chapecoense

06 set18:20

Conversa, academia e bola

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


Hoje o dia foi de conversa, academia e treino para a Chapecoense. Na reapresentação, pela manhã, o técnico Mauro Ovelha conversou com o grupo a respeito da derrota para o Joinville, por 2 a 0, no domingo.

De acordo com o gerente de futebol do clube, Cadu Gaúcho, foi uma conversa normal que ocorre após cada jogo. Claro que elas geralmente duram um pouco mais após as derrotas. Cadu afirmou que os jogadores ficaram tristes após o jogo, pois não tiveram um bom desempenho, mas sabem que tem condições de buscar a recuperação.


Na tarde desta terça os titulares fizeram um trabalho físico de tração com os elásticos e os reservas treinaram em campo reduzido.


Domingo, dia 11, a Chapecoense joga contra o Santo André em São Paulo e no dia 18 recebe o Caxias na Arena Condá.

Comente aqui
06 set09:35

Ovelha vai cobrar rendimento

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


O grupo da Chapecoense se reapresenta nesta terça pela manhã ainda sob o impacto da derrota em casa, por 2 a 0, para o Joinville. O técnico Mauro Ovelha vai ter uma conversa reservada com o grupo para avaliar o mau desempenho do time no domingo.

– Jogamos muito abaixo e o Joinville foi melhor- declarou.


Ele não quis comentar sobre os problemas no time mas admitiu a possibilidade de que a posição favorável na tabela possa ter afetado o “espírito” do grupo.


–Nosso time depende muito da entrega do grupo para conseguir os resultados- explicou Ovelha. Para ele o ponto forte da Chapecoense é a força do conjunto e, quando isso não acontece, a equipe tem problemas.


Na tarde de segunda o zagueiro Dema passou por cirurgia no joelho e deve voltar somente daqui a seis meses.

Comente aqui
05 set16:17

Dema fará cirurgia na tarde desta segunda

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


O zagueiro Dema será submetido a uma cirurgia nesta tarde. No jogo contra o Brasil-RS, há oito dias, ele sofreu ruptura do ligamento cruzado anterior, que serve para dar estabilidade ao joelho. Também sofreu lesão de menisco e cartilagem. A cirurgia será feita pelo médico do clube, Carlos Henrique Mendonça, que tem especialização em medicina esportiva.

 




Dr. Carlos Mendonça mostra a estrutura dos ligamentos do joelho.




De acordo com o fisioterapeuta da Chapecoense, Guilherme Dias Carli, não há como “emendar” o ligamento e por isso a cirurgia em implantar um enxerto de um tendão que fará a função do ligamento. O tendão é retirado da parte flexora do joelho e depois fixado com dois parafusos, um na tíbia e outro no fêmur.


A previsão é de que Dema fique seis meses sem atuar.

Comente aqui
05 set11:55

Depois da derrota, folga na Chapecoense

O time do norte quebrou uma invencibilidade de 23 jogos do Verdão dentro de casa. Com a vitória por 2 a 0, o JEC assumiu a liderança do Grupo D com 12 pontos. A Chapecoense manteve os 10 pontos e caiu para o segundo lugar.


Frases dos jogadores sobre o jogo de ontem.


“Foi uma derrota inesperada mas faz parte do futebol. Temos que superar isso. Temos um grupo bom e essa derrota não pode geral desconfiança” – Rodolpho, goleiro da Chapecoense


“É muito difícil vencer a Chapecoense na Arena Condá mas marcamos forte e conseguimos a vitória que nos dá condições de buscar a classificação em casa. Mas não tem nada garantido” – Bruno Rangel, atacante do Joinville

Reapresentação nesta terça-feira


Os jogadores se reapresentam nesta terça-feira, às 9h. Durante a manhã os atletas fazem um treinamento leve na academia do clube.


Para tarde está marcado treino leve com bola. O local ainda não foi definido pela diretoria da Associação.


Os treinamentos visam a próxima partida. No domingo, 11 de setembro, a Chapecoense viaja para o ABC Paulista e enfrenta o Santo André-SP, quinto do grupo D, com sete pontos.

Comente aqui
05 set09:51

Tozzo vence na Mini Challenge

Salvador recebeu a penúltima etapa do Mini Challenge 2011. Nas provas realizadas no sábado e domingo, dia quatro, os pilotos catarinenses. Felipe Tozzo e Davi Dal Pizzol somaram juntos 34 pontos. A dupla do carro 57 foi a que mais pontuou na etapa baiana. Agora restam duas corridas que vão ser disputadas em Brasília-DF nos dias 15 e 16 de outubro.

De acordo com a Clássico Assessoria, o primeiro a entrar na pista foi o piloto Davi Dal Pizzol, na tarde de sábado, dia três. Apesar de largar na décima colocação, ele fez uma prova consciente e chegou em sétimo, pontuando nove pontos.


No domingo, foi a vez de Felipe Tozzo entrar na pista. Largando na terceira posição, o piloto contou com a sorte na primeira volta para assumir a primeira colocação.





Piloto vibra no pódio.




- O final de semana foi bem difícil, não tinha andado com pista seca nos treinos. Consegui passar o Franco Giaffone na largada e o Raphael Abbate errou na curva da vitória. Assumi a liderança, perdi um pouco de freio no final, mas felizmente consegui segurar os adversários – disse Felipe.


Depois de vencer nas duas primeiras etapas do Mini Challenge, Felipe teve uma maré de azar, sem ter um carro competitivo para disputar por vitórias e consequentemente brigar pelo título da temporada.


- Nas últimas três corridas meu carro não estava bom, mas felizmente consegui essa vitória, acredito que tenho chances de ficar entre os primeiros do campeonato – contou.


Felipe Tozzo assumiu a “liderança” entre os pilotos que mais venceram na temporada. Ele chegou em primeiro em Curitiba, São Paulo e em Salvador. Os outros adversários venceram apenas duas corridas.


Comente aqui
04 set22:48

JEC quebra invencibilidade da Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br


O Joinville quebrou no domingo, quatro, uma invencibilidade de 23 jogos da Chapecoense na Arena Condá e assumiu a liderança do Grupo D na Serie C do Campeonato Brasileiro, ao vencer por 2 a 0. Os gols foram marcados por Bruno Rangel, aos 19 minutos do segundo tempo, e Aldair, já nos acréscimos. O Joinville agora tem 12 pontos. A Chapecoense caiu para o segundo lugar, com 10 pontos. O Caxias tem oito e Brasil e Santo André tem sete.

A Chapecoense iniciou o jogo tranquila pois não perdia em seus domínios há um ano, três meses e 16 dias. Já o Joinville precisava da vitória para não depender de outros resultados para classificar.


No primeiro tempo o jogo foi de muita transpiração e pouca inspiração. Os zagueiros levaram vantagem sobre os artilheiros Ronaldo Capixaba, do Joinville, e Neílson, da Chapecoense.


Sobrou espaço para o atacante do Joinville, Bruno Rangel, tentar o gol. Mas ele errou em duas oportunidades no final do primeiro tempo. No início do segundo tempo ele arriscou novamente, mas a bola foi para fora. De tanto insistir, a bola sobrou para ela num chute de Jaílton que Rodolpho espalmou para o lado. Desta vez o atacante mandou para a rede e encaminhou a vitória do time visitante.


A Chapecoense tentou ir para cima do adversário para buscar o empate mas o Joinville estava bem posicionado na defesa e, num contra-ataque, ampliou, com Aldair. Foi a senha para a torcida da Chapecoense ir embora e a do JEC fazer a festa.


O gerente de futebol Nazareno Silva elogiou a atuação do grupo e disse o objetivo era sair de Chapecó com um resultado positivo e assim depender apenas de si para buscar a classificação. –Voltamos com o controle na mão do JEC- afirmou.


O técnico Mauro Ovelha elogiou a atuação do adversário e disse que é preciso ter calma. Na próxima rodada o Joinville joga em casa, contra o Brasil, e garante a classificação com uma vitória ou talvez até com um empate.


A Chapecoense vai a Santo André e ainda tem mais um jogo em casa, contra o Caxias. Os dois times catarinenses tem boas chances de classificação para a segunda fase.

Comente aqui
04 set18:43

Chapecoense vence e lidera Arena Cross

Pela primeira vez a capital federal recebeu uma etapa do Arena Cross. Cinco categorias foram disputadas e mais uma vez o chapecoense Arthur Todeschini, 10 anos, garantiu a primeira colocação na categoria 65Cc.

Thui lidera o campeonato com duas vitórias. A primeira em Ribeirão Preto-SP e agora em Brasília-DF. Com 40 pontos na competição ele está 16 pontos a frente do segundo colocado. A próxima etapa está marcada para o dia 17, no Parque do Beto Carrero World, em Penha-SC.


Restam mais três etapas para fechar o Arena Cross na temporada 2011. Além do evento em Penha, os pilotos das cinco categorias correm dentro do Salão Duas Rodas, em São Paulo-SP, e encerram a temporada em São José do Rio Preto-SP.


De acordo com a Clássico Assessoria,  Arthur Todeschini tem também as disputas do Campeonato Catarinense, onde lidera, e do campeonato brasileiro de motocross, onde é o vice-líder.


Comente aqui
04 set18:07

Chapecoense perde para o Joinville em casa

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br


Nem o apoio da torcida ajudou o time do Oeste a vencer. Em um jogo equilibrado onde pontuar era preciso a Chapecoense não conseguiu segurar o Joinville. Chapecoense 0 x 2 Joinville foi o placar final.

Após um primeiro tempo morno os times voltaram bem na segunda etapa. Aos 19 minutos Bruno Rangel marcou o primeiro para o time do norte. O segundo foi marcado aos 46 minutos por Aldair, substituto de Rangel.


Com essa vitória o Joinville vai para 12 pontos e assume a liderança da Chave D da Série C do Campeonato Brasileiro. A Chapecoense cai para o segundo lugar, com 10.


>> Confira a galeria de fotos da partida


Frase dos técnicos


“O Joinville foi superior e o resultado é um alerta para nós. Não jogamos bem mas precisamos ter calma e trabalhar para fazer um bom jogo contra o Santo André”, Mauro Ovelha, técnico da Chapecoense.


“Conseguimos vencer o paredão dos três zagueiros da Chapecoense e saímos na frente. Com isso eles tiveram que se abrir e coloquei o Aldair para aproveitar os contra-ataques. Agora deixa eu festejar e a partir de terça-feira começo a pensar no time que enfrenta o Brasil-RS, Arturzinho, técnico do Joinville.


>> Torcida da Chapecoense saiu antes

>>  Apenas 20 torcedores do JEC.


FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE (0)

Rodolpho, Kleber Goiano (Rafael Bittencourt), Groli, Amaral Rosa, Medina, Diogo Roque, Everton Cezar, Neném (Leandrão), Fabinho, Jean Carlos (Lucca), Neílson. Técnico: Mauro Ovelha.


JOINVILLE (2)

Ivan, Tiago Real (Mateus), Renato Santos, Fabiano Silva, Pedro Paulo, Gilton, Glaydson, Ricardinho, Bruno Rangel (Aldair), Jailton (Ramon) e Ronaldo Capixaba. Técnico: Arturzinho.


Arbitragem: Paulo Henrique de Godoy Bezerra, auxiliado Rosnei Scherer e Neuza Inês Back.


Cartões Amarelos:

Fabinho (35min 1º T); Amaral Rosa (12min 2º T); Lucca (23min 2º T); Everton Cesar (35min 2º T) Chapecoense.

Jailton (35min 1º T); Bruno Rangel (23min 2ºT) Joinville.


Gols: Bruno Rangel (19min 2º T) e Aldair (46min 2ºT) Joinville.


Local: Arena Condá, em Chapecó

Comente aqui
04 set07:58

Chapecoense participa do Super Kart Brasil

Depois de um tempo sem disputas o chapecoense Fábio Raupp volta às pistas em setembro. Ele teve a participação confirmada em três competições em Santa Catarina e em São Paulo. Uma delas é a Seletiva Petrobrás, que reunirá apenas 12 pilotos que se classificaram durante o ano. O prêmio para o vencedor é de R$ 110 mil.



Campeonato Sul-Brasileiro em Porto Alegre.





A primeira competição será o Super Kart Brasil, em Registro, SP, no dia 15 de setembro. A prova que reúne os melhores pilotos do país pode ter provas noturnas na categoria graduados.


Além de estar numa competição nacional, o piloto de apenas 14 anos, vai conhecer de perto a pista onde será disputada a

Seletiva Petrobrás. Fábio conquistou a vaga para a final desta Seletiva em maio, no Velopark em Porto Alegre, quando disputava o campeonato Sul-Brasileiro.



Fábio Raupp.




Em Santa Catarina o piloto participa do regional Concórdia-Caçador e se prepara para o Campeonato Catarinense que nesta no será dividido em duas etapas. A primeira entre 28 e 30 de outubro na cidade de Caçador e a segunda nos dias 25, 26 e 27 de novembro em Indaial.


1 comentário
04 set07:29

Chapecoense 0 X 2 Joinville

Nas duas vezes que a Chapecoense recebeu o Joinville em casa, o Verdão venceu. Desde 29 de maio de 2010, o JEC não conquista um jogo na Arena Condá. Segundo o Blog JEC na rede, em 69 jogos, o time do norte teve apenas 18 vitórias, enquanto a Chapecoense venceu 28 vezes.  Foram registrados 79 gols da Chapecoense e 63 para o Joinville. E se depender dos jogadores e da torcida esses números vão aumentar para o Verdão .

O jogo decisivo e que garante classificação para a segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro está marcado para às 15h deste domingo, quatro, na Arena Condá.


Acompanhe a partir das 15h o minuto a minuto aqui no clicRBS Chapecó.




O técnico Mauro Ovelha considera que o jogo é importantíssimo e será definido em detalhes. Por isso conta com o apoio do torcedor. Além de Aelson ele não terá Dema, que sofreu uma lesão no joelho direito. Em compensação, voltam o zagueiro Groli e o volante Diogo Roque. São as opções do treinador para encarar mais este clássico catarinense.


Chapecoense X Joinville

Horário: 15h

Local: estádio Arena Condá, em Chapecó

Arbitragem: Paulo Henrique de Godoy Bezerra, auxiliado Rosnei Scherer e Neuza Inês Back

Ingressos: R$ 50 (Cadeiras), R$ 40 (Social), R$ 30 (Geral). Estudantes pagam R$ 15 na Geral e R$ 20 na Social. Aposentados pagam R$ 15 e Crianças de 8 a 12 anos pagam R$ 5.

Comente aqui