Cuidado

18 jun09:17

Mau uso de cremes hidratantes pode prejudicar permanentemente a pele

A maioria dos brasileiros pensa que cremes são inofensivos, principalmente as mulheres. É comum o uso indicriminado de hidratantes que podem causar danos na pele, como manchas, alergia, irritação ou acne. Por isso, a dermatologista Pietra Martini lembra que o que é bom para um tipo de pele pode ser um desastre para outro.

— A acne, por exemplo, pode ser agravada em pessoas com pele oleosa que usam o hidratante inadequado, o que acarreta cicatrizes difíceis de serem revertidas.

A especialista afirma que no inverno os prontuários de 130 pacientes mostram que 48, ou 37%, buscaram o consultório médico devido ao agravamento da acne decorrente da aplicação de hidratante.

—Isso acontece porque o tempo frio desidrata todos os tipos de pele — oleosa, normal, mista ou seca — e cerca de 60% da população usa creme sem orientação médica.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), sete em cada 10 brasileiros têm pele oleosa. Essas pessoas devem usar hidratante e filtro solar livre de óleo ou oil free, caso contrário, a excessiva oleosidade entope os poros, formando cravos e espinhas que causam cicatrizes se forem apertados.

A médica ressalta que a segunda maior complicação decorrente do uso indiscriminado de cremes é a alergia. Correspondeu a cerca de 33% dos 130 prontuários ou 42 consultas. Segundo Pietra os hidratantes com uréia e os cremes que contêm ácido glicólico ou retinóico são os que mais causam irritação e alergia. Por isso só devem ser usados após avaliação médica.

Além disso, Pietra também ressalta que a falta de orientação faz muitas mulheres terem gastos desnecessários. —Usar cremes para combater rugas e flacidez antes dos 25 anos não trás benefício, porque é a partir desta idade que a pele inicia o processo de envelhecimento— explica ela. Cirurgias plásticas devem ser combinadas com cremes e procedimentos como peeling, botox, laser e radiofreqüência e sempre acompanhadas por um médico especialista.


Dicas para potencializar tratamentos

:: Para maior penetração do creme, antes da aplicação lave a pele com água morna

:: Lave o rosto com sabonete neutro.

:: Evite produtos que contêm álcool para não estimular as glândulas sebáceas

:: Aplique um hidratante com protetor solar pela manhã e repita a aplicação no meio do dia.

:: Nunca durma sem lavar o rosto


BEM-ESTAR



Comente aqui
11 abr07:05

Cuidado com a pele deve começar na juventude

A receita é simples: quando os cuidados com a pele iniciam cedo os problemas surgem mais tarde. A partir dos 20 anos já é recomendado incluir cuidados simples na rotina de beleza com o objetivo de retardar o envelhecimento.

Além do uso constante do filtro solar é importante apostar na limpeza da pele. Ela ajuda a remover células mortas e também a controlar a oleosidade, uma das responsáveis pelo aparecimento da acne. A limpeza com sabonetes líquidos ou em barra, de acordo com o tipo de pele, pode ser feita pela manhã e à noite.

A esfoliação, processo que limpa a pele mais profundamente, é recomendada de uma a duas vezes por semana. Peelings feitos em casa, com ingredientes simples de encontrar, dão conta do recado. Outro cuidado básico, que deve iniciar ainda na infância, é o uso do filtro solar sempre que houver exposição ao sol.

Para quem já faz uso de cosméticos o melhor período de aplicação é durante a noite. Neste período a pele não está exposta a sol e poluição e a absorção dos compostos fica facilitada.


Comente aqui