qual foram treinadas 136.625 pessoas em 1.134 eventos, que exigiram desembolso da ordem de 6,1 milhões de reais. Foram desenvolvidas parcerias com 47 cooperativas, entre elas, três Centrais e duas Federações, o que permitiu atender mais de 160 integrantes do sistema cooperativista catarinense.

Os eventos realizados no contexto deste programa são eminentemente de capacitação dos colaboradores em diversas áreas. Cerca de 15% a 20% das ações realizadas são voltadas à promoção social, contemplando os aspectos de segurança no trabalho, saúde, meio ambiente e educação cooperativista.

O Sescoop investiu 3,6 milhões de reais para sustentar o programa de auxílio à educação que consiste no apoio aos colaboradores de cooperativas para a formação tecnológica, universitária e de pós-graduação: trata-se de um subsídio de 50% das mensalidades que beneficiou 2.828 estudantes matriculados em 212 cursos.

Durante o ano foram promovidos 35 eventos de capacitação centralizada com 960 participantes e um desembolso de 782,8 mil reais. Este programa destina-se ao atendimento a todas as cooperativas, independentemente do ramo, em cursos e treinamentos em temas comuns, como questões tributárias, trabalhistas, previdenciárias, de gestão e cursos específicos a Conselheiros Fiscais. Em 2011 os eventos foram realizados em Florianópolis, Chapecó, Joaçaba e Araranguá, cabendo às cooperativas participantes o pagamento de uma taxa simbólica. O Sescoop suportou os custos com instrutores, refeições, lanches, pernoites etc.


Comente aqui
05 jul19:16

Liberados os voos no Aeroporto de Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Após 75 dias sem voos o Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, de Chapecó, foi liberado ontem pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O local será reaberto ao tráfego aéreo nesta sexta-feira, dia 6 de julho, a partir das 0h. A Anac informou ainda que toda a infraestrutura do local estará disponível para as operações aéreas da aviação geral e regular. A partir dessa decisão a venda de passagens pelas companhias aéreas está liberada.

Antes da restrição, a pista tinha PCN 34, que é um grau de resistência do pavimento que permitia o pouso de Boeing 737, com 144 lugares. Com os problemas na pista o PCN foi rebaixado para 16, o que permitia apenas pouso de aeronaves com até 62 passageiros. Com a reforma a pista ficou com 2.063 metros e a Anac aprovou a PCN 45, que permite o pouso e decolagem de aeronaves com até 200 passageiros.

- Neste primeiro momento serão autorizados somente voos com aeronaves de até 62 passageiros, mas em 10 dias devem iniciar a operação de aeronaves com até 200 passageiros – disse o diretor de defesa do cidadão, Sergio Wallner.

A venda das passagens ainda não tem data para começar. Nesta sexta-feira a Administração do Aeroporto esteve reunida em Florianópolis com as empresas Avianca, Gol, NHT, Trip e Azul para definir questões operacionais. Agora cada empresa vai planejar como serão os horários de chegadas e partidas.

O fechamento do aeroporto causou prejuízo estimado de R$ 120 milhões, segundo o presidente da Associação Comercial e Industrial de Chapecó (Acic), Maurício Zolet. – Tivemos que transferir a Mercoláctea, que seria realizada maio, para o mês de novembro – disse Zolet.

O movimento em hotéis, restaurantes e agências de viagem caiu de 30 a 50% segundo empresários do setor.


Comente aqui
05 jul18:15

O Aranha está de volta

Quem assistiu ao filme A Rede Social vai se lembrar dele. Andrew Garfield, o novo Homem-Aranha, fez o brasileiro Eduardo Saverin no filme que contou o surgimento do Facebook. Mas interessa agora que ele é O Espetacular Homem-Aranha. O filme em 3D  entra em cartaz a partir de sexta-feira, dia 6 de julho no Cinema Arcoplex Shopping Pátio Chapecó.

Será, sem dúvida, um dos blockbusters do ano.  Mas a missão desse novo Aranha será bem mais do que envolver seus inimigos com teias: será preciso fazer o público esquecer da dupla Sam Raimi e Tobey Maguire, respectivamente, diretor e ator principal da trilogia que faturou mais de US$ 1,1 bilhão.

Pelas primeiras críticas, isso vai sair do mundo da ficção para a realidade. Marc Webb, do indie 500 Dias com Ela, fez cenas surpreendentes, muito embora tenha à sua disposição mais tecnologia do que o tutor da série anterior. Garfield, por sua vez, parece ainda mais ajustado à pele de sua fantasia: é mais teen e frágil, de acordo com o herói que pulula por Nova York. E há outro trunfo, a bela Emma Stone.

>> Confira a programação completa do cinema de Chapecó

Ela entra justamente pra dar estofo dramático a essa volta aracnídea. Emma é Gwen Stacy, a primeira grande paixão de Peter Parker, antes dele se envolver com Mary Jane, papel que coube à não menos bela Kirsten Dunst nos três filmes anteriores. Assim, Webb recomeça a história de Parker, mostrando sua origem, embora isso tenha sido feito muito bem por Raimi. Mas como é um recomeço…

Se essa história da namorada antes de Mary Jane parece engodo, também há um certo constrangimento na ligação entre Parker e Lagarto, o vilão da vez. O herói quer descobrir por que seus pais sumiram, o que fez com que ele fosse criado pelos tios Ben (Martin Sheen) e May (Sally Field). A certa altura, ele depara com uma maleta que fora de seu pai. Assim, ele acaba por bater na porta do laboratório de Dr. Curt Connors, ou seja, Lagarto.

Comente aqui
05 jul15:49

Aeroporto de Chapecó pode ser liberado para operação de voos nesta sexta-feira

O Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso de Chapecó pode ter a operações para voos liberada nesta sexta-feira. A informação é da Assessoria da Prefeitura de Chapecó.

Às 16h30 será realizada uma coletiva de imprensa na sala de reuniões do Gabinete. O secretário de defesa do cidadão Sergio Wallner e o Procurador Thiago Etges vão apresentar as definições repassadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

No começo da tarde o colunista do Diário Catarinense Roberto Azevedo havia adiantado a informação no  Blog dele.


Comente aqui
05 jul13:34

Pista do aeroporto de Chapecó pode ser liberada nas próximas horas

O presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Marcelo Guaranis, disse à ministra Ideli Salvatti, na manhã desta quinta-feira, que a pista do Aeroporto Serafim Bertaso, de Chapecó, poderá ser reaberta nas próximas horas, sem que seja renovada a interdição feita para reparos no local, que vence à meia-noite.

A informação foi dada a Ideli, que monitora a liberação de pousos e decolagens. A ministra das Relações Institucionais, esperada em um evento da Eletrobras e Eletrosul, que ocorre nesta sexta-feira em Chapecó, disse que tem a expectativa de descer de avião na cidade e não precisar ir a Passo Fundo/RS e ter que viajar outros 200 quilômetros de carro.

>> Vistoria no local foi realizada no dia 2 de julho

Segundo Guaranis, falta apenas uma vistoria no sistema de escoamento da água da chuva da pista do Aeroporto Serafim Bertaso, e que isso deve se dar ainda nesta quinta. Antes, ao lado da ministra da Tereza Campello (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Ideli será recebida em Florianópolis para a assinatura com o governo do Estado de um convênio que unificará as rendas do Bolsa-Família e do programa catarinense Santa Renda – tocado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social -, que pretende assegurar renda mínima de R$ 70 para pessoas em situação de miséria em Santa Catarina.

Informação publicada no blog o colunista Roberto Azevedo, do Diário Catarinense.


1 comentário
05 jul13:26

Social: Na balada!

Confira os clics da Balada em Chapecó através das lentes do fotógrafo Rudy Debon do Clic-Chapecó

Comente aqui
05 jul12:55

Alguns bancos de SC limitam saque em caixas eletrônicos

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Alguns bancos de Santa Catarina limitaram para R$ 300 o valor para saque nos caixas eletrônicos. A medida seria para garantir que não falte dinheiro, ainda mais neste período do mês, quando as pessoas recebem salários e benefícios do INSS.

Em Chapecó, alguns terminais de autoatendimento da Caixa Econômica Federal estão fora de operação.

- O nível de dinheiro dentro das agências vai baixando com o passar dos dias – disse o assessor de imprensa da Caixa em Chapecó, Lauro Hennemann. Ele disse ainda que o dinheiro que circula neste momento é proveniente de depósito realizado pelos clientes.

Na Grande Florianópolis um cartaz na entrada das agências da Caixa orienta que clientes realizem transferências de valores e procurem as lotéricas para efetuar saques maiores, pois foi estipulado um limite de saque, no valor de R$ 1 mil por cliente, na boca do caixa. Já o Banco do Brasil reduziu o saque máximo pela metade de R$ 1 mil para R$ 500. Outras instituições do estado também reduziram os valores de saque.

As agências não são abastecidas desde o domingo, dia 1º de julho, porém as empresas estão tomando medidas para que o dinheiro circule nos bancos.

A greve dos trabalhadores em transportes de valores em Santa Catarina iniciou na segunda-feira, dia 2. Segundo o Sindicato dos Empregados em Transportes de Valores de Santa Catarina (Sintravasc), cerca de 1,3 mil funcionários estão de braços cruzados em Florianópolis, Criciúma, Blumenau, Itajaí, Joinville e Chapecó. Funcionários de Tubarão, Joaçaba e Lages retornaram ao trabalho na quarta-feira.


Trabalhadores seguem paralisados em frente a empresa em Chapecó.


Ainda na quarta-feira foi realizada uma audiência em Florianópolis, com o Sintravasc e o Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado de Santa Catarina (Sindesp/SC).

O presidente do Sintravasc, Vilson Soares dos Santos, disse que as empresas não apresentaram uma nova proposta e por isso a greve continua.

- Foi oferecido apenas 4% de reajuste, enquanto a nossa reivindicação é um aumento de 14,88%, vale alimentação nas férias e plano de saúde integral – disse. Conforme o sindicato a remuneração inicial dos funcionários é de R$ 1.085,72 em Santa Catarina enquanto no Paraná é de R$ 1.465,78.

Uma audiência de conciliação está marcada para as 14 horas, na segunda-feira, dia 9 de julho na 2ª Vara de Trabalho em Itajaí.

De acordo com a advogada do Sindesp, Thais Pazin, caso os sindicatos não entrem em acordo será encaminhado um dissídio coletivo e a Justiça do Trabalho que irá decidir quais reivindicações, tanto dos empregados, como das empresas serão atendidas.


Comente aqui
05 jul12:47

MP suspende comércio de loteamentos clandestinos em Chapecó

Por requerimento do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o Juiz da Vara da Fazenda Pública da Comarca da Chapecó, Selso de Oliveira, concedeu medida liminar em ação civil pública para suspender as vendas de terrenos dos loteamentos Vitório Cadore e Vitório Cadore II, em Chapecó, considerados clandestinos.

A liminar também determina o bloqueio dos bens da empresa responsável pelos loteamentos e de seus proprietários até o limite individual de R$ 50 milhões – valor estimado do faturamento obtido com a venda de lotes. A decisão é passível de recurso.

Nesta quinta-feira, dia 5 de julho, o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas de Chapecó (GAECO), acompanhado de oficial de Justiça, cumpre mandatos de busca e apreensão em uma imobiliária e na residência dos proprietários do empreendimento clandestino. Os mandados também foram expedidos por força da medida liminar.

Na ação, o Promotor de Justiça Marcus Vinícius Ribeiro de Camillo explica, apoiado em farta documentação, que o parcelamento dividiu a área em 1.311 lotes – quase todos já comercializados por preços que variam de R$ 35 mil a R$ 100 mil – sem que o empreendimento fosse aprovado pelo Município e fosse, consequentemente, registrado no Cartório Imobiliário competente.

Ressalta o Promotor de Justiça, ainda, que o imóvel onde foi implantado o empreendimento está penhorado em ação movida pelos antigos proprietários contra os loteadores, atuais proprietários da imobiliária investigada, em razão da falta de pagamento das prestações acordadas. A falta de regularidade do loteamento e a penhora comprometem o registro das aquisições dos imóveis pelos compradores, causando-lhes prejuízo. A atuação do MPSC tem como objetivo proteger o interesse coletivo dos compradores e potenciais compradores, assim como a regularidade dos registros públicos.

De acordo com o Promotor de Justiça, o objetivo do bloqueio de bens é garantir a regularização da área às exigências legais e a implantação da infraestrutura básica, se for possível, ou, caso contrário, recuperar ambientalmente a área degradada. Já a busca e apreensão de documentos foi necessária, segundo Camillo, para identificar com exatidão quantos lotes foram efetivamente vendidos e que espécie de loteamento se pretende implantar (se de interesse social ou não).

Um dos proprietários da imobiliária responsável pelo empreendimento clandestino já é réu, também, em ação por crime contra a administração pública, ajuizada em 2010 pelo MPSC ainda em tramitação na 1ª Vara Criminal na Comarca de Chapecó, em função da venda de terrenos em loteamento sem o devido registro, cuja pena prevista em lei é de 1 a 4 anos de reclusão.

Com informações do MPSC.


Comente aqui
05 jul00:54

Adolescente morreu em acidente na BR 282 em Faxinal dos Guedes

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Jackson Willian Ampese, 16 anos, morreu após uma colisão frontal envolvendo um veículo e um caminhão no Km 487 da BR 282 em Faxinal dos Guedes. O acidente foi por volta das 20 horas da quarta-feira, dia 4 de julho. O condutor e outro ocupante do veículo ficaram gravemente feridos. O motorista do caminhão, Diego Ewald Seiler, 20 anos, teve apenas ferimentos leves.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) o caminhão, placas de Blumenau, fazia sentido Chapecó-Faxinal dos Guedes quando colidiu de frente com o veículo, placas de Ponte Serrada.

O motorista do veículo, Cleberson Ademir Barão Fleck, 22 anos, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Xanxerê e encaminhado para o Hospital São Paulo em Xanxerê. Ele segue internado em observação.

Já o outro ocupante do veículo, um adolescente de 14 anos, que não foi identificado, foi levado pelo Samu para o Hospital Regional do Oeste em Chapecó, onde está internado.

O corpo de Jackson foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Xanxerê.


Comente aqui
04 jul23:39

Handebol de Chapecó vence mais uma em casa

A equipe de handebol masculina Unoesc/Unimed/Chapecó venceu a terceira consecutiva na Copa Brasil de Handebol. A anfitrião da competição nacional venceu por 27 a 20 a  Unimed/UEM/Maringá/PR.

Com o ginásio do Sesc quase lotado, a equipe entrou em quadra para assegurar o primeiro lugar do grupo A. O time da casa começou pressionando o adversário e abriu 3 a 0 logo no início. Porém, os adversários conseguiram igualar o placar em 9 a 9 no final da primeira etapa.

No segundo tempo, Chapecó voltou melhor e não deu espaço para os atuais campeões dos Jogos Abertos do Paraná. A anfitrião fechou a partida em 27 a 20.

A equipe de Chapecó volta à quadra nesta quinta-feira, dia 5, para disputar as semifinais em partida contra FAE/Blumenau, segunda colocada do grupo B. O jogo da equipe chapecoense inicia às 20 horas, no ginásio do Sesc.

A outra semifinal é entre ADI/SLICE/FMEL Itajaí x Unimed/UEM/Maringá/PR.


Resultados desta quarta-feira

AAEF/ODETE S.PAIO-RJ 28 x 24 Ulbra-SM/Praxis A.S/Any Esp-RS

FAE/Blumenau-SC 24 x 23 Niterói-RJ

AHB-SP 23 x 30 ADI/SLICE/FMEL Itajaí-SC


Comente aqui