Eleições 2012

10 out19:17

Polícia Federal investiga suspeita de compra de votos

A Polícia Federal está investigando a suspeita de compra de votos na eleição municipal de Ipuaçu. Na terça-feira policiais cumpriram mandados de busca e apreensão na Prefeitura, Centro de Referencia em Assistência Social e na casa do prefeito reeleito, Denilso Casal (PSD). Foram recolhidos computadores, agendas e documentos.

De acordo com o delegado da Polícia Federal de Chapecó, Oscar Biffi, há fortes indícios de que eleitores tenham vendido o voto em troca de cestas básicas, gasolina e materiais de construção. Casal foi reeleito com 52% dos votos válidos. A assessoria de imprensa da Prefeitura de Ipuaçu informou que o prefeito não vai se pronunciar sobre o assunto.

Comente aqui
08 out12:45

Prefeito eleito em Chapecó começa reforma ainda em 2012

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Reeleito prefeito de Chapecó, José Cláudio Caramori (PSD) pretende realizar uma reforma administrativa ainda em 2012. Em entrevista coletiva realizada na manhã desta segunda-feira, Caramori disse que ainda nesta semana vai sentar com os 16 partidos aliados para discutir a composição do novo governo. Um dos critérios utilizado será a representatividade na Câmara e o número de votos que cada partido obteve.

O prefeito reeleito não pretende criar novas secretarias para acomodar os aliados. Mas deve alterar a estrutura de algumas pastas, que segundo ele estão sobrecarregadas.

O objetivo é iniciar 2013 já com tudo definido. Nesta semana Caramori ainda despacha normalmente na Prefeitura, pois não se licenciou para concorrer. A partir da próxima semana deve se afastar do cargo por 10 dias, para descansar e tratar de assuntos particulares, passando o cargo para o presidente da Câmara de Vereadores, Américo do Nascimento Júnior.

Caramori agradeceu a todos que participaram da campanha, mas fez menção especial a João Rodrigues, pelo seu empenho na campanha. Disse que a vitória é fruto de um trabalho iniciado ainda em 2005, com João Rodrigues e o vice Élio Cella, que continuou com a Chapa João Rodrigues/Caramori, e que terá sequência com Caramori e o vice Luciano Buligon (PMDB).

Afirmou que nos dois primeiros mandatos o foco foram obras estruturantes, como o Centro de Eventos, duplicação do acesso à 282 e Contorno Viário Oeste, entre outros, e que neste novo mandato o foco será o bem estar das pessoas.

Disse que já está prevendo a ampliação do Ecoparque e a criação de seis novas áreas de lazer nos bairros, além de melhorias nos parque Palmital e Parque das Palmeiras. Cerca de 50 praças devem receber equipamentos de ginástica e/ou brinquedos infanti A área de saúde terá uma atenção especial com a previsão de inaugurar em 2013 uma Unidade de Pronto Socorro 24 horas, que terá 80 profissionais e deve atender 20 municípios. Com isso vai desafogar o atendimento no Hospital Regional do Oeste, que também será ampliado em 316 leitos, com recursos do Governo do Estado.

Com o Governo do Estado Caramori também pretende buscar recursos para o Contorno Viário Oeste. Já a ligação entre a BR 282 e a SC 283 deve receber recursos internacionais. Caramori pretende construir mais oito creches para abrir mais 2,5 mil vagas Apesar do PT ser oposição em Chapecó, o prefeito reeleito pretende buscar recursos no Governo Dilma, pois conta com vários partidos da base aliada da presidente, como o PMDB.


Comente aqui
08 out11:19

Valar volta ao executivo em São Miguel do Oeste

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Em São Miguel do Oeste João Carlos Valar (PMDB) volta a sentar na cadeira de prefeito depois de quatro anos. Ele derrotou o candidato à reeleição Nelson Foss da Silva (PT). Valar fez 13.399 votos (59,65%), contra 9.063 (40,35%) de Silva.

Este será o terceiro mandato de Valar, que já administrou o município de 2001 a 2008. Valar tem como vice Wilson Trevisan, do PSD.


Comente aqui
08 out11:18

PT mantém hegemonia desde 2001 em Concórdia

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Há 12 anos o Partido dos Trabalhadores governa a administração municipal de Concórdia. E vai ficar por mais quatro anos, com a vitória de João Girardi, que garantiu a reeleição. Girardi fez 24.022 votos (54,46% do total), contra 19.289 votos (43,73%) de César Luiz Pichetti (PSD) e 799 votos (1,81%) de Paulo Afonso (PSOL).

Numa campanha disputada, o PT consegue manter o segundo maior colégio eleitoral do Oeste. Ponto para o deputado Neodi Saretta, que iniciou a hegemonia petista na cidade.


Comente aqui
08 out11:16

Disputa acirrada em Xanxerê

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Em Xanxerê a disputa foi acirrada e terminou com diferença de menos de dois mil votos em favor de Ademir “Miri” Gaparini (PSD). Ele obteve 14.157 votos (53,75%), contra 12.184 (46,25%) de Bruno Bortoluzzi (PSDB).

O candidato tucano buscava a reeleição inclusive com o apoio do PT. O candidato vitorioso já foi vereador no município e secretário de Desenvolvimento Regional. É apadrinhado do deputado estadual Gelson Merísio, que era de Xanxerê, do presidente da Celesc, Antonio Gavazzoni, e do secretário da Agricultura, João Rodrigues.


Comente aqui
08 out10:58

Clã dos Maldaner volta ao poder em Maravilha

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

Em Maravilha o clã da família Maldaner voltou ao poder na cidade. Rosi Maldaner (PMDB), mulher do deputado Celso Maldaner, foi eleita com 7.682 votos, contra 7.098 do candidato à reeleição, Orli Berger (PTB).

É o resgate da tradição da família, que já comandou Maravilha por três mandados, com Celso Maldaner, e também com Casildo Maldaner. Sem falar que o município vizinho de Modelo, também já teve um Maldaner à frente, Carmelito.


Comente aqui
08 out10:56

"Antes cuidamos das obras, agora vamos cuidar das pessoas", diz José Caramori

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

A vitória de José Cláudio Caramori (PSD), que fez 62.035 votos (57,68% do total), contra 45.511 (42,32% do total), foi também uma vitória da cúpula do PSD no Estado, principalmente do governador Raimundo Colombo, do secretário de Agricultura João Rodrigues e do deputado estadual Gelson Merísio.

Ainda em 2005 João Rodrigues, que havia sido prefeito de Pinhalzinho e deputado estadual, foi lançado como candidato do então PFL (depois DEM e PSD) para enfrentar o PT que vinha de oito anos no poder.

João Rodrigues venceu, com Élio Cella (PR) de vice. Na eleição seguinte, foi reeleito, com José Cláudio Caramori de vice. Em 2010, João Rodrigues foi eleito deputado federal, em dobradinha com Gelson Merísio, que foi o mais votado para a Assembléia Legislativa.

Caramori deu sequência à administração de Rodrigues. E por isso um pouco de sua vitória é também a vitória da cúpula do PSD.

E Caramori reconheceu isso. –É uma grande responsabilidade que o povo nos dá, de continuar esse trabalho que iniciamos em 2005- afirmou, após confirmada a vitória.

No entanto agora ele pretende implantar seu “o jeito do Zé” de administrar. –Antes cuidamos das obras, agora vamos cuidar das pessoas- afirmou José Caramori, que pretende ampliar o número de creches e também nas especialidades de saúde.

No entanto ele pretende dar sequência na fórmula de parceria com o empresariado da cidade, para a geração de emprego e atração de investimentos. Também serão construídas novas vias para desafogar o trânsito, como o Contorno Viário Leste. Nesta obra ele vai buscar parceria com o Governo do Estado. Já o PMDB, do vice Luciano Buligon, terá a missão de fazer a ponte com o Governo Federal.

Caramori já inicia com uma boa governabilidade. A coligação, denominada “O Povo de Novo”, tem 16 partidos: PSD, PMDB, PSDC, PR, PMN, PSDB, PRB, PPS, PTB, PP, PSC, PRP, DEM, PSB, PT do B e PSL.

Ela começou a ser construída ainda durante o atual mandato. E garantiu a maioria da Câmara de Vereadores, com 14 dos 21 vereadores.


Situação garante 2/3 do legislativo

Além de reeleger o prefeito José Cláudio Caramori a coligação da atual administração garantiu 2/3 das cadeiras do atual legislativo.

O PSD garantiu quatro vagas, o PR obteve duas, o PMDB duas e, PSB, PTB, DEM, PSDB, PRB e PPS uma vaca cada. A oposição conquistou sete vagas, quatro do PT, duas do PC do B e uma do PDT.

E obteve o vereador mais votado., César Valduga, do PC do B. Em 2004 ele fez 3.115 votos e, agora, fez 3.502. O inusitado é que, na eleição de 2008, ele foi o quinto mais votado e não se elegeu pois o partido não atingiu coeficiente eleitoral. Por isso neste ano ele até abriu mão de ser candidato a prefeito, como estava cogitado inicialmente, para ser candidato a vereador, desde que coligado com o PT. Valduga tem 51 anos, é bancário e foi presidente da Organização Não Governamental Verde Vida, que faz trabalhos sócio-educativos com adolescentes de baixa renda.




Comente aqui
07 out22:34

Confira a lista do vereadores eleitos em Chapecó

Dos 12 vereadores titulares  da Câmara de Chapecó, 66% vão retornar ao legislativo. Oito candidatos conseguiram a reeleição:

- Américo do Nascimento (PSD),

- Valmor Scolari (PSD),

- Gringo (PSD),

- Tigrão (PTB),

- Itamar Agnoletto (PSDB),

- Márcio Sander (PR),

- Arestide Fidélis (PMDB)

- Dino Dal Rosa (PMDB).

Um dos titulares, Ricardo Lunardi (PSD), não concorreu. E outros três não se reelegeram: Angela Vitória (PT), Lizeu Mazzioni (PT) e Luiz Antonio Agne (PP). Apesar que Angela e Lizeu não foram eleitos em 2008, pois entraram respectivamente nas vagas de Luciane Carminatti, eleita deputada estadual, e Marcelino Chiarello, que foi encontrado morto em novembro do ano passado.

Dos suplentes, apenas Ildo Antonini (DEM), foi eleito.

Como o número de cadeiras aumentou de 12 para 21, houve 57% de renovação.

Os novos vereadores são:

- César Valduga (PC do B),

- Marcilei Vignatti (PT),

- Dr. João (PSB),

- Astrit Tozzo (PSD),

- Marchesini (PT),

- Paulinho da Silva (PC do B),

- Neuri Mantelli (PRB),

- Cleiton Fossá (PT),

- Professor Cléber (PT),

- Adão Teodoro (PR),

- Dirceu Cecchin (PPS)

- Diego Alves (PDT).

1 comentário
07 out20:05

Caramori é reeleito em Chapecó

Darci Debona | darci.debona@diario.com.br

José Cláudio Caramori, 53 anos, será o prefeito de Chapecó de 2013 a 2016. Ele foi reeleito com 62.035 votos, o que representa 57,68% do eleitorado. Seu único adversário, Pedro Uczai, fez 45.511 votos, 42.32 do eleitorado.

Caramori votou às 10h30 na Escola de Educação Básica Pedro Maciel. A festa da vitória iniciou às 19h30 no salão comunitário do Bairro Bela Vista. Parte do resultado se deve à ampla coligação, denominada O Povo de Novo, com 16 partidos: PSD, PMDB, PSDC, PR, PMN, PSDB, PRB, PPS, PTB, PP, PSC, PRP, DEM, PSB, PT do B e PSL. Seu vice é Luciano Buligon (PMDB).

Caramori nasceu em Getúlio Vargas-RS, migrando com a família em 1963 para Caçador-SC. Em 1964 mudou para Florianópolis para trabalhar e estudar. Aos 19 anos, após a morte repentina e prematura de meu pai Antonio, em 1980, mudou para Chapecó, onde concluiu o curso de Administração de Empresas, pela Fundeste. É casado com Neyla Maria Baú Caramori, com quem temos dois filhos- Leonardo José e Louise Marina.Foi comerciante e integrou entidades classistas e representativas, como CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) e ACIC (Associação Comercial e Industrial de Chapecó) e JCI (Câmara Júnior). Foi secretário de Serviços Urbanos em 1991; eleito vereador em 1992; secretário desenvolvimento econômico em 1994; presidente Câmara de Vereadores 1995/1996 e prefeito interino de Chapecó por 03 ocasiões.

Depois de um período de ausência retornou à política em 2008 como vice-prefeito de João Rodrigues. Assumiu como prefeito em 31 de março de 2010. Entre suas propostas estão obras como a construção do Contorno Viário Leste, modernização do aeroporto e novas escolas em tempo integral. Caramori disse que pretende manter ações para o desenvolvimento da cidade.

Pedro Uczai deu entrevista na Rádio Super Condá agradecendo aos mais de 40% de eleitores que votaram na sua chapa e que a coligação sai de cabeça erguida.


Comente aqui
07 out19:16

Caramori já fala como prefeito reeleito de Chapecó

Darci Debona |darci.debona@diario.com.br

Mesmo ainda não tenso sido finalizada a apuração o candidato à reeleição em Chapecó, José Cláudio Caramori (PSD), já concedeu entrevista como vencedor. Com 98% apurados e uma votação de  61.238 votos (57,71%), contra 44.874 (42,29%) de Pedro Uczai, Caramori já está comemorando a vitória.

Em entrevista à Rádio Super Condá ele disse que a votação está dentro do que previa, com base nas pesquisas eleitorais. Caramori disse que a população entendeu que a cidade está crescendo e pretende manter seu estilo de administração.

Ele declarou estar exausto com a campanha, que segundo ele foi árdua.

Comente aqui