Dança

10 dez07:45

Espetáculo inspirado no filme Mary Poppins é apresentado em Chapecó

Toda a magia, história e dança, do filme Mary Poppins serão apresentados em Chapecó. A escola de dança Ballare teve o filme como inspiração para o espetáculo que será apresentando nesta terça-feira, dia 10 e quarta, dia 11. As apresentações acontecem no Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, sempre às 20h07. Os ingressos estão à venda na escola.

O espetáculo marca o encerramento das atividades do ano da escola. Os alunos se preparam durante todo o ano para esta apresentação.

Segundo a professora Vanessa, o tema Mary Poppins foi escolhido para o espetáculo desse ano por questões educativas.

- Queria algo que trouxesse uma lição a mais para as crianças e adultos que vão assistir – comentou Vanessa.

Cada estilo de dança representará algum momento do filme. Terá ballet clássico, baby class, dança do ventre, dança de rua, jazz, além de muitas cenas que os próprios bailarinos e alguns atores vai interpretar.


Comente aqui
15 set08:43

Chapecó no ritmo da dança

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Chapecó entrou no ritmo da dança. Durante quatro dias mais de mil bailarinos, de 28 cidades de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, participaram das apresentações competitivas do 7º Dança Chapecó. Os melhores serão premiados neste sábado a partir das 19 horas, no Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes.

Nesta noite serão escolhidos o melhor bailarino, melhor bailarina, melhor escola ou grupo, melhor coreografia e bailarino ou bailarina destaque no infantil e infanto-juvenil. Além da premiação, que chega a R$ 8 mil em dinheiro, todos vão receber certificado.

Durante o sábado os bailarinos participam de oficinas e cursos. A entrada na feira do Dança e no palco alternativo são gratuitos. Para a mostra competitiva os ingressos custam entre R$ 8 e R$ 15 e podem ser comprados na Escola de Artes de Chapecó e no Centro de Cultura e Eventos.

De acordo com a Diretora da Escola de Artes, Neyla Caramori, a edição deste ano foi um sucesso e setembro de 2013 a cidade será palco novamente do festival.



Serviço

Premiação 7º Dança Chapecó

Horário: 19h

Local: Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes – Chapecó/SC

Ingressos: R$ 8 e R$ 15

Pontos de venda: Escola de Artes de Chapecó (até às 18h) e no Centro de Cultura e Eventos.


Comente aqui
10 set11:25

Escola de Artes realiza 7º Dança Chapecó

O Festival Dança Chapecó, organizado pela Escola de Artes, chega à sétima edição. O evento, que já entrou para o calendário do município, acontecerá entre os dias 12 e 16 de setembro. As apresentações acontecem sempre as 19h no Teatro Municipal do Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo De Nes. No ano passado, o Festival contou com a participação de mais de 30 grupos e 800 bailarinos.

Apresentação durante o 6º Festival em 2011.

De acordo com a Diretora da Escola de Artes, Neyla Caramori, além das apresentações competitivas, haverá um palco alternativo para a mostra de grupos, a feira de produtos de dança, oficinas e cursos para os bailarinos.

A entrada na feira e acesso ao palco alternativo são gratuitos. Já para a mostra competitiva os ingressos custam R$ 15 e R$ 8 e já estão à venda na Escola de Artes. Para alunos da Escola e familiares haverá preços especiais.

Na abertura, no dia 12, às 19h, tem a apresentação de um grupo de bailarinos do Rio de Janeiro, convidado especialmente para este momento do Festival.


Comente aqui
29 jun16:09

Grupo de Dança Essência apresenta espetáculo “Estarjunto”

O Grupo Universitário de Dança Essência, que faz parte Núcleo de Extensão em Cultura, mantido pela Unochapecó, apresenta o espetáculo “Estarjunto”. A apresentação será neste sábado, dia 30, às 19h, na sala de teatro do bloco L da Unochapecó.

Com atuação há oito anos, o grupo de dança proporciona aos estudantes e funcionários da universidade a possibilidade de vivenciar a dança nas suas diferentes manifestações culturais e estilos. O trabalho de produção coreográfica do grupo não faz parte de nenhuma técnica de dança especificamente, e sim dos pressupostos e ideias que norteiam a dança contemporânea. Nessa perspectiva, as possibilidades de cada integrante do grupo são exploradas e potencializadas.

“Estarjunto” é um espetáculo que foi construído após questionamento do grupo sobre aspectos como: O que significa estar junto? Quais relações se constroem ao estar junto? Como podemos estar junto do que gostamos e amamos?. Diante desses questionamento feitos aos membros do grupo, eles se dedicaram após a criar gestos e movimentos para expressar as (in)possibilidades de conviver.

No processo de construção da coreografia que sustenta os princípios da dança contemporânea, são levados em conta sentimentos, emoção, recordações, sensações, ideias e imagens. Assim, imagem e acontecimento em vida tornam-se imagem e acontecimento em dança. O grupo já desenvolveu inúmeras apresentações coreografias, mas o novo espetáculo é o primeiro no qual constroem coreografia, cenário, figurino e trilha sonora própria, tocada ao vivo durante a apresentação.

Para a coordenadora do grupo de dança, Neusa Dendena Kleinubing, construir o “Estarjunto” conjuntamente, fazendo jus ao tema, foi “uma experiência artística interessante, já que partimos de imagens, sentimentos, sensações e lembranças que as integrantes do grupo já tinham para compor o espetáculo”. Uma das integrantes do grupo de dança, Sabrina Lencina, afirma que foi a primeira oportunidade que teve de participar ativamente de toda a construção de uma coreografia e ainda fazer parte da mesma.


Comente aqui
02 jun10:55

Movimento “Eu sou a Paz” será realizado em Chapecó

Em conexão com o movimento do Festival Mundial da Paz, que acontece de 6 a 9 de setembro de 2012, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Ruah – Instituto de Desenvolvimento Humano, de Chapecó, desenvolveu um projeto para atuar em sintonia com o movimento de sensibilização das pessoas para o festival, que acontece em todas as cidades do Brasil e em países como Argentina, França e Alemanha, em benefício da Paz Mundial.

Neste sábado, dia 2, a atividade acontece no Ecoparque de Chapecó, a partir das 15h30, com uma dança circular orientada por Adriane Cavalli. O Movimento ‘Eu sou a Paz’ é realizado de forma solidária e voluntária por pessoas de diversas áreas de atuação profissional, crenças e raças variadas. O objetivo é mobilizar a comunidade de Chapecó e de municípios vizinhos através de ações que proporcionem o sentimento e a vivência da Paz, disseminando a ideia e o pensamento da Paz, oportunizando a vivência da sua energia curativa e construtiva em diversas dimensões de consciência, expressão e espaços.

Durante o período de maio até setembro de 2012 serão desenvolvidas, em espaços públicos de Chapecó, atividades divididas em quatro focos de atuação. As atividades irão trabalhar os principais aspectos da consciência humana que necessitam estar em equilíbrio para a manifestação da Paz: Física, Mental, Emocional e Espiritual.

Serão desenvolvidas para a busca do equilíbrio físico, psíquico e energético, integrando o corpo e a mente, a respiração e o movimento: atividades de yoga, tai chi chuan e danças circulares. Para a busca da expressão das ideias e da criatividade, trabalhando o aspecto mental em conexão com o espiritual serão realizados workshop de pintura de mandalas em espaços públicos como escolas e praças, uma maratona fotográfica que irá acompanhar as atividades realizadas resultando em uma exposição fotográfica e workshop de tsurus nas escolas, práticas de meditação, entre outras atividades.


O que é uma dança circular?

Qualquer pessoa, de qualquer idade, pode dançar em uma Roda. Não é preciso ter experiência anterior em dança, basta ter vontade, querer entrar em contato com a alegria e com a possibilidade da comunhão entre os seres humanos. Dançando, nosso corpo se expressa através do movimento e aquieta a mente. A alegria brota naturalmente e o movimento simples e repetido aproxima as pessoas, promovendo uma integração física, mental, emocional e espiritual. As Danças Circulares promovem uma rápida integração de grupos, reflexões sobre o trabalho em equipe, compreensão sobre conflitos, o despertar da criatividade, a integração dos hemisférios cerebrais, além da ativação corporal.


Comente aqui
30 abr12:39

3ª Mostra Popular de Dança em São Miguel do Oeste

A secretaria municipal de cultura, lazer e turismo de São Miguel do Oeste organizam a 3ª Mostra Popular de Dança. O evento acontece no dia 25 de maio, nos períodos da tarde e da noite, no ginásio do Clube Guarani.

Segundo a secretária Paula Licks, a mostra visa proporcionar uma integração entre os gêneros da dança, intercâmbio entre os dançarinos e fomentar a criação de coreografias para que todos os artistas, dentro de suas potencialidades e limitações, possam se apresentar em público.

- As escolas se organizam, os grupos de dança se movimentam e o espetáculo se efetiva, trazendo a essência da melodia, da música para o palco, através dos gestos e da expressão corporal – disse a secretária.


Inscrições na mostra

Os interessados em participam podem fazer suas inscrições, de forma gratuita, a partir do dia 2 de maio até o dia 18, no Centro Cultural Olimpio Dal Magro. O regulamento já está disponível no site da prefeitura.

A apresentação de vários gêneros poderá ser conferida na 3ª Mostra Popular de Dança, entre elas: Ballet Clássico; Dança Contemporânea; Dança Folclórica; Dança de Rua; Dança de Salão; Dança Teatro; Estilo Livre; Jazz.

Durante a tarde, segundo Paula, devem se apresentar escolas municipais, escolas estaduais, Sesc e programa integração AABB Comunidade. À noite secretarias de ação social e esporte, escolas particulares, APAE, academias, escolas de ballet, entidades culturais e oficinas do programa Viver com Arte.

A inscrição será efetivada mediante apresentação da ficha preenchida, acompanhada do CD das músicas que serão utilizadas nas apresentações.

Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (49) 3622 6208, com Bárbara.


Comente aqui
16 abr14:44

Abelardo Luz é tricampeão regional na Dança de Salão dos JASTI

Pelo terceiro ano consecutivo Abelardo Luz conquistou o primeiro lugar na Dança de Salão na etapa regional dos Jogos Abertos da Terceira Idade (JASTI) de Santa Catarina. O casal Romilda e Luiz Seleri representou o município na competição que foi realizada, nos dias 11 e 12 de abril, na cidade de Xaxim.

Romilda e Luiz Seleri.

Abelardo Luz disputou a modalidade de dança de salão contra Xanxerê, Xaxim e São Domingos. Além da dança de salão, categoria 60 a 69 anos, o município também se destacou na canastra masculino tirando o 2º lugar e no dominó feminino com o 3º lugar.

O aposentado Luiz Seleri relata que foram dias de ensaios para fazer bonito na competição. – Nós dançamos três estilos musicais: vanera, valsa e o bolero. No bolero a gente tinha mais dificuldade, mas esse ano ensaiamos mais. Aprendemos com a professora Débora uns passos novos e ficamos muitos felizes em novamente representar a terceira idade da nossa cidade – disse.

Dona Romilda Seleri destaca a emoção de participar dos jogos e a expectativa de representar a região da SDR Xanxerê na etapa estadual. – A gente se preparou, sempre treme um pouquinho, mas graças a Deus ficamos em 1º lugar. Agora já que chegamos até aqui, vamos pegar mais umas aulas com a professora para fazer uma apresentação melhor ainda – contou.

A etapa estadual dos JASTI será realizada de 24 e 28 de abril em Piratuba. Os jogos devem mobilizar cerca de 1,5 mil atletas de todo o estado em sete modalidades: dominó, canastra, truco, dança de salão, dança coreografada, bolão e bocha.


Comente aqui
29 fev15:31

Inscrições abertas para aulas de dança e balé em Abelardo Luz

Recomeçam no mês de março as aulas do projeto de dança e balé do departamento municipal de Cultura de Abelardo Luz. Os interessados em participar devem efetuar a inscrição na prefeitura com a professora Aline Deres Fereira.

As inscrições são totalmente gratuitas. As aulas serão realizadas de segunda a sexta-feira no contra turno escolar.

O projeto tem como objetivo promover a inclusão social de crianças e adolescentes por meio da arte e da cultura, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida.

Procure o departamento municipal de Cultura e garanta a sua vaga. Mais informações pelo telefone (49) 3445 4322 ramal 212 ou 221.


Comente aqui
07 fev15:26

Fundação Aury Luiz Bodanese abre inscrições para o projeto dança em Chapecó

A Fundação Aury Luiz Bodanese abriu nesta segunda-feira as inscrições para novas turmas do projeto “Dança” voltado para crianças e adolescentes. A iniciativa oportunizará acesso à linguagem e manifestação artística da dança. Em 2011, o projeto beneficiou aproximadamente 140 pessoas e, para este ano, a intenção é ampliar o número de atendimentos.

As inscrições são abertas a comunidade e podem ser feitas a partir desta segunda-feira até quinta-feira (9), (8 na unidade Aurora saída para Guatambu e dias 7 e 9 no ginásio da Aurora Matriz). A presidente da Fundação, Isabel Machado, explica que é necessária a cópia do documento da criança e presença de um adulto responsável.

O projeto Dança visa proporcionar espaços onde o aluno vivencie a linguagem corporal e de movimento atribuindo elementos da arte e da educação. Além disso, a iniciativa valoriza a individualidade e a história corporal de cada aluno, contextualiza os diversos estilos de dança com o momento histórico individual, desenvolve aspectos físicos, sociais e culturais pertinentes à atividade e proporciona a troca de experiências.

De acordo com a professora Jucinéia Zantedeschi, as aulas iniciarão na próxima segunda-feira (13) no FACH I e na terça-feira (14) na Matriz. O encerramento está previsto para 14 de dezembro. – Para este ano, serão desenvolvidas as temáticas cooperação, sustentabilidade, cidadania, família e comunidade – complementa.


Atividade

A Fundação Aury Luiz Bodanese mantém dois espaços para as atividades de dança duas vezes por semana em cada local, um na região da Efapi e outro na sede da empresa Aurora Alimentos. As aulas para as crianças têm duração de 1h15 e para os adolescentes de 1h30.

Além dos ensaios, as crianças e adolescentes integram atividades complementares, a cada dois meses, como conversa informal, trabalho com a equipe, encaminhamento para atendimento psicológico e realização de outras atividades (A Turminha da Reciclagem, Cinema da Prevenção e passeios).

Comente aqui
28 jan09:41

Abertas inscrições para projeto de dança em Chapecó

Oportunizar acesso à linguagem e manifestação artística da dança. Com esse objetivo a Fundação Aury Luiz Bodanese desenvolve o projeto “Dança” voltado para crianças e adolescentes. Em 2011, a iniciativa beneficiou aproximadamente 140 pessoas e, para este ano, a intenção é ampliar o número de atendimentos.

As inscrições para novas turmas serão aceitas no período de 6 a 9 de fevereiro, no FACH I (6 e 8) e na Matriz (7 e 9). A presidente da Fundação, Isabel Machado, explica que é necessária a cópia do documento da criança e presença de um adulto responsável.

O projeto Dança visa desenvolver trabalhos coreográficos a partir das temáticas, produzir expressões corporais próprias do aluno ao estímulo de uma tarefa através da improvisação de movimentos e possibilitar atividades utilizando conceitos de dança contemporânea (complexidade, diversidade, simultaneidade), dança de rua e criativa. Além disso, a iniciativa valoriza a individualidade e a história corporal de cada aluno, contextualiza os diversos estilos de dança com o momento histórico individual, desenvolve aspectos físicos, sociais e culturais pertinentes à atividade e proporciona a troca de experiências.

De acordo com a professora Jucinéia Zantedeschi, as aulas iniciarão no dia 13 de fevereiro no FACH I e 14 de fevereiro na Matriz. O encerramento está previsto para 14 de dezembro. “Para este ano, serão abordados os assuntos cooperação com sustentabilidade, cidadania, formação e desenvolvimento pessoal, família e comunidade”, complementa.


Atividade

A Fundação Aury Luiz Bodanese mantém dois espaços onde são realizadas as atividades de dança duas vezes por semana em cada local, um na região da Efapi e outro na sede da empresa Aurora Alimentos. As aulas para as crianças têm duração de 1h15 e para os adolescentes de 1h30. Podem participar crianças e adolescentes da comunidade.

Além dos ensaios, as crianças e adolescentes integram atividades complementares, a cada dois meses, como conversa informal, trabalho com a equipe, encaminhamento para atendimento psicológico e realização de outras atividades (A Turminha da Reciclagem, Cinema da Prevenção e passeios).



Comente aqui