Cinema

17 nov11:09

Saga "Crepúsculo" chega ao "Amanhecer"

A saga finalmente termina. Depois de Crepúsculo, Lua Nova e Eclipse, não só a franchising (ou ‘série’, como Robert Pattinson gosta de chamar) chega a seu Amanhecer como também os adolescentes mais sedutores dos últimos anos chegam a seu despertar para a vida adulta. O longa tem estreia em 1100 salas do país na sexta-feira, dia 18. Em Chapecó, o filme pode ser conferido em quatro horários: 14h, 16h30, 19h e 21h30.

Aviso aos maiores de 20 anos (cronológica e mentalmente): Crepúsculo é fenômeno dos mais simbólicos dos últimos anos. Os livros que deram origem à série venderam mais de 120 milhões de cópias, em 37 idiomas de dezenas de países e transformaram sua autora, a norte-americana Stephenie Meyer, na 49ª pessoa mais influente do mundo segundo a Forbes.

Por que uma saga romântica e nada lasciva (como costumam ser as tramas vampirescas) sobre uma garota virgem que se apaixona por um vampiro adolescente (para sempre), que se recusa a transar com ela antes de casar (coisa mais século 19) e praticamente vegan (só bebe sangue ‘limpinho’ de animais) se tornou fenômeno quase sobrenatural dos cinemas?

Boa pergunta. Não há como comparar séries como Harry Potter ou Senhor dos Anéis à saga Crepúsculo. Mais que a jornada do herói (neste caso, um herói púbere) em busca de seu destino, no ‘épico em capítulos’ escrito por Stephenie, a jornada de Bella (Kristen Stewart), Jacob Black (Taylor Lautner) e Edward (Robert Pattinson) é também sobre como descobrir e lidar com seus desejos, instintos, desafios, medos e, claro, a descoberta do amor. Ora, já não há milhares de histórias escritas sobre isso no mundo?

– Claro que há, mas o fato é que nos dias de hoje, quando o romantismo parece ter morrido, Ed é o símbolo do homem romântico que, no fundo, a gente adora – explicou, e pulou, uma animada fã que fazia plantão em frente ao hotel Four Seasons em Los Angeles onde a trupe do filme se hospedava durante o lançamento mundial do filme, no início do mês.

O filme que estreia na sexta é o primeiro capítulo do fim. Dividido em dois episódios, Amanhecer traz a parte um quase como um “filme família”, como bem definiu o diretor Bill Condon à reportagem:

– Não foi por acaso que me chamaram. E também não foi por acaso que filmamos cenas no Brasil. O País está no livro, mas, ao mesmo tempo, é um do lugares mais improváveis para se pensar em vampiros em lua de mel. E é lá, em um país tão famoso por sua espontaneidade, que Ed e Bella finalmente puderam ser quem eles sempre quiseram ser.


>> Confira a programação dos filmes em cartaz no seção Cinema do clicRBS Chapecó.


AGÊNCIA ESTADO


Comente aqui
11 nov16:44

Agenda de Sexta!

Hoje é sexta-feira, dia de se divertir e encontrar os amigos. E as opções são muitas. Confira a programação completa, reúna sua galera e aproveite o início do final de semana.

Uma das atrações desta sexta-feita a noite é o Show da Banda chapecoense Variantes. Eles tocam a partir das 23h no Premier Bier. A Red Tomatoes é banda convidada para animar a festa.

Em outubro os Variantes lançaram o clip da música “Chegou a hora”, que faz parte do último CD.


Programação da sexta-feira 11/11

EXPOSIÇÃO ‘Objetos de Consumo” – Grupo SOS TERRA

Artistas participantes: Enólia Maria Pereira, Eliane Fistarol, Ivandra Matiassi, Ingrid Antunes, Juceli Nardi, Mirian Tiecher Borges, Maria Salete Machado da Silva e Michele Marques.

Horário: 13h às 19h

Local: Galeria Municipal de Arte Dalme Marie Rauen – Praça Coronel Bertaso – Chapecó/SC

Entrada Gratuita


EXPOSIÇÃO 9º Salão Chapecoense de Artes Plásticas de SC – SCAPSC

Horário: 13h às 19h

Local: Sala Cyro Sosnoski – Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes – Chapecó/SC

Entrada Gratuita


FESTIVAL Ó o Doc Aí 2011 – III Mostra de Documentário Nacional de Chapecó

19h30 – Exibição de curtas Cerveja Falada, direção Demétrio Panarotto, Guto Lima e Luiz Henrique Cudo, 15 min. | Ciclo das Horas, direção Sheila Ana Calgaro, 31 min. | O milho e o novo, direção Rafael Boeing, 16 min.

Local: Sala Agostinho Duarte, Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo Nes – Chapecó/SC

Entrada Gratuita

Informações: Cinelo (49) 9144-0030 | contato@cinelo.com.br


DANÇA Uma noite no museu

Espetáculo Ballet 2011 – Escola de Artes

Horário: 20h

Local: Teatro Municipal – Centro de Cultura e Eventos – Chapecó/SC

Ingressos: R$ 10 inteiro – R$ 5 estudantes e idosos


TEATRO Ri Catarina – “Sobre tomates, tamancos e tesouras” – Andrea Macera com Barracão Teatro de Campinas/SC

Horário: 20h

Local: Teatro do Sesc – Chapecó/SC

Classificação: 14 anos

Entrada Gratuita

[ingressos devem ser retirados uma hora antes]


LIVRO Lançamento “Antes do Oeste Catarinense: arqueologia dos povos indígenas”

Horário: 21h

Local: Salão de Atos da Unochapecó – Chapecó/SC

Evento faz parte da comemoração dos 25 anos do Centro de Memória do Oeste (Ceom)


Natal Iluminado

Horário: 21h

Local: Itá Thermas Resort e Spa – Itá/SC


SHOW Nenhum de Nós – Expo São Miguel 2011

Horário: 23h

Local: Parque de Exposições Rineu Gransotto – São Miguel do Oeste/SC

Entrada Franca


SHOW Thaeme e Thiago – a dupla do sucesso “Ai que dó” e “Perdeu”

Horário: 23h

Local: 14 Bis Studio Bar – Chapecó/SC

Contatos: (49) 3312-1413 | 9109-3900 | 9967-4144


SHOW Eduardo Costa

Horário: 22h

Local: Parque da Femi – Xanxerê/SC

Informações: (49) 9123.7023


BALADA Variantes + Red Tomatoes

Horário: 23h

Local: Premier Bier – Chapecó/SC


No cinema

São quatros filmes em cartaz:

Gigantes de Aço, Amizade Colorida, Os Três Mosqueteiros e O Zelador Animal.

>> Clique aqui e confira os horários.


Comente aqui
11 nov13:09

"Gigantes de Aço" tenta reabilitar o boxe usando robôs

– Desta vez é real, e não videogame – avisa Charlie (Hugh Jackman).

– E que diferença faz? – retruca seu filho, Max (Dakota Goyo).

O diálogo acima resume o espírito de Gigantes de Aço, longa do diretor Shawn Levy (de Uma Noite no Museu 1 e 2) que estreia hoje em Chapecó.  Se você for mais velho – cresceu nos anos 1980, digamos –, dá pra dizer que é uma mistura de Rocky com Falcão para as novas gerações, ou seja, Sylvester Stallone nunca esteve tão vivo e com tanto para dizer. Quem diria.

A parte Rocky: num futuro próximo, o boxe foi banido e agora são robôs (comandados por controle remoto) que divertem a audiência trocando sopapos, em competições oficiais ou no submundo das lutas. O bambambã do pedaço é meio russo e meio chinês.

A parte Falcão: enquanto o pau come no ringue, pai (Jackman) e filho (Goyo) vão tentando se acertar apesar das diferenças e adversidades – como o fato de Charlie ter “vendido” Max para a cunhada num primeiro momento. Depois, não haverá dinheiro que pague.

>> Confira a programação completa do Cinema dentro do clicRBS Chapecó.

Quer dizer, daqui a 10 anos Gigantes de Aço será reprisado até gastar na Sessão da Tarde – e isso não é um demérito. Apesar de toda a obviedade do roteiro, a direção não abusa da pieguice (e há oportunidades de sobra, acredite), encontrando o tom certo entre humor, drama e ação. A trinca formada por Jackman, Goyo e o robô Atom – protagonista do momento mais Rocky do filme – também não decepciona.

E com um pouco mais de vontade, é possível enxergar em Gigantes de Aço uma tentativa de resgate do boxe, hoje sem representantes de peso, ofuscado pelas competições de vale-tudo e praticamente desconhecido pela gurizada. É para essa audiência, que se liga em jogos eletrônicos e nunca viu os grandes mestres do Esporte dos Reis lutando (incluindo Rocky Balboa…), que o filme fala mais forte.

ZERO HORA


Comente aqui
05 nov11:20

Southmen em Chapecó

O DJ uruguaio Southmen é considerado um dos maiores talentos da atualidade entre DJs e produtores da América do Sul. Realizador das famosas festas “This Is Punta”, sua paixão pela música e seu talento já proporcionaram grandes apresentações nos clubs mais importantes da cena mundial. Nos últimos anos, Southmen foi escolhido como DJ revelação internacional do renomado club Warung e também como um dos principais DJs internacionais da Pacha.

Ele se apresenta neste sábado a partir das 23h no Dining Club (Rua Pio XII, esquina com Nereu Ramos) em Chapecó. O warm up da festa fica por conta de Paulo Antônio. Informações (49) 3312-1000. Pontos de Vendas: Tim Oestecel, World Turismo, Aquário Ambientes, Arezzo, Piana e Posto GT.


Confira a programação completa da Agenda:


05/11 – sábado


Feijoada do Zeca – Em prol do Recanto do Idoso

Horário: 12h

Local: IACC Clube – Concórdia/SC

Passaportes (limitados) podem ser adquiridos na Acic Concórdia e Pafhi Discos Concórdia.


1ª Deutches Fest

12h – Almoço com pratos a base de carne de ovelha. Promoção do Núcleo de Ovinocultores de São Carlos e Águas de Chapecó

Local: C.T.G. Amigos da Querência

Ingressos: R$ 22

21h Show Banda Alemã Blaskapelle Charivari

Local: Ginásio de Esportes Helio dos Anjos Ortiz – São Carlos/SC

Ingressos: R$ 10


1ª Feijoadíssima + Vem no Balanço

Horário: 12h

Local: Olimpykus Bar – Chapecó/SC

Ingressos: R$ 15 antecipado | R$ 20 na hora


TEATRO Em Cena Catarina – “Pequeno Monólogo de Julieta” – Grupo Círculo de Florianópolis/SC

Horário: 20h

Local: Teatro do Sesc – Chapecó/SC

Classificação: 14 anos

Entrada Gratuita

[ingressos devem ser retirados uma hora antes]

BALADA Show Sertanejo – Gabriel Herrera

Horário: 23h

Local: Premier Bier – Chapecó/SC


SHOW Jonas e Rodrigo

Horário: 23h

Local: 14 Bis – Chapecó/SC

Promoção: 4º período Enfermagem Unochapecó


BALADA La Noche de Los Muertos

Horário: 23h

Local: Yes Banana – Chapecó/SC

Ingressos: R$ 20



06/11 – domingo


TEATRO Em Cena Catarina – “Pequeno Monólogo de Julieta” – Grupo Círculo de Florianópolis/SC

Horário: 20h

Local: Teatro do Sesc – Chapecó/SC

Classificação: 14 anos

Entrada Gratuita

[ingressos devem ser retirados uma hora antes]


E no Cinema, três filmes estão em cartaz:

- Os Três Mosqueteiros

05/11/2011 – Sábado 14h40|17h|19h10|21h20

06/11/2011 – Domingo 14h40|17h|19h10|21h20


- Amizade Colorida

05/11/2011 – Sábado 19h10|21h20

06/11/2011 – Domingo 19h10|21h20


- O Zelador Animal

05/11/2011 – Sábado 15h10|17h10

06/11/2011 – Domingo 15h10|17h10


Comente aqui
04 nov09:32

Todos por um

Já diz a máxima que, quando se trata de adaptar um livro para o cinema, é melhor esquecer o original. Para renovar um clássico como Os Três Mosqueteiros, de Alexandre Dumas, que já ganhou incontáveis versões para o cinema, o diretor Paul W. S. Anderson (de Resident Evil) fez questão de deixar de lado detalhes do livro original de 1844 e adicionar outros novos. O longa, que foi totalmente rodado em tecnologia 3D, estreia hoje em Chapecó, com sessões dubladas no Arcoplex MercoCentro – Chapecó.

Os cenários da lendária corte francesa do século 17 e da Torre de Londres são, na verdade, tesouros históricos da Bavária, na Alemanha. Além disso, o elenco não é e nem fala francês. Logan Lerman, que vive D´Artagnan, é americano. Os três mosqueteiros são Athos (Matthew Macfadyen, inglês), Porthos (Ray Stevenson, irlandês) e Aramis (Luke Evans, inglês). O cardeal Richelieu é o austríaco Christopher Waltz. E Milady de Winter é a russa Milla Jovovich (mulher de Anderson).

Em Os Três Mosqueteiros, o jovem D´Artagnan precisa reunir os três mosqueteiros na tentativa de derrotar uma bela agente dupla que, ao lado de seu abominável empregador, pretende dominar o trono francês e mergulhar a Europa numa guerra. Além da luta para recuperar as joias da Rainha Ana, os quatro heróis têm de encarar o dândi Duke de Buckingham (Orlando Bloom), que quer entrar em guerra com a França e possui uma arma tão letal quanto futurista (ao menos para a época): navios voadores.

- Os navios estão um século adiantados na história, é fato, porque surgiram depois, mas eles são incríveis, e as cenas de ação com eles dão um ritmo mais incrível ainda ao filme – diz Anderson, em coletiva de imprensa durante o lançamento do filme em Londres.

O Rei Luís 18 da França (Freddie Fox) é um tipo afetado, mas é um cara simpático. A bela Constance (amor de D´Artagnan) é solteira e não morre no final. Ao menos, não neste (talvez) primeiro filme.

Sequência? Se depender do público alvo, uma sequência do novo filme pode ser ótima pedida. Afinal, o clássico nasceu como uma trilogia e acabou virando uma franquia até mesmo em desenho animado.

- E é fato que esta é uma versão para o público teen. É o público que, como eu, cresceu até mesmo conhecendo bem a história dos mosqueteiros, mas não necessariamente leu o original – diz o novato Lerman, de apenas 19 anos, que vive D´Artagnan.

Pode-se dizer que ele é o protagonista?

- Sim. É claro que os três mosqueteiros, mais velhos, estão em primeiro plano também, mas é a trajetória do D´Artagnan, é sua luta para se tornar adulto, ser um mosqueteiro, migrar de uma pequena vila e sobreviver na grande Paris o que o filme mostra -responde o jovem ator, que nasceu e vive em Beverly Hills.

Já o trio ´maduro´ da trama (os três mosqueteiros) não acha que só os teens vão gostar do filme.

- Todos lemos o livro na infância e queríamos ser um mosqueteiro, brincávamos disso na escola. Tantos os mais jovens quanto os mais velhos vão se identificar – disseram, em coro.

Até mesmo as meninas? Com tantas cenas de ação e lutas em 3D?

- Claro! Para começar, as mulheres não são meras mocinhas nessa história. E esse é um dos pontos que a tornam tão incrível. Milady é uma mulher moderna, que vive aprisionada em um tempo em que as mulheres não podiam fazer muita coisa. Mas ela tem tanta atitude quanto as garotas de hoje – garantiu Jovovich, que, para o papel, teve de treinar três meses com pesados vestidos de época.

O filme está em três horários: 17h|19h10|21h20.


>> Confira a programação completa do CINEMA.


DIÁRIO DE SANTA MARIA


Comente aqui
02 nov14:51

Ó o Doc Aí 2011

A terceira edição da Mostra Nacional de Documentários está prestes a ser realizada e a programação já demonstra que o evento veio para ficar. Realizado pela primeira vez em 2009, através de uma iniciativa da Cinelo – Associação de cinema e Vídeo de Chapecó e Região, o Ó o Doc Aí recebeu inscrições de realizadores de todo País e selecionou filmes que serão exibidos nas noites de 08 a 12 de novembro no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo Nes de Chapecó.

Além das exibições, a mostra também vai oferecer gratuitamente a Oficina de Cineclubismo, com o objetivo de formar cineclubistas capacitados a fomentar as discussões a cerca da sétima arte e aumentar o número de exibições na região, que conta com poucos municípios com salas de cinema.

O destaque especial desta edição é o lançamento do Edital Catarinense de Cinema, principal política pública de incentivo à produção cinematográfica do Estado. Pela primeira vez na história do cinema catarinense, o Edital será lançado em uma cidade que não seja Florianópolis, o que demonstra o engajamento dos realizados de Chapecó com a Cinemateca Catarinense e auxilia os associados da Cinelo a reivindicarem e construírem uma política pública municipal que garanta o fomento à produção local.

O lançamento do Edital terá a presença de membros da Cinelo, da Cinemateca Catarinense, Fundação Cultural de Chapecó, Fundação Catarinense de Cultura e profissionais da área de todo Estado. Abaixo, a programação completa da mostra.


Pré Ó o Doc Aí em Florianópolis

Para divulgar o evento na capital do Estado, durante esta semana está sendo realizado o Pré-Ò o Doc Aí com o apoio da Cinemateca Catarinense. Nos dias 01, 03 e 04 serão exibidos os filmes que já foram exibidos em Chapecó nas edições anteriores.

O evento conta com a seguinte programação em Florianópolis:


03/11

Jesus no Mundo Maravilha

Direção: Newton Cannito

Cine Ieda Beck – Travessa Ratclif, 56, Centro, Florianópolis, às 20h


Sinopse: Jesus, Lúcio e Pereira são ex-policiais que foram expulsos da corporação e agora trabalham num parque de diversões. O constrangimento da exoneração levou Jesus a tentar o suicídio. Hoje ele coordena o trabalho de 28 seguranças e sonha com sua volta à corporação. Lúcio entrou para a polícia para vingar o assassinato da mãe e caçar bandidos. Pereira é hoje evangélico e interpreta Perereco, personagem infantil que diverte as crianças na igreja. No clima onírico do parque de diversões, o documentário brasileiro “Jesus no Mundo Maravilha” revela, por meio dos sonhos desses três ex-policiais, os valores da cultura da corporação policial no Brasil.


04/11

Celibato no Campo

Direção: Cassemiro Vitorino e Ilka Goldschimidt

Cine Ieda Beck – Travessa Ratclif, 56, Centro, Florianópolis, às 20h


Sinopse: A intensa migração de jovens filhos de agricultores para as cidades, sobretudo de jovens e mulheres que saem para estudar e dificilmente retornam às propriedades rurais faz surgir um novo fenômeno que se configura como masculinização do campo que tem como consequência a diminuição do numero de casamentos e o envelhecimento no meio rural.



Comente aqui
28 out17:44

Manda-Chuva, só se for na telona

Baseado na clássica série de animação produzida pela norte-americana Hanna-Barbera Productions e sucesso nas décadas de 1960 e 1970 na TV, estreia nos cinema Manda-Chuva: O Filme. O longa, que chega neste sábado, dia 30, em Chapecó, narra a história de um gato malandro, que vive num beco de Manhattan, na cidade de Nova York aprontando com uma turma de felinos.

Bacana, Espeto, Gênio, Xuxu e Batatinha são os gatos parceiros de Manda-Chuva, observados de perto pelo Guarda Belo, que sempre tentar barrar os planos mirabolantes deste turma.

No filme, a vida do personagem principal é abalada por uma nova onda de crimes em Nova York. Quem comanda este cenário do mal é um vilão poderoso, que usa recursos tecnológicos para dominar a cidade.

O Guarda Belo anda preocupado porque seu chefe está insatisfeito com sua atuação e pede providências urgentes. Manda-Chuva está pronto a ajudar, mas sua ajuda atrapalhada nem sempre é bem-vinda.

>> Confira a programação completa do Cinema em Chapecó.

Manda-Chuva: O Filme é uma coprodução entre México e Argentina, com direção de Alberto Mar, responsável por 37 episódios de Chaves em desenho animado, e chega ao Brasil só com cópias dubladas.

Ao mesmo tempo em que trabalha com as novas tecnologias (3D), o filme também está disponível em versão 2D e mantém uma aura saudosista que remete aos anos 1960, quando a animação foi criada pela dupla Hanna-Barbera, responsável por clássicos como Zé Colmeia, Os Flinstones e Os Jetsons, entre outros.

Na versão brasileira do desenho animado, Nova York foi transformada em Brasília, onde os gatos faziam as suas traquinagens.

JORNAL DE SANTA CATARINA


Comente aqui
28 out11:41

Zelador para lá de animal

Boa gente e amigão, Griffin (Kevin James) trabalha há 15 anos como zelador do Zoológico Franklin Park, em Nova York. Ele está apaixonado por Stephanie (Leslie Bibb), uma perua que exige que ele largue o emprego se quiser casar. E ele quer. Porém, quando os animais do zoológico percebem que estão prestes a perder seu zelador, eles recorrem a uma tentativa desesperada: revelam que sabem falar e tentam convencer o amigão a não deixar o cargo.

Na versão dublada, o humorista Marcelo Adnet estreia como dublador fazendo a voz de cinco animais. A comédia dublada estreia em Chapecó no Arcoplex MercoCentro.

Sem questionar o absurdo, o protagonista passa a ouvir os bichos e a agir como um deles. A direção é de Frank Coraci (Click) e a produção ficou por conta de Adam Sandler, com quem Coraci trabalhou em Afinado no Amor.

Confira a programação completa do cinema para o final de semana em Chapecó.

Comente aqui
22 out10:40

Rock, Sertanejo, Teatro, Cinema

O final de semana vem recheado de opções. Vão desde baladas de Rock à Sertanejo, passando pelo Teatro e Cinema.


Agenda

22/10 – sábado

TEATRO Extremus: variação sob(re) a pele

Grupo de Teatro Expressão Universitária da Unochapecó (GTEU)

Horário: 20h – distribuição das senhas a partir das 19h.

Local: Teatro do Sesc Chapecó/SC


Sid Folks Trio.

SHOW Sid Folks Trio – Tour 2011

Horário: 20h30

Local: Calenda Restaurante – Chapecó/SC


BALADA Duelo Sertanejo – Fernanda e Amanda X Fabio e Andrei

Horário: 23h

Local: Premier Bier – Chapecó/SC

Ingressos: (49) 8404.2526 – 8426.7799


BALADA 3ª Vem que eu faço Direito – Luiz Henrique e Cassiano

Horário: 23h

Local: 14 Bis Studio Bar – Chapecó/SC

Promoção 6º Período de Direito da Unoesc /Chapecó

Contatos: (49) 3312-1413 | 9109-3900 | 9967-4144


Cinema Arcoplex MercoCentro


Stadium I

SEM SAÍDA [legendado]

22/10/2011 – Sábado 15h|17h|19h|21h

23/10/2011 – Domingo 15h|17h|19h|21h


Stadium II

A ÁRVORE DA VIDA [legendado]

22/10/2011 – Sábado 14h|18h30

23/10/2011 – Domingo 14h|18h30


Stadium II

PREMONIÇÃO 5 [legendado]

22/10/2011 – Sábado 16h40| 21h10

23/10/2011 – Domingo 16h40| 21h10


Caso a sua programação não esteja cadastrada no clicRBS Chapecó, encaminhe um email para participe@clicrbschapeco.com.br



Comente aqui
21 out07:44

‘A Árvore da Vida’

Você ouve histórias de atores tão intensos que não conseguem se separar de seus personagens e não sabem quem são por uma semana ou duas depois das filmagens. Eu não sou esse tipo, cara. Meu momento mais feliz é no dia em que me dizem que estou livre. Não costumo olhar para trás.

O autor da fala acima é Brad Pitt, que, há três anos, terminou de filmar A Árvore da Vida, filme que chegou aos cinemas em 2011 depois de vencer o Festival de Cannes. Em Chapecó, o longa de Terrence Malick está em cartaz nos cinemas do Arcoplex MercoCentro.

Na fala do início deste ano, Pitt não está apenas olhando para trás. Continua em um dos papéis do filme: o representante do diretor no planeta Terra. Malick é o famoso mais recluso do cinema, um homem de métodos de trabalho secretos, ausências absurdamente longas e um desdém genuíno por qualquer tipo de publicidade. Nem mesmo quando A Árvore da Vida ganhou a Palma de Ouro em Cannes, em maio, ele saiu da toca apesar de estar na cidade francesa na época. Assim, cabe ao homem mais fotografado do cinema no mundo Pitt falar em nome do menos fotografado.

- Ele é um homem extremamente reservado. Um estudante de filosofia, ama a ciência, a natureza e Deus. Tenho grande dificuldade para completar apenas uma frase sobre ele – revela Pitt.

Se tem muito a explicar é sobre A Árvore da Vida. Dizer que o filme recai sobre temas de marcas registradas de Malick é um eufemismo lamentável. As dublagens introspectivas, a iluminação dourada, as observações tangenciais e sobrenaturais, campo espiritual de seus trabalhos anteriores estão todas lá, mas a sequência mais comentada do filme é sobre a história do universo.

Durante grande parte do resto do tempo, no entanto, o filme é uma lembrança fragmentada e impressionista sobre crescer nos anos 1950 no Texas, recordada pelo já adulto Sean Penn nos dias atuais. Pitt interpreta o confuso pai autoritário da família. Jessica Chastain, a mãe gentil e amável. Eles são arquétipos opostos que lançam o personagem de Penn para um final enigmático.

Substituto

O papel do pai em A Árvore da Vida fora originalmente planejado para Heath Ledger. Pitt, então escalado como produtor, foi chamado para o personagem como uma substituição após a morte de Ledger, mas se encaixou perfeitamente. Não é o herói charmoso que costumamos ver Pitt interpretando. Ele é sério, mal-humorado e atormentado por um sentimento de fracasso, uma presença ameaçadora e disciplinadora na família.

Atualmente, Pitt está rodando o filme de terror e ação Guerra Mundial Z, de Marc Forster:

- Gosto de extremos. Um pouco de alta tensão, um pouco de baixa tensão.

O ator diz que o tempo que passou trabalhando com Malick trouxe suas próprias crenças:

- Sou um cara que luta contra a ideia do céu, mas o que eu de fato respeito é que exista uma força maior do que qualquer outra coisa que possamos entender e, para mim, o filme é sobre isso. Só o fato de que há uma força desconhecida e de alguma forma maravilhosa já me traz um sentimento de paz.


DIÁRIO DE SANTA MARIA


Comente aqui