Dionísio Cerqueira

15 mar10:37

Comprimidos para disfunção erétil e anfetaminas são apreendidos em Dionísio Cerqueira

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na noite da última quarta-feira, 40 comprimidos de Pramil e 60 comprimidos de Desobesi-M. O primeiro é usado para disfunção erétil enquanto o outro é medicamento conhecido como rebite de motoristas. As drogas estavam no interior de um ônibus, na BR-163, em Dionísio Cerqueira.

A comercialização de Pramil está proibida no Brasil porque ele não tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Desobesi-M é uma anfetamina conhecida principalmente entre os motoristas, por ser usada como rebite.

As cartelas com os dois medicamentos foram apreendidos pela PRF, que deve encaminhá-los para o correto descarte.

 

DIÁRIO CATARINENSE


Comente aqui
14 mar14:48

PRF apreendeu produtos piratas em Dionísio Cerqueira

Na manhã desta quarta-feira, a Polícia Rodoviária Federal de Dionísio Cerqueira, apreendeu na BR 163, produtos piratas. Eles estavam em uma Fiorini, placas de Cascavel/PR. Ao ser abordado pelos policiais o motorista, de 34 anos, apresentou notas fiscais com datas de setembro e outubro de 2011.

No compartimento de carga do veículo estavam 2 mil unidades de óculos de sol, 2,5 mil bonés e mil camisetas. O condutor, veículo e mercadorias foram encaminhados para a Receita Federal.

Em outra abordagem, também na BR 163, policiais encontraram no bagageiro de um ônibus intermunicipal, que fazia linha Dionísio Cerqueira-Chapecó, 162 garrafas de vinho em 27 de caixas. Os produtos estavam sem o desembaraço aduaneiro. A mercadoria foi encaminhada para a Receita Federal. O proprietário não foi identificado.


Comente aqui
09 mar14:10

Homem é preso com 2 Kg de crack em ônibus em Dionísio Cerqueira

A Polícia Rodoviária Federal apreendeu um homem com 2 Kg de crack na bagagem de um ônibus que seguia em direção ao Paraná, por volta de 12h desta sexta-feira. Ele foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Federal de Dionísio Cerqueira, no Extremo-Oeste de SC.

De acordo com os policiais, o homem de 24 anos, que não teve a identidade divulgada, estava em um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu (PR) – Porto Alegre (RS).

O pacote, que estava envolvido em um plástico preto, seria entregue em Chapecó, no Oeste, onde seria repassada a traficantes da região.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
08 mar14:52

PRF apreende mercadorias no Extremo-Oeste

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Na manhã desta quinta-feira, dia 8, a Polícia Rodoviária Federal, durante fiscalização da Operação Sentinela na BR 163, em Dionísio Cerqueira apreendeu um automóvel e diversos produtos importados ilegalmente.

O veículo estava sendo transportado por um caminhão guincho com placas de Videira. Segundo a PRF ele tinha sido adquirido na Argentina por R$ 7 mil reais e o proprietário, um homem de 59 anos, não fez o desembaraço aduaneiro.

Ainda pela manhã, os agentes abordaram outro veículo, placas de São Leopoldo/RS, e encontraram diversas mercadorias estrangeiras. Os objetos estavam dentro de um fundo falso debaixo do banco traseiro.

Dentre os produtos em poder do casal e avaliados em U$ 4 mil dólares, estavam 295 relógios, brinquedos, 11 vídeo games, três aparelhos de monitoramento, 20 cartões de memória, cinco aparelhos GPS, seis câmeras de monitoramento, 30 telefones celulares, um tablet, duas caixas de som e mercadorias para bazar.

As mercadorias apreendidas e as pessoas envolvidas nas ocorrências foram encaminhadas para a Receita Federal em Dionísio Cerqueira.

A Operação Sentinela, desenvolvida em toda a região fronteiriça, objetiva prevenir assaltos e conter o tráfico de armas e de drogas, bem como o contrabando e o descaminho.


Comente aqui
02 mar16:53

Polícia apreende 140 Kg de maconha em Dionísio Cerqueira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

Por volta das 13h30 desta quarta-feira, no Km 121, da BR 163 em Dionísio Cerqueira, a Polícia Rodoviária Federal, dentro da Operação Sentinela, apreendeu 143,2 Kg de maconha. A droga estava escondida no pneu de um trator. O veículo estava sendo transportado por um guincho e fazia sentido Medianeira/PR – Porto Alegre/RS. Um homem foi preso.

O proprietário do trator foi preso e disse aos policiais que levaria a droga para a capital gaúcha.

O motorista do guincho disse aos policiais que não sabia do transporte da mercadoria. Ele será ouvido pelos policiais e deve ser liberado.

O preso, a droga e os veículos foram encaminhados para a Polícia Federal de Dionísio Cerqueira.


Comente aqui
25 fev08:08

Protecionismo argentino reduz exportações em 40%

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

As medidas protecionistas da Argentina adotadas a partir deste mês reduziram em cerca de 40% o movimento das exportações na Aduana de Dionísio Cerqueira. Em fevereiro do ano passado 511 caminhões passaram pelo local rumo à Argentina e Chile. Neste mês, o número não deve chegar a 300 segundo o Inspetor Chefe da Receita Federal em Dionísio Cerqueira, Arnaldo Borteze. Até quinta-feira, apenas 247 cargas tinham saído do país por Santa Catarina.

Isso traz prejuízo para os exportadores e para o país. Em fevereiro do ano passado as vendas externas que passaram pela Aduana chegaram a US$ 25 milhões. Neste ano, somaram US$ 17 milhões até agora e deve atingir apenas R$ 19 milhões. São US$ 6 milhões a menos do que no ano anterior. E o inspetor chefe da Receita Federal acredita que esse prejuízo é ainda maior, pois havia uma expectativa de venda de US$ 40 milhões, que foi a média do último trimestre do ano passado. Esse acréscimo se dá a um crescimento na venda de carne bovina para o Chile e a um acréscimo natural que a aduana vinha tendo nos últimos anos. Desde outubro de 2009, quando 251 caminhões saíram do país, a aduana não tinha um movimento tão baixo.

Borteze lembrou que até janeiro, a liberação das cargas era feita em um a dois dias. Bastava uma conferência da carga, o despacho aduaneiro no Brasil e depois o despacho aduaneiro no lado argentino. A partir de primeiro de fevereiro os exportadores necessitam de uma Declaração Jurada Antecipada de Exportação, que demora até 10 dias. Depois disso, o caminhão vai para a aduana. Ontem a fila estava em 70 caminhões no lado brasileiro. E só não estava maior porque os transportadores esperam esta declaração antes de enviar as cargas. O problema continua depois porque, além da declaração antecipada e dos despachos aduaneiros, a carga agora necessita de uma Autorização de Entrada de Mercadoria, que é fornecida pela Secretaria de Comércio Exterior. Esse documento pode demorar até 10 dias.

O diretor da Tropical Exportação e Importação Ltda, Luciano Wendramin, disse que deveria exportar 45 cargas de frutas neste mês e, até agora, encaminhou apenas 17. Além disso ele trabalha com um produto perecível, que é banana. –Com a demora na liberação nosso produto perde qualidade e muitas vezes se deteriora- disse. Wendramin afirmou que seus clientes estão ficando sem matéria- prima e, além disso, atrapalha também a importação de outras frutas, como pera e maçã argentina. –O caminhão que levaria a banana busca também outras frutas na Argentina- explicou.

Com isso a empresa perde dinheiro e aumenta os gastos com transporte. Um caminhão parado representa prejuízo de US$ 190 por dia. –O pior ainda é a incerteza de quando as cargas serão liberadas- afirmou.

O motorista Ivaldo Alberton, que está levando banana de Luís Alves para Buenos Aires, já está há uma semana na Aduana. Ele esperava liberar a carga até o final da tarde de ontem, senão teria que esperar no mínimo até terça-feira, já que na segunda-feira é feriado no país vizinho.

Mas não é só no lado brasileiro que há fila. Na parte argentina também há cerca de 170 caminhões parados. Boaventura de Paula Neto está desde segunda-feira na fila, com uma carga de alho, que está transportando de Mendoza para Pato Branco-PR. Ele reclama da falta de infraestrutura, como banheiros e restaurantes.

Arnaldo Borteze explicou que há um aumento no fluxo de importação, pela safra da cebola. Outro problema é a construção da nova aduana, que diminuiu as vagas no pátio de 190 para 90. A obra no valor de R$ 10 milhões começou em agosto do ano passado e tem prazo de conclusão de um ano. Borteze afirmou que a nova estrutura conta com algumas melhorias, como local de conferência de mercadorias. –Essa obra deve agilizar o fluxo das mercadorias- garante o inspetor chefe da Receita Federal.


DADOS DA ADUANA DE DIONÍSIO CERQUEIRA

Exportações em 2010: US$ 211 milhões

Exportações em 2011: US$ 340 milhões

Exportações em fevereiro de 2011: US$ 25 milhões

Exportações em fevereiro de 2012: US$ 17 milhões até quinta-feira, devendo chegar a US$ 19 milhões até o final do mês

Importações em 2010: US$ 371 milhões

Importações em 2011: US$ 415 milhões

Importações em fevereiro de 2012: US$ 25 milhões

Caminhões de exportação que passaram pela aduana em fevereiro 2011: 511

Caminhões de exportação que passaram pela aduana em fevereiro de 2012: 247 até quinta-feira, podendo chegar a 300 até o final do mês

Principais produtos de exportação para a Argentina: Carne suína, carne de frango, frutas tropicais e móveis. (O Chile compra bom volume de carne bovina)

Participação da Argentina no volume exportado: 50%

Participação da Argentina no faturamento exportado: 30%

Fonte: Receita Federal


Comente aqui
23 fev16:01

Homem que matou amigo por causa de multa de trânsito é preso em Dionísio Cerqueira

Juliano Zanotelli | juliano.zanotelli@rbsonline.com.br

A Polícia Civil de Dionísio Cerqueira prendeu na tarde desta quarta-feira, dia 22, Aguinel da Costa Machado, 27 anos. Ele é suspeito pela morte de Paulo da Silva, 45 anos, ocorrida no sábado, dia 18 de fevereiro. Segundo o delegado Claudir Stang, que investiga o caso, um acidente de trânsito ocorrido em 2011 teria motivado o crime.

Em dezembro, Paulo teria colidido o carro de Aguinel contra uma vidraçaria da cidade. E como estava dirigindo sem Carteira de Habilitação e em estado embriaguez, Paulo foi autuado em flagrante e recebeu várias multas pelas infrações que cometeu.

No sábado, dia 18, Aguinel procurou Paulo pela manhã na tentativa de reaver o valor das multas que foram emitidas em nome dele. – Paulo se negou a pagar a dívida e 20 minutos depois Aguinel retornou a residência da vítima – disse o delegado. Aguinel acertou um tiro no cachorro de estimação da família e depois fez dois disparos contra a vítima que morreu no local. O autor fugiu em seguida.

A Polícia Civil de Dionísio Cerqueira abriu Inquérito para investigar o caso. Nas buscas os policiais foram até a casa do pai de Aguinel, no Paraná, na tentativa de prendê-lo em flagrante. Ele foi preso ao se apresentar na Delegacia acompanhado de advogado. Aguinel foi encaminhado ao Presídio de Maravilha.


Comente aqui
16 fev15:07

Homem é preso com 16 quilos de maconha em Dionísio Cerqueira

Na madrugada desta quinta-feira, dia 16, durante a Operação Sentinela, a Polícia Federal de Dionísio Cerqueira prendeu Fabio Farias de Moraes, 24 anos, morador de Novo Mundo/MS, por tráfico de drogas. Ele levaria a droga para Blumenau.

A droga foi localizada no bagageiro de um ônibus que fazia sentido Cascavel/PR para Santa Catarina. O veículo foi parado na rodovia que liga Francisco Beltrão a Ampere no Paraná. Após a identificação do proprietário da bolsa, Fábio confessou que transportava 16 quilos da mercadoria.

Segundo o delegado Marcio Antonio Lelis Anater, Fabio disse que teria recebido a droga de um paraguaio na sua cidade natal, na divisa com Salto del Guairá, no Paraguai. – Ele iria receber R$ 100 por quilo transportado – disse delegado.

Fábio, se condenado, pode pegar até 15 anos de reclusão. A pena pode aumentar, pois o caso caracteriza tráfico transnacional de drogas.

O caso está na Vara Federal de Francisco Beltrão/PR.


Comente aqui
12 fev14:53

SDR Dionísio Cerqueira entrega kits para transporte de água

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira confirmou a liberação de mais dois kits de emergência para municípios atingidos pela longa estiagem que atinge a região Oeste catarinense. De acordo com o secretário Regional, Flávio Berté, os municípios de Palma Sola e São José do Cedro foram contemplados com os equipamentos, liberados em forma de comodato, pela Defesa Civil de Santa Catarina.

Os kits da Defesa Civil são compostos por duas motobombas, um conjunto de mangueiras para sucção e distribuição, cintas de fixação com gancho para remoção de caixas de água, catraca e quatro tanques em polietileno com proteção de raios UV com capacidade para cinco mil litros cada. – Os materiais liberados pelo Governo do Estado serão utilizados, exclusivamente, para abastecimento de água a população urbana e rural que sofre bastante em função da estiagem. Os kits são iguais aos liberados na semana passada para o município de Anchieta – destaca.

Os kits devem ser entregues para os municípios de São José do Cedro e Palma Sola nesta segunda-feira, dia 13.


Mais equipamentos

O gerente de Agricultura da SDR Dionísio Cerqueira, Ademilson Stuani, visitou os municípios da Regional, na companhia de representantes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros. De acordo com Stuani, a situação é complicada e, mesmo com a chuva que caiu em grande parte da região, os níveis dos rios e dos açudes continuam baixos.

Depois da visita, a equipe esteve reunida no gabinete do secretário regional

para deliberar sobre a possibilidade de liberar mais equipamentos da Defesa Civil para os outros municípios que ainda não foram atendidos.


Comente aqui
08 fev15:29

SDR Dionísio Cerqueira reforça alerta contra a Dengue

A gerência de Saúde da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Dionísio Cerqueira emitiu nesta terça-feira um alerta para a população com relação aos cuidados e a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Conforme a gerente, Eila Labres, as secretarias de saúde das prefeituras de Anchieta, Princesa, Palma Sola, Dionísio Cerqueira, Guarujá do Sul e São José do Cedro receberam ainda no mês de janeiro orientações técnicas de combate à Dengue.

Eila pontua que os números de larvas do mosquito da dengue encontrados nos municípios da Regional continuam estáveis, demonstrando que o trabalho dos agentes da dengue está sendo bem feito. Ela destaca que para evitar a proliferação do Aedes aegypti a população deve evitar manter sucatas em locais abertos; sempre deve jogar garrafas e copos vazios em locais adequados; colocar areia nos vasos de plantas e não acumular água em pneus.

Conforme dados da Secretaria de Estado da Saúde, até o dia 4 de novembro de 2011, foram registrados em Santa Catarina 665 casos suspeitos da doença, sendo que 118 foram confirmados. – 60 municípios catarinenses tiveram focos da Dengue no ano passado em nosso Estado. É importante que a população fique atenta e colabore – disse a gerente.


Comente aqui