Efapi

17 out13:48

Efapi leiloa 500 bovinos

Mais de 300 pessoas acompanharam na tarde de domingo, dia 16, uma das principais atrações da programação agropecuária: o leilão de gado geral, reprodutores e cordeiros, no pavilhão de remates do parque de exposições Tancredo Neves, durante a Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó. Estavam à disposição para serem leiloados aproximadamente 500 bovinos e mais de 100 cordeiros.

Do total de 66 lotes, não sobrou nenhum do gado geral. O preço médio do quilo vivo das fêmeas foi de R$ 3,70 e dos machos de R$ 3,93. Com isso, o faturamento do leilão foi de R$ 436 mil.

Em breve solenidade de abertura do evento participaram o prefeito José Caramori, o secretário de Estado da Agricultura e da Pesca João Rodrigues, o coordenador geral da feira Marcio Sander e outras lideranças do setor como Mauro Zandavalli, Gelson Dalla Costa, Américo do Nascimento e Enedir Zanchett.

Em tom descontraído, em seu pronunciamento, o secretário João Rodrigues lembrou que no leilão da Efapi é tradição o primeiro lote ser comprado pelo prefeito de Chapecó. Em resposta o prefeito José Caramori parabenizou os produtores pela qualidade dos animais, falou da parceria com o Governo do Estado para ampliar a área de exposição do setor de pecuária e desafiou o ex-prefeito para “dividir o lote”. – A minha proposta é de rachar o lote, por termos sido eleitos juntos e pela importância da presença do secretário de estado da agricultura sugiro que o João compre o segundo lote para também dividirmos – disse o prefeito.

O primeiro lote de 14 cordeiros foi adquirido pelo prefeito Caramori, para manter a tradição. O segundo lote também foi comprado por um prefeito, Gilson Vicenzi, que adquiriu 12 cordeiros. O prazo para o pagamento é de 30 dias e de alguns lotes foi de 60.


Leilão

O evento tradicional existe há mais de 30 anos no município. De acordo com o integrante da comissão de organização de agropecuária da feira, Mauro Zandavalli, o leilão teve períodos de oscilações na Efapi.

- Agora está se recuperando. Chegamos a ter 1.200 animais para serem leiloados e esse número reduziu para 200. Isso porque a pecuária leiteira cresceu muito e o gado de corte estagnou. Porém, neste momento o preço está muito bom. Apenas o setor de cordeiros ainda não se tornou referência na região – disse.

Participaram nesta edição mais de 30 compradores, sendo os maiores Vilson Locatelli, Bugio Agropecuária e Gilson Vicenzi. Zandavalli explica que não há exigências para ser um comprador, apenas o produtor precisa ser de Santa Catarina por causa da área livre de febre aftosa sem vacinação. Houve um aumento no número de produtores, de animais e o preço está muito bom.

Para Zandavalli o diferencial deste ano do leilão foi o preço dos animais que se consolida como bom para vendas. Os produtores saíram contentes e o preço praticado está dentro do valor do mercado. A avaliação é de que atingiu todas as expectativas.

O leilão foi conduzido pelo escritório de remates e pela empresa ZT Leilões.


Comente aqui
17 out10:32

Grandes Campeãs

A 18°edição da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011, apresentou na noite do sábado, dia 15, as grandes campeãs das raças Holandesa e Jersey. Na avaliação dos julgadores, foi uma decisão muito difícil, pois todos os animais eram de extrema qualidade.

Organizada pelo Núcleo de Criadores de Bovinos de Chapecó, a exposição recebeu 439 animais das duas raças, pertencentes aos 64 expositores catarinenses. O julgamento, que deve levar em consideração a forma física e estrutural dos animais, foi realizado na sexta-feira e sábado.

A responsabilidade de avaliar, classificar ou eliminar os animais que concorrem ao título mais cobiçado da feira, de Suprema Campeã, é do juiz de classificação. Nessa edição da Efapi, a missão foi do juiz zootecnista de Minas Gerais, Arthur Patrús de Campos Bello.

Bello explica que o juiz deve avaliar características importantes do animal, como o úbere, que deve ser agarrado e firme ao corpo, e a facilidade e habilidade que o animal tem para caminhar.

O título de Suprema Campeã foi disputado pelas vencedoras de cada categoria. A Grande Campeã foi da raça Holandesa, Stroher Carmen 222 Vision, de criação de Arno Stroher e exposição de Luciano Sarvacinski, de Chapecó. A disputa foi com o animal da raça Jersey, Dilneia Legal Guinther, de criação de Bernardo Efeting e de exposição de Maria Rosinete Souza Effting, de Braço do Norte.


Comente aqui
17 out09:49

Efapi deve superar R$ 140 milhões

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A Exposição Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó encerrou domingo, no Parque de Exposições Tancredo Neves, com expectativa de pelo menos R$ 140 milhões em negócios concretizados. A estimativa é do coordenador da feira, Márcio Sander, que prevê outros R$ 60 milhões levantandos na feira e que devem ser concretizados até o final do ano.

-A Efapi é uma vitrine para as empresas- disse.

O valor supera os R$ 125 milhões previstos inicialmente, que já eram superiores aos R$ 104 milhões da edição anterior, em 2009. O o público também vai aumentar, de 480 mil para mais de 660 mil.

Somente a Shark Máquinas para Construção vendeu R$ 3 milhões, segundo o consultor de vendas, Alceu Santi.

-É o dobro da edição passada- afirmou.

Foram vendidas oito máquinas entre motoniveladoras, tratores de esteira, escavadeira hidráulica e rolo compactador. E mais negócios foram encaminhados.

-Outros R$ 2 milhões foram prospectados e que devem se concretizar nos próximos dias, afirmou Alceu. Ele avaliou que obras do Programa de Aceleração do Crescimento, crédito e investimento na infraestrutrua das cidades alavancaram as vendas.

A Boni Imacrel Máquinas Agrícolas também aumentou as vendas de R$ 500 mil na feira anterior para R$ 700 mil, segundo o vendedor Marcos Machado. O que mais vendeu foram equipamentos para a bovinocultura de leite, como ordenhadeiras mecanizadas e equipamentos de produção de feno.

Para a próxima Efapi a meta é substituir dois pavilhões antigos por um novo, com custo de R$ 13 milhões. Também serão melhorados os acessos viários e segurança, segundo Sander. -Não temos como fazer a feira maior, mas podemos fazer melhor- concluiu.



1 comentário
17 out08:10

Público Espetacular

Foram 10 dias de intensa programação na Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011, realizada no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, em Chapecó. 648 mil pessoas passaram pelo parque.

Na avaliação da Comissão Central Organizadora (CCO), o número poderia ter sido ainda maior caso não chovesse em alguns dias da feira. Mesmo assim, a CCO só tem a comemorar, pois todas as expectativas foram superadas. O público previsto de 520 mil pessoas foi atingido dois dias antes do fim da exposição/feira/festa. No sábado, dia 15, 599 mil pessoas haviam visitado o parque.

Os líderes da Efapi 2011, o prefeito José Caramori, o presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) Luciano José Buligon e o coordenador geral Marcio Ernani Sander, avaliam que os fatores que levaram ao grande número de público foi uma programação diversificada, com atrativos para que veio a negócio, a passeio ou simplesmente para ver os grandes shows nacionais. A esses fatores aliam-se outros que potencializam a visitação popular: idosos e crianças não pagam e estudantes pagam meia-entrada, além de três dias de entrada livre.

- Tudo isso resultou nos recordes históricos de público desses 44 anos de realização da exposição-feira-  festejam.

Público

Dia 7 – 68 mil

Dia 8 – 40 mil

Dia 9 – 105 mil

Dia 10 – 98 mil

Dia 11 – 51 mil

Dia 12 – 49 mil

Dia 13 – 82 mil

Dia 14 – 35 mil

Dia 15 – 71 mil

Dia 16: 49 mil

Tota: 648 mil visitantes


Comente aqui
16 out09:27

Último dia de Efapi

No domingo (16), a abertura dos pavilhões ocorre às 10 horas. Paralelamente começam as atividades da 6a Mercoarte – Feira do Artesanato Chapecoense, o parque de diversões Tupã, Museu da Colonização de Chapecó, contação de histórias e intervenções itinerantes em todo o parque.

As apresentações do palco alternativo iniciam às 15h e seguem até às 20 horas, em frente a praça de alimentação. Das 17h30 às 22 horas ocorrem o show com artistas locais, no palco principal, com DJ Rodrigo K, Spool 32, Jack Louis, Carlota Joaquina e Diego Strada.

O Espaço Premier estará disponível a partir das 18 horas. A abertura da Ala Vip e Camarotes ocorre às 19 horas com fechamento após o show. Do último dia da expo-feira os pavilhões serão fechados às 21 horas e o show de Fernando e Sorocaba inicia às 22 horas, no mega palco.


Programação Agropecuária

Às 8 horas tem pista aberta para treinos cavalo Quarto de Milha. Na sequência às 9 horas acontecerá a modalidade de três tambores válida pelo Campeonato Catarinense do Cavalo Quarto de Milha. Em seguida será realizada a modalidade de laço em dupla válida pela ABQM.

Das 10h às 20 horas tem exposição e comercialização de animais e produtos na ovinocultura. Os pavilhões serão abertos às 10 horas, paralelamente acontece a Tecnoagrofamiliar: Mostra de Produtos Coloniais, Mostra e Espaço Gastronômico da Piscicultura, Mostra de Pequenos Animais, Mostra Sociedade Oeste Catarinense de Ornitologia.

Às 10 horas tem desfile dos grandes campeões e campeãs dos bovinos. Às 12 horas está previsto almoço de confraternização no Núcleo de Criadores de Bovinos. Às 14 horas inicia o leilão de gado geral e reprodutores. Paralelamente ocorre a liberação dos animais das raças de leite e corte da exposição, e as provas na modalidade de três tambores válida pela primeira etapa, depois na modalidade de Team Penning categoria válida pela primeira etapa.

Às 17 horas tem a final do Rodeio Havan. Na sequência às 18 horas está previsto a final do rodeio laço em dupla e três tambores. Às 19 horas ocorre apresentação e demonstração de ordenha de ovinos.

Os pavilhões serão fechados às 21 horas e às 22 horas acontece o show com Fernando e Sorocaba, no mega palco.


Segunda-feira

Na segunda-feira (17), às 7 horas tem liberação dos animais do leilão gado geral e reprodutores.



Comente aqui
16 out08:00

Fernando e Sorocaba

Para completar a excelente programação dos shows da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011, no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves, em Chapecó, sobem ao palco a dupla Fernando e Sorocaba, neste domingo, 16 de outubro, última dia do evento. A responsabilidade da dupla é grande, pois já deverão ter passado pelo palco nomes como o de Victor & Léo, Luan Santana, Paula Fernandes, Zeca Pagodinho e tantos outros. Ingressos custam R$ 10,00 para estudantes e R$ 20,00 inteira.

Para o coordenador geral da feira, Marcio Ernani Sander, a noite será um grande espetáculo, pois todos os convidados para o palco principal da Efapi 2011 são nomes importantes da música brasileira que tem uma carreira de sucesso.

Fernando e Sorocaba, além do talento, tem em comum o nome de batismo. Ambos se chamam Fernando. O primeiro, nascido em Ji-Paraná (RO), roubava o violão do avô aos sete anos para se apresentar aos amigos. Aos 15, deixou a cidade natal para tentar a carreira musical em Cuiabá (MT). O outro Fernando recebeu o apelido Sorocaba por se dividir entre a capital de São Paulo e a cidade do interior que carrega em seu nome. O avô também foi o responsável pelo gosto musical, pois deu o primeiro violão quando ele tinha 11 anos.

Sorocaba mudou-se para Londrina, onde cursava Agronomia. Lá alcançou reconhecimento por suas composições. Foi nesta cidade do Paraná que se conheceram e formaram a dupla sertaneja. A consagração chegou com o lançamento do CD e DVD Bala de Prata, em 2008.

No ano seguinte, lançaram o também CD e DVD Vendaval. Agora, a dupla estreia na Som Livre com Fernando & Sorocaba – Acústico. Em agosto, a dupla Fernando & Sorocaba subiu ao palco da maior arena coberta da América Latina, situada em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, acompanhada de convidados especiais e mais de 35 mil pessoas para gravar o novo trabalho: o CD e DVD Bola de Cristal.

No repertório estão grandes sucessos e músicas inéditas, onde, com exceção de Vê Se Para Com Essa Marra, de Rangel Castro, todas são da autoria de Sorocaba, que se destacou como compositor em 2010. Entre as músicas já conhecidas pelo público estão Paga Pau, sucesso das rádios em 2009, A Casa Caiu, Celebridade, Delegada, Até o Final, Que Raiva que Dá/ Da Cor do Pecado, Joga no Lixo, e Madri, canção embalada por Fernando que conquistou o Brasil e o mundo e abriu as portas para que a dupla realizasse seu primeiro show na Europa no ano passado.

Com mais de um milhão de acessos no canal oficial da dupla no Youtube – antes de seu lançamento -, Teus segredos é o primeiro single, inédito, do novo DVD, que também apresenta ao público Tô Passando Mal, Por Que Tá Comigo e Me Engana.


Comente aqui
15 out19:00

Jorge e Mateus na Efapi 2011

Reconhecidos pela apresentação de algumas das músicas mais “contagiantes” do sertanejo universitário, como “De tanto te querer”, “Voa beija-flor”, “Querendo te amar”, “Amo noite e dia”, entre outras, os goianos Jorge e Mateus terão a responsabilidade de animar o público neste sábado, 15 de outubro, durante o penúltimo dia da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó Efapi 2011), no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves. Ingressos custam R$ 12,50 (estudantes) e R$ 25,00 (geral).

O coordenador geral da feira, Marcio Ernani Sander, realça que o show é um dos espetáculos mais esperados.“O estilo sertanejo universitário destaca-se pelas músicas empolgantes, de fácil memorização e interação com o público e, por isso, não poderia ficar fora da programação”.

Jorge e Mateus são considerados uma das principais duplas sertanejas do Brasil, se conheceram através de um amigo em comum, em 2005. Jorge, estudante de Direito participava, sozinho, de muitos festivais de música, e Mateus, que cursava agronomia e que também se apresentava em festas e festivais de música, tiveram a oportunidade de cantar juntos em um churrasco de amigos. A sintonia foi tão forte, que os músicos passaram a fazer shows como dupla. A primeira apresentação foi em 26 de maio de 2005, numa boate da cidade de Itumbiara para um público universitário.

Após o primeiro show, Jorge e Mateus gravaram um CD independente, na garagem da casa de Mateus, com algumas composições próprias e novas roupagens de clássicos da música sertaneja. O repertório agradou e a agenda de apresentações aumentou. Com isso, a gravadora Universal Music ficou conhecendo o trabalho da dupla que, em 2007, resultou na gravação do CD e DVD “Ao vivo em Goiânia”.

A repercussão do “Ao Vivo Em Goiânia”, produzido por Pinócchio e com a direção de áudio de Ivan Miazato, foi tão imediata que a dupla, além de ver o seu primeiro grande sucesso, a canção “Pode Chorar”, estourar por todo o Brasil, ganhou disco de ouro. Os versos “pode chorar, mas eu não volto pra você/ pode chorar, você não vai me convencer/ pode chorar, você se lembra o quanto eu chorei por você?” logo caíram no gosto dos fãs de sertanejo universitário.

Em 2008, a música “De tanto te querer”, também do CD “Ao vivo em Goiânia”, foi escolhida para trilha sonora da novela global ‘A Favorita’. A canção passou a fazer parte da programação de quase todas as rádios do Brasil.

Neste mesmo ano, Jorge e Mateus alcançaram um ineditismo com o projeto chamado “Jorge e Mateus Elétrico”: misturando axé e música pop ao sertanejo, a dupla lançou a micareta sertaneja. Os goianos passaram a se apresentar no carnaval de Salvador – primeira dupla sertaneja a conquistar este tipo de apresentação.


Comente aqui
15 out10:14

Gasto médio do consumidor chapecoense supera expectativas no Dia das Crianças

Pesquisa divulgada pela Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio) confirma que o gasto médio do consumidor chapecoense foi 113%, maior do que o esperado no Dia das Crianças, assinalado no último dia 12 de outubro.

No mês de setembro, a Fecomércio realizou pesquisa de intenção de compras com os consumidores chapecoenses para levantar dados relativos à intenção de compras para o Dia das Crianças. Como de costume, após a data a Fecomércio realiza nova pesquisa para confirmar os dados, que são divulgados pelo Sindicato do Comércio da Região de Chapecó.

Outro dado apontado pela pesquisa foi o valor do gasto médio do chapecoense. Segundo a pesquisa de intenção de compras seria de R$ 96,91. Porém, confirmado pela pesquisa de resultado, o volume foi bastante superior, R$ 206,47. Em Chapecó 39% das vendas foram realizadas à vista, 3% a vista no cartão de débito e 10% à vista no cartão de crédito. A pesquisa mostra ainda que o setor de eletrônicos é o que mais impulsionou o volume de vendas. Neste segmento, o ticket médio alcançou a marca dos R$ 488,07.

Conforme a Divisão de Pesquisa e Estatística do Sicom, o resultado pode ser explicado pelo aumento do fluxo de pessoas vindas de municípios vizinhos em função da feira multisetorial – Efapi e ainda pela inauguração do primeiro shopping na região, eventos esses ocorridos nos dias que antecederam o Dia das Crianças, ampliando por sua vez a circulação de pessoas no comércio local.


Comente aqui
15 out10:00

Apresentação de cães na Efapi

Através do som de um apito e das indicações do adestrador o cão da raça Border Collie guia as três ovelhas no parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves. As apresentações dos cães Border Collie foram nesta quinta e sexta-feira. Neste sábado tem apresentação às 18h na Exposição-feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Chapecó.

Os cães da raça Border Collie são treinados especialmente para serviços com o manejo de ovinos, caprinos e bovinos. Esta raça é mais inteligente, focada e tem grande poder de visão. Segundo o adestrador, Adriano Medeiros, este animal foi treinado para serviços. Por natureza o cão tem o instinto de agrupar as ovelhas. Além disso, busca sempre fixar o olhar nos olhos da ovelha e,se ela não ceder, o cão a morde”.

Com seis meses de idade o cão Border Collie pode ser treinado para este trabalho. O tempo de treinamento varia de acordo com o cão e o treinador. “Se for um filhote de seis meses e o treino for intensivo o tempo para o animal ficar pronto para cuidar do manejo é de aproximadamente um mês” explica Medeiros.

O cão Border Collie pode substituir o trabalho de três cavalos no manejo de mil animais. “As ovelhas andam juntas e, quando o rebanho for pequeno, elas podem se dispersar facilmente. O custo de um cão adulto dessa raça é em média R$ 2.500, de um filhote é cerca de R$1.000 e o adestramento R$ 600.

Outro ponto importante do Border Collie, segundo Medeiros, é que o cão não late durante o trabalho, o que diminui o estresse do animal. Segundo o técnico agropecuário, Anderson Queiros, a ovelha é um animal que sente muito medo, por isso, o manejo deve ser cuidadoso.

Conforme Medeiros, o cão pode morder a ovelha por três motivos: se a ovelha tentar dar uma cabeçada no cachorro, se o adestrador mandar morder e se o cão tentar levar o rebanho e não conseguir.

Para o criador de ovinos de Chapecó, José Atagida Kramer da Luz, que possui um cão desta raça, o manejo dos animais com o auxílio de seu cão de quatro anos e meio facilitou muito depois do adestramento. “Cuido muito bem do meu rebanho de 350 ovelhas com a ajuda de Kioma”, afirma José Atagiba.


Comente aqui
15 out09:01

Programação deste sábado

O Rodeio Havan foi um dos grandes atrativos do 7º dia de EFAPI 2011 – maior feira multissetorial do sul do país – que prossegue até este domingo (16). Promovido pela Prefeitura de Chapecó e entidades empresariais, a feira se destaca pela grande quantidade de público, realização de negócios, programações artísticas e culturais, além de muita festa com shows locais e nacionais, entre outras opções.

Durante os dez dias mais de 520 mil pessoas passarão pelo parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves. Ao todo, são 650 expositores e o volume de negócios está estimado na ordem de R$ 125 milhões. A entrada foi gratuita no dia da abertura e também nos dias 10 e 13 de outubro.


Programação

Neste sábado, 15, a abertura do parque de exposições e dos pavilhões acontece às 10 horas. No mesmo horário iniciam as atividades da 6a Mercoarte – Feira do Artesanato Chapecoense, parque de diversões Tupã, Museu da Colonicação de Chapecó, contação de histórias no Coreto e intervenções itinerantes em todo o parque.

Das 15h às 20 horas acontecem as apresentações no palco alternativo, em frente a praça de alimentação. Os shows com artistas locais, no palco principal, ocorrem das 17h30 às 22 horas com apresentação do DJ Rodrigo K, Fabio e Andrey, Roni Kleber e Falconi, David e Jonathan, André e Cristiano, Junior e Patrick e Fernanda e Amanda.

O Espaço Premier estará disponível a partir das 18 horas. A abertura da Ala Vip e Camarotes ocorre às 19 horas com fechamento após o show.

Às 19 horas está previsto o sorteio da Loteria Federal, em seguida às 20 horas da Timemania, Lotomania, Quina e Mega-Sena. Paralelamente ocorre o Rodeio Havan. Os portões serão fechados às 22 horas. Na sequência ocorre o show com Jorge e Matheus, no mega palco.

Programação Agropecuária

Das 8h às 20 horas tem recepção e entrada dos bovinos para leilão. O julgamento dos animais em lactação da raça Jersey está previsto para as 9 horas. No mesmo horário ocorre a abertura da primeira etapa do XIV Campeonato Catarinense do Cavalo Quarto de Milha, após modalidade de seis balizas válida para o Campeonato Catarinense do Cavalo Quarto de Milha e depois modalidade de laço em dupla Berta.

Às também inicia a Tecnoagrofamiliar: Mostra de Produtos Coloniais, Mostra e Espaço Gastronômico da Piscicultura, Mostra de Pequenos Animais e Mostra Sociedade Oeste Catarinense de Ornitologia.

Das 10h às 20 horas tem exposição e comercialização de animais e produtos da ovinocultura. Às 14 horas ocorre julgamento dos animais em lactação da raça Holandesa. Às 16 horas tem demonstração de manejo da tosquia de ovinos. Às 18 horas está prevista apresentação de cães Border Collie no manejo de ovinos e na sequência às 19 horas acontece apresentação e demonstração de ordenha de ovinos.

Às 20 horas ocorre o Rodeio Havan. Às 21 horas acontece as semifinais do rodeio nas modalidades de laço em dupla e três tambores.



Comente aqui