Decreto

15 fev17:35

Ipumirim decreta situação de emergência

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Subiu para 93 o número de municípios em situação de emergência em Santa Catarina, devido a estiagem. Segundo a Defesa Civil são mais de 590 mil pessoas afetadas. Concórdia também decretou, porém a documentação ainda não foi recebida pela Defesa Civil.

Em Ipumirim as perdas na produção de milho passam dos 20%. Segundo levantamento da Epagri, 70% da área plantada foi atingida. – A estimativa inicial era colher 9600 toneladas, devido a estiagem, foram perdidas 1344 toneladas de grãos. Um prejuízo de R$ 672 mil – disse Nédio Luis Patzlaff, representante da Epagri.

Já a produção leiteira teve uma redução de 10%, um prejuízo de R$ 337.500,00. Nédio acredita que as perdas no leite devem continuar, pois a pastagem de verão está comprometida e a pastagem de inverno ainda não pode ser plantada.


93 Municípios em situação de emergência

Os últimos decretos foram de Ipumirim, Iomerê, Jaborá e Piratuba. Concórdia também decretou, porém a documentação ainda não foi recebida pela Defesa Civil do Estado.


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista

Anchieta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Concórdia*

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Iomerê

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Ipumirim

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jaborá

Jardinópolis

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Piratuba

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Presidente Castello Branco

Princesa

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 15de fevereiro de 2012, pela Defesa Civil.

*A Defesa Civil do Estado ainda não recebeu a documentação do município.


Comente aqui
14 fev10:46

Seara decreta situação de calamidade pública

Em reunião na tarde desta segunda-feira, Seara decretou situação de calamidade pública devido à estiagem e a dificuldade no abastecimento de água da cidade e interior do município. Também foi definida a entrada de uma ação administrativa no Ministério Público para que a Casan tome providências emergenciais para amenizar o problema. Uma das alternativas paliativas é de que a estatal contrate caminhões para o transporte de água à população.

O gerente da Casan em Seara Marcelo Cozer, explica que a necessidade de Seara é de 120 mil litros por hora. – Atualmente estão sendo distribuídos 45 mil litros/hora, ou seja, apenas um terço do que a população consome normalmente – disse.

A Prefeitura está transportando água potável com caminhões da estação de tratamento da Casan em Itá para abastecer os bairros Garghetti, Padre Lídio e parte do Bairro São João. São aproximadamente 200 mil litros de água por dia transportados do município vizinho para Seara. Outros caminhões estão abastecendo o restante da cidade através de poços artesianos e pelo rodízio da Casan.

Nesta terça-feira uma carreta do Corpo de Bombeiros, vinda de Florianópolis, chegou na região Oeste e está fazendo o transporte de água do reservatório de Itá e levando até Seara. O presidente da Defesa Civil de Seara Fabio Stocco disse que a Casan deve contratar mais três caminhões para realizar o transporte.

- A previsão é de que cada caminhão faça de oito a dez viagens por dia. Com quatro caminhões fazendo o transporte ainda não seria o suficiente para suspender o rodízio, porém amenizaria bastante a situação do abastecimento – destaca Marcelo.

A Prefeita Laci Grigolo enfatiza que a situação só tende a se agravar já que as previsões para chuvas não são animadoras. – A Prefeitura está fazendo tudo o que está ao seu alcance, agora buscamos com a ação administrativa, uma solução concreta e urgente da Casan para o município – disse.

No interior um trator e dois caminhões da Prefeitura também abastecem propriedades que necessitem de água principalmente aqueles que possuem produção de aves e suínos.

- Esse trabalho é por tempo indeterminado, até que chova o suficiente para acabar com a estiagem – destaca Stocco.

O trabalho de desassoriamento da barragem foi concluído na semana passada, já a retomada dos trabalhos de retirada da bomba do poço profundo devem ser retomados nesta semana com a chegada da peça para sucção da bomba.


Comente aqui
10 fev13:54

Alto Bela Vista decreta situação de emergência

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

O município encaminhou, via Correios, na tarde desta quinta-feira, dia 9, para a Defesa Civil do Estado a documentação necessária para o decreto de Situação de Emergência. Com isso são 87 cidades nessa situação devido a estiagem. Segundo o prefeito Sergio Luiz Schmitz o decreto não foi encaminhado antes porque esperavam que a chuva resolvesse a situação. – Como estava dando algumas chuvas protelamos o envio do decreto, mas a chuva veio fraca e não resolveu – disse.

A situação de emergência foi determinada tendo vista que a estiagem vem prejudicando o fornecimento e abastecimento de água principalmente para os rebanhos de bovinos, suínos e aves.

>> Formosa do Sul sofre com a falta de água

Segundo informações da gerência de agricultura do município os prejuízos variam de 20% a 40% e, se não chover nos próximos dias, esse número pode aumentar. As perdas na produção de grãos chega a 35%, na fruticultura a 20%, a 30% na produção de leite e 40% na outras lavouras.

Essa é a nona cidade da região do Alto Uruguai a decretar situação de emergência. Seara, Paial, Arvoredo, Xavantina, Lindóia do Sul, Irani, Itá e Peritiba, já haviam encaminhado decreto para a Defesa Civil.

Até o começo da tarde a Defesa Civil do Estado não havia recebido a documentação de Alto Bela Vista.


87 Municípios em situação de emergência

Alto Bela Vista encaminhou nesta sexta-feira, dia 10, documentação para o decreto de Situação de Emergência para a Defesa Civil do Estado.


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Alto Bela Vista*

Anchieta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Celso Ramos

Chapecó

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jardinópolis

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Princesa

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada em 10 de fevereiro de 2012, pela Defesa Civil.

*A Defesa Civil do Estado ainda não recebeu a documentação do município.


Comente aqui
25 jan15:24

Decreto luto oficial em Xaxim

O prefeito em exercício Adacir Araldi, decretou no início da tarde desta quarta, 25, Luto Oficial em Xaxim em razão do falecimento de Gilda Folle Vicenzi, mãe do prefeito Tinho Vicenzi.

No decreto nº 012/2012, Araldi destaca que Dona Gilda foi uma das desbravadoras do município e uma das pioneiras no comércio e indústria de Xaxim.

Permanecem em funcionamento todos os departamentos e seções da administração municipal. Os funcionários públicos que queiram prestar sua última homenagem à Gilda Folle Vicenzi, mediante liberação do responsável do departamento ou seção, desde que não prejudiquem ou interrompam os serviços para a população.

Gilda Folle Vicenzi deixa marido, cinco filhos, 10 netos e três bisnetos.

O velório acontece na Capela Mortuária de Xaxim. O enterro será às 9h30 da quinta-feira, dia 26, no cemitério Municipal de Xaxim.


Comente aqui
24 jan12:09

Estiagem: Recursos serão repassados

O sete municípios da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste receberão nesta semana os recursos repassados pelo Governo do Estado para amenizar os efeitos da estiagem que assola a região. Os prefeitos assinaram os convênios que garantem o repasse de mais de 196,7 mil, beneficiando cerca de 10 mil propriedades rurais.



Em Belmonte, rios, açudes e pastagens estão secando. Cerca de 50 famílias dependem da água de caminhões pipas.



Os valores são destinados para o transporte de água às famílias e animais, bem como a terceirização de equipamentos para produção de silagem e outras atividades que possam amenizar de imediato a situação da seca. O secretário regional de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, destaca que os recursos são repassados conforme o número de propriedades rurais de cada cidade.

- Estamos trabalhando para atender os municípios de forma emergencial. Mas o Governo do Estado já apresentou também ações preventivas que serão efetivadas em seguida pela equipe da SDR e da Epagri – disse Trevisan lembrando dos R$ 10 milhões do Programa Juro Zero, já disponíveis para serem aplicados em sistemas de captação e armazenagem da água da chuva e irrigação pelos agricultores dos municípios atingidos pela estiagem.

Os municípios irão receber os seguintes valores: Descanso R$ 40,4; São Miguel do Oeste, R$ 43,4 mil; Guaraciaba, R$ 48,9 mil; Bandeirante, R$ 18,8 mil; Belmonte, R$ 13,8 mil; Paraíso, R$ 22,1 mil; e Barra Bonita, R$ 9,3mil, totalizando os R$ 196,7 mil.


85 Municípios em situação de emergência


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Chapecó

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Irani

Itá

Itapiranga

Jardinópolis

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro Verde

Paial

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Peritiba

Pinhalzinho

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Princesa

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São José do Cerrito

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Xanxerê

Xavantina

Xaxim

*Lista atualizada em 23 de janeiro de 2012, pela Defesa Civil.




Comente aqui
17 jan14:17

Perdas chegam a 70% no milho em Santa Helena

A estiagem que iniciou em novembro do ano passado está trazendo grandes prejuízos para a agricultura na região Oeste e Extremo-Oeste. Em Santa Helena as perdas na cultura do milho chegam à 70%. No fumo é próximo de 30% e na produção de leite, as perdas chegam a 50%.

- Decretamos situação de emergência em todo o território santa-helenense objetivando facilitar a liberação de recursos para atender essas famílias mais atingidas com a estiagem – disse o prefeito Wilso Pedro Oro.

Com esse decreto, chega a 81, o número de municípios em Situação de Emergência, de acordo com a última lista divulgada pela Defesa Civil de SC.


81 Municípios em situação de emergência


Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Arvoredo

Bandeirante

Barra Bonita

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Chapecó

Cordilheira Alta

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Iporã do Oeste

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Itá

Itapiranga

Jardinópolis

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Maravilha

Marema

Modelo

Mondaí

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro Verde

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Pinhalzinho

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Princesa

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Santa Helena

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São João do Oeste

São José do Cedro

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

Tunápolis

União do Oeste

Vargeão

Xanxerê

Xavantina

Xaxim


Lista atualizada às 13h, do dia 17 de janeiro de 2012, pela Defesa Civil.




Comente aqui
11 jan18:27

São Lourenço do Oeste decreta situação de emergência

Devido à ausência de chuvas desde o início do mês de dezembro, já são várias as conseqüências no município como falta de água em diversas fontes, açudes secando, pastagens perdendo o vigor, lavouras de milho e soja com perdas. Além da queda na produção leiteira, o gado de corte está perdendo peso e avicultores enfrentando grandes dificuldades para manter a produção de aves.

- Os laudos apresentam uma perda de 40% nas lavouras de milho, 25% nas lavouras de soja e uma queda de 25% na produção leiteira no município, e que vem se agravando a cada dia sem chuva – disse o secretário municipal do desenvolvimento rural, Saulo Tarso Sutilli.

Até o momento, a vazão de água disponível no Rio Macaco e a utilização do Poço Profundo no Aquífero Guarani, tem garantido regularidade no abastecimento de água para a área urbana.

>> Ministro da Integração Nacional vem ao Sul na sexta-feira para anunciar medidas contra a seca

>> Açude seca e animais perdem 20% do peso



73 Cidades em situação de emergência

Abelardo Luz

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Arvoredo

Bandeirante

Belmonte

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Chapecó

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Dionísio Cerqueira

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul

Guatambu

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Itapiranga

Jardinópolis

Jupiá

Lajeado Grande

Lindóia do Sul

Maravilha

Marema

Modelo

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Novo Horizonte

Ouro Verde

Palma Sola

Palmitos

Paraíso

Passos Maia

Pinhalzinho

Planalto Alegre

Ponte Serrada

Princesa

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Saltinho

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Bernardino

São Carlos

São Domingos

São José do Cedro

São Lourenço do Oeste

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

Tunapólis

União do Oeste

Vargeão

Xanxerê

Xaxim


Lista atualizada às 17h, do dia 11 de janeiro de 2012, pela Defesa Civil.


Comente aqui
11 jan15:19

Estiagem provoca situação de emergência em 70 cidades de Santa Catarina

Mais três cidades no Oeste de Santa catarina decretaram situação de emergência devido à estiagem. Com o decreto de Abelardo Luz, Paraíso e Saltinho, o número de cidades que sofrem com a escassez de chuva chegou a 70 nesta quarta-feira.

Na próxima sexta-feira, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, anunciou que virá ao Sul para anunciar um pacote de medidas contra a seca.

>> Açude seca e animais perdem 20% do peso

Por conta da estiagem no Estado, a Epagri/Ciram emitiu um boletim sobre o clima na região. A previsão para quinta-feira é que o tempo fique instável nas regiões do Extremo Oeste, Oeste e Meio Oeste, devido ao deslocamento de uma frente fria pelo Sul do Brasil, o que causará chuva fraca na madrugada e manhã.

Os volumes de chuva esperados para o dia variam entre 10 e 20 mm, podendo ser superados em pontos isolados. As temperaturas continuam altas e o vento será fraco com alguma rajadas mais intensas.

Comente aqui
05 jan14:51

Seara decreta situação de emergência

Em reunião realizada pela defesa civil na manhã desta quinta-feira, o município de Seara definiu através do decreto nº 394, estabelecer situação de emergência por causa da estiagem. A área urbana é a mais afetada. O abastecimento de água está sendo feito em forma de rodízio e a barragem da Casan está muito abaixo do nível normal. Em algumas regiões do interior, onde a precipitação de chuva foi menor, as perdas chegam a 30%, podendo se agravar se não chover nos próximos dias.

O presidente da Defesa Civil Fabio Stocco explica que essa medida se fez necessária pelo período de estiagem registrado no município, sendo que as previsões não indicam chuvas consideráveis para os próximos dias.

- A população urbana sofre com o fornecimento de água e os pontos mais altos estão sendo abastecidos com caminhão pipa – disse.

O município conta com um poço profundo com profundidade de 588 metros e vazão de 156 mil litros por hora, porém, após sua implantação problemas com a bomba de recalque foram registrados e a falta de água persiste para esta época.

- Essa situação precisa ser resolvida logo, pois quem sofre com este problema todos os anos é a população. Esperamos que a Casan solucione o problema o quanto antes para que se retome o abastecimento normal – destacou o prefeito em exercício, Henrique Fabrin.

O decreto é válido por 90 dias podendo ser prorrogado.


Comente aqui
05 jan14:27

Aumenta número de municípios em situação de emergência no Oeste

[atualizado 19h06]

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Mais municípios decretaram situação de emergência em virtude da estiagem que atinge o Oeste Catarinense: Entre Rios, Caxambu do Sul, Guatambu e Bandeirante. Com isso já são 56 cidades nessa situação. E o número deve aumentar, já que a previsão de chuva abaixo da média vai até o mês de março.



André Baggio, de Coronel Freitas, terá uma quebra de 50% na safra do milho.



Até o começo da tarde a Defesa Civil tinha registrado 54 municípios em situação de emergência. As prefeituras de Guarujá do Sul e Palmitos também encaminharam decreto mas a documentação ainda não chegou na Defesa Civil do Estado.

>> Estiagem se agrava no Oeste

O governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, viaja para o Oeste nesta sexta-feira onde fará reuniões nas regionais de Chapecó, Maravilha e São Miguel do Oeste. O Governo está fazendo um levantamento dos caminhões pipa disponíveis no Estado, que devem ser deslocados para os municípios mais atingidos. A Epagri vai realizar os laudos de perdas para que os agricultores possam acessar o seguro. Os prejuízos nas lavouras ultrapassam  R$ 400 milhões.


56 Cidades em situação de emergência

Águas de Chapecó

Águas Frias

Anchieta

Bandeirante

Bom Jesus

Bom Jesus do Oeste

Caibi

Campo Erê

Caxambu do Sul

Chapecó

Coronel Freitas

Coronel Martins

Cunhataí

Cunha Porã

Descanso

Entre Rios

Faxinal dos Guedes

Formosa do Sul

Flor do Sertão

Galvão

Guaraciaba

Guarujá do Sul*

Guatambu

Ipuaçu

Iraceminha

Irati

Jardinópolis

Maravilha

Marema

Modelo

Nova Erechim

Nova Itaberaba

Ouro Verde

Palma Sola

Palmitos*

Passos Maia

Planalto Alegre

Pinhalzinho

Ponte Serrada

Quilombo

Riqueza

Romelândia

Santa Terezinha do Progresso

Santiago do Sul

São Carlos

São Domingos

São José do Cedro

São Miguel da Boa Vista

São Miguel do Oeste

Saudades

Seara

Serra Alta

Sul Brasil

Tigrinhos

União do Oeste

Xanxerê


*Defesa Civil ainda não recebeu a documentação dos decretos destes municípios. Dados do relatório das 19h da Defesa Civil.



Comente aqui