chapecoense

16 mar13:54

Chapecoense treina às 18h na Arena Condá

Os jogadores da Chapecoense chegaram por volta das 4h30 da manhã desta sexta-feira em Chapecó. Eles tiveram folga pela manhã e treinam à tarde. O time perdeu por 2 a 1 para o São Mateus, em Colatina/ES, na estreia da Copa do Brasil.

Esse será o primeiro contato do técnico Itamar Schulle com a equipe. Os trabalhos iniciam por volta das 18h na Arena Condá.

O Verdão, que está em terceiro na classificação geral do Campeonato Catarinense, vem em busca de vitória. A partida contra o Marcílios Dias é no domingo, às 18h, na Arena Condá.

Comente aqui
15 mar19:41

Schulle quer recuperar confiança da Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Com atraso de 1h15, devido ao trânsito na viagem de Novo Hamburgo para Chapecó, o novo treinador da Chapecoense, Itamar Schulle, foi apresentado nesta quinta-feira em Chapecó. Em compensação ele considera que não chegou tarde para recuperar a Chapecoense, que não vence há oito jogos, sete no estadual e um na Copa do Brasil.

-Ninguém somou todos esses pontos sem ter qualidade – disse o novo comandante, em relação aos 21 pontos que o time tem no Catarinense. Schulle disse que vai conversar com os jogadores e demonstrar que eles têm capacidade. O treinador afirmou que alguns atletas podem estar passando por mau momento e que sua missão é recuperar a autoconfiança do time.

O perfil do novo treinador indica que ele é exigente e disciplinador, mais ao estilo de Mauro Ovelha e diferente do antecessor Gilberto Pereira, que tinha um estilo mais “bonachão’. –Tem que ter trabalho, luta, empenho e dedicação- afirmou. Para ele nenhum jogador pode se acomodar por achar que é titular.

Ele preferiu não comentar sobre a derrota de quarta-feira na Copa do Brasil, por 2 a 1, para o São Mateus, pois não assistiu ao jogo. –Não vou comentar pelo que os outros falam- argumentou. Apenas afirmou que o resultado é reversível. Mas prefere se concentrar no jogo de domingo, em casa, contra o Marcílio Dias.

Schulle disse que, a partir de domingo, começa uma série de seis decisões para a Chapecoense. Ele considera que a Chapecoense tem condições de disputar o título. –Foi por isso que eu vim para cá- declarou.

Sobre a necessidade de reforços, disse que primeiro vai conversar com a diretoria. O treinador deve assinar contrato até o final da Série C do Campeonato Brasileiro. A delegação da Chapecoense iria retornar do Espírito Santo durante a madrugada.

Comente aqui
15 mar16:13

Definida arbitragem de Chapecoense x Marcílio Dias

A Federação Catarinense de Futebol divulgou o trio de arbitragem para Chapecoense X Marcílio Dias.

Clodoaldo Jusviack será auxiliado de Eberval Lodetti e Neuza Ines Back.

A partida está marcada para às 18h, domingo, dia 18 de março, na Arena Condá. Esse será o jogo de estreia do técnico Itamar Schulle no comando do time no Campeonato Catarinense.


Comente aqui
15 mar10:39

Itamar Schulle será apresentado nesta quinta-feira

O novo técnico da Chapecoense, Itamar Schulle será apresentado na tarde desta quinta-feira em Chapecó.

A coletiva está marcada para às 16h na sala de imprensa do clube.

Schulle ouviu pela rádio o jogo de estreia do Verdão na Copa do Brasil.

Comente aqui
14 mar22:51

Chapecoense perde na estreia da Copa do Brasil

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Um gol aos 46 minutos do segundo tempo, contra o São Mateus deu a esperança para a Chapecoense tentar a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil. Mesmo com a derrota por 2 a 1 no Espírito Santo, o time catarinense pode obter a vaga com uma vitória por 1 a 0 no jogo de volta, quarta-feira que vem, no Índio Condá. Isso porque o gol fora de casa vale mais nos critérios de desempate.

O gol que praticamente valeu por dois foi marcado pelo atacante João Paulo, que não vinha sendo aproveitado pelo ex-técnico Gilberto Pereira e foi chamado às pressas pelo técnico interino Cadu Gaúcho.

Distante mais de 1,5 mil quilômetros de Colatina-ES, o novo técnico da Chapecoense, Itamar Schulle, ouviu a Chapecoense acompanhou a partida pela internet, em sua casa, em Novo Hamburgo.

Durante o dia ele chegou a trocar informações com o técnico interino, Cadu Gaúcho. Schulle ouviu o time levar uma pressão do São Mateus no início da partida. A Chapecoense voltou a apresentar as mesmas dificuldades que vinha apresentando com o técnico Gilberto Pereira, que foi demitido na segunda-feira. Com muitos erros de passe e pouca criatividade o time catarinense foi dominado pelo São Mateus. Hiroshi arriscou duas vezes e Nivaldo evitou o gol. Depois foi Kiko que deixou escapar a chance de marcar para o time capixaba. A insistência deu resultado pois o zagueiro Fabiano acabou cometendo pênalti.

Marcelo Pelé cobrou e abriu o placar em favor do time do Espírito Santo, aos 34 minutos. A Chapecoense teve uma chance de empatar três minutos depois, em cobrança de falta de Neném, que bateu na trave.

No segundo tempo a Chapecoense melhorou mas novamente parou na trave com Leandrinho, após cobrança de escanteio, e Neném, em nova cobrança de falta. Cadu Gaúcho tentou o empate colocando os atacantes João Paulo e Barbosa no lugar de Eliomar e Gustavo.

No entanto as mudanças não deram resultado. O São Mateus voltou a pressionar. Num contra-ataque o goleiro Nivaldo salvou. Mas ele não conseguiu evitar o segundo gol dos capixabas, com Bruno Alemão, aos 34 minutos do segundo tempo. A derrota por 2 a 0 sem marcar fora de casa deixava a Chapecoense numa situação difícil de reverter. Mas o gol de João Paulo deixa o time do Oeste numa situação boa. –Com o apoio da nossa torcida vamos reverter o placar- prevê o atacante Eliomar.

O goleiro Nivaldo destacou que o gol no final ajudou muito e acredita numa reação do time, que não vence há oito jogos. –Com a chegada do novo treinador vamos tentar arrumar a casa- disse.


FICHA TÉCNICA

SÃO MATEUS -2

Robson Bahia; Bruno Alemão, Gel Baiano (Kell), Fabiano, Gil Baiano; Rincon, Wallace, Diego (Bombom), Kiko; Hiroshi, Marcelo Pelé (Baru).

Técnico: Marcelo Cabeção


CHAPECOENSE -1

Nivaldo; Fabiano, Leonardo, Souza; Gustavo, Diogo Roque, Diego Teles, Neném, Esquerdinha; Eliomar (João Paulo), Leandrinho (Jean Carlos).

Técnico: Cadu Gaúcho (interino)


Gols: Marcelo Pelé (SM), aos 34 minutos do primeiro tempo; Bruno Alemão (SM), aos 34 minutos e João Paulo (C), aos 46 minutos do segundo tempo.

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Hermam Brumel Vani e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Cartões amarelos: Diogo Roque (C), Hiroshi, Kiko e Gil Baiano(SM).

Expulsão: Hiroshi (SM), aos 39 minutos do segundo tempo.

Local: Estádio Justiniano Silva, em Colatina/ES



Comente aqui
14 mar12:51

Copa do Brasil: Chapecoense X São Mateus

Confira o Minuto a Minuto a partida de estreia da Chapecoense na Copa do Brasil 2012. O Verdão joga em Colatina/ES contra o São Mateus. A partida tem início às 20h30.


Minuto a Minuto



Ficha Técnica

SÃO MATEUS

Robson; Bruno Alemão, Fabão, Denis, Rubem Júnior; Rincon, Kell, Bombom, Janio Baiano; Diego, Marcelo Pelé.

Técnico: Marcelo Cabeção

CHAPECOENSE

Nivaldo; Fabiano, Leonardo, Souza; Gustavo, Diogo Roque, Diego Teles, Neném, Esquerdinha; Jean Carlos, João Paulo.

Técnico: Cadu Gaúcho

Local: Estádio Justiniano Silva, em Colatina/ES

Horário: 20h30

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Hermam Brumel Vani e Gustavo Rodrigues de Oliveira

Comente aqui
14 mar10:37

Chapecoense estreia nesta quarta-feira na Copa do Brasil

Num dos jogos mais importantes do ano, a estreia na Copa do Brasil, contra o São Mateus, em Colatina/ES, a Chapecoense será dirigida por um técnico interino.

Quando a partida começar, às 20h30, o diretor Futebol Cadu Gaúcho estará à beira do gramado. Enquanto isso, o treinador contratado ontem, Itamar Schulle, deve acompanhar pelo rádio o desempenho de seus futuros comandados.

De acordo com o diretor Mauro Stumpf, ficaria inviável deslocar o Schulle para o Espírito Santo e ele não conseguiria alterar a situação chegando em cima do jogo. Por isso, Cadu Gaúcho, que conhece o grupo, terá a missão de conseguir um bom resultado após a demissão de Gilberto Pereira.

A ideia é que a Chapecoense volte do Espírtio Santo com condições de classificar no jogo de volta. Mas se tiver uma boa atuação, pode até se classificar no primeiro jogo vencendo por dois gols de diferença.

Schulle pediu demissão no Novo Hamburgo, onde foi vice-campeão da Taça Piratini, primeiro turno do Campeonato Gaúcho, perdendo a final para o Caxias somente nos pênaltis.

Ele optou pela Chapecoense pela possibilidade de disputar o título catarinense, a Copa do Brasil e a Série C do Campeonato Brasileiro. O novo técnico estava há quase 10 meses no Novo Hamburgo e achou que era o momento de encarar um novo desafio.

Schulle disse que conhece boa parte do plantel da Chapecoense e já trabalhou com jogadores como Marcos Alexandre, Leandrinho e Leonardo.


Verdão na Copa do Brasil

Esta é a terceira vez que a Chapecoense disputa a competição. Em 2008 eliminou o Guarani na primeira fase e foi eliminado, na etapa seguinte, pelo Internacional. Em 2010, eliminou o Brasiliense e, novamente caiu na segunda fase, diante do Atlético-MG.


Ficha Técnica

SÃO MATEUS

Robson; Bruno Alemão, Fabão, Denis, Rubem Júnior; Rincon, Kell, Bombom, Janio Baiano; Diego, Marcelo Pelé.

Técnico: Marcelo Cabeção


CHAPECOENSE

Nivaldo; Fabiano, Leonardo, Souza; Gustavo, Diogo Roque, Diego Teles, Neném, Esquerdinha; Jean Carlos, João Paulo.

Técnico: Cadu Gaúcho


Local: Estádio Justiniano Silva, em Colatina/ES

Horário: 20h30

Arbitragem: Leandro Bizzio Marinho, auxiliado por Hermam Brumel Vani e Gustavo Rodrigues de Oliveira


Comente aqui
13 mar20:05

Itamar Schulle quer buscar títulos na Chapecoense

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O técnico Itamar Schulle foi anunciado no final da manhã desta terça-feira como o substituto de Gilberto Pereira no comando da Chapecoense. Natural de Ituporanga/SC, o técnico de 44 anos atuou quatro anos no Juventus de Jaraguá do Sul, onde conquistou um acesso no Catarinense. Também treinou Brusque onde conquistou o primeiro turno do Catarinense de 2011 e uma vaga na Série D do campeonato Brasileiro. Passou ainda por Figueirense, Criciúma, Joinville, Brasil de Pelotas, e Novo Hamburgo, entre outros.

O novo técnico, que vai comandar a equipe no domingo contra o Marcílio Dias na Arena Condá, deve ser apresentado na tarde desta quinta-feira em Chapecó. Por telefone, concedeu a seguinte entrevista para o Diário Catarinense.


Diário Catarinense: Vocês estava bem no Novo Hamburgo, onde foi vice campeão da Taça Piratini, o que o fez optar pela Chapecoense?

Itamar Schulle: Já estava há quase 10 meses no Novo Hamburgo o que no Brasil é muito tempo. Na Chapecoense tenho a chance de disputar o Catarinense, a Copa do Brasil e a Série C. É uma vitrine maior. E eu estou sempre em busca de novos desafios.


DC: Quem você conhece do atual grupo?

Schulle: Já trabalhei com o Marcos Alexandre, o Leandrinho, o Leonardo e mais um ou dois. Outros eu joguei contra. Conheço a maioria do plantel.


DC: Acha que tem condições de brigar pelo Catarinense?

Schulle: A Chapecoense nos últimos anos sempre está brigando por título. Acho que temos condições de disputar o título do Catarinense, fazer uma boa campanha na Copa do Brasil e conseguir a vaga para a Série B do Campeonato Brasileiro.


DC:Precisa de muitos reforços para o atual elenco?

Schulle: Primeiro vou precisamos avaliar bem o atual grupo.


DC: Você foi escolhido para dar uma mexida no grupo que parecia apático nas últimas rodadas, esse é o perfil que pretende dar ao time?

Schulle: Tem que ter vibração, dedicação e vontade, principalmente no futebol. Todo o dia tenho que provar que sou capaz.


DC: Em outras vezes você chegou a ser cogitado para treinar a Chapecoense, por que não houve acerto?

Schulle: Nunca recebi convite oficial da Chapecoense.


DC: Então sua meta na Chapecoense será brigar por títulos?

Schulle: Quero deixar de ser vice. Fui vice pelo Botafogo da Paraíba, vice da Taça Piratini, agora quero ser campeão.


DC: Isso lembra o técnico Mauro Ovelha, que tinha só vices e foi campeão na Chapecoense?

Schulle: Torci muito por ele na final do ano passado. Ele merecia. Agora quero realizar os meus sonhos, os sonhos da torcida, dos jogadores e da direção.


Comente aqui
13 mar19:18

Horário de Chapecoense x Marcílio Dias é alterado

O Departamento de Competições da Federação Catarinense de Futebol realizou nesta terça-feira três alterações na tabela para a quarta rodada do Returno do Campeonato Catarinense de 2012. Os jogos tiveram mudanças de data e/ou horário.

Sendo assim, a rodada tem dois jogos no sábado e três no domingo.

No sábado, dia 17, as duas partidas acontecem às 19h: Avaí e Brusque se enfrentam em Florianópolis, enquanto Joinville e Atlético de Ibirama jogam em Joinville.

Já no domingo, dia 18, Criciúma e Camboriú jogam às 18h30 em Criciúma e Chapecoense e Marcílio Dias fazem sua partida às 18h, em Chapecó. Metropolitano e Figueirense, por sua vez, jogam às 16h, em Blumenau.

Assessoria de Imprensa – FCF

Comente aqui
13 mar11:44

Itamar Schulle é o novo técnico da Chapecoense

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Itamar Schulle é o novo técnico da Chapecó. A confirmação é do diretor de futebol Mauro Stumpf. Ele deve ser apresentado nesta quarta-feira em Chapecó. Também foi contratado o auxiliar técnico Gerson Gusmão, que já vem atuando há algum tempo ao lado do treinador.

Vice-campeão da Taça Piratini, o primeiro turno do Gauchão, o técnico Itamar Schulle deixou o comando do Novo Hamburgo. De acordo com o clube, o treinador comunicou a saída aos jogadores e à direção em reunião realizada na manhã desta terça, no Estádio do Vale.


Perfil

Itamar Schulle, 44 anos, é natural de Ituporanga, no Alto Vale do Itajaí. Ele iniciou como técnico no Atlético Alto Vale, passou ainda pelos catarinenses São Bento, Juventus, Figueirense, Metropolitano e Joinville, além do Brasil de Pelotas/RS e São Carlos/SP.

Em 2011 foi campeão pelo Brusque do 1º Turno da Copa Santa Catarina.

Comente aqui