Efapi

11 out09:02

Pedágio do Brinquedo 2011

Crianças carentes de várias cidades de Santa Catarina esperam que você “Doe felicidade, Doe um Brinquedo”. Essa é a mensagem da campanha Pedágio do Brinquedo 2011 da RBS TV, que pretende arrecadar o máximo possível de peças novas ou usadas em bom estado para serem entregues aos pequenos, no Dia das Crianças.

Nesta quarta-feira, será feito um grande evento em 15 cidades de Santa Catarina, com o apoio do Sesc. Uma grande estrutura de recreação será montada para atender a criançada. Todo o montante arrecadado no mês de setembro será entregue para entidades cadastradas no projeto.

Despertar a consciência das pessoas para a doação de brinquedos é a meta durante todo o ano dos moradores de Chapecó. O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, Gilberto João Badalotti, avisa a quem não participou, ainda há tempo.

— Reunimos o que foi coletado em 10 empresas da cidade. Pretendemos superar os 19.340 brinquedos do ano anterior. Mais do que isso, realizamos o trabalho de impulsionar esse movimento durante todo ano — diz Badalotti.

No stand da emissora no Pavilhão 1 da Efapi será realizada uma programação toda especial para as crianças.

Em Joinville, o total de arrecadação deve ultrapassar os 160 mil brinquedos contabilizados no último ano. Para isso, vários pontos de coleta funcionam desde o dia 2 de setembro. Na quarta, a contagem será divulgada com uma estrutura de recreação para atender aos pequenos no Sesc do Centro da cidade.

Em Florianópolis há vários pontos de coletas. No feriado uma programação especial será organizada para crianças e familiares.

A estimativa é que 8 mil crianças participem da edição no Sesc da Prainha. Cama elástica, teatro, piscina de bolinha, jogos de mesa, e outras atrações deverão garantir a diversão da garotada.

Em São José, que aderiu à campanha desde 2008, a expectativa é para superar os mais de 5 mil brinquedos arrecadados no último ano. O montante fez a alegria de milhares de crianças carentes da Região Metropolitana de Florianópolis. A largada para os postos de coleta foi dada no dia 26 de setembro.

A campanha também teve participação expressiva em Lages. Em 2010 totalizaram 161.724 doações e o resultado deste ano deve ultrapassar a marca. A unidades são recolhidas na secretaria da CDL.

Em Itajaí, as atividades preparadas para o feriado serão realizadas na Marejada.

Em Concórdia, a programação pretende reunir crianças na praça Dogello Goss.


Troféu Amigo do Pedágio para quem conseguir mais

Outro destaque na campanha deste ano é o troféu Amigo do Pedágio. Os contemplados deverão arrecadar o maior número de brinquedos possível. As doações poderão ser realizadas mesmo após o Dia das Crianças.


>> Onde doar:

:: Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL)

:: Serviço Social do Comércio (Sesc)

:: Veículos da RBS TV de sua região


DIÁRIO CATARINENSE

Comente aqui
10 out17:52

Exposição de aves na Efapi

Os admiradores de aves podem conferir a mostra da Sociedade Oeste Catarinense de Ornitologia (SOCO) que acontece durante na Efapi 2011, no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves. São 161 aves de mais de 20 espécies, entre canários, calopsitas, agapornis, manom e periquitos. Algumas exóticas e silvestres como Ring neck, Katarina, Forpus e Calafate.

Em sua oitava participação, a mostra tem como principal objetivo esclarecer os visitantes sobre a importância de não capturar pássaros nativos. Desde 1989, a sociedade se preocupa em criar pássaros para preservação da fauna. Todas as aves têm acompanhamento veterinário que inclui análise genética e cuidados com a saúde.

O diretor técnico de agapornis e psitacídeos, Isaldir de Almeida, ressalta que o contrabando de aves silvestres é crime e pode levar de seis meses a três anos de prisão, além de multas que variam de 500 a 5 mil reais. – Ao adquirir um pássaro, orientamos o comprador sobre os cuidados para o seu desenvolvimento saudável – disse.

A sede da SOCO tem capacidade para expor 3 mil pássaros e, atualmente, possui 35 sócios, totalizando cerca de mil e quinhentas aves de criadores associados. É credenciada junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) e a Federação Ornitológica do Brasil (FOB). Os criadores são associados à Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (CIDASC).

Venda dos pássaros

Para quem quiser adquirir uma ave, os preços variam de 25 a 400 reais por animal. Ao comprar, o cliente tem a garantia de ter um pássaro saudável e com anéis invioláveis com o número identificador da ave. Os anéis contêm um número sequencial da FOB, o registro do criador e da sociedade comercializadora e a espécie da ave.


Comente aqui
10 out15:51

Pretinho Básico no stand da RBS na Efapi

Os integrantes do Pretinho Básico da Rádio Atlântida: Mr. Pi, Potter, Porã e Marcos Piangers estiveram no stand do Grupo RBS, no domingo, dia 9, na Efapi.

Além de animar a galera que participou do stand up, os pretinhos distribuíram autográfos e passearam pela feira.


Comente aqui
10 out15:09

Peixiskaria

O espaço da piscicultura apresenta uma novidade da 18a edição da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó é Peixiskaria, mostra gastronômica de piscicultura. O ambiente apresenta dez pratos culinários. O objetivo é atrair as pessoas para a degustação do pescado. Dados do IBGE revelam que o brasileiro consume 4 Kg de pescado por ano, segundo a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), em Santa Catarina são consumidos 2 Kg por pessoa/ano.

A Peixiskaria é organizada pelo Instituto Goio-en. Alguns pratos servidos são pastel de tilápia, camarão a milanesa, risoto de camarão, espetinho de peixe, entre outros. Para o pesquisador e extensionista da Epagri, Jorge de Matos Casaca, a atividade da piscicultura só se desenvolve se tiver demanda, e esse é o objetivo do espaço gastronômico.

- O ministério da Pesca tem intensificado campanhas para incentivar o consumo de pescado. Precisamos criar o hábito de consumir peixes para fomentar a produção – enfatiza Casaca.

Santa Catarina produziu 27 mil toneladas de pescado em 2010. Metade da produção catarinense é de tilápia e o Estado responde por 90% da produção nacional de ostras e mexilhões. Segundo Casasa a dificuldade da atividade é o licenciamento ambiental. Cerca de 99% dos 24 mil piscicultores do estado não possuem licença ambiental para a instalação dos açudes.

A Epagri expõe na feira alguns trabalhos do projeto de Intensificação ecológica da piscicultura (Piscenlit), desenvolvido através dos Governos brasileiro, francês e indonésio. O projeto estuda as diferentes formas para a intensificação ecológica dos sistemas de criação de países, incluindo gestão de serviços ecossistêmicos.

Além do espaço gastronômico quem visita o Pavilhão da Piscicultura poderá encontrar 18 espécies em exposição. São novidades de peixes exóticos e nativos, um lago artificial com passarelas e aquários com peixes de cultivo regional.


Comente aqui
10 out15:00

Renda que vem do lixo

Quarenta e cinco catadores da Associação dos Trabalhadores no Serviço de Reciclagem de Chapecó e Região – Astrarosc, trabalham para manter o parque da Efapi 2011 limpo. Para eles é uma oportunidade de trabalho e renda.

A Astrarosc é responsável pela coleta, separação e encaminhamento de todo o material reciclável recolhido no parque de exposições Tancredo de Almeida Neves. De acordo com o presidente da associação, Sandro Fortes, uma média de 1,5 toneladas de material será recolhida por dia até o final da feira, no dia 16.

- Só de latas recolhemos 1400 quilos nos dois primeiros dias de feira – disse Fortes.

O trabalho é duro: os 45 catadores com a equipe de limpeza das áreas cobertas do parque são os primeiros a chegar e os últimos a sair. Eles estão envolvidos no trabalho de coleta e classificação do material, que já é embalado no próprio local.

Uma novidade para este ano é o transporte dos recicláveis, que ficou por conta do comprador. – A venda é feita aqui mesmo. O comprador vem até o parque, o material é pesado e o quem compra é responsável por levar embora os materiais – explica Fortes.

Este sistema evita que a associação gaste no transporte e aumenta a possibilidade de lucros. O dinheiro arrecadado com as vendas será dividido entre os catadores.

Para Fortes, além da oportunidade de renda extra, o trabalho no parque também garante aos catadores o acesso à Feira. – Muitos moram em Chapecó uma vida inteira e nunca tinham vindo em uma Efapi. Assim eles têm acesso a algo diferente.


Orgânicos

O recolhimento do lixo orgânico é realizado pela Tucano, empresa responsável pela coleta de resíduos urbanos no município. O responsável pela área de meio ambiente na Efapi 2011 e presidente da Fundação de Meio Ambiente de Chapecó (Fundema), Nelson Krombauer, disse que 230 novas lixeiras plásticas foram instaladas no parque, 115 para lixo orgânico e 115 para materiais recicláveis, além das mais de 500 lixeiras de papelão distribuídas pelos pavilhões.

Os dejetos humanos dos banheiros móveis são armazenados e encaminhados para a central de tratamento de esgoto do município. Os dejetos animais são recolhidos e levados ao Horto Florestal da Fundema e ao Viveiro Florestal da Unochapecó, onde são processados e transformados em compostagem.

Sobre a limpeza geral do parque, Krombauer acredita que o público está mais consciente.

- O objetivo da Fundema é a educação ambiental. Estamos usando a rádio da feira para solicitar que as pessoas joguem o lixo nos locais apropriados; visitando os restaurantes e pedindo para os responsáveis fazer a separação corretamente, entre outras ações – disse.


Comente aqui
10 out12:38

Caminhão da Sorte

O novo Caminhão da Sorte da Caixa Econômica Federal já está em Chapecó e permanece no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves durante a Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó, Efapi 2011, até o sábado, dia 15.

Os sorteios serão realizados sempre às 19h e às 20 horas. Durante o dia, o Caminhão da Sorte estará aberto para visitação do público e, a partir das 18 horas, será desenvolvida, no local, uma programação com atrações especiais. Esta é a primeira vez que o novo Caminhão da Sorte, lançado pela Caixa no ano passado, vem para Chapecó.

Segundo o superintendente regional da Caixa, Ricardo Troglio, além da mudança dos equipamentos de sorteios, o caminhão destaca-se pela nova estrutura. São mais de 130 metros quadrados de área útil, divididos em áreas de sorteio, unidade lotérica, unidade operacional e institucional, copa e amplo palco, contando ainda com dois elevadores destinados às pessoas com deficiências físicas.

Com o Caminhão da Sorte, os visitantes da Efapi 2011 participam ativamente dos sorteios. Quem está na plateia poderá acionar o dispositivo que libera as bolas numeradas e todos os procedimentos são validados, na hora, por auditoria popular.


Aposta na Efapi

O Caminhão da Sorte disponibiliza também uma unidade lotérica instalada para atender o público visitante. As apostas podem ser realizadas do dia 10 ao dia 15 de outubro, até às 19 horas do dia do sorteio.

No terminal lotérico também é possível, além do pagamento de contas, fazer saques de contas correntes e poupanças com cartão magnético e identidade – de R$ 5 a R$ 1.000,00 por dia – além de saques do Banco do Brasil, com chip até R$ 500 e, sem chip, até R$ 200.


Programação

Na segunda-feira, dia 10, às 20 horas, tem sorteio da Lotofácil e Quina; Na terça-feira, dia 11, às 20 horas, será realizado o sorteio da Quina e Dupla Sena;

Na quarta-feira, dia 12, é feriado e não haverá sorteios;

Na quinta-feira, dia 13, às 19 horas, será realizado o sorteio da Loteria Federal e às 20 horas da Lotomania, Quina, Lotofácil, Timemania e Mega-Sena.

Na sexta-feira, dia 14, às 20 horas, serão realizados sorteios da Dupla Sena e Quina;

No sábado, dia 15, às 19 horas, tem o sorteio da Loteria Federal e, às 20 horas, da Timemania, Lotomania, Quina e Mega-Sena.


Comente aqui
10 out12:23

Stand da Chapecoense na Efapi 2011

Presente na 18ª edição da Efapi, a Chapecoense apresenta no stand do Pavilhão 2 produtos licenciados do clube.

Os torcedores podem comprar camisetas oficiais e réplicas da Chapecoense e conhecer os produtos licenciados do Verdão.

Os produtos licenciados vão desde tênis, chaveiros, cooler, moda intima roupas infantis, espelho retrovisor para motocicleta, bandeiras, capa para notebook, porta latas, lixeira para carros e bolas.

- Na verdade essa é apenas uma amostra dos produtos licenciados. Ainda teremos itens diversos, entre camping, bazar, vestuário esportivo e casual – disse Cissa Soletti do departamento de Marketing da Chapecoense.

Depois da Efapi a diretoria deve se reunir com lojistas para apresentar os produtos.


Comente aqui
10 out10:28

Recorde de público

O maior público de toda a série de 18 edições da EFAPI foi registrado nesse domingo, 9 de outubro, em Chapecó, quando 105 mil pessoas ocuparam os 210 mil metros quadrados do Parque de Exposições Tancredo Neves.

O entorno do parque recebeu 12 mil automóveis, de acordo com a Comissão de Transporte, Trânsito, Segurança e Estacionamento.

O tempo bom que predominou na tarde e noite de domingo no oeste catarinense, a programação de eventos internos, a exposição pecuária, industrial e comercial e o show com a cantora Paula Fernandes foram responsáveis pelo recorde histórico de público, a maior visitação pública em apenas um dia nos 44 anos da maior feira multissetorial do sul do Brasil.

A presença do público está além da expectativa inicial, observam o prefeito José Caramori, o presidente da Comissão Central Organizadora (CCO) Luciano José Buligon e o coordenador geral Marcio Ernani Sander.

Em apenas três dias, a Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó contabiliza 213 mil  visitantes:

- sexta-feira, dia 7: 68 mil pessoas;

- sábado, dia 8:  40 mil;

- domingo, dia 9: 105 mil.


Nesta segunda feira a grande atração da noite é o cantor Amado Batista.

4 comentários
10 out07:48

Entrada gratuita na Efapi

A maior feira multissetorial do sul do país a Exposição-Feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011 que prossegue até domingo, dia 16, oferece entrada gratuita ao público nesta segunda-feira, dia 10. Promovido pela Prefeitura de Chapecó e entidades empresariais, o evento contou com a presença de aproximadamente 108 mil pessoas nos dois primeiros dias de evento.

A estimativa da Comissão Central Organizadora é de que aproximadamente 520 mil pessoas prestigiem a expo-feira nos dez dias. O volume de negócios está estimado na ordem de R$ 125 milhões.

A 18ª edição oferece o que há de melhor e mais atual nos setores da agropecuária, indústria, comércio, gastronomia, veículos, máquinas, equipamentos, informática, móveis, eletrodomésticos etc. Tudo isso, além de muita festa, música, shows nacionais e outras apresentações culturais.

Programação da segunda-feira

Nesta segunda-feira, dia 10, a abertura do parque de exposição e dos pavilhões será às 15 horas. Paralelamente ocorre a 6a Mercoarte – Feira do Artesanato Chapecoense, atendimento no parque de diversões Tupã, visitação no Museu da Colonização de Chapecó e contação de histórias, no Coreto, até às 22 horas. Das 15h às 18 horas intervenções itinerantes em todo o parque.

As apresentações no palco alternativo, em frente a praça de alimentação iniciam às 15h e seguem até às 20 horas. Das 17h30 às 22 horas estão previstos show com artistas locais, no palco principal. Se apresentam DJ Rodrigo K, Ailton Onofre Valadares, Sebasthian, Neri de Lara, Expressão Sul e haverá gravação do DVD Indexão.

Às 18 horas ocorre solenidade de homenagem a Dorval Cansian, no pavilhão 4. O Espaço Premier abre das 18h às 4 horas. Às 19 horas acontece a abertura da Ala Vip e dos camarotes com fechamento após o show.

Na segunda-feira está previsto o primeiro sorteio do Caminhão da Sorte, às 20 horas, dos jogos Lotofácil e Quina. Às 22 horas os pavilhões serão fechados e na sequência às 23 horas tem show gratuito com Amado Batista, no mega palco.



Comente aqui
10 out07:40

Comercialização intensa marca os primeiros dias do setor automotivo

Lançamentos, linha 2012, preços diferenciados, taxas atrativas para pagamento. Estes são alguns dos fatores que tem impulsionado as vendas de veículos no setor automotivo da Exposição-feira Agropecuária, Industrial e Comercial de Chapecó – Efapi 2011, que prossegue até o domingo, dia 16, no parque de exposições Tancredo Neves. Mais de 300 unidades serão vendidas até o fim da feira.

No primeiro dia, uma concessionária expositora no Pavilhão IV comercializou 22 veículos, sendo 13 da marca Nissan e 9 Renault. No segundo dia da expo-feira, a empresa vendeu nos períodos da manhã e tarde, outros 12 carros. O gerente comercial, Roger Peserico, explica que as vendas devem se intensificar nesta semana, pois as pessoas tem o hábito de pesquisar primeiramente. Como atrativos, a empresa oferece desconto de mais de R$ 2 mil em um veículo, taxa de 0,99% ao mês, promoção válida no período da expo-feira. Peserico antecipa também que a previsão é vender 150 veículos até o final do evento.


Mais de 300 veículos serão comercializados até o fim da feira.


O vendedor da DM Auto Chevrolet, Marcos Benelli, informa que nos dois primeiros dias da feira foram vendidos seis carros e a meta é comercializar até domingo 30 veículos. Segundo Benelli, a prospecção pós-feira representa a mesma quantidade vendida na Efapi.

Novidades

A empresa Irmãos Sperandio traz como novidade para a feira o lançamento da linha Novo Cargo que mudou a cabine, a voltagem da bateria e tem como opção vir com cabine leito de fábrica. De acordo com a secretária de vendas da concessionária, Patrícia Ratti, o objetivo é apresentar os novos modelos que vão do cargo 1317 até o 3132 que foram lançados em junho deste ano e prospectar novos clientes. Para Patrícia é muito positivo participar da maior feira multissetorial do sul do país, “somos a única da linha de caminhões a expor no pavilhão IV. Nesta edição fatores como logística, acessibilidade e organização do evento estão melhores”.

O gerente proprietário da Moto Point/Kawasaki, Ademir Sirena, antecipa que o intuito da empresa é a comercialização de 15 motocicletas e um faturamento superior a R$ 100 mil durante a expo-feira. Além disso, a prospecção é de 15 a 20 motos pós-evento.

Importados

O diretor da empresa Danzai revenda Suzuki Veículos, Alessandro Silvestri Galina, explica que é a primeira vez que a empresa participa da expo-feira. Expõe seis veículos da linha 2012 com preços diferenciados, desconto de até 7%, taxas atrativas para pagamento. O diferencial é o SX4, o primeiro sportcross do Brasil, que tem tração 4×4, motor de alumínio. “A nossa expectativa é vender dez carros durante a Efapi”, comenta o diretor.

Os carros da Suzuki comercializados em Chapecó são oriundos do Japão, ao ser questionado sobre o aumento do IPI aos carros importados, Galina justifica “que a Suzuki é a única empresa estrangeira com fábrica em construção que começa a produzir em 2012. Essa medida não afetará o negócio e vamos continuar oferecendo três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem”.

O gerente geral da Kia Sperandio, José Rogério Fiuza Junior, ressalta que a intenção da empresa é de vender de oito a dez unidades durante a Efapi e mantém uma prospecção de outras 40 vendas. “O atrativo é que os carros são completos, tem maior garantia de mercado, itens de segurança, design inovador. Os veículos são produzidos na Coréia do Sul e não acredito que o aumento do IPI influenciará na redução da comercialização. Em novembro vamos iniciar a construção de uma loja com mais de 2 mil metros quadrados no município”, complementa.

Pavilhão IV

O setor automotivo (pavilhão IV) contempla 27 marcas, 20 empresas e mais de 250 veículos, em estandes que variam de 168 a 350 metros quadrados.

As empresas expositoras são Exclusive Motors, Moto Point, Sperandio Toyota, Europe Veículos, Santapedra, DM Auto, Irmãos Sperandio, Cosmos Veículos, Rumar, Rüdiger Caminhões e ônibus, Kasinski Chapecó, Sperandio, Redecar Mahindra, Azivel Veículos/EFFA, Suzuki Veículos, SDC, Edisa Motos Traxx, Top Car, Moto Jeans, Gambatto Veículos e Dafra Motos.



Comente aqui