chapecoense

15 mai12:09

Novo reforço da Chapecoense já está em Chapecó

A Chapecoense acertou o empréstimo do volante Paulinho Dias, 23 anos, com o Guaratinguetá/SP. Segundo o diretor de futebol Cadu Gaúcho ele já está em Chapecó e treina com a equipe na tarde desta terça-feira.

Paulo Henrique Dias da Cruz, o Paulinho Dias, já atuou Cruzeiro/ MG, Ipatinga/MG, Marília/SP e no Joinville. Ele disputou o Gauchão pelo Veranópolis.


Comente aqui
15 mai11:58

Chapecoense dispensa o lateral direito Júnior Barbosa

O lateral direito Júnior Barbosa, 31 anos, que veio da Catanduvense, foi dispensado pela diretoria da Chapecoense.

Segundo o diretor de futebol Cadú Gaúcho o atleta não passou nos exames médicos.

A direção tenta ainda contratar pelo menos um atacante antes da estreia na Série C do Campeonato Brasileiro.


Comente aqui
15 mai08:30

Chapecoense deve participar de um amistoso antes da estreia na Série C

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A intenção é realizar um amistoso antes da estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. Houve contato com o Atlético Paranaense e Juventude, mas nada foi confirmado ainda. O diretor de futebol Mauro Stumpf viajou ao Rio de Janeiro onde participa hoje de uma reunião sobre a Série C.

A logística de deslocamento da Chapecoense para Santo André ainda não foi acertada. Como o aeroporto municipal está interditado para obras as opções de voo são Passo Fundo, Caxias do Sul, Porto Alegre e Curitiba.

Faltando apenas 11 dias para estrear na Série C do Campeonato Brasileiro a Chapecoense segue se reforçando. Nesta segunda-feira foi apresentado o meia Renan Meduna.

Comente aqui
15 mai07:47

Chapecoense confiante para o GT Brasil

Um piloto acostumado a vencer na abertura dos campeonatos. Foi assim no Mini Challenge em 2011, em Curitiba/PR, e agora na abertura do GT Brasil, em Santa Cruz do Sul/RS. O chapecoense FelipeTozzo (Cordilat/RoyalPack/FLC/Cooperalcool), escolhido a Revelação do Mini no ano passado, estreou com o pé direito ao vencer a etapa inicial da GT3 Premium ao lado do matogrossense Raijan Mascarello. O novo desafio é em Curitiba, onde mais duas etapas serão realizadas nos dias 26 e 27 de maio. O campeonato é disputado por grandes marcas e modelos como Ferrari F430, Lamborghini LP 520, Dodge Viper Competition Coupé e Porsche 911.

Felipe Tozzo venceu a prova com uma Ferrari F-430. Serão mais 16 corridas até o final da temporada. Como a Ferrari fica na sede da equipe em Porto Alegre, Tozzo utiliza o telefone para manter contato com mecânicos e engenheiros.

O próximo ‘encontro’ com a máquina será dias antes da prova na capital paranaense e o piloto catarinense segue em busca da melhor preparação física.

- Faço academia quatro vezes por semana – lembra Tozzo.

O “respeito” pelo carro, e seu motor de 550Cv, obriga uma boa preparação dentro e fora das pistas. – O carro é muito diferente, tenho ainda que me ambientar e me sentir confortável – disse o chapecoense.

Tozzo conhece bem a pista de Curitiba. Foi lá que venceu diversas provas na categoria Marcas, inclusive o Mini Challenge em 2011. Justamente por isso vem a preocupação com os concorrentes.

- A pista exige muito do motor do carro e o Viper ainda está na nossa frente neste quesito, mas estamos trabalhando muito duro para melhorar a Ferrari para pista de Curitiba – afirmou.


Comente aqui
14 mai18:18

Renan Meduna já treina na Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Na tarde desta segunda-feira a Diretoria da Chapecoense apresentou o meia Rena Meduna, 22 anos, que veio do Rio Branco/PR.

Ele é natural de Paranaguá, fez a base no Cruzeiro-MG, profissionalizou-se no Bahia e jogou a temporada 2010/2011 no Beira Mar de Portugal. Ele afirmou que foi indicado pelo seu empresário que conhece o técnico Itamar Schulle.

Meduna teve um problema no joelho no ano passado e acredita que a Chapecoense pode ser uma vitrine para sua carreira.

–A Chapecoense é uma oportunidade para me destacar na Série C- declarou. Ele afirmou que tem como característica a cobrança de bola parada. Ele fez dois gols no Paranaense, sendo um deles de falta, contra o Iraty.

Outro jogador que já está em Chapecó desde o final da tarde de sexta-feira, Júnior Barbosa, 31 anos, que veio da Catanduvense, não treinou com o grupo. Ele ainda está na dependência dos exames médicos.

O clube também negocia com o volante Paulinho Dias, 24 anos, que atuou no Joinville em 2010. Ele disputou o Gauchão pelo Veranópolis.

Nesta segunda o treinador Itamar Schulle fez um coletivo contra os juniores. Ele até testou o volante Paulo, que é das categorias de base, no time titular.

A direção tenta ainda contratar pelo menos um atacante.


Comente aqui
14 mai10:49

Chapecoense na preparação para a Série C

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Chapecoense está na preparação para a estreia na Série C do Campeonato Brasileiro. Na manhã desta segunda-feira, dia 14, os atletas fizeram, sob o comando do preparador físico Anderson Paixão, trabalhos físicos na academia e de corrida no campo da Arena Condá.

A tarde os atletas fazem treino a partir das 15 horas no campo do Trevo. Antes deve ser apresentado o novo reforço da equipe. O lateral-direito Júnior Barbosa, de 31 anos, que jogava no Catanduvense/SP.

O atleta chegou em Chapecó no sábado, dia 12, já fez exames e já deve treinar com os demais atletas. Ele é único jogador que o técnico Itamar Schulle ainda não viu jogar. Mas, segundo o diretor de futebol, Cadu Gaúcho, tem boas referências e foi aprovado por Schulle.

Na primeira rodada da competição o Verdão enfrenta o Santo André no estádio Hermínio Ometto, na cidade de Araras/SP. A partida será as 15h30 do sábado, dia 26 de maio.

O primeiro jogo em casa está marcado para as 15h do dia 3 de junho. A partida será contra o Vila Nova/GO.


Comente aqui
13 mai15:45

Chapecoense Futsal conhece adversário da semifinal

A Chapecoense Futsal conheceu neste sábado, dia 12, o adversário na fase semifinal da Copa Santa Catarina. Será a equipe da AD Hering de Blumenau que empatou em casa com Rio do Sul e terminou na liderança da Chave B.

Dona da melhor campanha na primeira fase, a equipe de Blumenau terá o direito de decidir em casa na segunda partida, o primeiro duelo será em Chapecó ainda sem data e local definido.

A Federação deve confirmar no início da semana as datas e locais dos confrontos. Na outra semi final se enfrentam Videira e Rio do Sul, com a primeira partida no vale e a segunda no meio oeste. A Chapecoense Futsal somou apenas um ponto na primeira fase ficando em segundo lugar na chave A, por isso decide fora de casa. Se avançar para a final também terá a decisão fora de casa já que tem a pior campanha entre os quatro semifinalistas.

O adversário na semi final montou uma boa equipe e mais uma vez busca uma boa campanha na divisão especial, a base do grupo é mantida desde 2008 com poucas mudanças.

- Blumenau entra como favorito pela campanha e também por decidir em casa, mas nós temos uma boa equipe a condição de vencer e avançar a final -comentou o treinador Agnaldo.

Mesmo sem saber ainda a data da partida a diretoria já começa a convocar o torcedor para lotar o ginásio e apoiar a equipe para avançar para a final da Copa Santa Catarina.


Comente aqui
12 mai10:10

Chapecoense encara mais um desafio internacional

Depois de competir na Argentina e no México, o ciclista chapecoense Douglas Moi Bueno disputa a partir deste domingo, a Volta da Guatemala, país da América Central. O atleta viajou na madrugada da sexta-feira, dia 11, para a competição, que terá cerca de mil quilômetros divididos em oito etapas. O campeonato segue até o dia 20 de maio.

Douglas, 30 anos, está preparado para uma prova muito dura. – O terreno é bastante acidentado. Vamos enfrentar subidas de até 30 quilômetros e trechos a três mil metros acima do nível do mar – conta o atleta, que vai vestir a camisa do Funvic/Pindamonhangaba, de São Paulo.

A Volta da Guatemala vai reunir 14 equipes, sete nacionais e sete estrangeiras. O time de Douglas é o único do Brasil inscrito no evento, que conta pontos para o ranking das Américas.

Otimista, Douglas acredita que poderá finalizar o percurso na parte de cima da tabela. – Meu objetivo é ficar entre os dez melhores – disse o chapecoense. A Volta da Guatemala será disputada por mais de 100 competidores.

Além da profissão de atleta, Douglas também se dedica à organização de competições no Oeste catarinense. Ele é membro da Associação Pró Ciclismo de Chapecó, a Aprocicli.


Comente aqui
12 mai08:07

Chapecoense com a cara de Itamar Schulle

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A cara da Chapecoense para a Série “C” vai ter algumas mudanças em relação ao time que disputou o estadual. E ela vai ficar mais parecida com a fisionomia de seu treinador, Itamar Schulle. No Catarinense, quando foi contratado para o lugar de Gilberto Pereira, ele pegou um time já montado e apenas participou da contratação de três jogadores: o meia Athos, o lateral Rafael Mineiro e o atacante Leandrinho, que foi dispensado.

Agora os novos contratados são jogadores de sua confiança. Dois deles, o volante Chicão, 25 anos, e o zagueiro André Paulino, 27, vieram do Novo Hamburgo, onde foram vice-campeões da Taça Piratini (primeiro turno do campeonato Gaúcho) sob o comando de Schulle.

Outro jogador de confiança do treinador é o atacante Lê, 27 anos, contratado junto ao Veranópolis, onde marcou oito gols pelo Campeonato Gaúcho. O atacante já atuou em três clubes sob o comando de Schulle: São José-RS, Brusque e Novo Hamburgo.

Além do técnico ele também já trabalhou com outros jogadores do clube, como Chicão, Wanderson, Rafael Mineiro, Juliano e Éber. Outros já jogou contra, quando atuou pelo Caxias. Ele já enfrentou a Chapecoense pela Série “C” de 2010, no empate por 1 a 1, no Índio Condá.

Outro jogador contratado, o atacante Mateus Paraná, 24 anos, não trabalhou com Schulle, mas o treinador gostou dele quanto enfrentou a Chapecoense, pelo Atlético de Ibirama. Tanto que naquele jogo a Chapecoense foi derrotada em casa por 3 a 2.

Na próxima segunda-feira deve se apresentar o lateral-direito Júnior Barbosa, 31 anos, que estava na Catanduvense-SP. Este é o único até agora que o treinador não viu jogar. Mas, segundo o diretor de futebol, Cadu Gaúcho, tem boas referências e foi aprovado por Schulle.

A intenção da Chapecoense é contratar pelo menos mais um volante e um atacante para a Série C.


Comente aqui
11 mai18:12

Jogador de 2,14 metros no voleibol chapecoense

A história é um pouco curiosa. Paulo Alberto Mora é natural de Maravilha, mas pouco atuou no voleibol da região. Na verdade, antes de ser apresentado às quadras do Brasil e da Europa, o jovem usava as mãos de outra maneira no esporte. Paulo defendia o gol na escolinha de futebol da ex-goleira da Seleção Brasileira, Maravilha.

- A escolinha fechou as portas e aí fui treinar vôlei – contou o atleta. Bastaram dois meses de treino para o irmão mais velho identificar uma “grande” oportunidade. De Maravilha, Paulo foi fazer testes na extinta equipe da Unisul, em Florianópolis.

Da capital catarinense, o central de 2,14metros percorreu grandes times do voleibol brasileiro – Joinville, São Caetano, Ulbra, Bento Golçaves e Mato Grosso. Ele também teve passagem por Portugal e atualmente estava no Vivo/Minas, em Minas Gerais. – Agora quero conquistar os títulos aqui por Chapecó – revelou.

Com o central, a equipe da Aprov/Unoesc/PMC chega a dez atletas adultos para a temporada. Outros cinco atletas da equipe infanto-juvenil completam o elenco.


Comente aqui