Educação Física

04 set14:47

Udesc abre vaga em Chapecó para professor substituto na área de Educação Física

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) está com inscrições abertas para o processo seletivo 11/2012 que irá contratar um professor substituto, em caráter temporário, pelo prazo máximo de quatro anos (na falta de um professor efetivo). A vaga é para o Centro de Educação Superior do Oeste (CEO), em Chapecó, na área de conhecimento de Educação Física.

As inscrições devem ser feitas na Rua Benjamin Constant, 84E, no Centro, até o dia 10 de setembro.

- Esta vaga foi aberta para atender a outra que não foi preenchida no edital anterior – explica o pró-reitor de Ensino da Udesc, Luciano Hack.

As provas serão aplicadas de 17 a 19 de setembro. O processo seletivo terá avaliação de títulos e prova de conhecimentos (escrita e didática), que pode ser complementada com prática experimental e/ou com defesa de produção intelectual.

O edital, o anexo e o requerimento de inscrição do processo seletivo 11/2012 podem ser encontrados no site da Udesc.



Comente aqui
29 ago10:11

Social: Professor de Chapecó recebeu Medalha do Mérito da Educação Física

O professor de Educação Física da Escola Estadual Irene Stonoga e técnico de Handebol, da categoria escolares de Chapecó, Sidinei Dorneles da Silva recebeu a Medalha do Mérito da Educação Física. A entrega da homenagem foi em Florianópolis, no dia 24 de agosto.

Sidnei é professor efetivo da rede pública estadual de ensino desde março de 1981 e da secretaria de esportes do município de Chapecó desde março de 1982. Ele atua há 31 anos com escolinhas de handebol e como técnico da equipe principal de handebol de Chapecó. Também teve importantes passagens na DIFID/11ª UCRE, como Diretor de Escola, como Diretor de esportes do bairro Maria Goretti, como Técnico da equipe de handebol da Sadia, multicampeã nacional e sul americana na década de 80/90. Sidnei atuou também como Auxiliar Técnico e Preparador Físico da seleção brasileira de handebol Junior e adulta na década de 90, onde conquistou títulos nas mais diferentes competições no Brasil e América do Sul.

A homenagem foi entregue pelo Conselho Regional de Educação Física de Santa Catarina. O representante regional é o professor Regis Soares.


Comente aqui
26 out17:15

Sorriso Para a Vida

Criado para atender as crianças em tratamento oncológico no Hospital Regional do Oeste e no Materno Infantil, o projeto “Sorriso Para a Vida” comemora, neste mês de outubro, seus 10 anos de atuação. A atividade, desenvolvida em parceria entre os cursos de Educação Física, Medicina, Nutrição, Enfermagem, Odontologia, Letras e Fisioterapia, atende anualmente cerca de 700 crianças e adolescentes da região, com trabalhos desenvolvidos diariamente.

Promovendo ações educativas e lúdicas de cuidado, promoção da saúde e de humanização do processo da hospitalização e do tratamento oncológico, numa perspectiva interdisciplinar e multiprofissional, o projeto atende a faixa etária até 18 anos. De forma especial, atua com crianças, hospitalizadas nos setores de pediatria, quimioterapia ambulatorial e internação oncológica, bem como seus acompanhantes. Durante as intervenções diárias, são realizados jogos e brincadeiras, contação de histórias, atividades rítmicas e expressivas, atenção fisioterapêutica e atividades educativas e de cuidado voltadas à saúde bucal, à segurança alimentar e às doenças transmissíveis.

Para a coordenadora do projeto, professora Lilian Beatriz Schwinn Rodrigues, as atividades desenvolvidas possibilitam a melhoria da qualidade de vida e auxiliam a criança e seus familiares a converter a experiência da doença em potencial de aprendizagem.

A professora destaca que os momentos de hospitalização alteram o ritmo de vida e que o objetivo do projeto é tornar essas alterações menos traumáticas, através das atividades desenvolvidas.

Neste ano, o projeto é um dos indicados ao Prêmio Cidadania sem Fronteiras, que reconhece as melhores ações de cunho social desenvolvidas no Brasil. O projeto “Sorriso Para a Vida” é finalista na categoria Saúde e a premiação acontecerá em São Paulo na segunda-feira, 31 de outubro. Além disso, dois outros projetos da Unochapecó – “Documentário e Comunidade” e “Bolsa Amarela” -, concorrem ao prêmio.


Comente aqui