chapecoense

25 jul16:59

Chapecó pode receber a Liga Sul de Futsal 2012

A cidade de Chapecó pode sediar a Liga Sul de Futsal 2012. A competição seria realizada na cidade de Lages, mas a organização desistiu. O convite, do presidente da Federação Catarinense de Futsal, João Carlos de Souza, chegou para a diretoria da Chapecoense Futsal na manhã da terça-feira, dia 24 de julho. A definição deve sair até a sexta-feira, dia 27 de julho.

- Fomos pegos de surpresa – disse o presidente Diógenes Lang.

O presidente disse que será preciso cerca de R$ 20 mil para sediar a competição e que a diretoria irá procurar parceiros para trazer a Liga 2012.

Caso não consiga levantar o valor necessário outra cidade será escolhida e Chapecó não participará da competição, já que a representante do estado é Rio do Sul, que venceu a Copa SC de 2011.

- Como vencemos a Copa SC 2012 já estamos garantidos em 2013 – disse Ricardo Reche, supervisor da equipe.


Estadual 2012

Pelo estadual a Chapecoense Futsal volta as quadras no sábado, dia 28 de julho. a partida contra o Tubarão serão no Ginásio do Sesc, a partir das 19 horas. A entrada será um quilo de alimento não perecível.


1 comentário
25 jul14:31

Programação de treinos da Chapecoense

Os jogadores da Chapecoense tiveram folga na manhã desta quarta-feira e treinam à tarde a partir das 15 horas no campo do Trevo.

Na quinta-feira, dia 26 de julho, os atletas treinam pela manhã a partir das 9 horas e a tarde tem folga.

Na sexta-feira, dia 27, está previsto treino pela manhã , depois do almoço os jogadores convocados e comissão técnica viajam, de ônibus, para Porto Alegre. No Aeroporto Salgado Filho os atletas embarcam com destino ao Rio de Janeiro.

Já os atletas que não viajam participam de treino.


Comente aqui
25 jul07:50

Direção cobra mais atenção da Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Mesmo após a derrota para o Caxias e o empate em casa contra o Macaé, que gerou protesto de alguns torcedores, o técnico Itamar Schulle segue bem cotado com a direção.

– Precisamos ter calma- afirmou o presidente Sandro Pallaoro. O diretor de futebol Mauro Stumpf, que criticou as substituições contra o Macaé, disse que sua reclamação foi pontual.

–Não contesto o trabalho dele, que considero um dos melhores, só achei que ele errou nas substituições – explicou.

O outro diretor de futebol do clube, Cadu Gaúcho, disse que ontem foi realizada uma conversa com o grupo no vestiário, que é normal nas terças-feiras, onde foi cobrado resultado. Mas em nenhum momento foi questionado o trabalho do treinador.

- O trabalho dele é bom o que houve foi uma cobrança do grupo por mais atenção nos jogos- disse Cadu.

Ele citou o gol de empate do Macaé, no domingo, que foi numa cobrança de falta que a defesa não cortou e a bola entrou direto.

– Nos últimos jogos tomamos muito gol besta – lembrou o diretor.

O próprio técnico concedeu ontem uma entrevista coletiva onde reconheceu a pressão.

–É um momento difícil em que temos que buscar a vitória pois ela muda tudo – explicou.

No próximo sábado a Chapecoense enfrenta o Duque de Caxias, no Rio de Janeiro. Schulle disse que vai buscar fora os pontos perdidos em casa. E afirmou que está em busca do time ideal e por isso fará algumas mudanças.

– Não vou sair da Chapecoense por falta de trabalho ou omissão – declarou.

Mas o treinador disse saber que, na falta de vitórias, o treinador geralmente acaba sendo a vítima. Mas ele assume que a pressão é só com ele.

– Preciso dar tranquilidade para os jogadores – afirmou.

Na segunda-feira os jogadores da Chapecoense que não atuaram contra o Macaé fizeram um amistoso em Erechim/RS, contra o Ypiranga. O time catarinense venceu por 2 a 1


Números de Schulle

Jogos: 15

Competições: 8 pelo Catarinense, 3 pela Copa do Brasil e 4 pela Série C

Vitórias: 6

Empates: 4

Derrotas: 5

Pontos: 22

Aproveitamento: 48,8%




Comente aqui
24 jul08:42

Direção da Chapecoense apóia Schulle

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Mesmo após a derrota para o Caxias e o empate em casa contra o Macaé, que gerou protesto de alguns torcedores, o técnico Itamar Schulle segue bem cotado com a direção.

– Precisamos ter calma – afirmou o presidente Sandro Pallaoro.

O diretor de futebol Mauro Stumpf, que criticou as substituições contra o Macaé, disse que sua reclamação foi pontual.

– Não contesto o trabalho dele, que considero um dos melhores, só achei que ele errou nas substituições – explicou.

Na tarde da segunda-feira, dia 23 de julho, os jogadores da Chapecoense que não atuaram contra o Macaé fizeram um amistoso em Erechim/RS, contra o Ypiranga. O time catarinense venceu por 2 a 1.

O próximo jogo da Chapecoense pela Série C é sábado, contra o Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.


Comente aqui
23 jul17:55

Com problemas na Ferrari, Tozzo caiu para segundo na GT Premium

Depois de dominar a GT Premium em Interlagos/SP, a dupla formada pelo chapecoense Felipe Tozzo e pelo matogrossense Raijan Mascarello teve um fim de semana com muitos problemas na etapa do Rio de Janeiro. Em Jacarepaguá as três categorias da Gran Turismo foram pra pista e FelipeTozzo (Cordilat/Royalpack/FLC/Cooperalcool) teve problemas já na prova de sábado com sua Ferrari F-430 logo depois da largada. Ele abandonou a primeira corrida e no domingo a dupla terminou na quarta colocação. Com o resultado de Jacarepaguá Tozzo e Mascarello perderam a liderança da GT Premium e caíram para segundo lugar na classificação geral 10 pontos atrás dos líderes.

No sábado, logo na largada Tozzo, que estava no comando da Ferrari F430, precisou voltar ao box após ter ocorrido um toque o que causou um furo no radiador, e com isso o carro teve uma perda de potência e rendimento.

A equipe se esforçou para solucionar o problema, Tozzo voltou algumas vezes para pista e chegaram a fazer a troca de pilotos, mas visando a corrida de domingo a equipe decidiu não prosseguir na prova devido à falha mecânica. No domingo o carro teve problemas eletrônicos e a dupla terminou em quarto.

A próxima etapa será em Salvador/BA no dia dois de setembro. A dupla quer voltar a vencer já que antes da etapa do Rio de Janeiro, foram cinco vitória em seis etapas.

No campeonato da GT Premium, Felipe Tozzo e Raijan Mascarello terão ainda as provas de Campo Grande/MS, Guaporé/RS, Cascavel/PR e Interlagos/SP.



Classificação GT Premium

1 – Andersom Toso/Carlos Kray – Lamborghini LP520 – 123 pontos

2 – Felipe Tozzo/Raijan Mascarello – Ferrari F430 – 113

3 – Cristiano Almeida/Pierre Ventura – Lamborghini LP520 – 109

4 – Ramon Matias – Dodge Viper Competition Coupé – 48

5 – Felipe Roso/Vinícius Roso – Ferrari F430 – 43



Comente aqui
23 jul14:31

Chapecoense terá dois jogos seguidos fora de casa pela Série C

A equipe comandada por Itamar Schulle se prepara para duas partidas fora de casa. No sábado dia 28 a equipe enfrenta o Duques de Caxias e no sábado seguinte, dia 4 de agosto, joga contra o Brasiliense em Brasília.

A programação de treinos inicia com folga nesta segunda-feira. Porém, os atletas que não participaram da partida contra o Macaé/RJ, fazem um jogo treino com a equipe do Ypiranga de Erechim/RS. A partida será às 15h na cidade vizinha.

A reapresentação da equipe está marcada para esta terça-feira, as 15 horas.


Comente aqui
23 jul11:06

Female está perto do quadrangular final no Catarinense Sub 20

Falta pouco para a Female (Unochapecó/Nilo Tozzo/Aurora) chegar ao quadrangular final do Catarinense Sub 20 de futsal feminino. As jovens foram a Caçador e saíram com quatro pontos do turno da segunda fase. As partidas da equipe pelo Grupo D foram realizadas no sábado, dia 21 de julho.

A Female está na liderança da chave, junto com o rival Kindermann – levando vantagem nos gols sofridos. A ADAE/Itajaí ficou na lanterna, sem pontuar. Para se qualificar à etapa decisiva, as chapecoenses só precisam de um empate com Itajaí no returno.

As partidas de volta estão previstas para os dias 3 e 4 de agosto, em Chapecó.

Na chave C, que teve seu turno em Araranguá, o Barateiro/Brusque saiu líder com seis pontos, deixando a Unesc em segundo (três) e a AD Jaraguá em último (zero). O returno será em Brusque – que continua com o melhor índice técnico. A Female possui a segunda melhor campanha.


Comente aqui
23 jul10:23

Chapecoense faz jogo treino em Erechim/RS

Na tarde desta segunda-feira, dia 23 de julho, os jogadores da Chapecoense, que não jogaram contra o Macaé, participam do jogo treino contra o Ypiranga de Erechim/RS. O jogo será às 15 horas.

No dia 16 de julho as equipes se enfrentaram no campo do estádio municipal de Coronel Freitas. Na partida o gol da vitória, por 1 a 0 para o Verdão, saiu dos pés do atacante Jô.

Esse confronto, segundo técnico Itamar Schulle, serve de preparação para a quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. No sábado, dia 28 a Chapecoense joga contra o Duque de Caxias, no Rio de Janeiro.



Comente aqui
23 jul09:18

Jô estreou com muita vontade e disposição

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O atacante Jô, 22 anos, fez uma partida de muita vontade e disposição, mas com pouco resultado. Já no primeiro lance ele fez uma boa jogada pela esquerda e cruzou para a área, mas a zaga do Macaé tirou. Mostrou muita velocidade, movimentação e também disposição para ajudar na marcação. Aos nove minutos ajudou a roubar uma bola na defesa e lançou Eliomar no ataque, que chutou fraco para a defesa do goleiro do Macaé.


>> Macaé estraga a festa de Neném

No segundo tempo tentou alguns chutes para o gol, que saíram tortos. Ainda recebeu um cartão amarelo pois o árbitro entendeu que ele simulou um pênalti.

Comente aqui
23 jul08:03

Macaé estraga a festa de Neném

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A tarde que começou com festa no Ìndio Condá, com os 150 jogos de Neném e a estreia do atacante Jô, terminou com decepção e xingamentos pelo empate por 1 a 1 com o Macaé. Com o resultado a Chapecoense caiu para a sétima posição no Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro, com cinco pontos.

Depois de um primeiro tempo pouco inspirado, a Chapecoense conseguiu abrir o placar aos quatro minutos da etapa final, com Eliomar. Mas o lateral Elton estragou a festa numa cobrança de falta, aos 21 minutos, que passou pela zaga e pelo goleiro Rodolpho, igualando o marcador.

Com o resultado tanto o técnico Itamar Schulle balançou pois recebeu críticas da torcida e até de alguns torcedores. Na próxima rodada a Chapecoense enfrenta o Duque de Caxias, no Rio De Janeiro, no sábado.


Entrevista com Neném

“A Chapecoense é parte da minha vida”

O número 150 nas costas foi uma homenagem que a Chapecoense fez a Neném, no jogo de ontem, indicando o número de jogos pelo clube, incluindo 25 amistosos. Neném chegou em Chapecó no final de 2009 e, no ano seguinte, já foi vice-campeão catarinense e conquistou o acesso para a Série C. No ano seguinte ficou um semestre no Joinville mas depois voltou para Chapecó e conquistou o Campeonato Catarinense de 2011. Um pouco abatido após o jogo, onde chegou a ser substituído no segundo tempo, ele concedeu a seguinte entrevista:


Diário Catarinense: Neném, a festa dos teus 150 jogos acabou sendo incompleta?

Neném: Não foi o que nós queríamos. Esperava comemorar com uma vitória.Até conseguimos fazer o gol mas eles empataram de bola parada. O negócio agora é trabalhar.


Diário Catarinense: O que está faltando no time?

Neném: Nosso time sempre teve uma postura de marcação forte e acho que precisamos acertar isso novamente. Precisamos conversar. Tem que dar uma chacoalhada pois viemos de dois resultados negativos.


DC: O que representa esses 150 jogos pela Chapecoense?

Neném: É uma história. Uma parte da minha vida está na Chapecoense, onde estou há três anos e pouco. Me motiva defender essa camisa. Às vezes o resultado não sai como a gente espera mas fico feliz pelas conquistas que tive aqui.

Comente aqui