Comércio

18 fev07:36

Carnaval movimenta setores do comércio chapecoense

Alegria, irreverência, danças, festas e brincadeiras marcam a maior festa popular brasileira. Como ninguém quer ficar de fora do Carnaval, as vendas de adereços, roupas ou fantasias estão movimentando alguns setores do comércio de Chapecó.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL), Gilberto João Badalotti, acredita que o incremento nestes segmentos deve atingir 8% em relação ao ano passado.

A data comemorativa também modificou a decoração das vitrines e as vendas de artigos carnavalescos estão expandindo o faturamento.- O Carnaval influencia nas vendas, pois, mesmo quem não investe na fantasia aproveita a animação da data para adquirir itens de vestuário, calçados, eletrodomésticos e eletrônicos – complementa o dirigente lojista.

Os setores de bazares, papelarias, lojas de aviamentos e estabelecimentos especializados em motivos carnavalescos e fantasias estão otimistas com o carnaval.

De acordo com a sócia-proprietária da loja Analina, Cassiana Damo, o movimento está bom e as atrações da região têm alavancado as vendas. – Percebemos que a região tem contribuído para isso, por oferecer atrações diferenciadas. Um ponto negativo, neste ano está no período, pois muitas pessoas aproveitam para viajar, aumentar as férias e outros estão voltando para as aulas. No ano passado, a data foi tardia, em março, o que é melhor – disse.

Cassiana também explica que a venda neste setor é sazonal, com concentração de comercialização no carnaval, festas juninas e halloween. – Os itens mais procurados são decoração, confetes, serpentinas, espumas, chapéus, óculos, adereços e fantasias infantins – complementa a empresária.

A CDL Chapecó informa que, neste período de carnaval, o horário de atendimento dos estabelecimentos comerciais é livre.


Comente aqui
17 fev13:52

Chapecó terá 100% do comércio varejista na internet

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) e a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) lançaram, nesta semana, o projeto “catálogo eletrônico”, em Chapecó. A proposta está voltada a fazer de Santa Catarina o primeiro Estado do Brasil com todo o comércio varejista 100% online.

Chapecó será a cidade pioneira do país. Nesta entrevista, o presidente da CDL Chapecó, Gilberto João Badalotti, explica os objetivos e os procedimentos para implantação do projeto.


Qual o intuito de criar um catálogo eletrônico do comércio de Chapecó?

Gilberto João Badalotti – A iniciativa tornará as empresas mais competitivas nacionalmente, o que impulsionará o comércio eletrônico e contribuirá para visibilidade das marcas. Os benefícios da comunicação on-line são vários, como o baixo custo operacional, facilidade de uso das ferramentas e, principalmente, aproximação com os clientes.


Como será a implantação do projeto no município?

Badalotti – Alguns estabelecimentos iniciaram a implantação que prevê três etapas: criar catálogo on-line de todas as empresas de Chapecó associadas à CDL; converter o catálogo em loja virtual e integrar o catálogo de cada empresa automaticamente no sistema unificado da entidade que servirá de canal de marketing de referência na internet.


Como os empresários que aderiram ao projeto avaliam a medida?

Badalotti – Os lojistas que aderiram estão satisfeitos e afirmam que a venda no comércio eletrônico depende da competitividade e do investimento em marketing. Também relatam que a maioria das vendas ou acesso aos catálogos on-line acontecem durante a noite e aos fins de semana, nos horários em que as lojas estão fechadas. Isso revela que a internet otimiza os resultados das empresas e evita que o cliente potencial acabe fazendo suas compras em lojas virtuais de outros Estados.


Qual será o papel da CDL Chapecó nesta iniciativa pioneira?

Badalotti – A CDL Chapecó conta com uma equipe de profissionais que visitará as empresas associadas para detalhar o projeto e mostrar os benefícios do ingresso a iniciativa. Na primeira etapa cada empresa criará seu site com apresentação dos principais produtos, que permitirá ao empresário perceber o impacto com a divulgação do que tem para oferecer. Na segunda fase iniciam as transações on-line e, com isso, os dados integrarão o novo portal de serviços da CDL Chapecó. Este portal será referência para a busca de qualquer produto do município.


Como os consumidores se beneficiarão com o catálogo eletrônico?

Badalotti – A população local e regional poderá receber newsletter e informações de produtos conforme o interesse pessoal. Além disso, o cliente poderá selecionar atendimento, e o lojista personalizar a venda oferecendo atendimento a domicílio. A CDL Chapecó estuda a viabilidade de implantação de um cartão multifidelidade que oportunizará acumular pontos/créditos que poderão ser utilizados para pagar as aquisições em lojas conveniadas, após compra pelo comércio eletrônico. A partir dessa proposta serão lançadas campanhas promocionais, a exemplo do Dia das Mães.


Qual o diferencial característico deste projeto em relação ao comércio eletrônico tradicional?

Badalotti – Entre as vantagens do catálogo eletrônico do varejo de Chapecó em relação ao e-commerce tradicional está a ampliação das possibilidades. Neste modelo o consumidor da região poderá satisfazer seu desejo de escolher, analisar e até comprar o produto pela internet, mas com o diferencial de também poder ir até a loja para visualizar, provar, negociar ou somente retirar o produto. Nos casos de problemas com tamanhos ou defeitos, a troca pode ser feita rapidamente, o que não é realidade nas compras em lojas virtuais de outros Estados. Fato que tem se tornado um grande desafio do comércio on-line. Este modelo de compra on-line integrado com a loja física é a grande tendência para o varejo mundial em 2012.

Qual é a empresa responsável pela implantação do projeto?

Badalotti - A empresa responsável pela implementação do projeto é a Isthmus que possui experiência em sistemas de comércio virtual, serviços e manutenção técnica.


Comente aqui
17 fev09:43

Feriadão de Carnaval em Chapecó

Confira o que abre e o que fecha neste feriadão de Carnaval na cidade:

Prefeitura: Fecha no sábado e reabre na quarta-feira à tarde. Serão mantidos os serviços da Central de Resgate Social, do Abrigo Municipal, da Casa Abrigo para Mulheres Vítimas de Violência, do Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso, do Terminal Rodoviário de Passageiros, do Centro de Informações Turísticas, aos Agentes Municipais de Trânsito, Guardas Municipais, aos serviços de Vigilância e aos servidores públicos municipais que atuam no Centro de Convivência do Idoso e no Albergue João Piltz.


Saúde: Funcionam somente os Pronto-Atendimentos do Centro, das 16h às 22h, e da Efapi, das 19h às 7h.


Comércio: Normal sexta-feira, sábado e segunda-feira. No domingo e terça-feira a abertura é facultativa.


Supermercados: Funcionam normalmente durante o feriadão.


Shopping: Funciona normalmente nos sábado, domingo e segunda-feira. Na terça-feira a praça de alimentação e lazer funciona das 11 horas às 22 horas. A abertura das lojas é facultativa nesse dia. Na quarta-feira o horário de funcionamento é das 12 horas às 22 horas.


Transporte coletivo: Muda só na terça-feira, com horário de sábado.


Coleta de lixo: Normal durante todo o feriadão.


Comente aqui
15 fev10:14

Comércio de Chapecó lança projeto pioneiro no país

Rapidez, conforto e praticidade são alguns dos benefícios do projeto pioneiro “catálogo eletrônico” lançado na segunda-feira, dia 13, pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL) e pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), em Chapecó. O projeto foi apresentado pelo proprietário da empresa Isthmus, Elton Chitolina, responsável pela implementação.

A proposta está voltada a fazer de Chapecó a primeira cidade do país a ter todo o comércio varejista integralmente on-line. Posteriormente, a iniciativa será implementada em todo o Estado.

De acordo com o presidente da CDL Chapecó, Gilberto João Badalotti, a iniciativa tornará as empresas mais competitivas nacionalmente, o que impulsionará o comércio eletrônico e contribuirá para visibilidade das marcas.

- Os benefícios da comunidade online são vários, como o baixo custo operacional, facilidade de uso das ferramentas e, principalmente, aproximação com os clientes – complementou.

O vice-presidente de eventos e planejamento da FCDL/SC Mauro Cesar Finco, ressaltou a importância das lojas se adequarem ao novo consumidor, mais crítico e exigente. – Atualmente, as pessoas não estão mais limitadas ao horário normal de atendimento dos estabelecimentos comerciais -explicou.

Em Chapecó alguns estabelecimentos iniciaram a implantação do projeto que prevê três etapas: criar catálogo online de todas as empresas de Chapecó associadas à CDL; converter em loja virtual e integrar o catálogo de cada empresa automaticamente no sistema unificado da entidade que servirá de canal de marketing de referência na internet.

- Os lojistas que aderiram estão satisfeitos e afirmam que a venda no comércio eletrônico depende da competitividade e do investimento em marketing. Também relatam que a maioria das vendas ou acessos aos catálogos online acontecem durante a noite e aos fins de semana, nos horário em que as loja estão fechadas – ressaltou Badalotti.

A CDL Chapecó estuda a viabilidade de implantação de um cartão multifidelidade que oportunizará acumular pontos/crédito que poderão ser utilizados para pagar as aquisições em lojas conveniadas, após compra pelo comércio eletrônico. A partir dessa proposta serão lançadas campanhas promocionais, a exemplo do Dia das Mães.


Comente aqui
11 fev08:38

Recicla CDL em Concórdia

Diminuir a emissão de lixo e incentivar a coleta seletiva e reciclagem é uma das bandeiras da Câmara de Dirigentes Lojistas de Concórdia – CDL. Por isso, a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina – FCDL desenvolve desde 2010, em parceria com as demais entidades do estado o Programa de Educação Ambiental Recicla CDL.

A campanha é uma iniciativa que visa conscientizar toda a sociedade sobre a importância da coleta seletiva e da reciclagem, da destinação correta dos resíduos e da diminuição do volume de lixo gerado, dentre outras imprescindíveis ações.

Neste sábado dia 11 de fevereiro a CDL de Concórdia, através do Programa Recicla CDL, estará promovendo mais uma grande ação no centro da cidade, para arrecadação de lixo eletrônico.

A equipe da CDL vai receber em uma barraca montada na Praça Dogello Goss, das 8h30min às 11h30min, objetos eletrônicos. – Nosso objetivo é dar o destino correto ao lixo eletrônico. Na maioria das vezes esses equipamentos ficam acumulados dentro das casas ocupando espaço e quando descartados acabam prejudicando a natureza – disse a coordenadora de eventos, Paula Hack.

Podem ser entregues para o projeto, monitores, unidades centrais de processamento de dados, mouses, teclados, impressoras, placas eletrônicas, processadores, nobreak, estabilizadores, telefones móveis, baterias de celular, pilhas e televisões.

Na última edição realizada em fevereiro de 2011, a campanha arrecadou em Concórdia cerca de duas toneladas de lixo eletrônico.


Comente aqui
01 fev13:58

Liquida Maravilha 2012 inicia neste sábado

Descontos que chegam a 51%, prazos estendidos para pagamento, produtos com valor diferenciado: esta é a oportunidade para quem quer comprar e economizar. De 4 a 11 de fevereiro, as empresas locais vivem o clima do Liquida Maravilha 2012, promoção realizada pela Associação Empresarial de Maravilha e pelo Núcleo de Desenvolvimento Comercial, que chega à sua oitava edição neste ano.

São 95 estabelecimentos participantes, de diversos segmentos: materiais de construção, vestuário, calçados, bazares, lojas de móveis e eletrodomésticos, mercados, óticas e relojoarias, empresas de telecomunicação e informática, revendedoras de veículos, pet-shop, entre outros.

De acordo com a coordenadora do Núcleo de Desenvolvimento Comercial, Cleonice Manica, o Liquida Maravilha se tornou uma grande ferramenta para alavancar as vendas do comércio local, pois permite que as lojas possam liquidar seu estoque e oferecer aos clientes preços baixos em todo segmento, tornando-se assim positivo para ambas as partes.

Na edição de 2011, uma pesquisa da Associação Empresarial constatou que as vendas das empresas participantes subiram em média 11,5% na semana do Liquida Maravilha, em comparação com a mesma semana de 2010. O resultado atingiu as expectativas de 83,9% dos empresários entrevistados.


Comente aqui
24 jan09:14

Mais de 90 empresas confirmam adesão ao Liquida Maravilha 2012

Consumidores de toda região devem visitar a Cidade das Crianças no período de 4 a 11 de fevereiro para conferir as promoções do Liquida Maravilha 2012, desenvolvido pela Associação Empresarial de Maravilha e pelo Núcleo de Desenvolvimento Comercial em parceria com o Sicoob Credial.

Naquela semana, mais de 90 empresas de diversos segmentos estarão oferecendo descontos e promoções especiais, que serão divulgadas em encarte nos jornais Novoeste, Correio Regional, O Líder e Imprensa do Povo (Pinhalzinho). Os estabelecimentos participantes também estarão identificados com bandeirolas.

Devido à promoção, será Sábado Mais nos dias 4 e 11, assim, as lojas ficarão abertas até as 16h30.


Comente aqui
18 jan11:50

Comércio de Concórdia começa a sentir os reflexos da Volta às Aulas

O início do Ano Letivo é sempre motivo de expectativa para pais, alunos e comerciantes. Com a volta às aulas, o movimento no comércio aumenta de forma significativa. A procura maior gira em torno dos itens do Material Escolar. Em Concórdia, o comércio começa a sentir os reflexos deste período.

No último final de semana, a maratona de vendas foi aberta na cidade. Mesmo com a chuva que não deu trégua no segundo Sábado D do ano, consumidores foram às lojas para pesquisar preços e efetuar compras. – Nossa intenção é sempre economizar, por isso, estamos aproveitando o horário estendido do comércio para analisarmos os melhores preços e formas de pagamento – comenta a mãe de uma aluna de nove anos, Kelly Sales.

A pequena Júlia Martello está indo para a 4ª Série, antes sair para as compras com a mãe, as duas fizeram um levantamento de todo o material que sobrou no ano anterior, separando o que poderia ser aproveitado ou não. – Compramos caderno, régua e alguns lápis. Andamos bastante antes de efetuarmos as compras – completa a mãe Maiara Martello.

A antecipação na compra dos materiais escolares oferece vantagens aos consumidores. A oferta de produtos é maior. – Os pais preferem comprar antes para garantir aos filhos os artigos mais procurados com estampas de personagens – disse o proprietário de uma livraria da cidade, Gelso Ramos.

A expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL é de que as vendas se intensifiquem ainda nesta semana, quando a maioria dos concordienses volta das férias. – Comparar os preços sempre foi à melhor estratégia para economizar. Neste caso os lojistas devem atrair não só os pais pelo bolso, mas também os filhos pela diversidade e qualidade nos produtos oferecidos – destaca o presidente da CDL, Leocergio Sarturi.

Mas, esse período que antecede o ano letivo também gera novos empregos. Uma livraria de Concórdia, por exemplo, deve contratar nos próximos dias mais duas funcionárias. Tudo para poder atender a demanda com competência e agilidade.


Comente aqui
17 jan16:22

Material escolar incrementa vendas no comércio de Chapecó

A movimentação de pais com listas de material escolar em estabelecimentos comerciais de Chapecó tem aumentado na última semana. Com menos de 30 dias para o início de mais um ano letivo, as livrarias, papelarias, bazares e supermercados investem na exposição das principais novidades para este ano na linha de material escolar.

Cadernos, canetas, lapiseiras, lápis de cor, estojos, borrachas, apontadores, réguas, fichários, papéis coloridos e mochilas são os itens mais procurados da linha de material escolar. De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó (CDL), Gilberto João Badalotti, a expectativa é de aumento de 9% na comercialização de materiais escolares e 12% na venda de livros.

Os preços variam de acordo com a marca e o diferencial de cada produto como adesivos ou personagens famosos. Conforme levantamento da CDL Chapecó o valor médio das compras com o material escolar pode ser dividido em duas categorias: incluindo a mochila R$ 150 e sem por R$ 60. Além disso, o kit básico sugerido pelo Procon custa R$ 33,60. A lista com maior variedade de produtos refere-se a alunos de pré-escola e educação infantil. Para as séries mais avançadas aumenta a variedade de livros didáticos.

Para este ano as principais novidades são as capas de cadernos com celebridades do futebol como o Neymar. Porém, os personagens tradicionais como “Moranguinho” e “Hot Wheels” ainda são os mais procurados. Entre os adolescentes a marca “Capricho” continua na preferência. “A aquisição de material escolar, independente de marca, trata-se de um investimento para o futuro. Nossa orientação é que o consumidor procure fazer as compras com antecedência para evitar tumultos de última hora”, observa o dirigente.

Badalotti ressalta também a importância de pesquisar antes de comprar o material didático, uniformes e calçados. “O consumidor precisa estar atendo para a variação dos valores. Quem pesquisa garante o menor preço, qualidade do produto e as melhores condições de pagamento”, garante o presidente da CDL Chapecó.


Cenário Econômico

Os empresários do setor de papelaria e livraria estão otimistas para 2012. Entre os fatores que favorecem o cenário econômico estão: a consolidação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), a vinda de outras instituições de ensino para Chapecó e abertura de novos cursos e vagas nas escolas e instituições existentes no município.

Conforme o dirigente lojista, a maior preocupação e consequente investimento em educação por parte da população favorece o aquecimento do comércio. Os lojistas também apostam na maior diversidade e variedade de opções, produtos que têm como atrativos adesivos, aromas e outros itens que despertam o interesse do consumidor.


Comente aqui
07 jan08:49

Primeiro “Dia D” do ano em Chapecó

Preços reduzidos, descontos especiais e prazos esticados são os atrativos que os estabelecimentos comerciais de Chapecó oferecem ao consumidor neste sábado, primeiro “Dia D” do ano.

A Câmara de Dirigente Lojistas de Chapecó (CDL) reforça que o horário de atendimento do comércio no município é livre, e por esse motivo o empresário deve analisar e definir a abertura e fechamento da loja. Para esse mês estão previstas duas edições do “Dia D”, em 7 e 14 de janeiro.

Segundo o presidente da entidade, Gilberto João Badalotti, os lojistas buscam fomentar a onda de consumo que marcou o mês de dezembro, oferecendo liquidações de estoques e promoções de vendas ancoradas em descontos expressivos.

Três fatores contribuem na ampliação do movimento do comércio neste primeiro “Dia D” do ano e também no incremento das vendas. – O atendimento de crediário, pois quem comprou no mês passado inicia o pagamento das prestações; a continuidade para recuperar cadastros de clientes inadimplentes e a possibilidade de promover liquidações em conjunto – comenta o dirigente lojista.

O presidente da CDL Chapecó ressalta que a entidade incentiva os empresários a promoverem as liquidações. – Esse é o principal período em que as pessoas têm a oportunidade de comprar produtos que desejam com preços reduzidos. Além disso, as lojas renovam seus estoques – complementa.


Comente aqui