Dionísio Cerqueira

16 ago15:29

Tudo pronto para a 5ª Feira Regional de Ciências e Tecnologia

O município de Anchieta sedia nesta quinta, 16, e sexta-feira, 17, a 5ª Edição da Feira Regional de Ciências e Tecnologia. A atividade é promovida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira, por meio da gerência de Educação (Gered) e acontece na sede da escola de Educação Básica Osni Paulino da Silva (POPS).

De acordo com a integradora de Ensino Médio da SDR Dionísio Cerqueira, Simone Niedermaier, a atividade tem por objetivo proporcionar aos professores e alunos a cultura das Feiras de Ciências, incentivar a construção de atividades de iniciação científica frente à pesquisa inovadora nos diversos campos do conhecimento na educação básica, visando saberes científicos e tecnológicos. Os projetos serão avaliados por profissionais de diversas áreas da região.

- A Feira de Ciências envolve alunos do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) dos municípios de São José do Cedro, Princesa, Dionísio Cerqueira, Anchieta, Palma Sola e Guarujá do Sul. Estão envolvidos no projeto 13 escolas estaduais, 66 expositores e 22 trabalhos nas mais diversas áreas – pontua Simone.

Os classificados vão representar a SDR Dionísio Cerqueira na Feira Estadual de Ciências e Tecnologia, que será realizada em Lages no mês de outubro. Serão três trabalhos classificados: um na modalidade Ensino Fundamental; um de Ensino Médio Regular e um de Ensino Médio Técnico e Profissional (EMIEP).


Feira das Profissões

Paralelamente também acontece a I edição da Feira das Profissões, que objetiva levar ao conhecimento dos alunos e da comunidade em geral diferentes profissões. Participam alunos do Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA.

De acordo com a gerente de Educação, professora Nilza Suffredini, a Feira das Profissões tem a perspectiva de criar nos jovens o significado e a importância de uma formação superior.

- Ela acontece nos mesmos moldes da Feira de Ciências e serão apresentadas pesquisas relacionadas a diversas profissões. Os trabalhos foram realizados pelos alunos e professores. Também serão realizados testes vocacionais para alunos do Ensino Médio que estão as vésperas de prestar vestibular e ingressando no mercado de trabalho – disse Nilza.

As profissões que cada escola vai explanar com os alunos foram elencadas pela gerência de Educação da SDR. Foi realizado sorteio para saber qual escola falaria de determinada profissão. Serão abordados aspectos da arquitetura, odontologia, geologia, engenharia química, técnico em eletrônica, direito, jornalismo, entre outros. No total, serão apresentadas 24 profissões com 66 participantes/expositores.


Comente aqui
16 ago14:13

Municípios da SDR Dionísio Cerqueira destacam-se no programa Troca-Troca de Sementes de Milho

Os municípios que fazem parte da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira já tiveram a liberação de 7.386 sacas de sementes de milho neste ano, por meio do programa Troca-Troca, liberadas pelo Governo de Santa Catarina. A informação é do gerente de Agricultura, Ademilson Stuani.

Segundo ele, o objetivo do Programa é viabilizar a aquisição de sementes a serem utilizadas na formação de lavouras de agricultura de base familiar para agregar valor na produção, entre outros fatores. Stuani explica que cada município tem sua cota e os trabalhos são realizados diretamente nos escritórios da Epagri. O gerente ressalta que São José do Cedro foi o município que teve mais sacas de sementes de milho liberados até o momento, totalizando 2.590.

- Quem necessitar de uma ampliação em suas cotas pode procurar na SDR Dionísio Cerqueira. Até o momento os trabalhos no programa Troca-Troca de sementes de Milho têm sido bem executados e os resultados positivos – disse ele.

Para o pagamento, o produtor/agricultor devolverá quatro sacas de milho, até abril do próximo ano, para cada uma de semente que for retirada. O limite é de cinco sacas de sementes por produtor catarinense.


Comente aqui
08 ago15:11

Dois professores de SC estão entre vencedores do Prêmio Victor Civita

Dois professores de Santa Catarina estão entre os 11 vencedores da 15ª edição do Prêmio Victor Civita Educador Nota 10. Serão premiados Valkiria Grun Karnopp, que dá aulas de Matemática em Joinville, região Norte de SC, e César Luis Theis, que ensina História em Dionísio Cerqueira, Extremo Oeste do Estado.

Ambos tiveram projetos selecionados. Valkiria participou com “Joinville e a Matemática” e César com “Memórias da Fronteira”. Cerca de 2,5 mil professoras, coordenadores pedagógicos e diretores escolares de todo o país estavam inscritos. Além do educador, outros nove professores foram vencedores na categoria Gestor Nota 10. A premiação está marcada para o dia 15 de outubro em São Paulo.

— O prêmio tem como objetivo identificar, valorizar e divulgar experiências educativas de qualidade, planejadas e executadas em escolas de ensino regular — explica Angela Dannemann, diretora-executiva da Fundação Victor Civita.

Cada gestor e os 10 professores vencedores receberão R$ 15 mil e a escola onde o gestor trabalha ganhará R$ 10 mil. Durante a cerimônia de premiação, um júri indicará o profissional que será o Educador do Ano de 2012, que além do título e do prêmio em dinheiro, ganhará também um curso de pós-graduação.

DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
03 ago20:18

Aduana de Dionísio Cerqueira pronta só em novembro

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

As obras de reforma da Aduana de Dionísio Cerqueira, que deveriam ser concluídas neste mês, devem terminar somente em novembro. E esse é um dos motivos que reduziu em 29,5% o movimento de caminhões na fronteira. Os outros dois problemas, segundo o inspetor chefe da Receita Federal, Arnaldo Borteze, foram as restrições comerciais entre Brasil e Argentina e a greve dos funcionário s da receita federal e Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

Borteze informou que as obras atrasaram porque a reforma está sendo feita sem paralisação da liberação das cargas. O pátio e o galpão de conferência já foram concluídos. O novo prédio administrativo está em andamento e falta o prédio dos despachantes, cerca e iluminação. O valor da obra, que iniciou há um ano, é R$ 9,8 milhões.

A redução no movimento afetou principalmente as importações, de vinho, frutas, inseticidas e cosméticos, que diminuíram em 16,2%. Mesmo assim as exportações aumentaram em 76%. Borteze explicou que esse acréscimo se deve principalmente ao aumento das vendas de carne bovina para o Chile. Uma carga de 25 toneladas representa cerca de US$ 100 mil.

No entanto a venda para o Chile teve uma redução de 40% em julho, que foi um dos meses mais fracos dos últimos anos na aduana. No entanto a Argentina deu sinal de retomada das compras de carne suína do Brasil. Também foram retomas as exportações de banana.

Os motoristas de caminhão até aprovam a reforma da Aduana, mas estão reclamando da greve. José Bonifácio, que é de Barracão-PR e está transportando maçã do Chile para São Paulo, disse que chega a ficar uma semana para ter a carga liberada. –Normalmente demorava dois dias- informou.

E não é só na aduana de cargas que houve redução no movimento. Na aduana turística, entre Dionísio Cerqueira e Bernardo de Irigoyen, no início do ano passavam três mil veículos por dia. Agora, passam somente cerca de mil.

O motivo é a inflação argentina, que elevou o preço dos produtos, principalmente combustíveis. Anteriormente muitos brasileiros atravessavam a fronteira para abastecer o veículo e fazer compras.


MOVIMENTO NA ADUANA DE DIONÍSO CERQUEIRA

Importações de janeiro a julho de 2012: US$ 203 milhões

Importações de janeiro a julho de 2011: US$ 242 milhões

Comparativo 2012 a 2011: Queda de 16,2%


Exportações de janeiro a julho de 2012: US$ 229 milhões

Exportações de janeiro a julho de 2011: US$ 137 milhões

Comparativo 2012 a 2011: Aumento de 76,4%


Movimento total de janeiro a julho de 2012: US$ 432 milhões

Movimento total de janeiro a julho de 2011: US$ 380 milhões

Comparativo 2012 a 2011: Aumento de 13,6%


Movimento de caminhões de janeiro a julho de 2012: 9.320

Movimento de caminhões de janeiro a julho de 2011: 13.225

Comparativo 2012 a 2011: Queda de 29,5%


Despachos de janeiro a julho de 2012: 8.965

Despachos de janeiro a julho de 2012: 12.357

Comparativo 2012 a 2011: Queda de 27,4%


FONTE: Receita Federal de Dionísio Cerqueira


Comente aqui
26 jul18:11

Motoristas trancam a BR 163 entre Dionísio Cerqueira e Barracão/PR

A BR 163 entre Dionísio Cerqueira e Barracão/PR está trancada para a passagem de caminhões desde a quarta-feira, dia do Motorista. Caminhoneiros não conseguem passar pelo local. Carros de passeio, motos e demais veículos estão liberados.

A rodovia foi trancada por caminhoneiros que não aceitaram a Lei 12.619, sancionada pela presidente da República Dilma Rousseff, que regulamenta a profissão de motorista do transporte de cargas e de passageiros. A Lei entra em vigor nesta sexta-feira.

Na prática, as regras proíbem os profissionais de dirigir por um período superior a quatro horas sem descanso mínimo de 30 minutos. Além disso, a nova lei também obriga os motoristas a ter repouso diário de 11 horas a cada 24 horas e descanso semanal de 30 horas para motoristas empregados.

Os caminhoneiros dizem que a lei tem pontos importantes, porém querem uma flexibilização da Lei e temem perder espaço para motoristas argentinos.

A mobilização deve continuar nesta sexta-feira. A rodovia deverá ficar fechada das 8h às 16h.


Comente aqui
24 jul14:46

Santa Catarina ganha Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira

O Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira de Santa Catarina (NFSC) foi instituído na manhã desta terça-feira, dia 24 de julho na Câmara de Vereadores de Dionísio Cerqueira. O Núcleo é composto por 11 Secretarias de Desenvolvimento Regional e abrange 82 municípios. A assinatura do Decreto contou com a presença do secretário de Estado do Planejamento, Filipe Mello, que representou o governador Raimundo Colombo e os secretários de Desenvolvimento Regional envolvidos no processo.

O NFSC inclui as Regionais situadas na faixa de fronteira, sendo: São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, Palmitos, Xanxerê, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Seara, Quilombo, Maravilha e Concórdia tem por finalidade propor e coordenar ações para desenvolver iniciativas que possibilitem a adequada atuação do governo estadual na região de fronteira do estado de Santa Catarina. Participam, ainda, secretarias setoriais, autarquias e fundações, assim como poderão participar, como membros convidados, representantes dos municípios, da União e de outras instituições públicas e privadas.

O Núcleo Estadual de Integração da Faixa de Fronteira de Santa Catarina contará com uma Secretaria Executiva, exercida pela Secretaria de Estado do Planejamento, responsável pela coordenação do núcleo, com a tarefa de criar um regimento interno que defina as competências, o funcionamento e demais atribuições do Núcleo.


Comente aqui
23 jul14:41

Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço é tema de encontro em Dionísio Cerqueira

O município de Dionísio Cerqueira vai sediar amanhã, 23 e quarta-feira, 24, a terceira etapa dos encontros de trabalho para elaboração do Plano de Desenvolvimento e Integração Fronteiriço (PDIF) do estado de Santa Catarina. De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira, Normélio Menegazzo, o ato de instalação do Núcleo acontece nesta terça, às 9h, na sede da Câmara de Vereadores de Dionísio Cerqueira.

Menegazzo explica que o PDIF catarinense tem a participação de 11 Secretarias Regionais: São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga, Palmitos, Xanxerê, São Lourenço do Oeste, Chapecó, Seara, Quilombo, Maravilha e Concórdia. Também estão envolvidos representantes de autarquias, associações de municípios que representam 82 cidades, Secretaria de Estado do Planejamento, Ministério da Integração Nacional e órgãos públicos.

Conforme o secretário Regional, até o momento foram debatidos diversos eixos para a construção do PDIF catarinense, com destaque para Educação; Saúde; Infraestrutura e Logística; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Sócio Ambiental; Segurança e Aduanas. As atividades em Dionísio Cerqueira serão realizadas nestes dois dias na Câmara Municipal de Vereadores. Os trabalhos iniciam às 09h se estendem até às 18h. A entrega do Plano ao Ministério da Integração Nacional deverá ocorrer até o dia três de agosto. A elaboração do PDIF tem como base a metodologia que foi construída pelo Ministério da Integração Nacional (MIN) e validada para ser aplicada em todo território nacional, na faixa de fronteira.

Sobre o Núcleo

O Núcleo é previsto na Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira (CDIF), instituída em setembro de 2010, por meio de Decreto da Presidência da República. Sua função engloba a interlocução entre os atores locais e o Governo Federal, a sistematização de demandas, análise de propostas de ações e a formulação dos Planos de Desenvolvimento e Integração Fronteiriços.

O objetivo da comissão coordenada pelo Ministério da Integração Nacional é propor medidas e coordenar ações que visem o desenvolvimento de iniciativas necessárias à atuação do Governo Federal na região.


Comente aqui
12 jul18:31

Homem é preso com 600 quilos de maconha no extremo-oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Federal apreendeu 600 quilos de maconha na madrugada desta quinta-feira em uma barreira montada na BR 163 em Dionísio Cerqueira. A droga estava em um Santana Quantum, placas de Gaspar. O veículo era conduzido por José Nilson dos Santos Júnior, 18 anos, que foi preso em flagrante por tráfico interestadual de drogas. José está preso na delegacia da Polícia Federal. O crime tem pena prevista de 25 anos de reclusão.

O morador do bairro Ingleses, em Florianópolis, disse aos policias que comprou a droga em Foz do Iguaçu/PR e que a mesma seria comercializada em Curitiba/PR e na capital do estado.

Comente aqui
05 jul19:20

Movimento de caminhões cai 38% na aduana de Dionísio Cerqueira

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

O movimento na Aduana de Cargas de Dionísio Cerqueira, na fronteira com a Argentina, caiu 38% no mês de junho, em relação ao mesmo período do ano passado. O número caiu de 2001 veículos para 1228, segundo dados da Receita Federal.

Mas essa queda não é reflexo da greve dos fiscais da receita federal e sim da reforma na aduana e a briga comercial entre Brasil e Argentina, segundo o inspetor chefe da Receita Federal em Dionísio Cerqueira, Arnaldo Borteze.

A greve da receita federal iniciou no dia 18 de junho mas não houve acréscimo nas filas, em virtude da queda no movimento. A maioria dos caminhões são liberados em dois dias, segundo Borteze. No entanto alguns caminhões chegaram a ficar dois meses na aduana, até que o governo brasileiro liberasse a importação, como resposta à restrição de importação de produtos brasileiros, como a carne suína. Apesar do anúncio da liberação da venda desses produtos na prática ainda nada ocorreu.

Ontem 120 caminhões estavam no pátio da Aduana. Mas esse número é considerado até abaixo do normal, que são 200 caminhões. Borteze lembrou que, em abril, havia uma fila de 200 caminhões somente no lado argentino, no lado de fora do pátio. O motivo era a safra da cebola e a redução pela metade da capacidade do pátio, que estava em reforma.

Agora estão liberadas as 200 vagas de estacionamento, faltando a estrutura administrativa e outras melhorias, que devem ser concluídas até outubro.

Apesar da queda no número de caminhões o movimento econômico da Aduana cresceu 15,3%, de R$ 52 milhões em junho do ano passado para R$ 60 milhões em junho deste ano. A importação caiu 10% mas as exportações cresceram 65%, principalmente em virtude do aumento da venda de carne suína para o Chile.

A despachante responsável pela importação e exportação da NJK Despachos Aduaneiros, Maria Lúcia Veit, confirmou que não há filas na aduana, justamente em virtude da briga comercial entre Brasil e Argentina. Ela destacou que houve redução nas compras em virtude das exigências burocráticas. Um caminhão que foi liberado ontem estava há 12 dias na fila.

Em relação à “Operação Padrão” dos fiscais da Receita Federal, que estão aumentando as exigências para liberar as cargas, há a demora de até cinco dias em algumas cargas. Mas outras podem ser liberadas no mesmo dia.


Comente aqui
04 jul16:32

Semana do Microempreendedor individual no extremo oeste

Atraído pelos benefícios proporcionados pela formalização, Sandro Innich, do extremo oeste de Santa Catarina, legalizou seu empreendimento durante as ações da Semana do Empreendedor Individual, na tenda do Sebrae/SC, em Maravilha. O trabalhador atua há cerca de dois anos no ramo de chapeação e pintura de veículos, mas só agora alugou uma sala, montou estrutura e efetivou a empresa denominada SI Chapeação e Pintura.

Innich possui um funcionário e atende de 10 a 15 veículos por semana. Ele obteve informações sobre a Semana do Empreendedor Individual através de divulgação da coordenadoria regional extremo oeste do Sebrae e não teve dúvidas de que a categoria seria a mais adequada ao seu negócio.

- Registrar a empresa na hora, ter CNPJ e oportunidade de crescer de forma legalizada foram alguns dos motivos que me estimularam a ser um empreendedor individual – salienta o empreendedor.

O evento em Maravilha conta com a parceria da prefeitura municipal que tem como prefeito Orli Berger.

De 2009 até o dia 28 de maio deste ano, os números no extremo oeste contabilizam 3.567 profissionais autônomos formalizados. Segundo o coordenador regional Sebrae/SC, Udo Trennepohl, as ações da Semana do Empreendedor Individual na região estão sendo bem-sucedidas.

- Tudo indica que nossa meta de legalizar 150 novos negócios durante o evento nos 34 municípios de abrangência da coordenadoria regional extremo oeste serão alcançadas – disse Udo.

A Semana do MEI oferece atendimento até o sábado, dia 7, em todo o Estado. As atividades incluem formalização, oficinas de treinamento e diagnósticos de empresas por meio do programa Negócio a Negócio. Além disso, contadores e técnicos do Sebrae/SC esclarecem dúvidas e orientam sobre como desenvolver sua empresa de maneira sustentável. Tudo isso de forma gratuita.

Os municípios de São Miguel do Oeste, Dionísio Cerqueira, Itapiranga e Maravilha estão entre as 30 cidades do Estado que receberam tendas do Sebrae/SC em locais estratégicos para atendimento. No município de Dionísio Cerqueira, a ação é realizada pelo Sebrae/SC, Sebrae/PR e prefeituras de Barracão e Dionísio Cerqueira. Além disso, a há exposição de produtos de MEIs da região à sociedade. Para comportar esse diferencial, a tenda do município é de 100 metros quadrados.

O diretor financeiro do Sebrae/SC, Sérgio Cardoso, esclarece que o objetivo é impulsionar novos negócios e aprimorar empresas já existentes. – Para isso, tanto a formalização quanto a constante capacitação dos empreendedores são fundamentais – argumenta.


Empreendedor individual

Atualmente, 82 mil empreendedores catarinenses estão formalizados. O Programa Empreendedor Individual foi lançado em julho de 2009 com o objetivo de permitir a legalização da atividade dos profissionais que trabalham por conta própria, e que estejam ligados às atividades relacionadas ao comércio, indústria ou serviço.

A partir da formalização, os empreendedores individuais contribuem com os deveres fiscais e contam com benefícios previdenciários, como aposentadoria, auxílio-doença e salário-maternidade. Eles pagam uma taxa fixa mensal de 5% do valor do salário mínimo para a Previdência Social – o que equivale a R$ 31,10 –, mais R$ 1,00 de ICMS, se atuarem no setor de indústria ou comércio; ou R$ 5,00, se forem da área de serviços.

A formalização como empreendedor individual beneficia os trabalhadores autônomos que faturam até R$ 60 mil anuais.


Programação

No extremo oeste o atendimento prossegue até sábado, com tenda no calçadão em São Miguel do Oeste, a rua Rio Grande do Sul (próximo ao banco Itaú) em Dionísio Cerqueira, na Praça da Bandeira (centro) em Itapiranga, e em Maravilha, na avenida Sul Brasil, em frente à CAIXA.

A recepção nas tendas é das 9h às 18h e no sábado das 9h às 12h. Informações, novidades e soluções também estão disponíveis no site www.sebrae-sc.com.br e pelos telefones 0800 570 0800.


Comente aqui