Corpo de Bombeiros

28 mai11:01

Incêndio destruiu casa de madeira em Chapecó

Um incêndio destruiu uma casa de madeira, no bairro Santa Maria, em Chapecó, na manhã desta segunda-feira. Ninguém ficou ferido.

Segundo informação de populares as chamas começaram de repente. A dona da casa tinha acabado de sair com um dos filhos e andado três quadras quando o filho viu a fumaça e avisou a mãe. Quando ela retornou encontrou a casa em chamas. A proprietária Dorceli da Silva acredita que a causa foi um problema na fiação elétrica.

Dorceli tem seis filhos e três moram com ela. A dona de casa ainda conseguiu salvar dois filhotes de cães, mas os móveis e pertences queimaram tudo. O Corpo de Bombeiros trabalhou com 10 socorristas e utilizou 8 mil litros de água para conter as chamas. Dois caminhões e duas ambulâncias foram deslocadas para a ocorrência.

Quem puder ajudar a família pode entrar em contato pelos telefones 49 9111-1009 e 49 8835-6814.


*com informações da RBS TV Chapecó.


Comente aqui
27 mai11:54

Homem foi atingido por arma de fogo em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na madrugada deste domingo a Polícia Militar de Chapecó foi chamada para atender uma ocorrência de disparo de arma de fogo na linha Simonetto, interior da cidade. Chegando ao local os policiais encontraram um adolescente de 16 anos alvejado de raspão na cabeça e um homem de 22 anos com um tiro no ombro esquerdo.

O adolescente foi socorrido por familiares. Já o homem foi atendido pelo de Corpo de Bombeiros de Chapecó e encaminhado parar o Hospital Regional do Oeste. Ele foi atendido e liberado ainda na madrugada.

A polícia fez rondas no local do crime atrás do suspeito que estava em uma motocicleta. Até a manhã deste domingo ninguém havia sido preso.


Comente aqui
25 mai16:29

Corpo de Bombeiros participa de Assembleia no Sinduscon

Para transmitir um breve panorama histórico sobre as estratégias de prevenção de incêndio exercidas pelo Corpo de Bombeiros Militar catarinense e esclarecer os procedimentos adotados atualmente, o chefe do setor de atividades técnicas do batalhão de Chapecó, tenente Ilton Schpil, ministrou a palestra “Atividades técnicas no âmbito do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina”. A apresentação foi conduzida durante Assembleia Geral Ordinária do Sindicato da Indústria da Construção e de Artefatos de Concreto Armado do Oeste (Sinduscon), nesta semana, no auditório do Hotel Bertaso em Chapecó. Coordenado pelo presidente Lenoir Broch, o evento reuniu diretores da entidade sindical e empresários do setor.

Em Santa Catarina, as atividades de prevenção contra incêndios iniciaram em 1926, por meio das orientações repassadas pelo Corpo de Bombeiros à população. As atitudes preventivas foram evoluindo com o decorrer dos anos, de forma prática e operacional, durante os incêndios que aconteciam com maior ou menor intensidade. As ações começaram a mudar definitivamente no início da década de 70 quando os incêndios catastróficos que ocorreram na cidade de São Paulo nos edifícios Andraus (1972) e Joelma (1974) levaram quase duzentas pessoas à morte e feriram mais de 600.

- Tais fatos abalaram significativamente a opinião pública e estimularam o debate sobre segurança contra incêndios em edifícios – relatou Schpil.

Segundo o tenente, o trabalho exercido pelos Corpos de Bombeiros Militares compreende uma série de medidas. Dentre elas, estão a análise de projetos preventivos contra incêndio em edificações e contra sinistro em áreas de risco, bem como as fiscalizações através das vistorias, durante e após a execução das obras.

- Além disso, podemos destacar a edição e atualização das normas técnicas e o treinamento e conscientização da população – afirmou Schpil.


Tenente Ilton Schpil.


As atividades de segurança contra incêndios são exercidas baseadas em dispositivos legais que possuem estreita e direta relação com a fiscalização feita pelas administrações municipais e por outros órgãos no que se refere à autorização para funcionamento. A legislação norteadora da fiscalização condiciona à expedição de licenças, alvarás e atestados.

Com relação ao amparo constitucional da atividade técnica, Schpil, relatou que a constituição Estadual de 1989 (artigo 108) alterada pela emenda constitucional número 33 de 13 de junho de 2003, estabelece o seguinte: cabe ao Corpo de Bombeiros analisar previamente os projetos de segurança contra incêndio em edificações, contra sinistro em áreas de risco e armazenagem, manipulação e transporte de produtos perigosos, acompanhar e fiscalizar a execução e impor sanções administrativas estabelecidas em lei. Também é de sua competência a realização de perícias de incêndio em áreas sinistradas e colaborar com o órgão de defesa civil.

As Normas de Segurança Contra Incêndio (NSCI) têm por finalidade fixar os requisitos mínimos nas edificações através de especificações para segurança contra incêndios no Estado, levando em consideração a proteção das pessoas e seus bens.


Fases

O ciclo operacional da atividade de bombeiro militar envolve quatro fases: normativa e preventiva, passiva ou estrutural, ativa ou de combate e investigativa ou pericial. A primeira visa evitar que os sinistros ocorram através da análise de riscos e estudos, da revisão e elaboração de normas de segurança contra incêndios. A fase passiva ou estrutural tem por objetivo restringir ou minimizar com prontidão as consequências ou danos de um sinistro que não pode ser evitado, instalar, inspecionar, fazer manutenção e operar sistemas ou dispositivos de segurança contra incêndios.

- O objeto desta fase é constituído por projetos, sistemas preventivos e dispositivos de segurança executados nas instalações prediais de qualquer tipo de ocupação – explicou o tenente.

Na terceira fase – ativa ou de combate – os sistemas e dispositivos instalados passam a ser utilizados pelos usuários e bombeiros tanto em treinamentos como em situações reais de sinistros. Na ocorrência de eventual sinistro, são prestados serviços para debelar incêndios, prestar atendimento pré-hospitalar, resgatar ou salvar vidas. A fase investigativa ou pericial envolve o feedback das demais, elucidando a situação em todos os seus aspectos (causas, subcausas, desenvolvimento do incêndio, danos causados e bens salvos).

O tenente também esclareceu alguns aspectos do Cano Multicamadas que em Santa Catarina não está normatizado, e discutiu com os empresários alternativas para que as análises feitas pelo Corpo de Bombeiros sejam entregues sem atrasos.


Comente aqui
22 mai12:08

Incêndio destrói casa no interior de Concórdia

Um incêndio destruiu completamente uma casa na Linha Cachimbo, no interior de Concórdia, na manhã desta terça-feira. Apesar da casa estar localizada ao lado da BR 153, os bombeiros tiveram que percorrer 15 Km para chegar até a comunidade o que dificultou o combate ao incêndio.

De acordo com Terezinha Bosqueiro, vizinha e irmã do dono da casa, o fogo teria começado pela parte dos fundos. Na casa viviam quatro pessoas. Dois adultos e duas crianças, uma de cinco e outra de 12 anos. Mas nenhuma delas estavam na casa no momento em que inicio o incêndio.Terezinha acredita que alguém tenha ateado fogo de propósito.

- Há alguns dias encontramos pneus queimados na frente da casa – disse Terezinha.

Para os Bombeiros ainda é cedo para apontar o que realmente aconteceu.

– Precisamos fazer uma perícia no local e verificar se os moradores não esqueceram nada ligado ou se pode ter sido curto circuito – disse Rudimar Vito, comandante dos Bombeiros Voluntários de Concórdia.


* com informações da RBS TV CONCÓRDIA


Comente aqui
22 mai11:27

Homem de 55 anos sofreu queimaduras após acidente de trabalho em Chapecó

Um homem de 55 anos ficou ferido na manhã desta terça-feira em Chapecó após acidente de trabalho, seguido de um princípio de incêndio. Ele sofreu queimaduras leves e foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros de Chapecó para o Hospital Regional do Oeste.

As chamas iniciaram na garagem de um prédio na esquina das ruas Indio Condá com a Quintino Bocaiúva, no centro, e por pouco não se alastraram. Um operário realizava manutenção do sistema hidráulico e ao furar a parede teria atingido um cano da central de gás. O líquido vazou e atingiu o rosto e o peito do trabalhador.

O homem foi atendido no Pronto Socorro e liberado.

*com informações da RBS TV Chapecó


Comente aqui
16 mai11:19

Incêndio destrói casa no loteamento Dom José Gomes em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Um incêndio por volta das 5h da manhã desta quarta-feira destruiu uma casa na rua Fernando Machado, no loteamento Dom José Gomes, do bairro Universitário em Chapecó. Na residência de madeira de aproximadamente 48 metros quadrados, moravam quatro pessoas. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Chapecó foram utilizados 8 mil litros de água no combate as chamas e rescaldo. As causas serão investigadas.


Comente aqui
14 mai14:52

Três veículos se envolvem em acidente na BR 282 em Xaxim

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Xanxerê atendeu na manhã desta segunda-feira no Km 520 da BR 282, próximo ao trevo de entrada para Xaxim, uma ocorrência envolvendo três veículos. O motorista de um deles ficou preso as ferragens e foi retirado do veículo com a ajuda do Corpo de Bombeiros de Xaxim.

Segundo o soldado do Corpo de Bombeiros, Paulo Felipetto o sol pode ter ofuscado a visão do motorista. – Ele contou que se perdeu, tentou desviar, mas acabou colidindo no caminhão carregado de madeiras que estava na frente – disse.

O motorista da Van, Reni Goulart, 32 anos, foi retirado pela guarnição e encaminhado para o Hospital Frei Bruno de Xaxim, com fratura na mão direita e dores pelo corpo. Ele foi atendido e passa bem.

O motorista do caminhão placas de Caibi e o condutor do Gol, placas de Chapecó, que colidiu atrás da Van, saíram ilesos.


Comente aqui
30 abr10:43

Mulher morre em atropelamento em Chapecó

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Uma mulher de 30 anos morreu atropelada no final da tarde deste domingo em Chapecó. Ela estava na saída para Guatambu, no Bairro Efapi, com as duas filhas na hora do acidente. Marilice Antunes dos Santos não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Uma das meninas, de 10 anos, teve ferimentos leves e foi encaminhada pelo Corpo de Bombeiros de Chapecó para o Hospital Materno Infantil. Lá ela foi atendida e transferida para o Hospital Regional de Chapecó onde teve alta nesta madrugada. A outra menina de 14 anos não teve ferimentos.

A Polícia Militar esteve no local e realizou teste de bafômetro com a motorista do veículo envolvido na ocorrência. A mulher de 27 anos foi encaminhada para a 2ª Delegacia de Polícia onde prestou depoimento. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Marilice está sendo velada na Igreja Cabeiceira da Barragem. O enterro está marcado para as 16h no cemitério da Linha Divisa Tomazelli em Chapecó.


Comente aqui
27 abr11:49

Duas pessoas ficam feridas em acidente de trabalho em Concórdia

Os trabalhadores auxiliavam na montagem pré-moldada do prédio quando uma das vigas se desprendeu e destruiu parte de uma laje. O acidente foi na tarde desta quinta-feira, no centro da cidade. No local está sendo construído um supermercado.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, um dos trabalhadores atingidos teve apenas ferimentos leves e foi atendido no próprio canteiro de obras e liberado. O outro, um rapaz de 20 anos, foi conduzido ao hospital com ferimentos na face e nos braços. Ele caiu de uma altura de aproximadamente nove metros.

Ainda não se sabe o que provocou a movimentação da viga.


Seminário Regional em Concórdia

Na tarde desta sexta-feira, a partir das 13h30 será realizado Seminário Regional Trabalho e Adoecimento – em memória das vítimas de doenças e acidentes decorrentes do trabalho no Alto Uruguai Catarinense. O encontro será na Casa de Cultura de Concórdia.

O evento vai contar com palestras, debates e exibição de um documentário. Durante a tarde o tema em pauta são os programas públicos de prevenção dos acidentes na construção civil e organização do trabalho. Já pela noite tem palestra sobre direitos trabalhistas e deveres do empregador.

A inscrição pode ser feita na hora e é de gratuita.


RBS TV CONCÓRDIA


Comente aqui
26 abr11:41

Incêndio atinge aviário de Ponte Serrada

Por volta das 22 horas desta quarta-feira, dia 25, a equipe do Corpo de Bombeiros de Xanxerê combateu incêndio em um aviário em Ponte Serrada. Ninguém ficou ferido.

Quando o fogo teve início, chovia na cidade, o que, segundo os Bombeiros amenizou os prejuízos. O fogo consumiu parte do telhado do aviário. Cerca de mil metros quadrados foram destruídos. Cerca de 3 mil pintinhos morreram. Foram utilizados 2,5 mil litros de água para combater as chamas.



Comente aqui