Desenvolvimento

23 jul14:41

Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço é tema de encontro em Dionísio Cerqueira

O município de Dionísio Cerqueira vai sediar amanhã, 23 e quarta-feira, 24, a terceira etapa dos encontros de trabalho para elaboração do Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço (PDIF) do estado de Santa Catarina. De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira, Normélio Menegazzo, o ato de instalação do Núcleo acontece nesta terça, às 9h, na sede da Câmara de Vereadores de Dionísio Cerqueira.

Menegazzo explica que o PDIF catarinense tem a participação de 11 Secretarias Regionais: São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, Palmitos, Xanxerê, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Seara, Quilombo, Maravilha e Concórdia. Também estão envolvidos representantes de autarquias, associações de municípios que representam 82 cidades, Secretaria de Estado do Planejamento, Ministério da Integração Nacional e órgãos públicos.

Conforme o secretário Regional, até o momento foram debatidos diversos eixos para a construção do PDIF catarinense, com destaque para Educação; Saúde; Infraestrutura e Logística; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Sócio Ambiental; Segurança e Aduanas. As atividades em Dionísio Cerqueira serão realizadas nestes dois dias na Câmara Municipal de Vereadores. Os trabalhos iniciam às 09h se estendem até às 18h. A entrega do Plano ao Ministério da Integração Nacional deverá ocorrer até o dia três de agosto. A elaboração do PDIF tem como base a metodologia que foi construída pelo Ministério da Integração Nacional (MIN) e validada para ser aplicada em todo território nacional, na faixa de fronteira.

Sobre o Núcleo

O Núcleo é previsto na Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira (CDIF), instituída em setembro de 2010, por meio de Decreto da Presidência da República. Sua função engloba a interlocução entre os atores locais e o Governo Federal, a sistematização de demandas, análise de propostas de ações e a formulação dos Planos de Desenvolvimento e Integração Fronteiriços.

O objetivo da comissão coordenada pelo Ministério da Integração Nacional é propor medidas e coordenar ações que visem o desenvolvimento de iniciativas necessárias à atuação do Governo Federal na região.


Comente aqui
11 jul17:29

Plano de Desenvolvimento e Integração fronteiriço foi discutido em Chapecó

Terminou nesta quarta-feira, dia 11, em Chapecó, o encontro de estruturação do Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço (PDIF). O evento realizado na Uceff Faculdades, reuniu integrantes de secretarias de desenvolvimento regionais do grande oeste, da agência nacional de vigilância sanitária (Anvisa), da Cidasc, da Receita Federal, dos bombeiros e defesa civil, da Polícia Militar entre outros. O trabalho em Chapecó foi desenvolvido pela Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado de Santa Catarina (SPG).

O último encontro será realizado nos dias 24 e 25 de julho em Dionísio Cerqueira. A elaboração do PDIF tem como base a metodologia que foi construída pelo Ministério da Integração Nacional e validada para ser aplicada em todo território nacional, na faixa de fronteira.

Durante dois dias dezenas de participantes definiram as prioridades e projetos estratégicos para o desenvolvimento da região situada na faixa de fronteira do território catarinense. As discussões estiveram relacionadas em sete eixos: segurança; saúde; infraestrutura e logística; educação; desenvolvimento econômico (agricultura, indústria, comércio e serviço); desenvolvimento ambiental e controle fronteiriço (aduanas integradas, segurança e circulação de pessoas).

- Estamos construindo uma agenda de desenvolvimento contendo ações macro. São programas estruturantes e integradores – disse o representante do Sebrae Sérgio Cordioli.

Em Santa Catarina o PDIF envolve 11 SDRs e 82 municípios. A entrega do Plano ao Ministério da Integração Nacional deve acontecer até o dia três de agosto.


Comente aqui
18 jun10:29

Ministro dos Transportes participa do Seminário “Ferrovias e Desenvolvimento Regional” em Chapecó

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, estará em Chapecó, nesta segunda-feira, para participar do seminário “Ferrovias e Desenvolvimento Regional”, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e pela Frente Parlamentar das Ferrovias do Congresso Nacional, presidida pelo deputado federal Pedro Uczai.

A visita estava programada para esta sexta-feira, mas o ministro cancelou em razão de convocação da presidente Dilma Rousseff. O evento será desenvolvido das 14 às 17 horas na cantina do centro empresarial CESEC e reunirá lideranças políticas e empresariais dos quatro estados que compõem o Conselho de Desenvolvimento do Sul (CODESUL) – Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul.

O presidente da ACIC Maurício Zolet enfatiza que a presença do ministro dos Transportes é de alta relevância para o empresariado. Observou que o desenvolvimento do oeste de Santa Catarina vem sendo estrangulado pelas deficiências infraestruturais.

Citando pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Zolet mostra que a necessidade de investimentos em ferrovias no País é de pelo menos R$ 151 bilhões de reais nos próximos anos, de acordo os projetos ferroviários sugeridos no Plano CNT de Transporte e Logística 2011. No ano passado foram investidos apenas R$ 3 bilhões de reais nesse modal.

Atualmente, o sistema ferroviário brasileiro é composto por 30.051 quilômetros de extensão em 12 malhas concedidas, sendo que 11 delas são operadas pela iniciativa privada.

Para Santa Catarina estão previstos três projetos ferroviários no PAC1 e PAC2: a Ferrovia da Integração, de Itajaí a Dionísio Cerqueira, Litorânea e a Norte/Sul.


Programa

São parceiros do Seminário “Ferrovias e Desenvolvimento Regional” as frentes parlamentares das ferrovias dos quatro estados, as Associações de Municípios e entidades empresariais e industriais.

A programação consiste de abertura às 14 horas, seguida da palestra “Ferrovias e o Desenvolvimento do país” pelo ministro Paulo Sérgio Passos dos Transportes às 14h30, exposições de representantes de entidades às 15h30 e encaminhamentos finais às 16h30.

Comente aqui
13 jun15:07

Ministro dos Transportes participa de Seminário em Chapecó nesta segunda-feira, dia 18

O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, estará em Chapecó, na segunda-feira, dia 18 de junho, para participar do seminário “Ferrovias e Desenvolvimento Regional”, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) e pela Frente Parlamentar das Ferrovias do Congresso Nacional, presidida pelo deputado federal Pedro Uczai.

Essa visita estava programada para esta sexta-feira, mas o ministro cancelou em razão de convocação da presidente Dilma Rousseff. O evento será desenvolvido das 14 às 17 horas na cantina do centro empresarial CESEC e reunirá lideranças políticas e empresariais dos quatro estados que compõem o Conselho de Desenvolvimento do Sul (CODESUL) – Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul.

O presidente da ACIC Maurício Zolet enfatiza que a presença do ministro dos Transportes é de alta relevância para o empresariado. Observou que o desenvolvimento do oeste de Santa Catarina vem sendo estrangulado pelas deficiências infraestruturais.

Citando pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT), Zolet mostra que a necessidade de investimentos em ferrovias no País é de pelo menos R$ 151 bilhões de reais nos próximos anos, de acordo os projetos ferroviários sugeridos no Plano CNT de Transporte e Logística 2011. No ano passado foram investidos apenas R$ 3 bilhões de reais nesse modal.

Atualmente, o sistema ferroviário brasileiro é composto por 30.051 quilômetros de extensão em 12 malhas concedidas, sendo que 11 delas são operadas pela iniciativa privada.

Para Santa Catarina estão previstos três projetos ferroviários no PAC1 e PAC2: a Ferrovia da Integração, de Itajaí a Dionísio Cerqueira, Litorânea e a Norte/Sul.


Programa

São parceiros do Seminário “Ferrovias e Desenvolvimento Regional” as frentes parlamentares das ferrovias dos quatro estados, as Associações de Municípios e entidades empresariais e industriais.

A programação consiste de abertura às 14 horas, seguida da palestra “Ferrovias e o Desenvolvimento do país” pelo ministro Paulo Sérgio Passos dos Transportes às 14h30, exposições de representantes de entidades às 15h30 e encaminhamentos finais às 16h30.


Comente aqui
04 mai14:46

Secretarias de Chapecó, Seara, Quilombo e Xanxerê participaram de audiência do Orçamento Regionalizado

As Secretarias de Desenvolvimento Regionais de Seara, Chapecó, Quilombo e Xanxerê escolheram, na tarde desta quinta-feira, dia 3, suas prioridades para o orçamento estadual de 2013, durante a audiência pública do Orçamento Regionalizado, na Câmara Municipal de Chapecó.

O encontro foi programado pela Comissão de Finanças e Tributação e pela Coordenadoria do Orçamento Estadual da Assembleia Legislativa. As lideranças regionais debateram a importância de se elencar as principais reivindicações de cada localidade, tornando mais efetiva à participação pública na administração estadual.

As prioridades elencadas para o orçamento de 2013 da SDR de Seara são: Contorno Viário Sul de Seara; revitalização do trecho da SC-283 entre Seara e Concórdia; e pavimentação da SC-465, trecho Ipumirim – BR-282.

A Regional optou por manter para o orçamento do ano que vem prioridades elencadas na audiência realizada em 2011.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Regional de Seara, Gládis dos Santos, é importante que exista sintonia entre o Poder Legislativo e Executivo e que ambos juntem forças para que as obras sejam executadas.


Comente aqui
03 mai15:42

Professores fazem ato no centro de Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Os professores estaduais fizeram no início da tarde desta quinta-feira um ato para reivindicar a abertura de negociação do Governo do Estado com a categoria. O ato começou na praça Coronel Bertaso, seguiu com caminhada pela Avenida Getúlio Vargas e deve encerrar com a entrega de um documento na Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó.

De acordo com o coordenador regional do Sindicato dos Trabalhados em Educação, Cléber Ceccon, eram esperados mil pessoas das 12 regionais. Ele afirmou que intenção é pressionar o governo a reabrir a negociação. Na terça-feira está marcada uma assembleia estadual da categoria.

Em Chapecó a adesão à greve aumentou à tarde, em virtude do ato. Na Escola Bom Pastor, segunda maior do Estado, com 2.387 alunos, três professores efetivos estavam parados e durante a tarde mais nove pararam de um total de 93. No entanto, de acordo com a diretora da escola, Sandra Galera, eles devem retornar nesta sexta-feira.

Para os alunos que não tiveram aula foram realizadas outras atividades, como exercícios lúdicos.

No Colégio Zélia Scharff, o segundo maior de Chapecó com 1720 alunos, as aulas estavam praticamente normais das 14 turmas até a quinta série. No entanto, nas 16 turmas a partir da sexta-série até o ensino médio, apena sete tinham aula. A assessora da direção Jussane Emerich disse que até nesta quinta-feira 24 dos cerca de 80 professores haviam parado. Mas à tarde a paralisação era de cerca de metade dos docentes, em virtude do ato.

Muitos alunos nem foram para a escola em virtude disso. O servidor público Vilmar Ferreira disse que a greve parcial acaba causando transtornos. Seu filho mais novo, Michel, que vai na quinta série,  teve aula. Já o mais velho, Maicon, que vai no primeiro ano do Ensino Médio, não teve aula. Ele afirmou que há dias que apenas algumas disciplinas são dadas.

Com isso ele tem que levar os filhos em diferentes horários. A assessoria da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Chapecó informou que a paralisação nesta quinta era de 6,3%.


1 comentário
29 fev11:09

Ministério do Desenvolvimento Agrário fará entrega de máquinas em Abelardo Luz

O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) realiza nesta sexta-feira, 2, em Abelardo Luz, a entrega de máquinas retroescavadeiras para 20 municípios do Território da Cidade Meio Oeste Contestado. O ato acontece, a partir das 15h, na Praça Central Olices Stefani, com a presença do ministro Afonso Florence, prefeitos e demais autoridades regionais.

Além de Abelardo Luz, serão contemplados os municípios de Bom Jesus, Celso Ramos, Coronel Martins, Entre Rios, Faxinal Dos Guedes, Galvão, Ipuaçu, Jupiá, Lajeado Grande, Luzerna, Marema, Ouro Verde, Passos Maia, Ponte Serrada, São Domingos, Vargeão, Xanxerê, Xavantina e Xaxim.

As máquinas devem ser usadas em ações emergenciais de atendimento aos agricultores prejudicados pela estiagem e atividades de recuperação de estradas, entre outros serviços. – Essa nova máquina vai nos ajudar a dar um suporte maior aos nossos agricultores familiares que passam por dificuldades com a falta de chuva – declarou o prefeito Dilmar Fantinelli de Abelardo Luz, município que está em situação de emergência.

A entrega das máquinas faz parte da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2), que prevê a recuperação e manutenção de estradas vicinais por meio da doação de equipamentos para as prefeituras. A iniciativa visa garantir o escoamento da produção dos empreendimentos da agricultura familiar para a circulação de bens e serviços e para a segurança do tráfego nos pequenos municípios.


Territórios da Cidadania

Implantado em 2008, o Programa Territórios da Cidadania envolve a atuação integrada de 22 ministérios e órgãos do governo federal com estados, municípios e sociedade civil. O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável em regiões com baixo dinamismo econômico, especialmente no meio rural. Segundo o MDA, as ações abrangem 1.852 municípios, onde vivem 42,4 milhões de brasileiros, 13,1 milhões deles no meio rural.


Comente aqui
28 fev11:50

Aula magna do MBA em Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional

Iniciaram na quinta-feira, 23, as atividades do MBA Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional turma II, da Uceff em Chapecó. A aula magna ministrada pelo professor Mestre Domingos Palma, teve como tema “Competência Emocional nas Empresas” abordando assuntos como: Inteligência Emocional; Felicidade no Trabalho; Assertividade e Qualidade de Vida no Trabalho.

Segundo o Diretor de Ensino da Uceff, Elton Zeni, a aula foi um momento de conhecimento e integração entre os novos alunos com a Instituição. – O público presente valorizou o evento que promoveu a troca de informação, uma reciclagem, e percebemos isso pela presença de pessoas da comunidade preocupadas com o aperfeiçoamento continuo necessário para enfrentar com competitividade um mercado de trabalho cada vez mais exigente – ressaltou o Diretor de Ensino.

Participaram do evento alunos, professores, acadêmicos do curso de ciências contábeis, e profissionais da área de recursos humanos. O auditório dois da Uceff ficou lotado.


O curso

Com o objetivo de qualificar profissionais gestores para atuarem no mercado competitivo atual o curso tem como foco, desenvolver e potencializar talentos que maximizem os resultados da organização, proporcionando uma visão ampla do negócio e as formas de atuação dos grupos de trabalho. De forma dinâmica, com base em seu excelente corpo docente, os participantes terão contato com o conhecimento especializado das teorias e práticas do Desenvolvimento Organizacional e da Gestão em Recursos Humanos.

O curso destina-se aos portadores de diploma de curso de graduação em Administração, Recursos Humanos, Ciências Contábeis, Economia, Marketing, Comunicação Social, Psicologia, Comércio Exterior de demais áreas afins. As inscrições podem ser feitas no Departamento Comercial. O cronograma de aulas inicia no dia 16 de março de 2012.



Comente aqui
20 jan13:40

Raimundo Colombo defende desenvolvimento do Oeste

Participando do lançamento da pedra fundamental da Corti/Avioeste, em Cunha Porã, o governador Raimundo Colombo afirmou que o Governo do Estado vai investir no Oeste catarinense para desenvolver economicamente e socialmente a região. – Quando você instala uma grande indústria num pequeno município, traz recursos, empregos e minimiza a migração da população para grandes cidades – afirma Colombo.

O governador deu como exemplo a própria liberação de R$ 436 mil, por meio da Secretaria Regional de Palmitos, para terraplanagem do terreno de 20,5 mil m² da empresa. O investimento possibilitou que a fábrica se instalasse na cidade, gerando cerca de 500 empregos diretos e indiretos aos municípios da região. A Corti/Avioeste será a maior e mais moderna indústria da América Latina no ramo de fabricação de equipamentos agrícolas.

- Esse é um investimento determinante para a empresa. Estamos no coração da produção do agronegócio brasileiro – disse o diretor de investimentos na América Latina da Corti/Avioeste, Luigi Zubiani. O diretor entende que a instalação da fábrica na região abrirá as portas da empresa para a América Latina.

Com os investimentos na região, como atração de empresas, o governador Raimundo Colombo quer colocar o Oeste em melhores patamares socioeconômicos. Ao lado de Cunha Porã, a cidade de Maravilha é a primeira a receber a Indústria de Laticínios Bela Vista, originalmente instalada em Goiás. O Governo do Estado investiu R$ 750 mil na terraplanagem e pavimentação asfáltica de acesso à empresa, inaugurada em setembro de 2011.

A fábrica, que é uma das maiores marcas do segmento lácteo brasileiro, investiu mais de R$ 35 milhões no município de Maravilha e gera 100 empregos diretos e milhares de indiretos. São produzidos 450 mil litros/dia de leite e a previsão é de que, até 2015, esse número chegue a 1,2 milhão de litros, o que deve desenvolver ainda mais a região.

O lançamento da pedra fundamental da Corti/Avioeste foi realizado na BR-158, km 103, em Cunha Porã, e contou também com a presença do diretor da SDR Palmitos, Ademar Henchem; secretário regional de Maravilha, Sandro Donati; prefeita de Cunha Porã, Luiza Vacarin, deputados estaduais Marcos Vieira, Maurício Eskudlark e Mauro de Nadal; além dos deputados federais Celso Maldaner e Jorginho Mello.


Programa Juro Zero

Mas não é apenas com atração de grandes empresas que o Governo do Estado pretende desenvolver a região. Lançado em novembro de 2011, o programa Juro Zero já liberou R$ 1,29 milhão em empréstimos para os Microempreendedores Individuais (MEI) locais sem a cobrança de juros. – O Juro Zero é uma ação para fomentar e desenvolver os pequenos negócios dos catarinenses, daqueles que não recebem muita importância, mas que são fundamentais para o crescimento de Santa Catarina – analisa o governador Raimundo Colombo.

Por meio das Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público – Oscips, os MEIs, com receita bruta anual de, no máximo, R$ 36 mil, poderão fazer empréstimo de até R$ 3 mil. Esse valor poderá ser utilizado pelo microempreendedor para melhorar o seu negócio e, futuramente, expandir sua empresa, de forma a gerar mais empregos e aumentar a renda familiar. Inclusive, a Oscip que obteve o melhor desempenho até dezembro de 2011 foi a Extracredi, de São Miguel do Oeste, com R$ 434,4 mil emprestados em 151 operações efetuadas.


Comente aqui
24 nov09:46

Retratos do Desenvolvimento

Assim como os cinco cadernos que os jornais Diário Catarinense, A Notícia e Jornal de Santa Catarina iniciam nesta quinta-feira os cadernos Retratos do desenvolvimento, o Grupo RBS lança um infográfico em que os internautas poderão deixar mensagens nas fotos das cidades escolhidas. As publicações vão mostrar o avanço da urbanização nos municípios catarinenses a partir de fotos captadas entre os anos de 1930 e 1940 pelo professor Victor Antonio Peluso Junior.

Clique e participe do infográfico

As mensagens podem ser deixadas nas imagens de Caçador, Chapecó, Concórdia, Curitibanos, Joaçaba, Lages, São Joaquim e Videira. basta acessar o link do infográfico Retratos do desenvolvimento, escolher a foto da cidade e clicar em um dos quadrados. Preencha os campos indicados, escreva a mensagem e envie.

A série está dividida em regiões: Oeste, Meio-Oeste e Serra; Norte; Capital e região; Sul e Vale. E mostra impressões que vão além da comparação entre uma foto antiga e outra atual.

Na internet, os usuários poderá, ainda, navegar por todas as páginas dos cadernos e vídeos com depoimentos da equipe que participou do projeto.


Datas e cidades

Caderno 1

Data: quinta-feira, 23

Região: Oeste, Meio-Oeste e Serra

Cidades: Curitibanos, Piratuba, São Joaquim, Caçador, Lages, Chapecó, Joaçaba e Videira


Caderno 2

Data: domingo, 27

Região: Sul

Cidades: Araranguá, Criciúma, Cocal do Sul, Orleans, Jaguaruna, Tubarão e Laguna


Caderno 3

Data: 30 de novembro

Região: Vale catarinense

Cidades: Rodeio, Ibirama, Timbó, Blumenau, Brusque, Gaspar e Itajaí


Caderno 4

Data: 4 de dezembro

Região: Norte

Cidades: São Bento do Sul, Jaraguá do Sul, Araquari, São Francisco do Sul, Porto União e Joinville


Caderno 5

Data: 7 de dezembro

Região: Florianópolis e região


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui