Civil

14 mai09:03

Três vigilantes são presos em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Uma operação da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, com apoio de policiais do 1º DP de Chapecó e da DIC de São Miguel do Oeste, na madrugada desta segunda-feira resultou na prisão de três vigilantes em Chapecó. Eles foram presos em flagrante no momento em que tentavam roubar um cofre de um escritório de contabilidade no centro da cidade. Um quarto envolvido fugiu a pé.

Foram presos Edson Gaio, 30 anos, Dievi Adriano Rodrigues, 26 e Diones Schaffer, 30. Dois trabalhavam em uma empresa privada de vigilância da cidade. O terceiro que também é vigilante não tinha vínculo com a empresa. Os policiais investigavam a quadrilha há um ano.

Foram apreendidos também diversos celulares, ferramentas, rádio comunicadores, luvas, toucas ninja, coletes táticos e um colete da Polícia Civil, que havia sido roubado da corporação.

– As investigações continuam para saber se eles tem relação com outros assaltos na cidade – disse o Delegado Ronaldo Moretto.

Os homens vão responder por posse e porte ilegal de arma de fogo, porte de munição de calibre. 40 (uso restrito da polícia), formação de quadrilha, tentativa de furto qualificado, resistência a prisão e receptação de materiais.

Os três foram encaminhados para o Presídio Regional de Chapecó.


Comente aqui
03 mai09:02

Polícia Federal entra no Caso Chiarello

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Polícia Federal está dando apoio ao Ministério Público estadual nas investigações da morte do vereador Marcelino Chiarello, ocorrida no dia 28 de novembro do ano passado, em Chapecó. A informação foi confirmada ontem pelo delegado da Polícia Federal de Chapecó, Oscar Biffi.

A participação dos policiais federais foi decidida pelo Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, em despacho publicado no Diário Oficial da União, no dia 18 de abril. Ele determinou que a Polícia Federal apure as circunstâncias e causas da morte depois que o Ministério Público pediu apoio no caso.

O delegado solicitou os laudos para o Poder Judiciário e, assim que receber a documentação, vai buscar peritos dentro da própria polícia ou então de fora para fazer a análise do material.

– Primeiro temos que ter conhecimento do que já existe- explicou.

Ele afirmou que a atuação da polícia é apenas para auxiliar no Ministério Público, na tentativa de esclarecer o caso. O inquérito da Polícia Civil apontou que a morte do vereador foi por enforcamento, mas não foi conclusivo se houve homicídio ou suicídio.

Por isso o Ministério Público instaurou um Procedimento de Investigação Criminal para dar sequência ao trabalho. Um dos três promotores que foram designados para o caso,Jackson Goldoni, disse que a intenção é conseguir um apoio técnico da Polícia Federal. Ele afirmou que o Grupo de Apoio e Combate ao Crime Organizado (GAECO) está auxiliando nos trabalhos. No entanto o Ministério Público não está passando muitas informações que são sigilosas.

O delegado que conduziu o inquérito, Ronaldo Moretto, disse que a Polícia Civil não pode se pronunciar sobre os desdobramentos do caso pois já encerrou o trabalho. No entanto pode auxiliar o Ministério Público se for solicitado.

O Governador Raimundo Colombo disse ontem em Joaçaba que o Estado buscou apoio de técnicos de São Paulo nas investigações. Ontem o juiz da primeira Vara Criminal de Chapecó, Jefferson Zanini, informou que vai buscar apoio do Instituto Médico Legal de São Paulo, para que analise as provas do caso.

O magistrado justificou a solicitação de uma terceira opinião em virtude das contradições entre os laudos do médico legista de Chapecó, Antonio de Marco, e seus colegas do Instituto Geral de Perícias de Florianópolis.

Para o deputado federal Pedro Uczai, que era amigo do vereador, a inclusão da Polícia Federal no caso não é o suficiente. Ele defende a federalização do caso, para que a Polícia Federal assuma a condução das investigações. Ele destacou que confia no Ministério Público mas entende que federalizando haveria um efetivo maior de forças federais.

Mas, para que o caso seja federalizado é necessária solicitação do Procurador Geral da República, Roberto Gurgel, faça essa solicitação ao Superior Tribunal de Justiça. Lideranças do Partido dos Trabalhadores já fizeram esse pedido ao procurador. Na próxima terça-feira Pedro Uczai estará em Brasília levando mais documentos para solicitar essa intervenção.

O advogado da família de Chiarello, Alcides Heerdt, também defende a federalização total do caso.


Entenda o caso:

O vereador Marcelino Chiarello foi encontrado morto no final da manhã do dia 28 de novembro, no quarto de visitas de sua casa, pela mulher e o filho. Ele estava enforcado na janela, aparentando suicídio. No entanto a Polícia Civil avaliou que o suicídio teria sido forjado e deu entrevista nesse sentido.

O primeiro laudo do médico legista de Chapecó, Antônio de Marco, apontava para homicídio, em virtude de alguns ferimentos na cabeça e nariz e dois sulcos nos pescoço. Mas laudos complementares de peritos do Instituto Geral de Perícias de Florianópolis apontaram suicídio como causa da morte.

Após três meses de investigação a Polícia Civil concluiu o inquérito apontando como causa da morte o enforcamento mas não concluiu se houve homicídio ou suicídio. O Ministério Público decidiu continuar as investigações em virtude das dúvidas entre os laudos.



Comente aqui
09 abr18:32

Estiagem: 123 municípios estão em situação de emergência

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Subiu para 123 o número de municípios atingidos pela estiagem em Santa Catarina. O último decreto encaminhado para a Defesa Civil do Estado foi de Sombrio, que fica na região sul do estado.

Segundo a Defesa Civil chega a 672.369 o número de pessoas afetadas.


123 municípios em situação de emergência


Abelardo Luz

Agrolândia

Água Doce

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Anchieta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Balneário Gaivota

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Campos Novos

Catanduvas

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Criciúma

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Içara

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba

Jupiá

Lacerdópolis

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Macieira

Maracajá

Maravilha

Marema

Meleiro

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Riqueza

Rio das Antas

Romelândia

Saltinho

Salto Veloso

Santa Helena

Santa Terezinha

Santa Terezinha do Progresso

Santa Rosa do Sul

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São João do Sul

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sombrio

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada às 17h do dia 9 de abril de 2012, pela Defesa Civil.


Comente aqui
09 abr15:13

Já são 122 Municípios em situação de emergência

Subiu para 122 o número de municípios atingidos pela estiagem em Santa Catarina. O último decreto encaminhado para a Defesa Civil do Estado foi de Santa Terezinha, que pertence a Secretaria de Desenvolvimento Regional de Taió.

Segundo a Defesa Civil chega a 669.369 o número de pessoas afetadas.


122 municípios em situação de emergência

Abelardo Luz

Agrolândia

Água Doce

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Anchieta

Arabutã

Arroio Trinta

Arvoredo

Balneário Gaivota

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Campos Novos

Catanduvas

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Criciúma

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Erval Velho

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Herval d´Oeste

Ibicaré

Içara

Iomerê

Ipira

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jaborá

Jardinópolis

Joaçaba

Jupiá

Lacerdópolis

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Luzerna

Macieira

Maracajá

Maravilha

Marema

Meleiro

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Pinheiro Preto

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Riqueza

Rio das Antas

Romelândia

Saltinho

Salto Veloso

Santa Helena

Santa Terezinha

Santa Terezinha do Progresso

Santa Rosa do Sul

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São João do Sul

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tangará

Tigrinhos

Treze Tílias

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Videira

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 9 de abril de 2012, pela Defesa Civil.




Comente aqui
02 mar15:40

Polícia Civil apreende fuzil em Campo Erê

Durante operação para cumprimento de quatro mandados de busca e apreensão nos bairros Vila Feliz e Mello, em Campo Erê, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 32 e um fuzil, que provavelmente era usado pelo Exército Brasileiro.

As armas foram encaminhadas para perícia, somente assim será possível saber a origem exata do armamento apreendido. Na residência foram recolhidos ainda, munições e produtos para recarga de cartuchos.

O responsável pelas armas, Clésio Lira, foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê. Ele já possui várias passagens pela polícia.


Comente aqui
16 fev16:04

Curso de Oficial de edificações em Chapecó

Oferecer oportunidades de qualificação para jovens trabalhadores da construção civil e preparar mão de obra diferenciada para o mercado de trabalho. Com estes objetivos, o Sindicato da Indústria da Construção e de Artefatos de Concreto Armado do Oeste (Sinduscon) e o Senai Chapecó, oferecem de forma gratuita, através da nova Escola da Construção Civil, o curso Aprendizagem Industrial Oficial de Edificações, voltado para capacitar profissionais que atuam nos canteiros de obras das empresas associadas. As inscrições estão abertas e as vagas são limitadas. As aulas devem iniciar em março.

O presidente do Sinduscon, Lenoir Antonio Broch, explica que o curso atenderá profissionais com idade entre 18 e 24 anos, tanto homens quanto mulheres, que tenham a 7ª série do ensino fundamental completa, estejam cursando ou tenham certificado de conclusão de ensino fundamental ou médio. Não há limite máximo de idade para pessoas com deficiência, que também podem concorrer às vagas.

São oferecidas 35 vagas, abertas também para esposas de funcionários das empresas. Os futuros oficiais de edificação receberão o piso da categoria, embora estejam em fase de aprendizado. Terão atividade profissional garantida com possibilidade de promoções e remuneração compatível com nível de qualificação proporcionado pelo curso. A carga horária é de 800 horas/aula – 400 horas/aula no Senai e 400 na empresa.

O curso de Aprendizagem Industrial de Oficial de Edificações visa formar profissionais para executar, auxiliar e acompanhar as diversas fases da construção predial de acordo com padrões produtivos, buscando a qualidade e produtividade. “A atividade conta com a supervisão de um especialista, em conformidade a normas legais, de saúde, segurança e preservação ambiental”, enfatiza o presidente.

Outras informações podem ser obtidas através do telefone 49 3322 5958 no período da tarde.


Comente aqui
12 fev15:19

Construção civil manterá crescimento em 2012, mas com desafios

Com o bom momento da economia, a Copa do Mundo e Olimpíadas no Brasil e o incentivo para a área habitacional, a estimativa é de que o setor da construção civil continue crescendo e seja tão bom quanto foi em 2011. De acordo com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a expansão do setor no ano passado foi de 4,8%, já sobre uma base de crescimento elevada de 11,6% em 2010. No oeste catarinense, o cenário não foi diferente, avalia o presidente do Sindicato da Indústria de Artefatos e Concretos Armados do Oeste (Sinduscon), Lenoir Antonio Broch.

De acordo com o dirigente, além das linhas de financiamento que atendem à demanda de todas as classes e dos subsídios do Governo Federal para aquisição de imóveis, a geração de novas fontes de renda impulsionadas pelo desenvolvimento do turismo de eventos, do ensino superior, de novas empresas que se instalam na região, entre outras, potencializam a economia e contribuem para o aumento da procura por imóveis no município de Chapecó e toda região.

- O aumento da população, estimulado pelo crescimento contínuo da economia e infraestrutura da cidade, aliado às facilidades de crédito, fazem com que desperte maior interesse na aquisição de imóveis tanto para moradia própria, quanto para investimento – salienta.

No entanto, embora as expectativas apontem para um cenário favorável, há desafios pela frente. De acordo com Broch, a iniciativa privada tem condições para continuar investindo, mas é necessário que o poder público acompanhe essa tendência.- É fundamental que nos locais onde há crescimento habitacional sejam feitas melhorias em segurança, transporte, escolas, acessibilidade, entre outros. O poder público está investindo, mas os recursos não são suficientes para acompanhar o desenvolvimento -complementa.

Outro desafio será encontrar profissionais qualificados, pois hoje o setor possui defasagem de aproximadamente mil trabalhadores. – Precisamos formar pessoas capacitadas, não apenas para suprir a falta destes profissionais nos canteiros de obras, mas também para garantir qualidade em todo o processo construtivo – destaca o presidente do Sindicato.

Por isso, o Sinduscon, em parceria com a Fiesc e o Senai, trabalha na implantação da Escola da Construção Civil em Chapecó, com qualificação gratuita. A nova escola fará parte da estrutura do Senai e terá capacidade para atender até 90 estudantes por dia. Serão realizados cursos de qualificação profissional de pedreiros, carpinteiros, aplicador de revestimento, armador de ferragens, instalador eletricista e mestre de obras, formações com duração prevista de 160 horas-aula, além do curso de pintor (40 h). O Senai também utilizará seu laboratório de informática pra realizar cursos de CAD arquitetônico (desenho assistido por computador). O primeiro treinamento será o de Aprendizagem Industrial em Oficial da Construção Civil e as aulas terão início em março.

- Nossa meta para este ano será investir em treinamentos de mão de obra, oferecendo profissionais capacitados para ministrarem os cursos na Escola da Construção Civil, contratando aprendizes para serem qualificados e acompanhando esse trabalho – enfatiza Broch. Para tratar do tema profissionalização, em 2012 também será realizado o 2o Encontro de Recursos Humanos.


Comente aqui
06 fev15:48

Polícia Civil prende autor de furtos em Pinhalzinho

A Polícia Civil de Pinhalzinho cumpriu Mandado de Prisão Preventiva, por furto, Douglas Farias da Rosa, 19 anos, no sábado dia 4, em Pinhalzinho.

Segundo a investigação, Rosa é responsável por uma onda de furtos, sendo reconhecido por diversas vítimas. O Delegado Joel Specht, responsável pelas Comarcas de Pinhalzinho e Modelo, estima o envolvimento de Rosa em 80% dos delitos contra o patrimônio ocorridos nos últimos meses em Pinhalzinho.

A prisão foi no bairro Maria Terezinha, na cidade de Pinhalzinho. Ele já vinha sendo procurado pela equipe, mas na manhã de sábado foi possível localizá-lo e, após uma perseguição, prendê-lo. Após dada a voz de prisão, ele partiu em fuga, invadiu várias residências, mas acabou sendo capturado depois de ter sofrido uma queda em um terreno baldio.


Comente aqui
20 jan16:31

84 Municípios em situação de emergência

No Extremo-Oeste, os sete municípios da Regional de São Miguel do Oeste irão receber kits para distribuição de água.

Após levantamento feito pela Secretaria de Estado da Defesa Civil durante visitas realizadas nesta semana, o gerente de Logística e Mobilização da defesa civil estadual, Renaldo Onofre Laureano Junior, anunciou que os municípios de Bandeirante, Barra Bonita, Belmonte, Descanso, Guaraciaba, Paraíso e São Miguel do Oeste receberão kits que contém quatro caixas de água, duas bombas e acessórios como cintos e mangueiras para o transporte de água para consumo humano.



Em Belmonte animais perdem peso pela falta de pastagens.



Junior destacou que a análise realizada nos municípios apresentou que todos enfrentam problemas no transporte de água, principalmente para as famílias que residem nas áreas rurais das cidades. – Em alguns locais verificamos que as prefeituras estão realizando o transporte com dificuldades. Isso será melhorado com os kits que serão recebidos – explica.

O secretário regional Wilson Trevisan destaca que a solução apontada pela Defesa Civil para o transporte de água para consumo humano atende a demanda emergencial dos municípios. – Os municípios poderão equipar caminhões e levar água até as comunidades mais distantes. A solução é prática e de baixo custo. É isso que precisamos agora para atender emergencialmente os municípios – declara.

A entrega das 28 caixas de água equipadas com bombas e acessórios deve iniciar a partir da segunda-feira, dia 23.

O gerente de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Agricultura da SDR São Miguel do Oeste, Renato Romancini, e o coordenador regional da Defesa Civil, Daniel Caron, também participaram das reuniões realizadas nos municípios da região. Durante as visitas, a equipe também esteve em algumas propriedades que utilizam cisternas para o fornecimento de água para os animais, além de locais como rios da região que estão praticamente secos.


84 municípios em Situação de Emergência

Com o decreto de Paial, subiu para 84 o número de municípios em Situação de Emergência em Santa Catarina. A informação é do relatório divulgado nesta tarde pela Defesa Civil do Estado.


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Chapecó

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jardinópolis

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Princesa

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 20 de janeiro de 2012, pela Defesa Civil.


Comente aqui
09 jan17:04

Polícia Civil prende homem que abusava sexualmente da filha em Ipuaçu

A Polícia Civil de Ipuaçu, com apoio de policiais de Abelardo Luz, prendeu nesta segunda-feira, homem de 51 anos, acusado de abusar sexualmente da filha, na época ela tinha 15 anos. Havia contra ele um mandado de prisão. Na hora da prisão ele estava bebendo em um bar em Ipuaçu.

Os abusos começaram em 2008 e, nesse mesmo ano, denunciados, quando a esposa dele o pegou abusando da filha, enquanto ela dormia.

- O mandado foi expedido em julho de 2010 e só cumprido agora porque ele reside na Reserva Indígena Xapecó e se ocultava quando havia as ações policiais para captura – disse o delegado Luiz Carlos Dadam, responsável pelo caso.

O homem foi conduzido à Delegacia da Comarca de Abelardo Luz e, após os procedimentos policiais, encaminhado ao Presídio Regional de Xanxerê, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.


Comente aqui