Eleitor

13 set15:55

Eleitor chapecoense indignado com a falta da água

O eleitor chapecoense Edgar Cavalheiro, 44 anos, sofre com a falta de água em casa e para demonstrar a sua indignação adesivou o próprio veículo com a seguinte frase: “Vendo 1 voto ou troco um água limpa da Casan”.

Cavalheiro, que trabalha há 11 anos com a venda de pães, e mora há 50 metros de uma caixa de água da companhia, está com problemas no recebimento de água.

- Pago o talão todo o mês, mas a água não vem com freqüência – disse.

>> Acesse o Blog Palanque Eleitoral


Comente aqui
11 mai09:34

Último dia para regularização do título teve mais de 30 mil atendimentos em SC

O último dia de regularização junto à Justiça Eleitoral teve 32.793 atendimentos em Santa Catarina. Desses, 1.658 ocorreram em Florianópolis. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC), a marca total do Estado este ano representa aumento de 56% na comparação com a data de fechamento do cadastro do pleito de 2010, quando 21.070 pessoas foram atendidas em SC.

>>> Confira o calendário eleitoral de 2012 no site do TSE

Em razão da demanda elevada, todas as centrais de atendimento ao eleitor e muitos cartórios eleitorais fizeram plantões para receber os cidadãos em horários alternativos, possibilitando o comparecimento daqueles que trabalham ou estudam.

Realizados entre 28 de abril e 9 de maio, os plantões chegaram a 144.125 operações com títulos, sendo 68.648 transferências, 55.406 alistamentos (emissões do 1º título), 19.773 revisões de dados e 298 emissões de segunda via.

As operações feitas nesse período de 12 dias representam 39% do que foi registrado pela Justiça Eleitoral de SC entre 1º de janeiro deste ano e a data de fechamento do cadastro. Desde o começo de 2012, os cartórios realizaram 369.217 atendimentos, que se dividem em 160.477 alistamentos, 146.201 transferências, 61.528 revisões de dados e 1.011 emissões de segunda via.


Preste atenção:

Os eleitores que não regularizaram a sua situação não estarão aptos a votar no pleito deste ano. A assessora-chefe da Corregedoria Regional Eleitoral, Renata Fávere, informou que, a partir de agora, os cidadãos poderão comparecer aos cartórios para obter a certidão de quitação eleitoral e requerer a segunda via do título, a qual deve ser solicitada até 27 de setembro, dez dias antes do 1º turno das eleições.


Capital teve filas na data limite:

Quem deixou para regularizar seu título eleitoral no último dia precisou de paciência em Florianópolis. As filas registradas durante toda esta semana ficaram ainda maiores na manhã de quarta-feira, data limite para ajustes com a Justiça Eleitoral. O atendimento foi até depois das 19h para quem conseguiu pegar senha.

Além de alistamento eleitoral, transferência e revisão dos dados, esse prazo também valia para eleitores com necessidades especiais solicitarem a mudança de sua seção para uma de fácil acesso e para os jovens que vão fazer o seu primeiro título.

O voto é facultativo para os adolescentes que terão 16 ou 17 anos até a data do 1º turno, marcada para 7 de outubro, e obrigatório para os que estarão com 18 anos até lá.


Dados nacionais:

Na data final para ajustes do título eleitoral foram realizados mais de um milhão de atendimentos em todo país. O dado é da Justiça Eleitoral.

Relatório da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aponta que somente durante a quarta-feira, dia 9 de maio, foram feitos 893.035 atendimentos para transferências e novas inscrições eleitorais (novos títulos) e mais 141.078 para a quitação de multas eleitorais.


Os Estados que registraram mais atendimentos nesse dia foram:

— São Paulo (135.569)

— Minas Gerais (87.825)

— Rio de Janeiro (67.347)

— Bahia (59.906)

— Rio Grande do Sul (46.799)

— Paraná (45.617)

— Ceará (42.628)


O Distrito Federal foi a localidade que registrou o menor número de atendimentos, apenas 5.805, uma vez que os eleitores do DF não participarão das eleições de outubro, quando serão eleitos apenas candidatos para cargos municipais.

Todos os eleitores brasileiros que estiverem com a situação regular perante a Justiça Eleitoral, com exceção dos que votam no DF, poderão participar normalmente das eleições municipais de outubro.


DIÁRIO CATARINENSE



Comente aqui
09 mai11:45

Último dia para os eleitores regularizar o título eleitoral

Encerra nesta quarta-feira, dia 9 de maio, o prazo para quem tem alguma pendência com a Justiça Eleitoral ou precisa fazer alguma alteração no título de eleitor para resolver o problema e poder votar em outubro.  Para atender aos chapecoenses, o cartório da 35ª e 94ª Zona Eleitoral, situado na Rua Paulo Marques, centro de Chapecó, ficará aberto até as 19h.

Cartórios eleitorais de outros municípios do Oeste também funcionam em horário diferenciado (veja lista no site www.tre-sc.gov.br).

Além da transferência e da revisão de dados, o prazo vale também para os jovens que irão fazer o primeiro título de eleitor. Para os adolescentes com mais de 16 anos, o voto é facultativo, mas para quem tem 18 anos, a participação nas eleições é obrigatória. Os eleitores que estiverem com o título cancelado ou suspenso também devem acertar as contas até amanhã, caso contrário, não poderão votar.

Quem não votou ou ainda não justificou o voto nas últimas três eleições, precisa comparecer a um cartório eleitoral e pagar uma taxa de R$ 3,51 por turno de eleição. A regularização é feita na hora. Aqueles que precisam apenas requerer a segunda via do título, sem qualquer alteração no documento, tem prazo é um pouco mais longo, vai até 27 de setembro, dez dias antes das eleições.



Comente aqui
08 mai07:41

Eleitores têm até quarta-feira para regularizar título

[Atualizado 10h49 - 08/05/2012]

Quem tem alguma pendência com a Justiça Eleitoral ou precisa fazer alguma alteração no título de eleitor tem até quarta-feira para resolver o problema e poder votar em outubro. O prazo termina às 19 horas. Para atender aos chapecoense, o cartório da 35ª e 94ª Zona Eleitoral, situado na Rua Paulo Marques, centro de Chapecó, ficará aberto terça-feira e quarta-feira das 9h até as 19h.

Na manhã desta terça-feira havia fila no Cartório de Chapecó.

Cartórios eleitorais de outros municípios do Oeste também funcionarão em horário diferenciado (veja lista no site www.tre-sc.gov.br).

Além da transferência e da revisão de dados, o prazo vale também para os jovens que irão fazer o primeiro título de eleitor. Para os adolescentes com mais de 16 anos, o voto é facultativo, mas para quem tem 18 anos, a participação nas eleições é obrigatória. Os eleitores que estiverem com o título cancelado ou suspenso também devem acertar as contas até amanhã, caso contrário, não poderão votar.

Quem não votou ou ainda não justificou o voto nas últimas três eleições, precisa comparecer a um cartório eleitoral e pagar uma taxa de R$ 3,51 por turno de eleição. A regularização é feita na hora. Aqueles que precisam apenas requerer a segunda via do título, sem qualquer alteração no documento, tem prazo é um pouco mais longo, vai até 27 de setembro, dez dias antes das eleições.


Documentos Necessários

Primeira via: documento de identidade em que conste o nome dos pais e a nacionalidade brasileira (não serão aceitos a carteira de motorista e o novo modelo de passaporte); comprovante de residência; comprovante de quitação militar (homens entre 18 e 45 anos)

Transferência: título, identidade com foto e comprovante de moradia

Atualização de dados: identidade, já atualizada, com foto ou outro documento que prove as alterações, como a certidão de casamento

Segunda via: identidade com foto

Comente aqui
07 mai11:26

Eleitor tem até a quarta-feira 9 de maio para regularizar o título e votar em outubro

Os eleitores que ainda precisam regularizar seu título tem menos dois dias para procurar um cartório eleitoral e se habilitar para votar neste ano. Para auxiliar a atender os eleitores ainda irregulares, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de SC está com horário ampliado até 19h da quarta-feira, dia 9 de maio. O cartório da 35ª e 94ª Zona Eleitoral de Chapecó atendem das 9h às 19h.

>> Tire suas dúvidas sobre as Eleições 2012 no site do TRE/SC

A assessora-chefe da corregedoria, Renata Fávere, reitera que quem precisa fazer transferência, revisar os dados ou pedir o título, deve comparecer ao cartório com antecedência.

— A Justiça Eleitoral está preparando um reforço com equipamentos, disponibilização de pessoal e com os horários alternativos dos plantões para aqueles que trabalham ou estudam, mas é importante que o eleitor compareça antes do final do prazo a fim de evitar a formação de filas — alertou.

O dia 9 de maio também é o prazo final para os eleitores com necessidades especiais, inclusive idosos, solicitarem a mudança de sua seção para uma de fácil acesso.

O cidadão que estiver com o título cancelado ou suspenso também deve regularizar a sua situação até a data-limite. Caso contrário, o eleitor não poderá votar, pois o seu nome não constará da folha de votação de sua seção eleitoral.

Aos eleitores que desejam somente requerer a segunda via do título, sem qualquer alteração nos dados do documento, o prazo vencerá em 27 de setembro, dez dias antes da eleição.




Comente aqui
05 mai09:20

Título de eleitor: um passo a passo de como fazer

O recado é direto: se você já tem 16 anos, chegou a hora de pensar grande, colocar a preguiça de lado e fazer o seu título de eleitor. As eleições municipais são só em outubro, mas a gente já está correndo na frente pra lhe avisar, já que o prazo para fazer o documento termina no dia 9 de maio.

Em outubro, quem tiver o título vai poder escolher os candidatos favoritos a prefeito (e, por consequência, vice-prefeito) e vereadores. Pra galera entre 16 e 18 anos, o voto é facultativo. Então chega de reclamar da política do país e ficar bem bonito, no sofá, vendo o futuro ser decidido por outras pessoas.

Pode ser clichê, mas é necessário reforçar que o agente de mudança no Brasil tem que ser você. Fique esperto nestas dicas do Kzuka para fazer o título e evite filas e contratempos.


Quem pode/deve fazer o título?

Quem completar 16 anos até a data das eleições (o primeiro turno será em 7 de outubro, dia que vale como limite para quem nasceu em 1996. O segundo turno será no dia 28) pode solicitar o título de eleitor. A partir dos 18, é obrigatório.


Até quando eu posso solicitar o meu título de eleitor?

Até o dia 9 de maio.

O que eu preciso levar para fazer o meu título?

• Carteira de identidade, carteira de trabalho ou certidão de nascimento.

• Para os meninos que têm ou completam 18 anos em 2012: certificado de quitação do serviço militar obrigatório, dispensa ou protocolo de apresentação.

• Comprovante de residência (pode ser conta de luz, de telefone ou de água). Importante: pra não dar erro, leve uma conta de no máximo dois meses atrás. OBS: os documentos devem ser originais e você deve estar presente!


Onde eu faço o meu título?

Clica AQUI e pesquise o endereço pela tua cidade. Ah, não esquece de te ligar no horário de atendimento!


Confira os horários dos Plantões em Chapecó

Cartórios  da 35ª e 94ª Zona Eleitoral de Chapecó realizam plantões para atender eleitores até o dia 9 de maio:


No sábado, dia 5, o cartório abre das 10h às 17h;

No domingo, 6 de maio, o atendimento será das 13h as 18h;

Nos dias 7, 8 e 9 o atendimento será das 9h as 19h.


KZUKA

Comente aqui
02 mai09:08

Eleitor tem até o dia 9 de maio para regularizar o título e votar em outubro

Natália Viana | natalia.viana@diario.com.br

Quem precisa transferir o título de eleitor, revisar os dados ou fazer o alistamento eleitoral tem até às 19 horas do dia 9 de maio. Para atender os eleitores, haverá plantões nos cartórios eleitorais do estado.

Até domingo, cartórios de 26 cidades funcionarão com horários diferenciados. A lista completa pode ser encontrada site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SC). As 15 centrais de atendimento ao eleitor localizadas no estado também estarão em regime de plantão até o dia 9.

Nos dias úteis, o funcionamento será das 9h às 19h, no sábado (5), das 10h às 17h, e no domingo (6) haverá atendimento das 13h às 18h. Já do dia 7 ao dia 9, os cartórios de todas as 105 zonas eleitorais do Estado funcionarão das 9h às 19h.

Além da transferência e revisão dos dados, o prazo vale também para os jovens que irão fazer o seu primeiro título de eleitor. Para os adolescentes com mais de 16 anos, o voto é facultativo, mas para quem tem 18 anos, a participação nas eleições passa a ser obrigatória.

Além disso, os eleitores com necessidades especiais, inclusive idosos, também têm até o dia 9 para solicitar a mudança de seção para uma de fácil acesso. Para evitar filas e contratempos, a orientação da Justiça Eleitoral é para que as pessoas não deixem para fazer a regularização do título na última hora.

_ A Justiça Eleitoral está preparando um reforço com equipamentos, disponibilização de pessoal e com os horários alternativos dos plantões para aqueles que trabalham ou estudam, mas é importante que o eleitor compareça antes do final do prazo a fim de evitar a formação de filas _ destaca a assessora-chefe da corregedoria, Renata Fávere.

Os eleitores que estiverem com o título cancelado ou suspenso também devem regularizar sua situação até a próxima semana, caso contrário, não poderão votar. Quem não votou ou não justificou o voto nas últimas três eleições precisa comparecer a um cartório eleitoral e pagar uma taxa de R$ 3,51 por turno da eleição.

A regularização é feita na hora. Já aqueles que precisam apenas requerer a segunda via do título, sem qualquer alteração no documento, tem prazo até 27 de setembro, dez dias antes das eleições.


Cartórios iniciam plantões para atender eleitores até o dia 9 de maio. Confira os horários de atendimentos na 35ª e 94ª Zona Eleitoral de Chapecó:

Nos dias 2, 3, 4, 7, 8 e 9 o atendimento será das 9h as 19h;

No sábado, dia 5, o cartório abre das 10h às 17h;

No domingo, 6 de maio, o atendimento será das 13h as 18h.


Comente aqui