Combate

29 ago10:25

São Miguel do Oeste realiza atividades no Dia Mundial de Combate ao Fumo

A secretaria de saúde de São Miguel do Oeste, em parceria com as secretarias de educação e de cultura, lazer e turismo desenvolve a partir desta quarta-feira, dia 29, atividades do projeto Antitabagismo alusivas ao Dia Mundial de Combate ao Fumo, celebrado nesta quarta-feira, dia 29.

As equipes estão trabalhando com palestra e teatro educativo em todas as escolas da rede municipal, a fim de conscientizar os educandos sobre os malefícios do cigarro.

A peça de teatro que tem como tema “Combate ao Fumo”, foi apresentada pela manhã na E.M.E.I.E.F. Teonísio Wagner e às 13h30 a apresentação será na E.M.E.I.E.F. Juscelino K. de Oliveira. Nas demais escolas as atividades visando o combate ao cigarro acontecem durante a semana.

Conforme a enfermeira e coordenadora do projeto, Cinara Saggioratto, o trabalho está sendo intensificado com o envolvimento da Vigilância Sanitária que tem visitado os estabelecimentos comerciais, a fim de repassar informações sobre a Lei Federal nº 9.294, de 1996, que proíbe fumar em ambientes fechados.


Comente aqui
23 ago11:36

Saúde de São Miguel do Oeste vai desenvolver atividades no Dia Mundial de Combate ao Fumo

A secretaria de saúde de São Miguel do Oeste, em parceria com as secretarias de educação e de cultura, lazer e turismo desenvolve atividades do projeto Antitabagismo alusivas ao Dia Mundial de Combate ao Fumo. A data é lembrada no dia 29 de agosto.

Serão desenvolvidas atividades educativas nas escolas da rede municipal, a fim de conscientizar os educandos sobre os malefícios do cigarro.

A equipe irá apresentar uma peça de teatro voltada ao tema “Combate ao Fumo”, no dia 29, durante a manhã (às 8h30) na E.M.E.I.E.F. Marechal Arthur da Costa e Silva e, à tarde (às 13h30), na E.M.E.I.E.F. Escola Juscelino K. de Oliveira. Nas demais escolas municipais os trabalhos serão realizados após o dia 29.

Conforme a enfermeira e coordenadora do projeto, Cinara Saggioratto, o trabalho será intensificado com o envolvimento da Vigilância Sanitária que irá até os estabelecimentos comerciais, na próxima semana, repassar informações sobre a Lei Federal nº 9.294, de 1996, que proíbe fumar em ambientes fechados.


Comente aqui
23 jul16:44

Social: Chá da Rede Feminina foi realizado em Xaxim

Foi realizado no sábado, dia 21 de julho, a 16ª edição do Chá das Tortas, promovido pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Xaxim. O evento que aconteceu no Salão Paroquial.

Além das guloseimas tradicionais do Chá as pessoas que participaram do evento puderam assistir a um desfile de moda com as tendências do inverno. Também foram sorteados brindes durante a tarde.

Segundo a Presidente da Rede Feminina, Odete Castaman, o evento superou as expectativas e foi preparado com muito carinho pelas voluntárias.

- Praticamente todos os ingressos foram vendidos e o recurso do chá será revertido em benefício da própria Rede – disse.

A Rede Feminina está em Xaxim há 19 anos e realiza de forma voluntária o trabalho de prevenção à Saúde da Mulher.


Comente aqui
21 mai11:04

CREAS de São Miguel do Oeste intensifica ações de Enfrentamento à Violência, Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) esteve na sexta-feira, dia 18 de Maio, na Rua do Calçadão, realizando a II Campanha de Enfrentamento à Violência, ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

De acordo com a Psicóloga do CREAS, Andressa Filippini, a data foi instituída no ano de 1973 quando em Vitória, no Espírito Santo, um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Crime Araceli”.

Segundo Andressa, esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade que foi raptada, drogada e estuprada, morta e carbonizada por jovens de classe média alta daquela cidade que prescreveu impune.

- Diante desse crime hediondo ocorrido, o CREAS apóia essa campanha no intuito de mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar dessa luta – destaca.

A psicóloga ressalta que em São Miguel do Oeste existem muitos casos de violência sexual contra crianças e adolescentes que passam despercebidos.

- Temos várias situações de violência sexual em nosso município, são crianças e adolescentes passando por esse tipo de situação todos os dias e muitas vezes não é feito nada por falta de conhecimento e medo por parte das pessoas em denunciar – disse.

Denúncias podem ser realizadas no Creas ou pelo telefone (49) 3622-8284.


Comente aqui
18 mai12:49

Dia 18 de maio é o Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Com o objetivo de informar e sensibilizar as pessoas e ao mesmo tempo estimular que denunciem as situações de abuso e exploração que conhecem, a equipe do Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) de Planalto Alegre está realizando várias atividades desde o dia 7 de maio.

Foram realizados trabalhos com o grupo “Amigos da Garagem”, com grupo de idosos, com as mulheres do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Famílias e com as crianças de seis a 17 anos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Famílias (Programa Socioeducativo).

Para esses grupos foram apresentados dados, estatísticas, história do dia 18 de maio e o porquê da data, a diferença entre abuso e exploração, entre outros pontos. Com as crianças a equipe também apresentou o vídeo “Que exploração é essa?” e uma história sobre abuso sexual.Também foram confeccionados três mini doors que foram expostos na Praça, na frente da antiga Prefeitura e em Linha Flor da Serra.

Atualmente, os dados apontam que a cada oito minutos uma criança com idade entre dois e 10 anos é vítima de abuso sexual, praticado em geral por pessoa próxima ou membro da própria família. A maioria das vítimas é do sexo feminino e tem entre cinco e oito anos de idade.

No entanto, esses dados podem ser mudados. As denúncias podem ser feitas no Conselho Tutelar de Planalto Alegre pelo telefone 49 3335-0264, na Delegacia de Polícia no telefone 49 3335-0125, na Assistência Social telefone 49 3335-0237, para o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente ou pelo Disque 100.


Comente aqui
16 mai16:06

Dia de Combate ao Abuso e Exploração Sexual em Planalto Alegre

Sexta-feira, dia 18 de maio, é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. E para marcar a data o Cras de Planalto Alegre trabalha ações para conscientizar a sociedade.

Nesta semana crianças do programa socioeducativo fazem trabalhos sobre a data, explicando o que é o abuso, o que é a exploração, estatísticas sobre o assunto, entre outros. Também são oferecidos cursos pelo Cras para mulheres falando da importância da denúncia.

Também foram confeccionados três mini doors e cartazes sobre a data e que serão expostos no município.


Comente aqui
02 abr10:41

Sucesso na V Festa do Cachorro-quente em São Carlos

A Rede Feminina de Combate ao Câncer (RFCC), Regional de São Carlos, promoveu a V edição da Festa do Cachorro-Quente, na Praça da Matriz. De acordo com os organizadores do evento, a festa superou as expectativas.- A importância desta festa é poder arrecadar fundos para manter as ações da rede, em favor principalmente da prevenção do câncer de mama e do colo do útero, mas também dos pacientes com a doença – disse a secretária da entidade, a psicóloga Jussara Gato.

Segundo a presidente da RFCC, Arceli Godoy, o evento já virou uma tradição. – Este já é o quinto ano que a festa acontece. Já é tradicional – afirmou. Para ela, a festa foi um sucesso, pois contou com a presença maciça das mulheres, que além de saborearem o cachorro quente, também comemoraram seu dia juntamente com seus familiares.

A Rede Feminina também promoveu o curso de culinária à base de soja. O curso foi oferecido gratuitamente a todas as sócias voluntárias da entidade, em parceria com a Epagri de São Carlos e Cunha Porã, contando com a presença das extensionistas Lilian Castelani e Cleide Hubner, que coordenou o encontro.

Na ocasião, quinze sócias da RFCC aprenderam dez receitas, além de dicas de como fazer o leite e a farinha de soja. Também no mês de Março, a diretoria da RFCC organizou uma visita turística ao município de Ametista do Sul.

A RFCC Regional de São Carlos homenageia a todas às mulheres, em especial suas associadas pela passagem do seu dia, comemorado em 8 de março.


Comente aqui
08 mar15:36

Rede Feminina de Combate ao Câncer realiza Festa do Cachorro Quente em São Carlos

Neste domingo, dia 11, a Rede Feminina de Combate ao Câncer de São Carlos realizará na Praça da Matriz, a quinta edição da Festa do Cachorro Quente. Segundo a presidente da entidade, a primeira dama Arceli Godoy, os recursos arrecadados serão aplicados na manutenção dos serviços prestados gratuitamente às mulheres da região.

- A nossa única renda são doações e eventos como este, embora todos os serviços realizados pela RFCC são de forma gratuita – explicou.

Ainda de acordo com Arceli, a festa servirá o cachorro quente em forma de bufê, pelo valor de R$ 5, e também bebidas por preços variados. O evento, que iniciará às 17h, contará também com apresentações artísticas do Grupo de Danças Corpo em Movimento.


Comente aqui
17 jan07:08

Plano de combate à estiagem é considerado insuficiente

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Um pacote de R$ 28,6 milhões dos Governos Federal e Estadual foi confirmado ontem em Chapecó, com a presença dos ministros da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, do Desenvolvimento Agrário, Afonso Bandeira Florence, do ministro interino de Relações Institucionais, Claudinei Nascimento, e do governador Raimundo Colombo.

O plano prevê ações emergenciais, como recursos para os municípios bancarem serviços de transporte de água, mas também medidas a médio e longo prazo, como perfuração de poços e crédito para construção de cisternas e sistemas de irrigação.

Os R$ 10 milhões do Ministério da Integração Nacionais serão utilizados para perfuração de 333 poços artesianos, o que dará uma média de quatro poços por município. Cada município deve receber um distribuidor de adubo orgânico, já que o Estado liberou R$ 1 milhão para compra destes equipamentos, que custam cerca de R$ 15 mil.

O governo do estado também anunciou R$ 1,6 milhão para auxílio dos municípios em despesas de transporte de água e silagem, sendo que 1,3 milhão já haviam sido anunciados há duas semanas. Isso dá cerca de R$ 20 mil por cidade. O prefeito de São Carlos, Élio Godoy, considerou as medidas como “razoáveis”. Ele lembrou que muitos poços perfurados em seu município não dão água. E que é necessário investimento mais forte em reservatórios e cisternas. Ele já gastou cerca de R$ 50 mil com o transporte de água. Em Chapecó já há exemplos de cisternas que vem dando certo. O Governo do Estado liberou R$ 10 milhões para bancar o juro de financiamento de cisternas, sistemas de captação e armazenagem de água e distribuição. E também assinou um termo de cooperação técnica com as agroindústrias para incentivar a instalação desses sistemas nos aviários e pocilgas. O presidente da Aurora Alimentos, Mário Lanznaster, disse que a empresa vai incentivar seus integrados a acessarem o programa Juro Zero. Ele considerou a medida positiva para evitar o transporte de água nos períodos de estiagem.

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Bandeira Florence, disse que as dívidas que vencem neste início de anos foram prorrogadas para 31 de julho. E que elas podem ser renegociadas até cinco anos. O coordenador da Federação da Agricultura Familiar da Região Sul, Fetraf-Sul, Celso Ludwig, entregou uma pauta de reivindicações para os ministros. Ele afirmou que o que foi anunciado ontem é muito pouco. –Não pode ficar só nisso senão é fogo de palha- explicou.

Ludwig disse que as medidas não resolvem o problema da renda do produtor. A prorrogação das dívidas não resolve. Os ministros afirmaram que o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária vai atender as perdas e que os técnicos da Epagri estão fazendo os laudos das perdas. Em Santa Catarina 3,2 mil produtores, dos 130 mil contratos de custeio, já solicitaram o Proagro. No entanto o programa só pode isentar o financiamento, a partir de 30% de perdas, garantindo uma renda para o produtor de, no máximo, R$ 3,5 mil.

O agricultor Valdecir Carvalho, de Chapecó, espera a visita de um técnico para verificar as perdas. Ele estima em 50% a quebra no milho e 40% na soja. Se for confirmado esse percentual ele terá isenção de 50% no financiamento de R$ 51 mil da lavoura de milho e 40% nos R$ 30 mil da lavoura de soja.

-As ações ajudam a minimizar as perdas- avaliou. Mas ele afirmou que precisa uma prorrogação das dívidas. Além disso ele pretende acessar o programa Juro Zero e construir uma cisterna para seus dois aviários.

O Ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, afirmou que o governo está empenhado em desenvolver ações para evitar que a situação se repita nos próximos anos. Celso Ludwig disse que é necessário investimento em irrigação, com recursos subsidiados, para garantir parte da produção nas propriedades.

Ou seja, as medidas anunciadas ontem devem ser apenas o começo de ações de infraestrutura que resolvam a falta de estiagem de forma permanente.


Outras medidas anunciadas

-Prorrogação das dívidas que vencem no início do ano para 31 de julho

-Compra de milho e trigo pelo Governo Federal para disponibiliza-los aos produtores do Sul com transporte subsidiado.

-Garantia de benefício de seguro do financiamento e renda até R$ 3,5 mil do Programa de Apoio à Atividade Agropecuária (Proagro).



Comente aqui
16 jan11:48

Pacote de Combate à estiagem em SC é anunciado em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Foi confirmado nesta manhã em Chapecó o Pacote de R$ 28,6 milhões para o combate a estiagem em Santa Catarina. Estiveram reunidos no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, em Chapecó, os ministros da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, do Desenvolvimento Agrário, Afonso Bandeira Florence, e o ministro interino de Relações Institucionais, Claudinei Nascimento, além do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Também estiveram presentes prefeitos e outras lideranças políticas.


Mendes Ribeiro Filho, ministro da Agricultura.


Os ministros confirmaram a liberação de R$ 10 milhões do Governo Federal, que devem ser aplicados na perfuração de 333 poços artesianos nas comunidades rurais dos municípios atingidos pela estiagem, que eram 80 até o final de semana. Também foi assinado um convênio entre o Ministério, o Governo de Santa Catarina e o Banco de Desenvolvimento Econômico do Extremo Sul, no valor de R$ 6 milhões, para financiamento de sistemas de captação de água e irrigação. O recurso tem prazo de 12 anos para pagar e juros de 6,75% ao ano.

O Governador do Estado, Raimundo Colombo, anunciou R$ 12,6 milhões em recursos. São R$ 10 milhões para o Programa Juro Zero, da Secretaria da Agricultura, que servirá para subsidiar o juro dos investimentos que os agricultores tomarem para financiar cisternas e outros sistemas de armazenamento de água.

Mais um milhão será destinado aos municípios em situação de emergência para a compra de distribuidores de distribuidores de água, que são distribuidores de dejetos de suínos adaptados para a função. Cada um custa R$ 13 mil. Além disso o governo também confirmou mais R$ 353 mil para os últimos 20 municípios que decretaram situação de emergência, totalizando R$ 1,6 milhão dividido entre as prefeituras, para bancar serviços de transporte de água e silagem. Cada município vai receber conforme o número de propriedades rurais, o que dá uma média de R$ 20 mil por município.

Foi anunciado também a prorrogação das dívidas agrícolas que venciam em janeiro. Agora os agricultores tem prazo até o dia 31 de julho para saldá-las.


1 comentário